Cca0330 redaçãoaudiovisualtv cinema

2.095 visualizações

Publicada em

Av1 de CCA0330 Redação Publicitária Audiovisual (TV e CInema)

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.095
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
387
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
131
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cca0330 redaçãoaudiovisualtv cinema

  1. 1. O que é um roteiro? - Numa peça de teatro, a ação acontece no palco. - E ocorre na LINGUAGEM da ação dramática: os diálogos. - Na literatura, a ação acontece na cabeça dos personagens. - E pode ocorrer através de eventos passados, diálogos, pensamentos. - Roteiro de Filmes/Games são diferentes. - O roteiro é uma história contada em imagens, diálogos e descrições, localizada no contexto da estrutura dramática. - Estrutura (structura) = construir / organizar e agrupar elementos diferentes
  2. 2. O que é um roteiro? - Uma história é um todo e as partes que a compõe: ação, personagens, cenas, sequências, Ato I, Ato II, Ato III, música.... - Estrutura é o que sustenta a história no lugar. - Esse é o paradigma de um roteiro, segundo Syd Field: Início Meio Fim ATO I ATO II ATO III _____________*_____//________________________**___//_________________ Apresentação Confrontação Resolução (Pág. 1-30) (Pág. 30-90) (Pág 90-120) * Plot Point I (pág 25-27) ** Plot Point II (pág 85-90)
  3. 3. O que é um roteiro? ATO I APRESENTAÇÃO O roteirista apresenta a história, os personagens, a premissa dramática (sobre o que é a história), a situação (circunstâncias em torno da ação) e estabelece o relacionamento entre os personagens. ATO II CONFRONTAÇÃO O personagem principal enfrenta os obstáculos que o impedem de alcançar sua necessidade dramática. ATO III RESOLUÇÃO Resolução não significa sim. Resolução significa solução. Aqui seu roteiro se resolve. A necessidade dramática é atendida (ou não). #FICADICA: Todo drama é conflito. Sem conflito não há personagem. Sem personagem não há ação. Sem ação não há história. Sem história não há roteiro.
  4. 4. O que é um roteiro? PLOT POINT Mas como passar do Ato I pro Ato II e do Ato II pro Ato III? Crie um PLOT POINT. - Plot Point é um incidente que “engancha” na ação é a joga em outra direção. - O 1º Plot Point ocorre quase no final do Ato I. - O segundo, quase no final do Ato II. #FICADICA: Siga o personagem principal e você encontrará os Plot Points.
  5. 5. O que é um roteiro? TITANIC Ato I – Apresentação Plot Point I TITANIC Ato II – Confrontação Plot Point II TITANIC Ato III – Resolução
  6. 6. O que é um roteiro? O ASSUNTO - Qual o assunto de seu roteiro? - Quando falamos sobre o assunto de um roteiro, falamos de AÇÃO e PERSONAGEM. - Ação é O QUE ACONTECE. - Personagem é A QUEM ACONTECE. - A responsabilidade do assunto é sua. - Você exerce a escolha e a responsabilidade para determinar a execução dramática da história. Alguém sai caminha do banco. X Alguém sai correndo do banco.
  7. 7. O que é um roteiro? O ASSUNTO - O roteiro é como um substantivo: uma pessoa, num lugar, vivendo sua “coisa”. - PESSOA = PERSONAGEM - COISA = AÇÃO - Quando consegue resumir seu roteiro e apresentá-lo como um “substantivo”, está começando a preparação. - O passo seguinte é expandir seu assunto. E pesquisa é fundamental. - Não colocar uma informação no roteiro porque você não quer é escolha sua. - Não colocar uma informação no roteiro porque você não sabe é uma falha. #FICADICA: Quanto mais você sabe, mais pode comunicar.
  8. 8. O que é um roteiro? O ASSUNTO -Quando pensar em um assunto, pense em ação e personagem. #FICADICA: Na publicidade o assunto vem do briefing. # Roteiro Adaptado (de outra obra) X Roteiro Original (história inédita)
  9. 9. O que é um roteiro? O ASSUNTO - Que tipo de história está escrevendo? Definido isso pode entrar no seu personagem. - Defina a NECESSIDADE do seu personagem. - Se conhece a necessidade do seu personagem, pode criar obstáculos. - Como vencer os obstáculo é a sua história. - Quantos mais obstáculos, mais interessado fica o “leitor”. - Quanto mais complicado o obstáculo, mais interessante será seu “herói”. #FICADICA: Conheça o seu assunto. #FICADICA: Todo drama é conflito.
  10. 10. O que é um roteiro? PERSONAGEM - O personagem é o fundamento essencial de seu roteiro. - Primeiro estabeleça quem é seu PERSONAGEM PRINCIPAL. - Separe sua vida em 2 categorias: Interior e Exterior. - A vida Interior vai do nascimento até começar a história. FORMA o personagem. - A vida Exterior vai do começo ao final da história. REVELA o personagem.
