Jornal dos Comerciários - Nº145

2.230 visualizações

Publicada em

Jornal do Sindicato dos Comerciários de Nova Iguaçu e Região, Edição Número 145, Maio de 2013.

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.230
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.322
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal dos Comerciários - Nº145

  1. 1. Ano 16 Nº 145 Maio / 2013CampanhaSalarial2013jáocupou as ruas! Em todosAos atos de rua que aconte-ceram nas cidades de nossa base,estamos tendo um grande apoio dapopulação e principalmente doscomerciários, que estão partici-pandocommuitavibraçãonasma-CampanhaSalarialestánas Ruas!nifestações.Atéporqueoaumentode salário, o fim da marmita, e onão trabalho nos feriados é umanecessidadequenãopodeesperar.O preço dos alimentos e dos re-médios estão ‘pela hora da morte’.Eofantasmadainflaçãoinsisteemnosassombrar:Jáacumuloualtade1 (Dia do Trabalhador), 30 (Corpus Christi)ATENÇÃO PARA OS FERIADOS DE MAIO!É PROIBIDO O TRABALHO NESTES DIASVeja as principaisreivindicações:ŸReajuste de 15%.ŸPiso de R$900.ŸTicket refeição.ŸAuxílio creche.6,6% no último ano. O tomate,chegou a acumular alta de 122%.Mas enquanto isso, a presidentacontinua falando que o Brasil é opaísdofuturo,edasOlimpíadas...Por isso temos que pressionarparagarantirosnossodireitos!
  2. 2. Jornal dos Comerciários Maio 2013Nada por você!Além de trabalhar de formailegal nos feriados, de não acei-tar o atestado para acompanharos filhos ao médico, de nãofornecer o sapato preto que fazparte do uniforme, e é exigidopela empresa (e deve serfornecido três pares gratuita-mente) a loja de Nova Iguaçuserviu um frango podre noalmoço da galera. Depois demuita reclamação a empresatrocou por linguiça. Imagina sóseninguémreclamasse!Acomi-da da gerência é separada. Seráque foi servido o mesmo frangoprachefia?!Giro Lar e Lazer(B.Roxo Lote XV)Está praticando o banco de horas,o que é proibido. As horas extrastem que ser pagas a 80%.Trabalhaem todos os feriados o quetambém é expressamente ilegalgerando multa de alto valor. Odesvio de função rola solto comose os trabalhadores fossem mil euma utilidades.Tudo isso e muitomais acontece na base do assédiomoral.Agorachega.Aquitemleieé para ser cumprida. Vamos fazervalernossosdireitos.CATEGORIAJornal de responsabilidade da diretoria colegiada do Sindicato dos Trabalhadores no Comércio de Nova Iguaçu, Nilópolis, Para-cambi, Itaguaí, Belford Roxo, Queimados, Japeri, Seropédica, e Mesquita. Conselho Editorial: Marcelo Baena,Marileide Costa, Zé Roberto, Gabriel Silva, ; Redação, diagramação e projeto gráfico: Raphael Botelho; Fotos: Paulo Santos;Renato Gomes,FILIADO À CSP-CONLUTASwww.sindconir.org.brSede: Rua Dr. Barros Júnior, 408/412Centro - Nova Iguaçu - RJTELs./FAX: 2768-9297 / 2767-5130 / 2767-8232comunicacao@sindconir.org.brITAGUAÍ: Avenida Paulo de Frontin, 72/202;Tel. (21) 2687-7729NILÓPOLIS: Rua Prof. G. Alfredo Filgueiras, 18, Sala407-A; Tel. 2791-9271BELFORD ROXO: Praça Getulio Vargas, 112 Ap 201 -Centro; Tel. 2663-1904QUEIMADOS: Avenida Irmãos Guinle, 901/214;Tel. 2665-3093SUBSEDES:DENÚNCIASCasas Bahia(em frente à Veplan)Um vendedor foi agredido porumacliente,duranteoexpediente,e a empresa não o deu nenhumtipo de auxílio. Ficou entregue aprópriasorte.Queabsurdo!Intercontinental(Nova Iguaçu)Não aceita o atestado médico dehoras,e quem se recusa a trabalharnos domingos, sofre uma baitaperseguição com ameaças e tudo.A gerência pratica o assédio moralna maior cara de pau,o que é proi-bido! A empresa já foi notificada ea gerência vai ter que mudar a suaconduta,ouviuEdMorte?!Confira os Cipeiros eleitos no mês de AbrilÓticas do PovoEsta empresa há tempos não apa-rece em nosso jornal e agora dá oar de sua graça, descumprindo aconvenção coletiva ao obrigar ostrabalhadores a comprar com oseu suado dinheiro o uniforme.Outra é descontar o dia de atesta-do para levar os filhos ao