SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
“Programas de Apoio à Criação de Empresas” Évora 24 de Março de 2010
PROGRAMA DE APOIO AO EMPREENDEDORISMO E À CRIAÇÃO DO PRÓPRIO EMPREGO (IEFP) Beneficiários:  ,[object Object]
 desemprego involuntário;
 desemprego voluntário, desde que inscrito no IEFP há mais de 9 meses;
 jovem à procura de 1ª emprego (pessoas com idade entre os 18 e os 35 anos inclusive);
 pessoas que nunca tenha exercido actividade profissional por conta de outrem ou própria. Modalidades de Apoio: ,[object Object]
 Apoio complementar (12*IAS)
 Crédito com garantia e bonificação da taxa de juro,[object Object]
 O valor tem de ser aplicado na totalidade no financiamento do investimento.
 Comprometem-se a manter a actividade aberta e os postos de trabalho preenchidos por beneficiários das prestações de desemprego durante, pelo menos, 3 anos.Investimento Elegível: ,[object Object]
 Realização de capital social da empresa a constituir,[object Object],[object Object]
 Caixa Geral de Depósitos; Millenium – BCP; Bes; BPI; Santander-Totta; Barclays;  BPN; Banco popular; crédito Agrícola; Montepio e BANIF.
 Existem 2 tipologias de operações de crédito:
 MICROINVEST
 INVEST +,[object Object]
 Montante do Financiamento: até 15.000€
 Prazo de Reembolso: 84 meses (7 Anos): com 24 meses de carência + 60 meses de amortizações
Taxa de Juro: Euribor a 30 dias + Spread 2,5%
Juros a cargo do beneficiário: Euribor a 30 dias + 0,25 %, com uma taxa mínima de 1,5% e máxima de 3,5%
Bonificação da taxa de juro: No 1º ano é total, ficando a cargo do IEFP; No 2º e 3º ano é igual á diferença entre a taxa de juro e a taxa de juro suportada pelo beneficiário
Desembolso: 50% com a assinatura do contrato e duas tranches de 25%, mediante a apresentação dos documentos de despesas,[object Object]
 Montante do Financiamento:  entre 15.000€ e 100.000€ e com o máximo 95% do investimento total e 50.000 por cada postos de trabalho a tempo inteiro
 Prazo de Reembolso: 84 meses (7 Anos): com 24 meses de carência + 60 meses de amortizações
Taxa de Juro: Euribor a 30 dias + Spread 2,5%
Juros a cargo do beneficiário: Euribor a 30 dias + 0,25 %, com uma taxa mínima de 1,5% e máxima de 3,5%
Bonificação da taxa de juro: No 1º ano é total, ficando a cargo do IEFP; No 2º e 3º ano é igual á diferença entre a taxa de juro e a taxa de juro suportada pelo beneficiário
 Desembolso: 30% com a assinatura do contrato e duas tranches de 35%, mediante a apresentação dos documentos de despesas,[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Apoios e Incentivos

Incentivos financeiros 2014 2020
Incentivos financeiros 2014 2020Incentivos financeiros 2014 2020
Incentivos financeiros 2014 2020Rui Filipe Garcia
 
Iapmei incentivos e financimento - mai2018 public
Iapmei incentivos e financimento - mai2018 publicIapmei incentivos e financimento - mai2018 public
Iapmei incentivos e financimento - mai2018 publicPedro Cilínio
 
A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...
A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...
A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...UWU Solutions, Lda.
 
Apres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDE
Apres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDEApres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDE
Apres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDEAna Pinto Coelho
 
Beneficios Fiscais
Beneficios FiscaisBeneficios Fiscais
Beneficios FiscaisHugo Ribeiro
 
Código Fiscal Investimento Dez 2015docx
Código Fiscal Investimento Dez 2015docxCódigo Fiscal Investimento Dez 2015docx
Código Fiscal Investimento Dez 2015docxRui Filipe Garcia
 
Apresentação BNDES - O Apoio do BNDES à Inovação (Setembro 2017)
Apresentação BNDES - O Apoio do BNDES à Inovação (Setembro 2017)Apresentação BNDES - O Apoio do BNDES à Inovação (Setembro 2017)
Apresentação BNDES - O Apoio do BNDES à Inovação (Setembro 2017)BNDES
 
Pme crescimento 2014
Pme crescimento 2014Pme crescimento 2014
Pme crescimento 2014Miguel Prata
 
