SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Módulo I COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA Marcella Marer Publicitária e Coordenadora de Marketing do CDI marcella.marer@cdiglobal.org
COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA: O QUE É? COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA = COMUNICAÇÃO PARTICIPATIVA É para a Comunidade, com a Comunidade e pela Comunidade ,[object Object]
 Tem o compromisso com o desenvolvimento da  Comunidade
 Tem o poder de mobilização, de unir, de criar  e fortalecê-la por meios dos seus diversos interlocutores, ou seja, porta-vozes
 Por meio dela é possível conhecer as necessidades reais do grupo, sua opinião sobre a mídia e, principalmente, qual a importância dos meios de comunicação para suas vidas e para a comunidade ,[object Object]
Não é à toa que quando alguém sabe falar em público, logo é considerado  uma pessoa comunicativa
A ideia de Comunicação Comunitária se refere justamente ao uso dos meios de comunicação pela Comunidade
 Na produção de conteúdo voltado para as mídias, as comunidades encontram a oportunidade adequada para a discussão de ideias, para a integração e o convívio social, assim como para  a difusão de seus elementos socioculturais,[object Object]
 História da Comunidade
 Tradições
 Eventos culturais, esportivos, gastronômicos, etc
Serviços oferecidos:
Exemplo 1: aviso de campanhas de saúde, matrícula nas escolas, ofertas de  emprego, etc
Problemas locais
Exemplo 2: lixo  acumulado, falta de saneamento, proliferação de mosquitos, etc. Nestes casos, a mensagem visa incentivar a participação dos moradores na busca de solução  dos problemas por meio da mobilização social ,[object Object]
 Cada cidadão se encontra perto da notícia e das informações que acontecem em seu meio
 Ele mesmo pode divulgar e informar as outras pessoas que estão à sua volta o que está acontecendo
 Assim, a Comunidade mantém sua identidade nos veículos de comunicação, pois as “regras”, objetivos e modo de funcionamento passam a estar sob a responsabilidade da própria comunidade,[object Object]
O QUE É NOTÍCIA? Nem tudo que acontece vira notícia. E para ajudar na definição, foram determinados alguns critérios: ,[object Object]
Quantidade de Pessoas Envolvidas - quanto maior o número de pessoas atingidas pelo fato, maior a chance de virar notícia. Ex: grandes acidentes, catástrofes climáticas com morte, falta de serviços  na comunidade, entre outros
Proximidade Geográfica - as pessoas tendem a dar mais atenção a coisas que acontecem mais perto de sua casa. Ex: Assassino em uma escola nos Estados Unidos x caso do atirador da escola em Realengo
Ineditismo - quanto mais improvável ou raro um acontecimento, maior destaque o evento terá. Ex: Clonagem da ovelha Dolly, mãe de 50 anos dá luz a trigêmeos, etc.
É bom lembrar que o factual tem mais força e apelo que a notícia fria. Ex: Epidemia de dengue X evento de capacitação promovida por uma ONG

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O USO DA INTERNET/ REDES SOCIAIS PELAS EMPRESAS
O USO DA INTERNET/ REDES SOCIAIS PELAS EMPRESASO USO DA INTERNET/ REDES SOCIAIS PELAS EMPRESAS
O USO DA INTERNET/ REDES SOCIAIS PELAS EMPRESASMayara Atherino Macedo
 
Mídias e Redes Sociais
Mídias e Redes SociaisMídias e Redes Sociais
Mídias e Redes SociaisRafael Comin
 
Artigo abrapcorp
Artigo abrapcorpArtigo abrapcorp
Artigo abrapcorpLaís Bueno
 
Social Media Mar2010
Social Media Mar2010Social Media Mar2010
Social Media Mar2010Natalia Erre
 
Suprassumo Blog Coletivo Mídia Boom
Suprassumo Blog Coletivo Mídia BoomSuprassumo Blog Coletivo Mídia Boom
Suprassumo Blog Coletivo Mídia BoomMídia Boom
 
Cartilha Concurso Webcidadania Xingu
Cartilha Concurso Webcidadania XinguCartilha Concurso Webcidadania Xingu
Cartilha Concurso Webcidadania XinguWebcidadania Xingu
 
