Confira os 
convênios que 
o Sindicato 
oferece aos 
seus sócios 
PÁGINA 2 
CAMPANHA DE ABONO DE NATAL 2014 
Exigimos: 
- ...
SEUS DIREITOS SINDICATO 
Sobre o trabalho aos 
Domingo e Feriados 
OComerciários de Nova Iguaçu e 
Região é contra o traba...
SINDICATO 
Confira as fotos da Festa do Comerciário
SINDICATO 
Confira as fotos da Festa do Comerciário
SINDICATO 
Festa do Sindicato emcomemoração do Dia do 
Comerciário reúnemais demil pessoas 
Novembro 2014 Jornal dos Comer...
Contra a criminalização de quem 
luta! Somos todas Sandra Fortes! 
NACIONAL 
Os direitos dos LGBT’s no centro 
dos debates...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal dos Comerciários (Novembro 2014) - Nº 162

376 visualizações

Publicada em

Jornal dos Sindicato dos Comerciários de Nova Iguaçu e Região Número 162, de Novembro de 2014;

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
376
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
71
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal dos Comerciários (Novembro 2014) - Nº 162

  1. 1. Confira os convênios que o Sindicato oferece aos seus sócios PÁGINA 2 CAMPANHA DE ABONO DE NATAL 2014 Exigimos: - Abono de R$ 91,00; - Hora Extra de 100%; - Lanche aos Sábados; - Folga Segunda Feira de Carnaval e Quarta Feira de Cinzas; - Transporte após as 22:30h. PÁGINA 2 Dia Nacional da PÁGINA 3 PÁGINA 3 Ano 19 Nº 162 Novembro / 2014 O Comerciário (a)merece! Nossa posição sobre o trabalho aos Domingos e Feriados dia da Consciência Ne-Ogra é fruto da organiza- ção e luta do movimento negro num passado recente do Brasil. Apesar de alguns avanços, pouca coisa mudou.O abismo so-cial continua firme e forte,o negro possui os piores salários e os servi-ços mais precários. Infelizmente não há o que comemorar, e sim repudiar tal opressão. Todo dia aparecem notícias nos jornais e ATENÇÃO PARA OS FERIADOS DE NOVEMBRO a a a a 2 de novembro - Finados (Feriado nacional - toda a base) 15 de novembro - Proclamação da República (Feriado nacional - toda a base) 20 de novembro - Dia da Consciência Negra (Feriado estadual - toda a base) 27 de novembro - Padroeira deMesquita. (Feriado emMesquita) Trabalhadores do Supermer-cado Premium (Belford Roxo) têmvitória na justiça Festa dos Comerciários reúnemais de mil pessoas Consciência Negra televisão de casos relacionados ao racismo:Ofensas verbais,espanca-mentos e homicídios. Nós do SINDCONIR, juntamente com o Movimento Nacional Quilombo Raça e Classe lutamos contra todas as formas de opressão, principal-mente o machismo, racismo e homofobia. O Quilombo Raça e Classe é uma oposição ao atual sis-tema governista que ‘luta pela igualdade’ sem ir para o confronto. Nós acreditamos que a luta não pode parar, estamos mobilizados e organizados em escala nacional para garantir um mundo melhor e mais digno para classe trabalhado-ra. Sendo assim convidamos nossa categoria para mais um debate, onde você trabalhador(a) terá voz. Compareça,a sua presença é muito importante para a luta! Contra a perseguição à companheira Sandra Fortes PÁGINA 4
  2. 2. SEUS DIREITOS SINDICATO Sobre o trabalho aos Domingo e Feriados OComerciários de Nova Iguaçu e Região é contra o trabalho aos domingos e feriados. Consideramos que a jorna-da SAÚDE & SEGURANÇA Confira os convênios que o Sindicato oferece para seus associados: Sindicato dos de trabalho atual dos comerciários já é excessiva e, vale destacar também, que o domingo e o feriado é o dia mais apropriado para o descanso do trabalhador (a), pois nesse dia ele terá a oportunidade de estar em convívio com seus entes quer idos (familiares e amigos) e ter tempo para o seu merecido laz er e repouso. DENUNCIAS Supermercado Premium (Belford Roxo) A gerência pratica o assédio moral contra seus trabalhadores. Além de abusar da arrogância, também não paga as horas extras e teima em abrir nos feriados, o que é