Rodrigo @gonzattoInstituto Faber-Ludenswww.faberludens.com.br              FORA                de          CONTROLE
Sobre Design de Interação
“...adequação do sistema     para seus usuários.”        Moggridge e Verplank
“...ir além das interfaces e     do projeto do artefato,     para projetar também interações entre pessoas.”              ...
“...negociação dasmúltiplas qualidades de     uso de um sistemacom seus interessados.”       Lowgren e Stolterman
4 Abordagens do IHC
Sistema               // @ #                &*%usuário como computador
Parceiro de discurso              computador              como pessoa
Ferramenta+            =     =                   =                  trabalho                 ou produto
Mídia DxI
?    ?    ?
Porque algo fogedo nosso controle?
Existe projeto perfeito? Projetar é controlar?É possível controle total?
algo Sem NOME
Meutipocaraassim
Coisa, treco, bagaça, troço parada, trubisco, negócio              ...
Porque estamos em Cosmos e       não em Caos?
Porque queremos ordem no         mundo?
Existe caos, ou nós que o        inventamos? ou só existe o caos e nósnos iludimos com a ordem?
“Não há fronteira. Não hádois fenômenos no mundoque possam ser divididos poruma fronteira, que seriasempre uma separação  ...
O que faz uma coisa ser aquilo   que é, e não outra coisa?
Política &Guerra de Percepções
Queremos um mundo    projetado?     para quê?    para quem?      como?
Então... o que fazer?Como projetar?
Ética e Design de Interação      Dark Patterns &     Machiavellian Lens
Ok.e o que fazer?O que projetar?
Design não é resolver problemas
Design não é resolver problemas
Design não é atender necessidades
Design não é atender necessidades
Design como invenção culturale articulação de possibilidades
Considerar aincompletude do Design   status: Eterno Beta
Lembrar que       criamos possibilidadese se vemos como possível, podemos
Rodrigo Gonzattorodrigo@gonzatto.com                                                       OBRwww.gonzatto.com            ...
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Fora de Controle
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fora de Controle

940 visualizações

Publicada em

Palestra apresentada na 16a Mostra de Design da IFSC, em março de 2011. O tema da palestra foi "O Caos que Projeta" e ética para o Design de Interação.

Publicada em: Design, Tecnologia, Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
940
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
83
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fora de Controle

  1. 1. Rodrigo @gonzattoInstituto Faber-Ludenswww.faberludens.com.br FORA de CONTROLE
  2. 2. Sobre Design de Interação
  3. 3. “...adequação do sistema para seus usuários.” Moggridge e Verplank
  4. 4. “...ir além das interfaces e do projeto do artefato, para projetar também interações entre pessoas.” Saffer
  5. 5. “...negociação dasmúltiplas qualidades de uso de um sistemacom seus interessados.” Lowgren e Stolterman
  6. 6. 4 Abordagens do IHC
  7. 7. Sistema // @ # &*%usuário como computador
  8. 8. Parceiro de discurso computador como pessoa
  9. 9. Ferramenta+ = = = trabalho ou produto
  10. 10. Mídia DxI
  11. 11. ? ? ?
  12. 12. Porque algo fogedo nosso controle?
  13. 13. Existe projeto perfeito? Projetar é controlar?É possível controle total?
  14. 14. algo Sem NOME
  15. 15. Meutipocaraassim
  16. 16. Coisa, treco, bagaça, troço parada, trubisco, negócio ...
  17. 17. Porque estamos em Cosmos e não em Caos?
  18. 18. Porque queremos ordem no mundo?
  19. 19. Existe caos, ou nós que o inventamos? ou só existe o caos e nósnos iludimos com a ordem?
  20. 20. “Não há fronteira. Não hádois fenômenos no mundoque possam ser divididos poruma fronteira, que seriasempre uma separação FLUSSERartificial. Fenômenos sesobrepõem, eles acontecemem camadas. não há culturaspuras nem disciplinas puras.Todo pensamento cartesianoque cria ordem é fascista".
  21. 21. O que faz uma coisa ser aquilo que é, e não outra coisa?
  22. 22. Política &Guerra de Percepções
  23. 23. Queremos um mundo projetado? para quê? para quem? como?
  24. 24. Então... o que fazer?Como projetar?
  25. 25. Ética e Design de Interação Dark Patterns & Machiavellian Lens
  26. 26. Ok.e o que fazer?O que projetar?
  27. 27. Design não é resolver problemas
  28. 28. Design não é resolver problemas
  29. 29. Design não é atender necessidades
  30. 30. Design não é atender necessidades
  31. 31. Design como invenção culturale articulação de possibilidades
  32. 32. Considerar aincompletude do Design status: Eterno Beta
  33. 33. Lembrar que criamos possibilidadese se vemos como possível, podemos
  34. 34. Rodrigo Gonzattorodrigo@gonzatto.com OBRwww.gonzatto.com IGA ADO! “Nada substitui o ser humano” Instituto @faberludens www.faberludens.com.br Estes slides contém imagens das obras de magritte, goya + fotos de grandes autores em design de interação + capa do livro Interação Humano- computador e trechos dos cards “Design with Intent”

×