médicoou acompanhar em caso de inter-nação o que é cruel e desumano.Estamos de olho para resolver asirregularidades,morô?!SAÚDE & SEGURANÇADia: 08 – Mercado BelotVerônica e MicheleDia: 09 – Vianense 7(Santa Rita)Fabiana e Elton.ia: 10 – Vianense 3 (Austin)Esther e Elisangela.Dia: 19 e 20 – Berg’s (Paracambi)Não foi possível verificaraté o fechamento desta ediçãoDia: 24 – Novo Mundo 8(Queimados)Dorival, Angelita, Rafael eCristiano.Dia: 24 e 25 – Berg’s (Japerí)Dia: 25 – Distribuidora LuzarteCharles e Gleberson.Dia: 26 – Novo Mundo (Cerâmica)Maria Eugênia, Ana Cláudia,Elisa e LúciaNão foi possível verif icaraté o fechamento desta ediçãoA CAT (Comunicação de Acidente de Trabalho) éum documento que deve ser emitido pela empresa pararegistrar um caso de acidente de trabalho ou doença dotrabalho,comousemoafastamentodotrabalhador.O registro da CAT deve ser feito pela empresa efornecido uma cópia para o trabalhador. Mas se issonão acontecer, pode ser emitida pelo Sindicato, pelomédico responsável, pelo próprio trabalhadoracidentado, por seus dependentes ou por qualquerautoridadepublica.O Que é CAT?Obriga os trabalhadores acolocarem o seu CPF nas ven-das de remédios da FarmáciaPopular.Com o quadro reduzido, épreciso se desdobrar para aten-der a população. E se algumremédio for esquecido de serlançado, a empresa aindadesconta dos trabalhadoresatravésdevale.Além de trabalhar de formailegal em todos os feriados,aumentando ainda mais a insa-tisfaçãodostrabalhadores.Impecável emdescumprirdireitos!A loja de Nova Iguaçu está obri-gando os trabalhadores a comprar ouniforme (calça e sapatos pretos) paratrabalhar e fornece apenas uma blusa,ouseja,temquelavaresecardeumdiapara o outro, ou trabalhar com amesma blusa suada do dia anterior.Também há aqueles que tiveram maissorteetemmaisdeumablusa,emboraestejam surradas, desbotadas e esgar-çadas, o que causa constrangimentoaos trabalhadores que tem que aten-der os clientes de uma loja que vendemoda! A irregularidade acontece hámuito tempo e descumpre a conven-ção coletiva. É realmente IMPECÁ-VEL quando o assunto é descumprirosdireitosdostrabalhadores.Ponto Frio(Itaguaí)O ticket refeição está congeladoem R$ 5 desde 2005. A empresa‘esqueceu’queopreçodosalimen-tos aumenta. Será que a solução éos trabalhadores comerem a cadadois dias? É uma vergonha umagrande empresa como esta tratarosseustrabalhadoresdestaforma!Uma vidainteira deexploração
  3. 3. Maio 2013 Jornal dos ComerciáriosLOJAS CONTINUAM PROIBIDASDE TRABALHAR NOS FERIADOS!CATEGORIAO Sindicato está derrotando aslojas no que diz respeito ao traba-lho nos feriados.A disputa chegouaos tribunais, e até o momento oSindicato continua ganhando asações, até em segunda instância.Dessa vez os patrões se juntaram,todos contra uma categoria agorareconhecida, mas não convence-ram. A decisão da justiça segueproibindo os patrões de exigiremtrabalho dos comerciários nosferiados, confirmando o que todosaguardavam com muita ansiedade:Odireitodeestaremcasacomsuasfamílias em dias de feriados, comomandaaleieobomcenso.Os patrões não vão desistirenquanto não aumentar a explora-ção, garantindo mais lucros. Porisso nós, comerciários, tambémnãovamosnosintimidarpelapres-são nacional e também internacio-nal que estamos sofrendo.A hora édeintensificaralutanagarantiadenossos direitos e mostrar que épossível derrotar os gigantes ricose poderosos que nos ameaçamdizendoqueapresidenteDilmairáprotege-los.1°de Maio é dia doTrabalhador!Nodia1demaioécomemoradonomundotodooDiadoTrabalha-dor. Algumas empresas e a grandemídia, costumam falar de ‘Dia doTrabalho’,natentativadedesviarofoco do homenageado do dia e as-sim,dividirostrabalhadores.Podemapelarparaquemquiser,contraavontadedostrabalhadorese a justiça sendo feita até omomento, ninguém vai nossegurar.Viva a luta e a vitória dostrabalhadores! Viva a luta doscomerciários!24 DE ABRIL:Sindicato participa deMarcha a