proibido. Já foi até multada por abrir aos feriados, mas pre-fere continuar contrariando a lei. Supermercado Máximo & Multimarketing (Itaguaí) Além das diversas irregularida-des como desvio de função,banco de horas e outras mais, estes su-permercados ainda obrigaram seus trabalhadores a trabalharem no feriado do dia do comerciário, o que contraria a convenção coletiva, que tem força de lei.O Sindicato já formalizou uma ação junto ao Ministério Público do Trabalho para que sejam tomadas as medidas cabíveis. Conheça alguns direitos dos (as) operadores (as) de Caixa excessiva por parte dos(as) operado-res( as) de checkout. ŸOrganização do Trabalho: A dispo-sição física e o número de checkoutsem atividade (abertos) e de operadores devem ser compatíveis com o fluxo de clientes,de modo a adequar o ritmo de trabalho às características psicofisio-lógicas de cada operador. ŸAspectos Psicossociais do Trabalho: que dizem respeito à identificação do trabalhador e ao uso de vestimentas ou propagandas. Cartilha da CNTC, com edições da redação Jornal de responsabilidade da diretoria colegiada do Sindicato dos Trabalhadores Profissionais no Comércio e Serviços de Nova Iguaçu, Nilópolis, Paracambi,Itaguaí,Belford Roxo,Queimados,Japeri,Seropédica e Mesquita;Redação,diagramação e projeto gráfico:Raphael Botelho (MTB:35898). Jornal dos Comerciários Novembro 2014 Veja abaixo a enumeração de alguns dos direitos das trabalhadoras e traba-lhadoresnos caixas (checkouts)que visam a prevenção de problemas de saúde e segurançarelacionadosaotrabalho. ŸPosto de trabalho: Deve ser ade-quado em relação ao mobiliário do checkout e às suas dimensões, incluin-do distâncias e alturas. ŸManipulação de mercadorias: O empregador não deve adotar medidas que acarretem uso de força muscular Humanitarian (Nova Iguaçu) Aloja está cometendo desvio de função ao obrigar vendedores a limpar a vitrine, o que não é sua função. Ainda por cima os que se recusam a empresa manda pra casa, os fazendo perder um dia de trabalho. Isso éDesvio deFunção eAssédioMoral. Loja Inex (Nova Iguaçu) No Sábado a folha de ponto registra saída as 17:30h, mas os trabalhadores saem depois das 18h. Além disso o assédio moral rola solto para que os trabalhado-res batam metas absurdas,e cum-pram outras funções que não são as suas (desvio de função). Pra completar os funcionários ainda tem que pagar pelo uniformes. CLÍNICAS DE ATENDIMENTO AMBULATORIAL Consultas livres,descontosnosexames.Consulteas tabelasdasclínicas. ŸSEG MEDIC – Centro de Nova Iguaçu – Tel.: 2666-5800; R$ 27 mensais. ŸHOVERLY (Familiar) –Centro de BelfordRoxo eCentro deNova Iguaçu -Tel.: 2662-0876.R$ 39 mensais. ŸRIO DE JANEIRO – Centro de Nova Iguaçu, Nilópolis, Queimados e Duque de Caxias. Tels.: 2668-4892 / 2195-0250.R$ 27 mensais. PLANO DE SAÚDE AMBULATORIAL ŸSAÚDECAM-(Ans:40.658-9)Doistiposdeplanos: até 58 anos (R$ 60) e acimade 59 anos (R$ 219).Cobre mamografia e tomografia. Ampla rede no estado. www.saudecam.com.br PLANOS DE SAÚDE ODONTOLÓGICOS ŸPRIMAVIDA - (Ans - 41.652-5) Tel.: 3299- 4500 – www.primavida.com.br ŸISODONTE - (Ans - 41.526-0) Tel.: 2220-0175 – www.isodonte.com.br PLANO FUNERAL ŸENVIDARIO - Carência de 30 dias para titular e 45 dias para dependentes. Solicite seu guia de des-contos. Rua Ver. Marinho Hemetério de Oliveira, 579 – Centro de Queimados – Tels.: 2663-4900 / 2665-1875; Plano familiar 1 – Esposo/a, compa-nheiro/ a, filhos/as até 21 anos solteiro/a). Plano familiar 2 – Esposo/a, companheiro/a, filhos/as a partir de 22 anos solteiro/a. PSICÓLOGOS ŸDR.DAVIDPECIS- 40%dedesconto-Pracinha Wallace Paes Leme, 1864 – Centro de Nilópolis. Tel.:99316-7816(Claro)e98133-7813(Tim). ŸDRª.NOELE SOARES – (Tabela do CRP);Tel.: 98108-4008. CONVÊNIOS EDUCACIONAIS ŸFAIT IDIOMAS - Rua Ernestina, 87,Centro de Nova Iguaçu - Inglês,Francês,Alemão, Espanhol, Italiano, Libras, Hebraico; Ver tabela. 