A revolução das mídias sociais
A revolução das mídias sociaisA revolução das mídias sociais
A revolução das mídias sociaisMídia Boom
 
Workshop – Como Utilizar as Redes Sociais para Vender Mais
Workshop – Como Utilizar as Redes Sociais para Vender MaisWorkshop – Como Utilizar as Redes Sociais para Vender Mais
Workshop – Como Utilizar as Redes Sociais para Vender Maiseusouleal
 
Média Social
Média SocialMédia Social
Média Socialmarade
 
Midia social
Midia socialMidia social
Midia socialcarla1568
 
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente DigitalOs Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente DigitalFernando Neves
 
O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...
O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...
O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...Julia Travaglini
 
Aula 1 introdução ao tema
Aula 1 introdução ao temaAula 1 introdução ao tema
Aula 1 introdução ao temaCarolina Terra
 

Mais procurados (18)

Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias SociaisTrabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
Trabalho de encerramento da Oficina Mídias Sociais
 
Conceicao e aida
Conceicao e aidaConceicao e aida
Conceicao e aida
 
O USO DA INTERNET/ REDES SOCIAIS PELAS EMPRESAS
O USO DA INTERNET/ REDES SOCIAIS PELAS EMPRESASO USO DA INTERNET/ REDES SOCIAIS PELAS EMPRESAS
O USO DA INTERNET/ REDES SOCIAIS PELAS EMPRESAS
 
Mídias e Redes Sociais
Mídias e Redes SociaisMídias e Redes Sociais
Mídias e Redes Sociais
 
Tema 3 media
Tema 3   mediaTema 3   media
Tema 3 media
 
Artigo abrapcorp
Artigo abrapcorpArtigo abrapcorp
Artigo abrapcorp
 
Social Media Mar2010
Social Media Mar2010Social Media Mar2010
Social Media Mar2010
 
Suprassumo Blog Coletivo Mídia Boom
Suprassumo Blog Coletivo Mídia BoomSuprassumo Blog Coletivo Mídia Boom
Suprassumo Blog Coletivo Mídia Boom
 
Cartilha Concurso Webcidadania Xingu
Cartilha Concurso Webcidadania XinguCartilha Concurso Webcidadania Xingu
Cartilha Concurso Webcidadania Xingu
 
A revolução das mídias sociais
A revolução das mídias sociaisA revolução das mídias sociais
A revolução das mídias sociais
 
Workshop – Como Utilizar as Redes Sociais para Vender Mais
Workshop – Como Utilizar as Redes Sociais para Vender MaisWorkshop – Como Utilizar as Redes Sociais para Vender Mais
Workshop – Como Utilizar as Redes Sociais para Vender Mais
 
Média Social
Média SocialMédia Social
Média Social
 
Midia social
Midia socialMidia social
Midia social
 
Comunicação em Mídias Sociais
Comunicação em Mídias SociaisComunicação em Mídias Sociais
Comunicação em Mídias Sociais
 
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente DigitalOs Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
Os Desafios do Profissional de Relações Públicas no Ambiente Digital
 
O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...
O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...
O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...
 
Aula 1 introdução ao tema
Aula 1 introdução ao temaAula 1 introdução ao tema
Aula 1 introdução ao tema
 
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)
Redes sociais como aspecto mercadológico para as empresas (@midia)
 

Destaque (6)

通信制高校 (サポート校)の選択
通信制高校 (サポート校)の選択通信制高校 (サポート校)の選択
通信制高校 (サポート校)の選択
 
Nanodays Inés María Mendoza 2014
Nanodays Inés María Mendoza 2014Nanodays Inés María Mendoza 2014
Nanodays Inés María Mendoza 2014
 
Propósito sagrado
Propósito sagradoPropósito sagrado
Propósito sagrado
 
Apresentacao
ApresentacaoApresentacao
Apresentacao
 
Fica comigo
Fica comigoFica comigo
Fica comigo
 
O Mundo do Gerenciamento de Projetos - CREA-RJ (13 Junho 2013)
O Mundo do Gerenciamento de Projetos - CREA-RJ (13 Junho 2013)O Mundo do Gerenciamento de Projetos - CREA-RJ (13 Junho 2013)
O Mundo do Gerenciamento de Projetos - CREA-RJ (13 Junho 2013)
 