Fórum de Biodiversidades e Turismo Náutico
Fórum de Biodiversidades e Turismo NáuticoFórum de Biodiversidades e Turismo Náutico
Fórum de Biodiversidades e Turismo NáuticoPTMacaronesia
 
Iapmei incentivos industria 4.0 apt v4
Iapmei   incentivos industria 4.0 apt v4Iapmei   incentivos industria 4.0 apt v4
Iapmei incentivos industria 4.0 apt v4Pedro Cilínio
 
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010Mainstep Business Services
 
Inovação: Conceitos, gestão, parcerias e oportunidades para a indústria
Inovação: Conceitos, gestão, parcerias e oportunidades para a indústriaInovação: Conceitos, gestão, parcerias e oportunidades para a indústria
Inovação: Conceitos, gestão, parcerias e oportunidades para a indústriaFabricio Martins
 
Novo SI Inovação do Portugal 2020
Novo SI Inovação do Portugal 2020Novo SI Inovação do Portugal 2020
Novo SI Inovação do Portugal 2020Pedro Cilínio
 

Semelhante a Apoios e Incentivos (20)

Incentivos financeiros 2014 2020
Incentivos financeiros 2014 2020Incentivos financeiros 2014 2020
Incentivos financeiros 2014 2020
 
Iapmei incentivos e financimento - mai2018 public
Iapmei incentivos e financimento - mai2018 publicIapmei incentivos e financimento - mai2018 public
Iapmei incentivos e financimento - mai2018 public
 
A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...
A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...
A sua empresa cumpre os critérios de elegibilidade para os apoios do Portugal...
 
Apres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDE
Apres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDEApres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDE
Apres. Portugal 2020/IAPMEI_BESIDE
 
Beneficios Fiscais
Beneficios FiscaisBeneficios Fiscais
Beneficios Fiscais
 
"Como criar o seu negócio com o apoio do IEFP" - (Parte 2)
"Como criar o seu negócio com o apoio do IEFP" - (Parte 2)"Como criar o seu negócio com o apoio do IEFP" - (Parte 2)
"Como criar o seu negócio com o apoio do IEFP" - (Parte 2)
 
Código Fiscal Investimento Dez 2015docx
Código Fiscal Investimento Dez 2015docxCódigo Fiscal Investimento Dez 2015docx
Código Fiscal Investimento Dez 2015docx
 
Apresentação BNDES - O Apoio do BNDES à Inovação (Setembro 2017)
Apresentação BNDES - O Apoio do BNDES à Inovação (Setembro 2017)Apresentação BNDES - O Apoio do BNDES à Inovação (Setembro 2017)
Apresentação BNDES - O Apoio do BNDES à Inovação (Setembro 2017)
 
Pme crescimento 2014
Pme crescimento 2014Pme crescimento 2014
Pme crescimento 2014
 
Manual subvencao2010
Manual subvencao2010Manual subvencao2010
Manual subvencao2010
 
Webinar PRIMAVERA - Oportunidades Portugal 2020
Webinar PRIMAVERA - Oportunidades Portugal 2020Webinar PRIMAVERA - Oportunidades Portugal 2020
Webinar PRIMAVERA - Oportunidades Portugal 2020
 
Fórum de Biodiversidades e Turismo Náutico
Fórum de Biodiversidades e Turismo NáuticoFórum de Biodiversidades e Turismo Náutico
Fórum de Biodiversidades e Turismo Náutico
 
Iapmei incentivos industria 4.0 apt v4
Iapmei   incentivos industria 4.0 apt v4Iapmei   incentivos industria 4.0 apt v4
Iapmei incentivos industria 4.0 apt v4
 
Novas medidas brasil maior
Novas medidas brasil maiorNovas medidas brasil maior
Novas medidas brasil maior
 
Incentivos à Inovação e I&D Empresarial
Incentivos à Inovação e I&D EmpresarialIncentivos à Inovação e I&D Empresarial
Incentivos à Inovação e I&D Empresarial
 
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010
Mainstep Ficha Técnica SI Inovação Empreendedorismo AAC05 2010
 
QREN
QRENQREN
QREN
 
Incentivos QREN
Incentivos QRENIncentivos QREN
Incentivos QREN
 
Inovação: Conceitos, gestão, parcerias e oportunidades para a indústria
Inovação: Conceitos, gestão, parcerias e oportunidades para a indústriaInovação: Conceitos, gestão, parcerias e oportunidades para a indústria
Inovação: Conceitos, gestão, parcerias e oportunidades para a indústria
 