50% desconto. ŸINFORMATIC CENTER - Av. Irmãos Guinle, 901/201 - Centro de Queimados.58% de desconto. ŸESCOLA ADVENTISTA DE NOVA IGUAÇU – Rua Presidente Sodré, 257 – Centro de Nova Iguaçu – Tels.: 2667-4070 / 2668.1641; Site: eanig.educacaoadventista.org.br; Descontos de 15% nos curso de: Educação infantil; Ensino fundamental (1º ao 5º ano) e Ensino fundamental (6º ao 9º ano);Desconto fidelidade de 10%. FACULDADES ŸSIMONSEN - www.simonsen.br ŸUNIG - www.unig.br ŸESTÁCIO - www.estacio.br OUTROS ŸCENTRO DE ESTÉTICA ROSA DE SARON – Av. Irmãos Guinle, 901/213 – Centro de Quei-mados – Desconto de 25% a partir de R$ 200,00 e 10% demais tratamentos. ŸACADEMIA DANÇANDO COM ARTE – Rua Governador Portela, Nº 1084 – Centro de Nova Iguaçu.Tel.: 3851-0012. Pacote individual: Desconto de 58%. Pacote coletivo:No mínimo 3 sócios ou dependentes: R$ 40,00. Com 10: R$ 39,00.www.dancandocomarte.com.br ŸNOVA CASA IMOBILIÁRIA - ( Jd. Paraiso); Vans para levar ao local a combinar – Tel.: 2669- 0638; www.novacasaimob.com.br. Corretores: Raimundo Tel.: 7713-2211 (id.98*63238) e Jozildo Tel.:99844-6888. POUSADA/COLÔNIA DE FÉRIAS DA FEDERAÇÃO ŸPOUSADA ARARUAMA. ŸPOUSADA PARATY. (Em reforma) Errata da edição 161: O subtítulo da matéria de capa correto é ‘O ComerciárioMerece’.No suplemento especial do futebol os nomes do goleiro menos vazado e do artilheiro do campeonato foramtrocados.Ogoleiromenos vazado foi o Edson (Vianense Fl.09, 9 gols) e o artilheiro foi o José (VianenseFl.09,6 gols);Namatéria 'Somos Racistas' (Coluna 'Combate às Opressões', página 4), "...é um dos países mais desiguais e intolerante do planeta.", leia-se "...é umdospaísesmaisdesiguaiseintolerantesdoplaneta.";Namatéria"EbolasealastrapelaÁfrica por conta das péssimas condições de vida" (Coluna 'Internacional', página 4), onde está escrito "Aindanãohávacilacontraovírus" ,leia-se"Aindanãohávacinacontraovírus".
  3. 3. SINDICATO Confira as fotos da Festa do Comerciário
  4. 4. SINDICATO Confira as fotos da Festa do Comerciário
  5. 5. SINDICATO Festa do Sindicato emcomemoração do Dia do Comerciário reúnemais demil pessoas Novembro 2014 Jornal dos Comerciários dia 20 de outubro en-Otrou para história do nosso sindicato como mais um dia de festa regada pela confraternização e amizade. Trabalhadores (as) se reuniram para um dia de alegria e diversão. O sol não apareceu em sua pleni-tude, mas isso não foi motivo para o desanimo, pois quem foi para piscina gostou e quem ficou na área coberta se deliciou ao som de grupos de forró e de pagode. Além disso, houve sorteios de vá-rios prêmios para os comerciários (as) sócios (as). Queremos aqui parabenizar todos vocês em participar dessa prestigiada festa, contamos no ano que vem com a sua participação novamente. Co-merciário (a), teremos pela frente um ano difícil com um governo que irá fazer ajustes e reajustes (reforma política, trabalhista, aumento da conta de luz e do preço da gasolina), mas estare-mos alerta e sempre dispostos a lutar por nossos direitos. Um abraço e tudo de bom para você e seus familiares que participaram da grande festa do Dia dos Co-merciários e Comerciárias. o dia 23 de Setembro No Juiz Marcelo Ribei- ro Silva, da Justiça do Trabalho, determinou que o Supermercado Premium de Belford Roxo pagasse o abono de natal de 2009 àqueles que lá trabalhavam na época. Em 2009 o Sindicato con-quistou o Abono de Natal,mas o Supermercado não deu o Abono aos seus trabalhadores. CATEGORIA Trabalhadores do Supermercado Premium (Belford Roxo) tem vitória na justiça Os beneficiários receberão conforme relação dos trabalha-dores apresentada na justiça do trabalho a partir do dia 13 de no-vembro, caso a empresa cumpra o que foi determinado e faça o deposito para que o sindicato repasse o pagamento do mereci-do abono. Mais uma vitória da luta e da organização dos trabalhadores em defesa de seus direitos.