Semelhante a ComCom: Entendendo a Comunicação Comunitária

Cadernos_Tecnologia_3ª-Serie.pdf
Cadernos_Tecnologia_3ª-Serie.pdfCadernos_Tecnologia_3ª-Serie.pdf
Cadernos_Tecnologia_3ª-Serie.pdfRômulo Fernando
 
Planejamento de campanhas educativas
Planejamento de campanhas educativasPlanejamento de campanhas educativas
Planejamento de campanhas educativasVanderlea Bigossi
 
Mídias Sociais - Conceito e Relevância
Mídias Sociais - Conceito e RelevânciaMídias Sociais - Conceito e Relevância
Mídias Sociais - Conceito e RelevânciaUnilife Vitamins
 
aulaparaoensinofundamental6oanopublica.pptx
aulaparaoensinofundamental6oanopublica.pptxaulaparaoensinofundamental6oanopublica.pptx
aulaparaoensinofundamental6oanopublica.pptxLuisMartini12
 
Redes e midias_sociais
Redes e midias_sociaisRedes e midias_sociais
Redes e midias_sociaisUNB
 
Oportunidades para o Terceiro Setor no Mundo Digital
Oportunidades para o Terceiro Setor no Mundo DigitalOportunidades para o Terceiro Setor no Mundo Digital
Oportunidades para o Terceiro Setor no Mundo DigitalRede Brasil Voluntario
 
Mídias Sociais para organizações sem fins lucrativos
Mídias Sociais para organizações sem fins lucrativosMídias Sociais para organizações sem fins lucrativos
Mídias Sociais para organizações sem fins lucrativosClear Educação e Inovação
 
Mídias Sociais - Digitalks
Mídias Sociais - DigitalksMídias Sociais - Digitalks
Mídias Sociais - DigitalksTarcízio Silva
 
O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...
O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...
O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...Julia Travaglini
 
Aula 1 redes sociais - turma 2
Aula  1  redes sociais - turma 2Aula  1  redes sociais - turma 2
Aula 1 redes sociais - turma 2Anelisa Maradei
 
Desvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes SociaisDesvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes SociaisIbrahim Cesar
 
Ferramentas Comunicação - FETAEP
Ferramentas Comunicação - FETAEPFerramentas Comunicação - FETAEP
Ferramentas Comunicação - FETAEPFETAEP
 
As Organizações e a Web
As Organizações e a WebAs Organizações e a Web
As Organizações e a WebClaudio Toldo
 
Promoção | Comunicação
Promoção | ComunicaçãoPromoção | Comunicação
Promoção | ComunicaçãoLeonardo Minozzo
 
João Domingo - Comunicação Instititucional nos Dias de Hoje, 28/03/2014
João Domingo - Comunicação Instititucional nos Dias de Hoje, 28/03/2014João Domingo - Comunicação Instititucional nos Dias de Hoje, 28/03/2014
João Domingo - Comunicação Instititucional nos Dias de Hoje, 28/03/2014Development Workshop Angola
 

Semelhante a ComCom: Entendendo a Comunicação Comunitária (20)

Jornalismo em internet e Mídias Sociais
Jornalismo em internet e Mídias Sociais Jornalismo em internet e Mídias Sociais
Jornalismo em internet e Mídias Sociais
 
Cadernos_Tecnologia_3ª-Serie.pdf
Cadernos_Tecnologia_3ª-Serie.pdfCadernos_Tecnologia_3ª-Serie.pdf
Cadernos_Tecnologia_3ª-Serie.pdf
 
Planejamento de campanhas educativas
Planejamento de campanhas educativasPlanejamento de campanhas educativas
Planejamento de campanhas educativas
 
Mídias Sociais - Conceito e Relevância
Mídias Sociais - Conceito e RelevânciaMídias Sociais - Conceito e Relevância
Mídias Sociais - Conceito e Relevância
 
aulaparaoensinofundamental6oanopublica.pptx
aulaparaoensinofundamental6oanopublica.pptxaulaparaoensinofundamental6oanopublica.pptx
aulaparaoensinofundamental6oanopublica.pptx
 