  11. 11. O que é um roteiro? PERSONAGEM - Comece com a VIDA INTERIOR: Masculino ou Feminino? Quantos anos (qnd a história começa)? Onde vive? Onde nasceu? Filho(a) único(a)? Como foi sua infância? Como se relaciona(va) com os pais?...Siga pelos anos até chegar no período da história. - Feito o aspecto INTERIOR, passe para o EXTERIOR. - Isole os elementos ou componentes de suas vidas. - Você deve criar as personagens em relacionamento com outras pessoas ou coisas. - Todos os personagens dramáticos interagem de 3 formas: 1) Eles experimentam conflito para alcançar sua necessidade dramática 2) Eles interagem com outros personagens 3) Eles interagem consigo mesmos #FICADICA: Filme/Game é um meio visual. Você deve encontrar maneiras de revelar os conflitos dos personagens visualmente.
  12. 12. O que é um roteiro? PERSONAGEM - Como fazer o personagem real? Classifique sua vida em 3 componentes básicos: 1) Profissional – O que faz 2) Pessoal – Defina seus relacionamentos pessoais 3) Privado – O que faz quando está só #FICADICA: Conheça seu personagem. (Defina a necessidade)
  13. 13. O que é um roteiro? PERSONAGEM - Defina a NECESSIDADE do personagem. - Sua biografia dará o CONTEXTO. - Personagem é um PONTO DE VISTA. - Personagem é ATITUDE. - Personagem é COMPORTAMENTO. - Personagem é IDENTIFICAÇÃO.
  14. 14. O que é um roteiro? CRIAÇÃO - Há 2 maneiras de abordar um roteiro: 1) Você tem uma ideia e depois cria personagens que combinem com essa ideia. 2) Você cria um personagem, dele surge uma necessidade, uma ação, uma história.
  15. 15. O que é um roteiro? FINAIS E INICIOS - A melhor maneira de começar um roteiro é SABENDO SEU FINAL. - Finais e inicios podem ou não estar relacionados. - Se estiverem, é a ESTRUTURA CIRCULAR. - Se não estiverem, pense em como seu INÍCIO CAPTURA A ATENÇÃO. - E como seu FINAL RESOLVE A HISTÓRIA.
  16. 16. O que é um roteiro? FINAIS E INICIOS - É no INÍCIO que você deve estabelecer 3 coisas: 1) Quem é o seu personagem principal 2) Qual a premissa dramática (sobre o que é a história) 3) Qual a situação dramática (circunstâncias em torno da história) #FICADICA: Sua história determina o tipo de abertura. E sabendo seu final você conduz a trama até ele.
  17. 17. O que é um roteiro? A CENA - A cena é o elemento isolado mais importante do seu roteiro. - Toda cena tem 2 elementos: 1) Lugar/Espaço 2) Tempo - O propósito de uma cena é mover a história adiante. - Uma cena é tão longa ou curta quanto você queira. - A história determina o tamanho da cena. - Cada cena requer a mudança na posição da câmera. - Uma cena é construída em termos de Início-Meio-Fim. - Ou pode ser apresentada em parte. Depende da sua história. - Cada cena revela pelo menos um elemento de informação da história. #FICADICA: Se trocar o Lugar ou o Tempo, ou os dois, trocou de cena. #FICADICA: Vários takes formam uma cena. Várias cenas formam uma sequência.
  18. 18. O que é um roteiro? A CENA
  19. 19. O que é um roteiro? A CENA - Geralmente há 2 tipos de cena 1) Algo acontece visualmente 2) Diálogo entre uma (monólogo) ou mais pessoas. #FICADICA: A maioria das cenas combinas os dois tipos. - Primeiro crie o CONTEXTO e depois determine o CONTEÚDO. O que acontece? Qual o propósito da cena? Como ela move a história? Qual o PROPÓSITO DRAMÁTICO? #FICADICA: Ache os componentes dentro da cena. Que aspecto da vida (Profissional/Pessoal/Privada) do personagem será revelado? #FICADICA: Fuja do óbvio. E, quando der, crie conflito. Drama é conflito.
  20. 20. O que é um roteiro? A CENA PSYCHO – Alfred Hitchcock
  21. 21. O que é um roteiro? A SEQUÊNCIA - A sequência é o elemento mais importante do roteiro. - É o esqueleto que mantém tudo unificado. - Uma sequência é uma série de cenas ligadas por uma única ideia. - Toda sequência tem Início/Meio/Final definidos. - Ela é uma unidade completa em si mesma.