Novo SI Inovação do Portugal 2020
Novo SI Inovação do Portugal 2020Novo SI Inovação do Portugal 2020
Novo SI Inovação do Portugal 2020
 

Último

Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024azulassessoria9
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 

Último (20)

Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 

Apoios e Incentivos

  • 1. “Programas de Apoio à Criação de Empresas” Évora 24 de Março de 2010
  • 2.
  • 4. desemprego voluntário, desde que inscrito no IEFP há mais de 9 meses;
  • 5. jovem à procura de 1ª emprego (pessoas com idade entre os 18 e os 35 anos inclusive);
  • 6.
  • 8.
  • 9. O valor tem de ser aplicado na totalidade no financiamento do investimento.
  • 10.
  • 11.
  • 12. Caixa Geral de Depósitos; Millenium – BCP; Bes; BPI; Santander-Totta; Barclays; BPN; Banco popular; crédito Agrícola; Montepio e BANIF.
  • 13. Existem 2 tipologias de operações de crédito:
  • 15.
  • 16. Montante do Financiamento: até 15.000€
  • 17. Prazo de Reembolso: 84 meses (7 Anos): com 24 meses de carência + 60 meses de amortizações
  • 18. Taxa de Juro: Euribor a 30 dias + Spread 2,5%
  • 19. Juros a cargo do beneficiário: Euribor a 30 dias + 0,25 %, com uma taxa mínima de 1,5% e máxima de 3,5%
  • 20. Bonificação da taxa de juro: No 1º ano é total, ficando a cargo do IEFP; No 2º e 3º ano é igual á diferença entre a taxa de juro e a taxa de juro suportada pelo beneficiário
  • 21.
  • 22. Montante do Financiamento: entre 15.000€ e 100.000€ e com o máximo 95% do investimento total e 50.000 por cada postos de trabalho a tempo inteiro
  • 23. Prazo de Reembolso: 84 meses (7 Anos): com 24 meses de carência + 60 meses de amortizações
  • 24. Taxa de Juro: Euribor a 30 dias + Spread 2,5%
  • 25. Juros a cargo do beneficiário: Euribor a 30 dias + 0,25 %, com uma taxa mínima de 1,5% e máxima de 3,5%
  • 26. Bonificação da taxa de juro: No 1º ano é total, ficando a cargo do IEFP; No 2º e 3º ano é igual á diferença entre a taxa de juro e a taxa de juro suportada pelo beneficiário
  • 27.
  • 28. Aumentar da produtividade das PME;
  • 29.
  • 30.
  • 31. Comércio: Divisões 45 a 47 (apenas para PME);
  • 32.
  • 33. Transportes e Logística: Grupos 493 e 494 e Divisão 52;
  • 34.
  • 35. QREN
  • 36. SI - Qualificação e Internacionalização de PME Modalidade 40 % 40 % 40 % Cooperação Simplificado de inovação Individual Conjunto Taxa Max. 75% (despesas em entidades do SCT) Incentivo Pequena Empresa 5 %; 5 % para Médias nas Outras Despesas excepto contratação; 10% para pequenas e 5% médias para despesas de natureza ambiental que visem superar as normas ambientais em vigor até €25 mil por projecto Máximo €200 mil por 3 anos (cum.Vale I&DT)‏ até €180 mil por empresa participante até €400 mil por projecto até €400 mil por projecto Natureza NR Despesas com promoção internacional; Pedidos Propriedade Industrial; Investimentos NUT II Lisboa e Algarve: despesas em Activo Corpóreo e Incorpóreo e contratação de técnicos Estratégia de eficiência colectiva 5% Não PME “de minimis” Majorações Aplicam-se ainda os limites em ESB definidos no Enquadramento Nacional
  • 37. 45 % Sem juros; 6 anos com 3 de carência; O incentivo poderá ser: convertido em incentivo NR, em função da execução física/temporal (35%) e da avaliação do desempenho do projecto (65%) até ao montante máximo de 75% do incentivo concedido SI - Inovação Despesas com promoção internacional; pedidos Propriedade Industrial Investimentos nas NUT II Lisboa e Algarve : despesas em Activo Corpóreo e Incorpóreo e contratação de técnicos; Construção de edifícios e obras de remodelação, desde que relacionadas com a actividade do sector do Turismo Investimentos realizados por não PME correspondente às outras despesas elegíveis Taxa Pequena Empresa 20% NR Média Empresa 10% Estratégia de eficiência colectiva 10% Natureza R Empreendedorismo Feminino ou Jovem 10% Incentivo “de minimis” Majorações Aplicam-se ainda os limites em ESB definidos no Enquadramento Nacional