BrasíliaNo dia 24 de Abril, a MarchaNacional à Brasília reuniu mais de20 mil pessoas na Explanada dosMinistérios. Entre eles ativistasdos movimentos sociais, da juven-tudeedeSindicatos.A marcha era contra políticaeconômica do governo, que privi-legia o lucros dos patrões, e contrao ACE (Acordo Coletivo Especi-al), projeto que pretende reduzirMOVIMENTOCATEGORIASINDICATOFutebol: Confira os Jogosque já ocorreram15:00h Novo Mundo 9 2 x 1 Di Santinni Nova Iguaçu15:40h Guanabara Mercenários 2 x 3 Guanabara Galácticos16:20h Vianense 12 5 x 4 Galanti15:00h Casa do Biscoito Top 10 3 x 4 Afif Nova Iguaçu15:40h Vianense 9 6 x 3 Del Fiori16:20h ExtraNovaIguaçu 0x8 Ousado15:00h ChatubaNilópolis 2x2 ExtraBelfordRoxo15:40h HomensdePreto 0x2 DiSantinniTopShopping16:20h NovoMundo9 3x2 GuanabaraMercenáriosOjátradicionalfuteboldacate-goria organizado pelo Sindicato jácomeçou! Nesta 1ª fase,16 equipesdivididas em 4 grupos se enfren-tam, e as duas mais bem colocadasde cada grupo passam para a 2ªfase,ademata-mata.Nãopercaembreve o encarte especial com to-dasasequipeseatabeladosjogosaqui no Jornal do Comerciário.Por enquanto, você pode acessarestas informações no site dosindicato: www.sindconir.org.brdireitosdostrabalhadores.Ao final estudantes da Assem-bléia Nacional de Estudantes - Li-vre (Anel) realizaram um ‘beijaço’em protesto contra a presença doDeputado Marcos Feliciano napresidência da Comissão deDireitos Humanos da Câmara, econtra suas declarações homofó-bicas,machistaseracistas.Esse dia foi escolhido após umamanifestação na cidade de Chi-cago,nos EUA,no ano de 1886,tersido dispersa à tiros pela polícia,deixando dezenas de mortos. Amanifestação era pela jornada de 8horas diárias de trabalho. Naquelaépoca a jornada poderia chegar a16horaspordia!Os‘Mártires de Chicago’,comoficaram conhecidos, foram im-portantíssimosparaosdireitosquetemos. Mas ainda hoje, o trabalhono comércio passa de 8 horas pordia, e a grande maioria dos patrõesnão paga hora extra, ou praticailegalmente o banco de horas, natentativa de explorar ao máximo otrabalhador.Isso só mostra que é a luta dostrabalhadores a única garantia deque nossos direitos sejam respei-tados, e que conquistemos outrosmais.Vivaodiadotrabalhador!
  4. 4. Jornal dos Comerciários Maio 2013Texto de Marcelo BaenaDaniela Mercury surpreendeu a todos ao assumir umrelacionamento homossexual com a jornalista baianaMalu Verçosa. Assim, a cantora dá uma resposta aodeputado homofóbico Marco Feliciano, e mostra quenão há nada de errado em ser gay.A atitude de Daniela éumtapanacaradospreconceituososdeplantão.A luta pela igualdade de direitos civis dos homos-sexuais avança pela Europa. Vários países já instituíramo Casamento Civil Igualitário, um passo importantepara que não haja mais desigualdades entre pessoasheterossexuais e homossexuais. Na América do Sul, aArgentina foi à primeira a equiparar Casamento Civilentre pessoas do mesmo sexo, seguida do Uruguai. NoBrasil os avanços se destacam no campo jurídico: oSupremo Tribunal Federal reconheceu a União Civilentre as pessoas do mesmo sexo,e 10 Estados brasileirosjá o realizam sem precisar recorrer à justiça. A pesar dosavanços, a realidade dos trabalhadores homossexuaisaindaémuitosofrida.Aindalhessãonegadoscercade70direitos.Leisimportantesquepoderiammelhoraravidadessas pessoas estão paradas no Congresso Nacional.Deputadosesenadoreshomofóbicosimpedemqualqueravanço,mostrando que esse Congresso não representa aclasse mais oprimida e explorada. Acabar com violênciae a discriminação contra a população LGBT é requisitofundamental para um país que pretende ser de primeiromundo, tal como construir políticas públicas decombate à homofobia em todas as áreas, inclusive naeducação. Precisamos construir uma sociedade onde asdiferenças sejam entendidas como algo normal, queindependentedaorientaçãosexualdecadapessoa,todostenham o direito a vida, a dignidade e amar livremente."