  6. 6. Contra a criminalização de quem luta! Somos todas Sandra Fortes! NACIONAL Os direitos dos LGBT’s no centro dos debates políticos Do site da CSP-Conlutas, com edições da redação COMBATE ÀS OPRESSÕES Do blog do Movimento Mulheres em Luta, com edições da redação. Mar de Rosas Quilombo e seus significados Paulo Thomé Nunca se falou tanto sobre as questões políticas que en-volvem os LGBT’s. Aparecemos no último censo, pode-mos casar no civil e até nos meios de comunicação há um recorde de personagens gays, ainda que de forma distor-cida. Ao passo que essa conjuntura salta aos nossos olhos, percebemos aindaqueoproblemadaopressãoé giganteno interior da nossa classe.Há uma presença significativa de LGBT’semserviçosprecarizados (semgarantiadedireitos trabalhistas), como telemarketing, serviços de limpeza, cabeleireiros, no comércio, etc.Travestis e transexuais se-guemsendomarginalizadas, coisa que obrigamuitas delas arecorreremàprostituição. Ocapitalismoseapoianomachismo,noracismoenaho-mofobia para pagar menores salários e com isso regular o valorglobaldamãodeobra.Tambémpor isso,aunidadeda classe trabalhadora, entre homens e mulheres, negros e brancos, heterossexuais e LGBT’s, é uma necessidade. A realidade nos impõe desafios à organização domovimento sindical e popular em defesa dos direitos de toda a classe trabalhadora. É preciso incorporar as demandas dos LGBT’s àsdemandasgeraisda classe trabalhadora,nomo-vimento sindical e popular. É preciso, além do combate cotidianoàhomofobia,queosLGBT’sdanossaclasseocu-pemseulugarnasnossasorganizações. Os trabalhadores e as trabalhadoras presentes no I Encontro Nacional LGBT da CSP - Conlutas, realizado nosdias28,29e30deJunho,emSãoPaulo,defendemquea luta dos LGBT’s só pode ser vitoriosa impulsionando a unidade com a classe trabalhadora e por isso fazendo avançaraconstruçãodestaCentral. PTeoPSDBestãoserevezando no O poder a vinte anos (8 de F.H.C. e 12 de Lula e Dilma), mas será coincidência esse revezamento? Creio que não.Os dois foramos quemais gastaram dinheiro em suas campanhas, patrocinadas por empresários. Sendo assim, eu acredito que o país está indo de ventoempopa.Osdoiscandidatos tinham como discurso de campanha uma palavra que viroumantra:mudança.Mas para que mudança se os dois candidatos estão aí há tempos,eopovoreconheceuqueumdeles merece governar por ainda mais tempo o país? Para que mudar o time que se está ganhando, para que mudar se nossos problemas inexistem, para que mudar se vivemosemumverdadeiromarderosas. Dê-memotivosparaficarindignado,se nossos médicos são atenciosos, nossos hospitais não têm fila de espera para consultas e exames. Para que mudar, se nossos trens e ônibus, só andam vazios e Nas suas origens históricas e linguísticas, o quilombo vem de território africano,do Zaire e de Angola,na África Central.Segundo o antro-pólogo Kabengele Munanga, é seguramente uma palavra originária dos povos de línguas bantu (kilombo aportuguesado:quilombo).Sua presença e seu significado no Brasil têm a ver com alguns ramos desses povos bantu cujos membros foram trazidos e escravizados nesta terra. Trata-se dos grupos lunda, ovimbundu, umbundu, kongo, imbagala, etc., cujos territórios se dividem entre Angola e Zaire. Quem havia de pensar que estes homens [os palmarinos] sem instrução,mas só guiados pela observação e pela liberdade, foram os primeiros que no Brasil fundaram uma república, quando é certo que naquele tempo, não se conhecia tal forma de governo, nem dela se falava no país? (como diz Manuel Querino,em ‘A