Private labels pronto

4.700 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.700
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
169
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Private labels pronto

  1. 1. Patamar sobre o mercado de Private Labels e players do mercado de processamento 2010
  2. 2. Evolução da base A base de Cartões Private Label crescem em ritmo maior do que a base de cartões de crédito, uma vez que os varejistas emissores alcançam maior capilaridade, chegando onde bancos não chegam. 25% 23% 15% 11% 20% 22% 17% 14% Evolução da Base de Cartões de Crédito e Private Label em MM *Abecs 2010
  3. 3. Penetração por meio de pagamento no Brasil Share por meio de pagamento Mesmo com uma base de cartões superior em relação aos números de cartões de crédito no mercado brasileiro, o private label ainda apresenta uma pequena fatia de participação no consumo. *Bacen 2010
  4. 4. No Brasil a base de cartões de Private Label tem 60% de sua concentração em apenas 5 emissores. Participação no mercado Marketshare de Emissores de Private Label *Cardmonitor 2010 4,5 4,5 N/A Outros 1,5 1,5 N/A Magazine Luiza 2 2 N/A Ponto Frio 1,3 N/A 1,3 G. Barbosa 2,6 0,4 2,2 Americanas 3   3 Lojas Esplanadas 4,7 0,1 4,6 Leader Magazine 5,5 1,5 4 Grupo CBD 6,5 6,5 N/A Casas Bahia 6 1,5 4,5 Ipiranga 12,1 2,6 9,5 Carrefour 14,4 1 13,4 Lojas Marisa 15,6 N/A 15,6 Renner 15,9 N/A 15,9 Riachuleo 16,5 1,5 15 Pernambucanas 30 10 20 C&A Total Hibrido Private Puro Lojas Principais Emissores
  5. 5. Mercado de Cartões de Crédito Cardmonitor – Referência Mar - 2010 Número de Cartões por Emissor Banco Participação no mercado de Cartões de Crédito *Cardmonitor 2010
  6. 6. Evolução do Número de Transações O Número de transações evoluiu anualmente em média 18%, número semelhante ao apresentado na evolução das transações em cartões de crédito nos últimos 5 anos. Evolução de Transações Evolução do volume transacionado em private label em R$ *ABECS 2010
  7. 7. Evolução do Número de Transações Percentual de Cancelamento Voluntário por modalidade Ticket Médio Perfil da Modalidade O cartão Private Label voltado para público C, D e E, target que ainda não tem cartão de crédito convencional. Assim, o uso do cartão é limitado a sua renda e, portanto, os gastos efetuados pelos clientes são bastante baixos. Isso explica o percentual de cancelamento voluntário baixo e ticket médio menor conforme gráfico acima. O cancelamento voluntário do cartão de crédito é cerca de 4x superior ao do PL e do Híbrido (considerando média dos 5 anos). Isso acontece devido o fato de haver cobrança de anuidade somente no cartão de crédito convencional. *RAnual CM 2010 *RAnual CM 2010
  8. 8. Despesa por Cartão Lair - Perfil da Modalidade O Cartão Híbrido tem um Lair que chega ser até 3x maior do que do cartão Private Label. Essa margem é menor no Private Label, principalmente pelo alto índice de inadimplência e menor ganho com anuídades e outros produtos agregados as operações de cartão de crédito. Refinanciamento (-) Perda de Crédito Outras Receitas – Média em R$ ano *RAnual CM 2010
  9. 9. Conductor Processadoras de Cartões 16 Quantidade de Clientes : (processamento de cartões) 45 milhões Faturamento em R$ 2008 1000 Número de funcionários :   Exterior 12 anos Brasil :   Tempo de operação Informações Técnicas 11.500.000 Total de Cartões Processados Número de Cartões Unibanco SuperMercado Zona Sul SuperDip Sul Financeira Caseli Banco Matone S Mart Supermercado Imperatriz Modelo Calcard Banco Safra Grupo FortBrasil Esplanada Casa&Video Renner ABC Grupo Martins SuperMercado Zona Sul Clientes X CDC Eletrônico X Incentivos X Pré-Pago X Consignado X Híbrido X Private Label X Múltiplo   Débito X Bandeirado Sistema Proprietário Software principal : Processamento de Cartões
  10. 10. Fastsolutions Processadoras de Cartões 10 Quantidade de Clientes : (processamento de cartões) 75 milhões Faturamento em R$ 2008 1800 Número de funcionários :   Exterior 15 anos Brasil :   Tempo de operação Informações Técnicas 2.061.000 Total de Cartões Processados Número de Cartões Kombai BicBanco Caruana C.F.I Banco BMG Banco Real Clientes X CDC Eletrônico X Incentivos X Pré-Pago X Consignado X Híbrido X Private Label X Múltiplo   X Débito X Bandeirado PaywareCMS Veryfone Software principal : Processamento de Cartões
  11. 11. Fidelity Processadoras de Cartões 14 Quantidade de Clientes : (processamento de cartões) 318 milhões Faturamento em R$ 2008 6500 Número de funcionários :   Exterior 15 anos Brasil :   Tempo de operação Informações Técnicas 32.000.000 Total de Cartões Processados Número de Cartões Lojas Colombo Curizeiro do Sul BGM Bradesco Mercantil Banco ItauCard Paraná Banco GE Capital BRB Banco Rural Sofisa Panamericano Banco Real Clientes X CDC Eletrônico Incentivos X Pré-Pago X Consignado X Híbrido X Private Label X Múltiplo X Débito X Bandeirado Sistema Proprietário Software principal : Processamento de Cartões