  22. 22. O que é um roteiro? ESCREVER - Antes de começar a escrever você precisa saber 4 coisas: 1) A abertura 2) Plot Point I 3) Plot Point II 4) Final #FICADICA: As vezes, mas nem sempre, esses 4 pontos podem ser sequências. Início Meio Fim ATO I ATO II ATO III _____________*_____//________________________**___//_________________ Apresentação Confrontação Resolução (Pág. 1-30) (Pág. 30-90) (Pág 90-120) * Plot Point I (pág 25-27) ** Plot Point II (pág 85-90)
  23. 23. O que é um roteiro? ESCREVER - O Ato I vai da Abertura até o Plot Point I no final do Ato. Com Início/Meio/Final. - O que acontece no Ato I é a Apresentação. - O Ato II contém o grosso da ação. Vai até o Plot Point II. Com Início/Meio/Final. - O que acontece no Ato II é a Confrontação. - O Ato III é a Resolução. Vai do até o Final. - Cada Ato tem uma direção. Você move a história até o seu destino. #FICADICA: Use cartões para organizar as ideias de cenas/sequências. #FICADICA: A história determina quantos cartões (cenas/sequências) você vai precisar. Não há regra. #FICADICA: Comece criando o Contexto Dramático e depois ache o Conteúdo. #FICADICA: Personagem é ação. #FICADICA: Pra cada ação há uma reação.
  24. 24. O que é um roteiro? ESCREVER - Diálogo é uma função do personagem. - Move a história adiante. - Comunica fatos e informações - Revela o personagem. - Estabelece os relacionamentos dos personagens. - Empresta realidade/naturalidade ao personagem. - Revela os conflitos da história e personagens. - Revela os estados emocionais de seu personagem - Comenta a ação. - Precisa ser claro. - Evite “eco” com a ação ou “talking heads”.
  25. 25. O que é um roteiro? ESCREVER (1) EXT. DESERTO DO ARIZONA - DIA (2) O sol forte queima a terra. Tudo é plano, barrento. Na distância, uma nuvem de poeira é levantada por um jipe que cruza a paisagem. (3) EM MOVIMENTO O jipe corre entre arbustos e cactus. (4) INT. JIPE – ENQUADRANDO JOE (5) Joe dirige negligentemente. JILL, uma garota atraente de uns 20 anos, está sentada ao lado dele. (6) JILL (7) (gritando) (8) É muito longe? JOE Umas duas horas. Você tá bem? (9) Ela sorri cansada. JILL Eu consigo. (10) Subitamente, o motor ENGASGA. Eles se olham preocupados. (11) CORTA PARA: 1 – Cabeçalho, onde e quando ocorre a cena. 2 – Espaço duplo. Descreva o que acontece. 3 – Espaço duplo. Quando tiver, explique a mudança da câmera (sugestão). 4 – Espaço duplo. Há uma mudança de fora pra dentro do carro. Estamos focalizando Joe. 5 – Novos personagens aparecem em maiúsculas. 6 – Personagem que fala vem em maiúsculas e centralizado. 7 – Quando necessário, indique o tom do personagem. 8 – Diálogos sempre centralizados, espaço 1. 9 – Quando houver, indique as ações/reações do personagem. 10- Efeitos sonoros e trilha são em maiúsculas. 11- O final da cena.
  26. 26. PRÉ-PRODUÇÃO Planilha de Divisão do Roteiro - Número e nome da cena. - Locação. - Interior ou exterior. - É de dia ou de noite? - Breve descrição da cena. - Elenco que tem fala. - Figurantes. - Efeitos especiais - Elementos cenográficos. - Decoração e móveis do cenário. - Figurino. - Cabelo e maquiagem - Equipamentos especiais. - Dublês. - Veículos. - Animais. - Efeitos sonoros e/ou música
  27. 27. PRÉ-PRODUÇÃO Caderno de Produção - Uma lista de contatos. - Uma divisão com as responsabilidades de todos. - O roteiro e suas revisões. - Cronograma de filmagem/gravação. - Divisões de cena. - Storyboards. - Cenografia. - Figurinos. - Detalhes do transporte. - Planos de alimentação e viagens. - Acordo de locações e autorização de filmagens. - Autorizações de elenco. - Ata de negociação com a equipe técnica. - Orçamento
  28. 28. PRÉ-PRODUÇÃO 1º - Estética 2º - Storyboards 3º - Lista de Tomadas - Primeiríssimo Plano Próximo (PPP): olhos, bocas ou partes de um objeto. - Plano de Detalhe (Close-up): o rosto ou o objeto inteiro. - Plano Médio (PM): torso superior ou parte de um objeto e suas adjacências. - Plano Conjunto (PC): a maior parte do corpo ou o corpo inteiro ou um grupo de objetos. - Plano Geral (PG): corpo inteiro ou grupos de maiores objetos. - Grande Plano Geral (GPG): muitos corpos ou tomadas do horizonte e paisagens.