raça africana e os seus costumes na Bahia’,de 1938). “Eu canto aos Palmares / sem inveja de Virgílio, de Homero / e de Camões / porque o meu canto / é o grito de uma raça / em plena luta pela liberdade” - Solano Trindade (1908-1974),Cantares ao Meu Povo. saemsempre no horário.Para quemudar se nossas escolas possuem professores bem remunerados, merendas de primeira quali-dade e ensino padrãoFIFA.Para quemudar se temos políticos e magistrados que não ganhamnenhumavantagemeprivilégio,que nãorecebemnem14ªnem15ºsalário,auxílio moradia e auxílio paletó e colocam os seus mandatos a serviço da classe trabalhadora, queéamaiorianessepaís. Masvocê,leitor (a),deve estar sepergun-tando o que eu quero comesse artigo, já que nós somos inteligentes o suficiente e não precisamos pensar, porque temos pessoas bem intencionadas que pensam por nós: políticos, empresários e banqueiros. Que maravilha de país que não precisou extermi-nar seus índios e nem escravizar os povos africanos, que beleza de país que possui saneamento básico em sua totalidade. Para que bolsa família,pois o saláriomínimo é de R$ 2.862,73.MeuDeus (seja qual for: Jeová, OxaláouAlá),obrigadopor ter feitooBrasil dojeitoqueeleé:lindoemaravilhoso.Com seus riosepraias,montanhaseserras,onde se plantando tudo dá, que beleza de nação que aprendi a amar desde pequenino, país com um povo lindo, loiro, cabelos lisos e olhos azuis, corpos esbeltos, dentes brancos e perfeitos. Oh que país abençoa-do, paísdofutebolquesóganhadegoleada, paisdocarnaval,dacervejaedolazer. Para que mudar nossas vidas, se já possuímos tudodobomedomelhor?Viva Dilma! Fique mais quatro anos, você merece e nós também. Seja você mesma, combata a corrupção,denuncie os ladrões, distribuaarendadeformaigualparatodos. Seja você mesma, sincera, honesta e competente. Parabéns por mais quatro anosdemandatocomtransparência.Vivao povo brasileiro, viva essa nação que me enche de orgulho e amor no coração.Ah... Já iame esquecendo do nosso estado: bem vindodevoltaCabral. Jornal dos Comerciários Novembro 2014 SandraFortes foi uma das dirigentes da greve do fun-cionalismomunicipal deTaboão da Serra.Aparalização durou cerca de 20 dias, nomês de junho passado e tinha como reivindicações o cumprimento da data base, o reajuste salarial edireitohá anos ignoradopelosprefeitos da cidade.Amaioria da vanguarda que conduziu a greve era composta por mulheres, que se enfrentou com o prefeito e seus secretários. O prefeito se recusou a negociar, mas foi obrigado pela greve a conceder um abono salarial de R$100 a R$200 aos trabalhadores das faixas salariaismenores. Oprefeitodacidade,FernandoFernandes,doPSDB, abriu um processo administrativo calunioso contra a professora Sandra Fortes, membro da Executiva da Sub-sede da Apeoesp Taboão e da diretoria da ATRASPACTS (Associação dosTrabalhadores da Pre-feitura, Autarquias eCâmaradeTaboãodaSerra).Como retorno ao trabalho, o governo passou a perseguir as lideranças da greve, transferindo arbitrariamente quatro profissionais de seus locais de trabalho e ameaçando muitosoutros.AtravésdeliminarnaJustiça,oprefeitofoi obrigado a pagar os dias da greve que havia descontado dos saláriosdos trabalhadoresdaSecretariadaEducação, masosdas secretariasdaAssistênciaSocial,Manutenção e Cultura ainda não receberame aguardamuma decisão judicial. OcasodacompanheiraSandraépartedoconjuntode ataques sofridos pelos trabalhadores que ousam lutar e reivindicar melhores condições de trabalho e remune-ração. Todo apoio à professora Sandra Fortes! Pela retiradadoprocesso!

×