Redes e midias_sociais
Redes e midias_sociaisRedes e midias_sociais
Redes e midias_sociais
 
Oportunidades para o Terceiro Setor no Mundo Digital
Oportunidades para o Terceiro Setor no Mundo DigitalOportunidades para o Terceiro Setor no Mundo Digital
Oportunidades para o Terceiro Setor no Mundo Digital
 
Mídias Sociais para organizações sem fins lucrativos
Mídias Sociais para organizações sem fins lucrativosMídias Sociais para organizações sem fins lucrativos
Mídias Sociais para organizações sem fins lucrativos
 
Mídias Sociais - Digitalks
Mídias Sociais - DigitalksMídias Sociais - Digitalks
Mídias Sociais - Digitalks
 
O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...
O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...
O consumo contemporâneo, as novas mídias e a comunicação - Teoria e Técnica d...
 
Aula 1 redes sociais - turma 2
Aula  1  redes sociais - turma 2Aula  1  redes sociais - turma 2
Aula 1 redes sociais - turma 2
 
Aula 1 - Redes Sociais
Aula 1 - Redes SociaisAula 1 - Redes Sociais
Aula 1 - Redes Sociais
 
Desvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes SociaisDesvendando as Redes Sociais
Desvendando as Redes Sociais
 
Ferramentas Comunicação - FETAEP
Ferramentas Comunicação - FETAEPFerramentas Comunicação - FETAEP
Ferramentas Comunicação - FETAEP
 
As Organizações e a Web
As Organizações e a WebAs Organizações e a Web
As Organizações e a Web
 
Promoção | Comunicação
Promoção | ComunicaçãoPromoção | Comunicação
Promoção | Comunicação
 
João Domingo - Comunicação Instititucional nos Dias de Hoje, 28/03/2014
João Domingo - Comunicação Instititucional nos Dias de Hoje, 28/03/2014João Domingo - Comunicação Instititucional nos Dias de Hoje, 28/03/2014
João Domingo - Comunicação Instititucional nos Dias de Hoje, 28/03/2014
 
Manual de conduta nas mídias sociais sesdf
Manual de conduta nas mídias sociais   sesdfManual de conduta nas mídias sociais   sesdf
Manual de conduta nas mídias sociais sesdf
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Mídias Sociais para Jornaistas
Mídias Sociais para JornaistasMídias Sociais para Jornaistas
Mídias Sociais para Jornaistas
 

