Perante Deus, são iguais todos os homens?•Todos os homens estão submetidos às mesmasleis da Natureza. Todos nascem igualme...
• Por que não outorgou Deus as mesmas aptidões a todos  os homens? Deus criou iguais todos os Espíritos, mas cada um deste...
•Necessária é a variedade das aptidões, a fim de quecada um possa concorrer para a execução dos desígniosda Providência, n...
Muito embora a existência de igualdade entreos homens, não têm eles as mesmas aptidões. Istoporque, como ensinam os Espíri...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Lei de igualdade

1.115 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.115
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lei de igualdade

  1. 1. Perante Deus, são iguais todos os homens?•Todos os homens estão submetidos às mesmasleis da Natureza. Todos nascem igualmentefracos, acham-se sujeitos às mesmas dores e ocorpo do rico se destrói como o do pobre. Deus anenhum homem concedeu superioridade natural,nem pelo nascimento, nem pela morte: todos, aosseus olhos, são iguais. Allan Kardec: O livro dos espíritos, questão 803 – comentário.
  2. 2. • Por que não outorgou Deus as mesmas aptidões a todos os homens? Deus criou iguais todos os Espíritos, mas cada um destes vive há mais ou menos tempo, e, conseguintemente, tem feito maior ou menor soma de aquisições. A diferença entre eles está na diversidade dos graus da experiência alcançada e da vontade com que obram, vontade que é o livre-arbítrio. Daí o se aperfeiçoarem uns mais rapidamente do que outros, o que lhes dá aptidões diversas [...]. Allan Kardec: O livro dos espíritos, questão 804.
  3. 3. •Necessária é a variedade das aptidões, a fim de quecada um possa concorrer para a execução dos desígniosda Providência, no limite do desenvolvimento de suasforças físicas e intelectuais. O que um não faz, fá-lo outro.Assim é que cada qual tem seu papel útil a desempenhar.Demais, sendo solidários entre si todos os mundos,necessário se torna que os habitantes dos mundossuperiores, que, na sua maioria, foram criados antes dovosso, venham habitá-lo, para vos dar o exemplo. Allan Kardec: O livro dos espíritos, questão 804.
  4. 4. Muito embora a existência de igualdade entreos homens, não têm eles as mesmas aptidões. Istoporque, como ensinam os Espíritos Superiores, [...]Deus criou iguais todos os Espíritos, mas cada umdestes vive há mais ou menos tempo, e,conseguintemente, tem feito maior ou menor somade aquisições. A diferença entre eles está nadiversidade dos graus da experiência alcançada eda vontade com que obram, vontade que é o livre-arbítrio. Daí o se aperfeiçoarem uns maisrapidamente do que outros, o que lhes dá aptidõesdiversas. KARDEC. Allan. O livro dos espíritos. Questão 804, p. 422.

×