  12. 12. Orbitall Processadoras de Cartões 15 Quantidade de Clientes : (processamento de cartões) Faturamento em R$ 2008 2000 Número de funcionários :   Exterior 09 anos Brasil :   Tempo de operação Informações Técnicas 30.000.000 Total de Cartões Processados Número de Cartões CBD Pernambucanas Bom sucesso Fibra Schain Luso Brasileiro Diners Caixa Lojas Americanas Credicard Citi Clientes X CDC Eletrônico X Incentivos X Pré-Pago X Consignado X Híbrido X Private Label X Múltiplo   X Débito X Bandeirado Vision Plus Software principal : Processamento de Cartões
  13. 13. T SYS Processadoras de Cartões 01 Quantidade de Clientes : (processamento de cartões) Não divulgado no BR Faturamento em R$ 2008 45 Número de funcionários :   26 anos Exterior 1,5 anos Brasil :   Tempo de operação Informações Técnicas Não Divulgado Total de Cartões Processados Número de Cartões Banco Carrefour Clientes X CDC Eletrônico X Incentivos X Pré-Pago X Consignado X Híbrido X Private Label X Múltiplo   X Débito X Bandeirado Vision Plus Software principal : Processamento de Cartões
  14. 14. EDS Processadoras de Cartões 01 Quantidade de Clientes : (processamento de cartões) Não Divulga Faturamento em R$ 2008 2 mil Número de funcionários :   50 anos Exterior 25 anos Brasil :   Tempo de operação Informações Técnicas 4,5 milhões Total de Cartões Processados Número de Cartões Oi Pago Banco Votorantim Clientes Divulgados CDC Eletrônico Incentivos X Pré-Pago X Consignado X Híbrido X Private Label X Múltiplo   X Débito X Bandeirado Vision Plus Software principal : Processamento de Cartões
  15. 15. Policard Processadoras de Cartões Quantidade de Clientes : (processamento de cartões) Não Divulga Faturamento em R$ 2008 200 Número de funcionários :   Exterior 04 anos Brasil :   Tempo de operação Informações Técnicas 3.000.00 Total de Cartões Processados Número de Cartões CDC Eletrônico X Incentivos X Pré-Pago Consignado Híbrido X Private Label Múltiplo   X Débito Bandeirado Próprio Software principal : Processamento de Cartões
  16. 16. Outras processadoras que não divulgam informações detalhadas institucionais, clientes e base: Processadoras de Cartões First Data. Mar Informatica Oboé Card Portal Card Rede Compras
  17. 17. Sínteses e Tendências <ul><li>O Private Label chega onde um cartão de crédito não chega, </li></ul><ul><li>é um instrumento de crédito poderoso pois a bancarização no </li></ul><ul><li>Brasil é muito pequena em relação a outros países. </li></ul><ul><li>O principal target do cartão Private Label é o público de </li></ul><ul><li>baixa renda, público onde a bancarização é ainda menor, </li></ul><ul><li>Alcançando um volume de 34% em famílias de renda até </li></ul><ul><li>1 salário e 39% em famílias de 1 á 2 salários. </li></ul>Impulsionado pelo crescimento do PIB, consumo interno, acreditamos que o ritmo de crescimento da base de cartões private labels deverá continuar nos próximos anos, porém com ritmo um pouco menor em relação as outras modalidades de cartões, pois com o aumento da renda do brasileiro, os mesmos se tornarão elegíveis a obter um cartão de crédito puro e híbrido, favorecendo o crescimento maior dos produtos que exigem maior renda para aquisição . *Febraban 2010 *Bacen 2010 Percentual de Bancarização por país
  18. 18. Mercado de Acquirer
  19. 19. Ao contrário do cenário exposto no início do primeiro semestre de 2010, o IPCA estabilizou-se nos meses de Junho e Julho, esse fato foi resultado de reajustes da taxa de juros feitas pelo BACEN nos últimos meses. FMI divulgou nova previsão de crescimento da economia mundial. O mesmo continua otimista em relação a economia brasileira, essa que deve crescer em ritmo chinês, alcançando o patamar de 7 e 4,2% nos anos de 2010 e 2011 respectivamente. A alta se deve principalmente pelo alto consumo interno que deverá continuar a todo vapor. Ambiente Macroeconômico Macroeconomia 8,40% 9,40% Índia 9,60% 10,50% China 4,90% 4,50% Oriente Médio e Norte da África 3,40% 3,20% Europa Central 4,10% 4,30% Rússia 4,40% 4,50% México 4,20% 7,10% Brasil 4% 4,80% América 5,90% 5% África subsariana 2011 2010 País     Previsão de Crescimento de economia emergentes 7,83% 15,72% Balança Comercial em bilhões 5,00% 11,91% Produção Industrial 1,90% 1,8 Câmbio 4,80% 5,45% IPCA 11,75% 12% SELIC 4,50% 7,20% PIB 2011 2010 Previsões de Indicadores     jul/10
  20. 20. Ambiente Macroeconômico Com a retomada da economia o nível de crédito em Mai/10 avançou 17% em relação ao mesmo período de 2009. Resultado do crescimento da oferta de crédito principalmente para pessoa jurídica. Macroeconomia

×