ComCom: Entendendo a Comunicação Comunitária

  • 1. Módulo I COMUNICAÇÃO COMUNITÁRIA Marcella Marer Publicitária e Coordenadora de Marketing do CDI marcella.marer@cdiglobal.org
  • 2.
  • 3. Tem o compromisso com o desenvolvimento da Comunidade
  • 4. Tem o poder de mobilização, de unir, de criar e fortalecê-la por meios dos seus diversos interlocutores, ou seja, porta-vozes
  • 5.
  • 6. Não é à toa que quando alguém sabe falar em público, logo é considerado uma pessoa comunicativa
  • 7. A ideia de Comunicação Comunitária se refere justamente ao uso dos meios de comunicação pela Comunidade
  • 8.
  • 9. História da Comunidade
  • 11. Eventos culturais, esportivos, gastronômicos, etc
  • 13. Exemplo 1: aviso de campanhas de saúde, matrícula nas escolas, ofertas de emprego, etc
  • 15.
  • 16. Cada cidadão se encontra perto da notícia e das informações que acontecem em seu meio
  • 17. Ele mesmo pode divulgar e informar as outras pessoas que estão à sua volta o que está acontecendo
  • 18.
  • 19.
  • 20. Quantidade de Pessoas Envolvidas - quanto maior o número de pessoas atingidas pelo fato, maior a chance de virar notícia. Ex: grandes acidentes, catástrofes climáticas com morte, falta de serviços na comunidade, entre outros
  • 21. Proximidade Geográfica - as pessoas tendem a dar mais atenção a coisas que acontecem mais perto de sua casa. Ex: Assassino em uma escola nos Estados Unidos x caso do atirador da escola em Realengo
  • 22. Ineditismo - quanto mais improvável ou raro um acontecimento, maior destaque o evento terá. Ex: Clonagem da ovelha Dolly, mãe de 50 anos dá luz a trigêmeos, etc.
  • 23. É bom lembrar que o factual tem mais força e apelo que a notícia fria. Ex: Epidemia de dengue X evento de capacitação promovida por uma ONG
  • 24.
  • 26. Exemplos de comunicação comunitária Entrevista com o criador do jornal Voz da Comunidade
  • 27.
  • 28.
  • 30. Temas a trabalhar: como eventos, serviços, projetos comunitários, comunicados internos, oportunidades de emprego, entre outros.
  • 31.
  • 32. Estar localizado em local estratégico - onde seja facilmente identificado e possível parar para ler;
  • 33. Ser bem escrito - letras médias ou grandes
  • 34. Fácil de ler - Não deve conter reportagens grandes demais e uso de linguagem formal
  • 35. Identidade visual - seções apresentadas sempre no mesmo lugar para que o leitor se habitue a achá-las facilmente
  • 36.
  • 37.
  • 38. Aliado na divulgação de notícias da comunidade
  • 39. Deve valorizar a cultura local e despertar sentimento de pertencimento ao morador da Comunidade
  • 40. Pode variar de formato (standard e tablóide) e postura. A periodicidade mais comum dos jornais é a diária, mas existem também aqueles com periodicidade semanal, quinzenal e mensal
  • 41.
  • 42.
  • 44.
  • 45. não possua fins lucrativos
  • 46. envolva pessoas da comunidade e lideranças comunitárias na programação, nos processos de criação, no planejamento e na gestão da emissora.
  • 47.
  • 48. Usar textos bem elaborados, imagens, sons, animações, links ou páginas.
  • 49.
  • 50. canais de comunicação comunitária Site- Dicas para tornar o site mais popular (cont.) 8. Divulgue entre amigos. Se eles gostarem, provavelmente indicarão aos amigos dos amigos. 9. Não envie e-mails para todo endereço que você vê pela frente. 10. Divulgue o endereço do site sem custo. Ex: no seu perfil no Orkut, Twitter ou Facebook, na assinaturas de e-mail , no MSN, etc. 11. Aproveite os meios de divulgação gratuitos. Diretórios de sites e cadastro manual nos buscadores (Google, Yahoo, etc). 12. Utilize um sistema de análise de estatísticas. Isso pode ajudar na análise das seções visitadas e o número de visitantes no mês, permitindo saber o que mais gera interesse no público. Ex: Google Analytics.
  • 51. canais de comunicação comunitária Portal
  • 52.
  • 53. Redes sociais (Orkut, Facebook, Twitter etc.)
  • 56. YouTube; sites de notícias
  • 57. BlogsPercebemos que não só a sociedade moderna já é dependente e gira em torno do uso da internet e do e-mail nas ações de comunicação, mas que o uso dessas novas ferramentas leva a comunicação para um maior número de pessoas, de forma mais rápida, fácil e eficaz. Total de usuários de internet no Brasil:56 milhões (34,8% dos brasileiros) * Fonte: IBGE (publicada em dez/2009).
  • 58. PORTAIS COMUNITÁRIOS: TENDÊNCIA E FORMA DE USAR COMUNICAR : O QUE E PARA QUEM? Portal comunitários deve reunir informações que agreguem valor – comunidade e público externo. É possível comunicar diferentes tipos de informação para dentro e para fora da comunidade: - Divulgar para fora da comunidade informações sobre o local, atualizadas e sem filtros externos e da imprensa - Divulgar entre moradores da comunidade informações de relevância - Cadastrar e divulgar serviços e profissionais das comunidades - Informar vagas de empregos na comunidade - Dar visibilidade a riquezas culturais, opções de turismo, eventos, passeios etc. - Utilizar ferramentas tecnológicas para a mobilização comunitária - Realizar monitoramento, utilizando ferramentas da web, das ações do governo
  • 59.
  • 63. Mídias Sociais (Orkut, Facebook e Twitter)Fotografia Entrevistas Vídeos