Época triste é a nossa em que mais difícil quebrar umpreconceitodoqueumátomo”-AlbertEinstein.Direitos Iguais: Serdiferente é normal!COMBATE ÀS OPRESSÕESCATEGORIATexto de Marileide MarquesDesde sempre os filhos dependem dos paispara sobreviver. Na alimentação, educação,vestirecalçaretambémnasaúde.O problema é que os patrões se apegam a leido cão e em uma atitude desumana e crueldesconta do salário dos trabalhadores osatestados para levar os filhos ao médico; asituação é ainda pior quando tem internação.Nãopodemosviveremumasociedadequelutapor direitos humanos, sofrer com esse tipo deatitude que põe em dúvida o sentimento esofrimentodooutro.Gostaríamos muito que nossos filhos nuncaficassem doentes ou precisassem de interna-ção.Mas infelizmente não é assim que funcio-na, faz parte da natureza. Agora com essaepidemia de dengue entre outras tantasdoenças a que estamos expostos, e semassistência médica pública e de qualidade pelodescaso dos governos, estamos entregues aprópriasorte.Éprecisodeixaraganânciasóumpouquinhode lado e abonar os atestados médicos paralevar dar assistência aos nossos filhos quetambémsãofilhosdeDeus.AhistóriasobraaLeiÁureade13deMaiode1888,fala de uma princesa boazinha que concedeu a liber-dade aos negros escravizados. Uma grande mentiracontada também nas escolas. O que mudou na ver-dadefoiacondição,daescravidãoporumaliberdadecruel:otrabalhoagoraeraporcomidaemoradia.Não houve indenização em terras e dinheiro. Apartir daí as senzalas passaram a ser as favelas e bair-ros da periferia,onde negros e negras vivem em pés-simascondiçõesecomospioresempregosesalários.Somos nós, os negros, os mais afetados com odesemprego.A luta do povo negro nunca parou e não vai pararenquanto estivermos numa sociedade capitalista,porque enquanto houver capitalismo haveráracismo. Vamos nos organizar mais ainda, e seguirna luta para garantir cotas e exigir o merecidorespeito.A Princesa Izabel nunca foi uma heroína, e o De-putadoMarcosFelicianonãopodeficarnacomissãode direitos humanos bem como também não deveriaestarafrentedeumareligiãoquepregaaigualdadeeo amor fraterno. Não temos nossa ancestralidadeamaldiçoada. Não se trata de uma questão religiosa.Outrosreligiososjáestiveramnacomissãoedesem-penharam bem o seu papel.Se trata de um deputadoracista, machista e homofônico, que está usando areligião para justificar suas atitudes lamentáveis,dividindoostrabalhadores.VALEUZUMBI O GRITO FORTE DOSPALMARES!Pelo direito de levar osfilhos ao médico semdesconto no salário!Da Escravidão ao Desemprego!Texto de Renato GomesClube dos CEM: Não faça parte deste clube!rede de lojas , temum novo nome, mas continuaAcom o velho e ilegal costumedo arredondamento de R$ 100,00(cem reais). Todos os trabalhadoresdesta rede que entraram na justiçativeram sentenças favoráveis, sendoindenizados nos seus direitos, atéporque não dá para viver de esmoladepois de trabalhar muito durodurantetodoomês.A rede permite que os trabalha-dores se endividem muito, com-prometendo além do seu salário. Issoporque a empresa desconta de formairregular direto na fonte, um grandeabsurdo. Os que não tem dívidastambém sofrem com esse descontoabusivo, sem nenhuma explicação.Parece muito com trabalho escravo,nãoémesmo?Via Varejo Outra irregularidade é ter quetrabalhar em shopping nos domin-gos, sendo que a loja de origem é docalçadão. Quem se nega sofre per-seguiçãoeassédiomoral.O uniforme é obrigatório, como acalça, sapato e meias na cor preta, equem comparecer para trabalhardiferente o bicho pega. Mas são ostrabalhadores é quem tem quecomprar com seu próprio dinheiro,não sendo fornecido pela empresa, oque descumpre a convenção coletiva.A empresa assinou um documento noMinistério do Trabalho afirmandofornecer aquilo que exige como uso.Mas segue descumprindo isso namaiorcaradepau.Não vamos parar enquanto osdireitos dos trabalhadores não foremrespeitados.

×