  29. 29. PRÉ-PRODUÇÃO A Equipe Produtor – O cara que banca tudo. Diretor – Dá a cara do projeto. Dir. de Fotografia – Dá vida à visão do diretor. Gerente de Produção – O gerente. Assistente de Direção – Interface do Diretor e equipe. Sonoplasta – Cuida do som. Dir. de Arte – Cuida da estética. Figurinista – Cria as roupas do elenco. Cabeleireiro/Maquiador – Cuida do visual do elenco. Produtor de Elenco – Cuida do elenco. Elenco – Dá vida aos personagens. Prod. Musical – Cuida da trilha. Outros – Bufê, motorista, camareira, operador de câmera...
  30. 30. PRÉ-PRODUÇÃO Organizar o Tempo de Filmagem - Equipe de arte: construção e entrega dos cenários, móveis e outros elementos cenográficos. - Equipe de transporte: a galera que vai levar (com vans e caminhões) os equipamentos e equipe. - Montagem: o povo que vai cuidar da iluminação e marcação da câmera. -Desmontagem: terminou a filmagem/gravação é hora de desproduzir.
  31. 31. PRÉ-PRODUÇÃO Planilha de Chamada – Tudo e todos que são necessários no dia. Relatório de Produção – Tudo que foi feito (ou não) no dia.
  32. 32. PRODUÇÃO 1 – Chegada do elenco e equipe técnica - Figurino, maquiagem e cabelo. - Preparação do set. 2 – Marcação de câmera - Marcação do elenco. - Iluminação do set. -Operação de áudio. 3 – Ensaio do elenco - Ensaio do elenco. - Marcação dos figurantes. - Ensaio técnico 4 – Ação! -Claquetes - Tomadas - Plano de Cobertura - Monitor - Continuidade - Plano de Conjunto 5 - Desproduzir
  33. 33. PÓS- PRODUÇÃO O Produtor deve: - Organizar as fitas e seus registros - Decupar as cenas - Organizar as etapas da edição - Criar um roteiro de edição para a ilha
  34. 34. PÓS- PRODUÇÃO O EDITOR / ESTILOS DE EDIÇÃO: - Edição Paralela Quando colocamos juntos dois eventos separados, mas que têm uma relação entre si - Edição de Montagem Aqui as cenas são cortadas e unidas, utilizando diferentes tipos de tomadas (closes, PM) e seqüências ou fusões. - Edição Continuada As trocas são sutis, ajudando a contar a história sem distrair quem está vendo o filme. - Edição Dinâmica -Usa e abusa de cortes rápidos, montagem e efeitos de pós-produção.
  35. 35. PÓS- PRODUÇÃO O EDITOR / TÉCNICAS DE EDIÇÃO: - Corte Seco Uma alteração rápida de uma tomada para outra. - Corte correspondente Quando há um corte entre dois ângulos do mesmo movimento ou ação e a mudança parece fazer parte da ação. - Corte abrupto Quando dá pra ver que houve corte e a cena parece pular. - Cutaway Uma edição que serve de ponte entre uma tomada e outra. - Corte de reação O ator reage a algo que aconteceu na tomada anterior. - Insert Um close-up que é inserido num contexto maior, ajudando a enriquecer os detalhes da cena.
  36. 36. PÓS- PRODUÇÃO O EDITOR / TÉCNICAS DE EDIÇÃO: -Fusão Uma imagem começa a sumir e vai entrando outra. -Fade-out e fade-in O primeiro acontece quando a imagem vai escurecendo até a tela fica preta. O segundo é o contrário. -Wipe Marca a transição de uma cena para outra, com a nova cena “empurrando” a outra pra fora da tela. -Tela dividida A tela é dividida em várias caixas, mostrando diferentes cenas ou diferentes ângulos da mesma cena. -Overlays ou sobreposição Duas ou mais imagens superpostas.
  37. 37. PÓS- PRODUÇÃO O EDITOR / TEMPO DE TELA: -Tempo Simultâneo O editor muda o foco de atenção do espectador de um evento para outro, quando esses estão acontecendo ao mesmo tempo. - Plano Seqüência Uma grande tomada ininterrupta, com duração bem maior do que o comum. - Câmera Lenta A cena segue normal e fica mais lenta. - Câmera Rápida O contrário da anterior: a cena vem normal e acelera.
  38. 38. PÓS- PRODUÇÃO O EDITOR / TEMPO DE TELA: - Reverse Motion O editor pega a ação e faz ela voltar, como se fosse rebobinada. - Replay Instantâneo Repete a imagem. - Imagem congelada Um quadro específico do filme é congelado, parando a ação. - Flashback Leva o espectador ao passado da história. - Flashfoward Leva para o futuro.
  39. 39. PÓS- PRODUÇÃO O EDITOR / EXTRAS Gráficos Animações Outros Áudio - Diálogos - Trilhas - Efeitos Sonoros

×