ESCOLA BÍBLICA ELUZAI
Lição 2 – A origem de nossos problemas
Texto áureo:
“Não peço que os tires do mundo e sim que os
guarde do mal.” Jo 17.15
Verdade Prática
“Podemos escolher nossa...
Jesus advertiu os Seus Discípulo sobre o que
lhes sucederia: “No mundo tereis aflições, mas
tende bom ânimo; Eu venci o mu...
1. Perda do Éden.
I. RESULTADO DO PECADO:
a. Não podemos falar de problemas sem
mencionar o Éden.
b. Mesmo sabendo de noss...
2. Criação arruinada
a. Como resultado da desobediência a
natureza foi alterada, a terra produziu
espécies que não existia...
2. Natureza humana
a. Mesmo o homem mais santificado carrega
em si as marcas do fracasso edênico.
b. Todavia, mais importa...
II. INFLUÊNCIAS EXTERNAS:
1. Alcança a todos.
a. No dia a dia sofremos com problemas que não tem
relação direta com o peca...
2. Influências de Terceiros.
a. Muitas coisas que acontece em nossa vida decorre
de atos de terceiros, exemplo: Patrões, v...
III. Nossa escolhas:
1. Nossas atitudes.
a. Ausências de senso crítico é a causa de muitos
problemas; Depois do caso passa...
2. Nossas decisões.
a. Nem todas as escolhas que nos causam problemas
são ruins.
b. As vezes escolhemos fazer o que julgam...
IV. PROPÓSITOS DIVINOS:
1. Gerar Maturidade.
a. Diferente da tentação, a provação é um processo
divino para o nosso amadur...
Quais são as diferenças entre TENTAÇÃO e PROVAÇÃO ?
TENTAÇÃO (diabólico)
1. vem dos desejos existentes em nós
2. Almeja af...
PROVAÇÃO (divino)
1. É uma situação permitida por Deus. Diria que faz parte da
Pedagogia de Deus.
2. As provações são usad...
5. O objetivo da provação é fazer-nos pessoas com forte convicção
moral e espiritual. As crises e as situações difíceis cr...
Lição 2   a origem dos nossos problemas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Lição 2 a origem dos nossos problemas

421 visualizações

Publicada em

Ensino Cristão, para contribuir com o seu desenvolvimento moral, social e espiritual

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
421
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lição 2 a origem dos nossos problemas