  • 38. SI - I&DT nas Empresas 25 % (excepto SCT) Modalidade 75 % 25% 50% ** até (por projecto) € 1 Milhão (excepto SCT) Centros I&DT Núcleos I&DT Vale I&DT Co-Promoção e Individuais até € 25.000 até € 1 Milhão até € 500 mil Incentivo Taxa NR Natureza Para não PME despesas com a protecção da propriedade intelectual e industrial O montante que excede €1 Milhão assume natureza NR numa parcela de 75% e de Reemb. para a restante parcela de 25% * desde e quando esta última parcela >= a €50 mil)‏ (excepto SCT) R podendo ser convertido até ao limite de 80% do incentivo atribuído, caso existam novos invest. em I&D em algumas áreas Pequena emp. 20%, Média emp. 10% SCT, Cooperaçãoe Divulgação Ampla 15% Todo o apoio Investigação industrial 25% “de minimis” Majorações Máximo de 80% ESB * Sem juros; 7 anos com 3 de carência; ** 40% ME e 30% GE
  • 39.
  • 40. Promover a sustentabilidade dos espaços rurais e dos recursos naturais;
  • 41.
  • 42. Subprograma 2 – Gestão Sustentável do Espaço Rural
  • 43. Subprograma 3 – Dinamização das Zonas Rurais
  • 44. Subprograma4 –Promoção do Conhecimento e Desenvolvimento de CompetênciasInformações: www.proder.pt
  • 45.
  • 46. Não apresentar dívidas à Segurança Social e às Finanças
  • 47. Apresentar um investimento mínimo elegível de 5.000€ e máximo 300.000€
  • 48. Apresentar no pré-projecto uma autonomia financeira de 15%
  • 49. Cumprirem as condições legais em matéria de licenciamento do espaço e da actividade
  • 50.
  • 51.
  • 52. Construções ligadas directamente à actividade
  • 53.
  • 54. Construções ligadas directamente à actividade
  • 56.
  • 57.
  • 58. Construções ligadas directamente à actividade
  • 60.
  • 61. FINICIA – Eixo III FAME Parceria: Câmaras Municipais Aderentes
  • 62.
  • 63. PortelValor total do Fundo: 6.800.000 Euros
  • 64. FINICIA – Eixo III FAME Destinatários/Beneficiários: Micro e Pequenas Empresas com estabelecimento no concelho (existentes ou a criar) Actividades abrangidas: Indústria, Comércio, Serviços, Turismo e Construção Tipo de projectos enquadráveis: Características inovadoras ou diferenciação face ao existente na região Empréstimo Bancário com um valormáximo de 45.000 € Novas empresas ou com menos de 3 anos : Financiamento até 85% do Investimento Empresas com mais de 3 anos : Financiamento até 100% do investimento.
  • 65. FINICIA – Eixo III FAME Prazo de reembolso alargadodo apoio concedido De 3 a 6 anos, com até 1 ano de carência Reduzido custo da operação, resultante de : Spread fixo sobre Euribor a 180 dias, aplicado à componente do Banco Subsídio reembolsável de 20%, sem juros, por parte do Município Sem outros encargos Sem arredondamento de taxa de juro Sem custos de abertura de dossier, nem de análise Acompanhamento na fase após projecto ADRAL e restantes parceiros acompanham a empresa
  • 66. FINICIA – Eixo III FAME Principais Vantagens do FAME: Prazo de reembolso alargado (até 6 anos incluindo 1 ano de carência); Processo de candidatura simplificado; Apresentação de candidaturas a qualquer momento; Isenção de comissão de análise junto do Banco espírito Santo; Taxa de juro bonificada; Não existe penalização por reembolso antecipado; Complementar com outros sistemas de incentivo; Apoio até 100% do investimento (empresas com mais do que 3 anos); Atribuição do financiamento pela totalidade com base em orçamentos e/ou facturas pró-forma; Apoio técnico gratuito na elaboração das candidaturas; Acompanhamento pós investimento.
  • 67. Contactos: ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo Évora Rua Intermédia do PITE nº 4 e 6 7000-171 Évora E-mail: linda.baixinho@adral.pt Telefone: 266 769 150