  1. 1. ESCOLA BÍBLICA ELUZAI Lição 2 – A origem de nossos problemas
  2. 2. Texto áureo: “Não peço que os tires do mundo e sim que os guarde do mal.” Jo 17.15 Verdade Prática “Podemos escolher nossas condutas”
  3. 3. Jesus advertiu os Seus Discípulo sobre o que lhes sucederia: “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; Eu venci o mundo” Jo 16.33b Problemas: De onde eles vêm? Existe alguma coisa que podemos fazer para evita-los? Na aula de hoje estudaremos sobre a origem dos nossos problemas.
  4. 4. 1. Perda do Éden. I. RESULTADO DO PECADO: a. Não podemos falar de problemas sem mencionar o Éden. b. Mesmo sabendo de nossas responsabilidades com as nossas escolhas, sabemos que o inicio de todos os problemas está na ação tentadora de satanás no Éden.
  5. 5. 2. Criação arruinada a. Como resultado da desobediência a natureza foi alterada, a terra produziu espécies que não existiam antes (Gn 3.18). A mulher passou a ter dores de parto multiplicada. b. A desobediência no Éden permanece como a causa remota dos nossos sofrimentos pois a Criação foi um ato perfeito.
  6. 6. 2. Natureza humana a. Mesmo o homem mais santificado carrega em si as marcas do fracasso edênico. b. Todavia, mais importante é sabermos lidar com as nossas próprias limitações e a partir desse conhecimento buscarmos uma vida de santificação. c. Alguns fracassam, por que, embora se esforcem para abandonar determinada prática, não se aprofundam em assuntos divinos, não se aproximas da luz.
  7. 7. II. INFLUÊNCIAS EXTERNAS: 1. Alcança a todos. a. No dia a dia sofremos com problemas que não tem relação direta com o pecado como divisão entre familiares, doenças e mortes. Nem sempre esses problemas decorrem de nossas escolhas. b. Muitos cristãos tem dificuldade de aceitar isso, pensam que pelo fato de serem crentes, estão de certo modo imunes as intempéries da vida. c. Os problemas tem origem remota na desobediência, devemos agradar a Deus também em tempos de crise.
  8. 8. 2. Influências de Terceiros. a. Muitas coisas que acontece em nossa vida decorre de atos de terceiros, exemplo: Patrões, vizinhos, políticos e colegas. Esses podem praticar certas condutas que nos prejudicam diretamente. b. Isso pode acontecer com você, mesmo sem culpa algumas. São influências externas, decorrem das relações que se constroem em sociedade. Acidentes, crimes e outros males podem atingir qualquer pessoa.
  9. 9. III. Nossa escolhas: 1. Nossas atitudes. a. Ausências de senso crítico é a causa de muitos problemas; Depois do caso passado indagamos: “E se eu não tivesse agido assim, o resultado seria diferente?” b. Nem sempre nossas escolhas erradas são pecaminosas, elas podem ser resultado de um descuido ou do desconhecimento ou de uma ordem de prioridade confusa. Ex.: Multa de trânsito, viagens, falta de conhecimento. a. Vigiar é o melhor preventivo contra alguns problemas Mt 26.41
  10. 10. 2. Nossas decisões. a. Nem todas as escolhas que nos causam problemas são ruins. b. As vezes escolhemos fazer o que julgamos correto, mesmo sabendo que essa escolha poderá nos trazer prejuízos. c. Sadraque, Mesaque e Abdnego escolheram “não” se ajoelhar em adoração de uma imagem de escultura. Paulo escolheu pregar o evangelho mesmo sofrendo perseguição.
  11. 11. IV. PROPÓSITOS DIVINOS: 1. Gerar Maturidade. a. Diferente da tentação, a provação é um processo divino para o nosso amadurecimento. b. Nenhuma pessoa se torna sábia do dia para a noite, conhecimento nos são acrescentados à medida que suportamos as provações.
  12. 12. Quais são as diferenças entre TENTAÇÃO e PROVAÇÃO ? TENTAÇÃO (diabólico) 1. vem dos desejos existentes em nós 2. Almeja afastar-nos do padrão de vida moral estabelecido por Deus 3. ela utiliza os sonhos, as fantasias e os desejos; tem princípios humanos, e a nossa carne é o seu campo de ação. 4. é uma ação do inimigo para que duvidemos do amor, do perdão e da justiça de Deus. podem ser usadas pelo inimigo para estimular o que há de pior em nós.
  13. 13. PROVAÇÃO (divino) 1. É uma situação permitida por Deus. Diria que faz parte da Pedagogia de Deus. 2. As provações são usadas pelo Espírito Santo para extrair o que há de melhor em nós. 3. As provações são ilógicas. O exemplo mais clássico da bíblica é o pedido de Deus a Abraão. Por que Deus daria um filho a Abraão para depois pedir que o matasse? Sob a ótica humana isso não tem lógica nenhuma, não faz sentido algum. 4. A provação é um teste, e quando entramos em nosso campo de prova, não vamos encontrar ninguém na arquibancada da vida para torcer a favor ou contra - somos só nós mesmos.
  14. 14. 5. O objetivo da provação é fazer-nos pessoas com forte convicção moral e espiritual. As crises e as situações difíceis criadas pela provação fortalecerão a nossa intimidade com Deus, porque Deus não deseja destruir-nos, mas sim, fortalecer a nossa confiança nEle! 6. A provação procede de fora para dentro. Ela não usa os nossos desejos. Ela surge de situações, pessoas e circunstâncias. 7. Todos os cristãos são tentados a pecar de forma parecida (I Co 10:13), mas nem todos os cristãos passam pelas mesmas provações de fé. 8. As provas de Deus são feitas sob medida para cada um de Seus filhos e a experiência de cada um é singular.

×