ANO XX - No 367 - 2ª quinzeNA DE setembro DE 2014 
® 
Em defesa da verdade e do desenvolvimento de São Miguel e região - ...
2ª quinzena de 
setembro de 2014 
P ág. 2 
Hospital Alemão Oswaldo Cruz 
lança campanha “Ouça seu Coração” 
Ação para cons...
2ª quinzena de 
setembro de 2014 DESTAQUE LOCAL 
P ág. 3 
Grupo Acontece de Jornais e Revista é homenageado 
com o “7º Prê...
2ª quinzena de 
setembro de 2014 
P ág. 4 
Dilma aumenta diferença para Marina no 1º turno e ultrapassa no 2º 
Presidente ...
2ª quinzena de 
setembro de 2014 
P ág. 5 
Colesterol alto atinge 30% das crianças com histórico familiar 
Levantamento re...
2ª quinzena de 
setembro de 2014 
P ág. 6 
Valor R$ 1.000,00 
Brasil é líder em ci-rurgias 
plásticas estéti-cas, 
segundo...
2ª quinzena de 
setembro de 2014 Giro dos famosos 
P ág. 7 
Neymar se declara 
para gata: “Como 
um anjo, você 
apareceu n...
2ª quinzena de 
setembro de 2014 PUBLICIDADE 
P ág. 8
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Acontece agora ed367

178 visualizações

Publicada em

367

Publicada em: Design
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Acontece agora ed367

  1. 1. ANO XX - No 367 - 2ª quinzeNA DE setembro DE 2014 ® Em defesa da verdade e do desenvolvimento de São Miguel e região -  2031-2364 e 2513-0928 - raleste@gmail.com Grupo Acontece de Jornais e Revista é homenageado com o “7º Prêmio Gutenberg” consecutivo Dilma aumenta diferença para Marina no 1º turno e ultrapassa no 2º A presidente Dil-ma Rousseff tem 36% das intenções de voto na disputa pelo Palácio do Pla-nalto, indica pesqui-sa CNT/MDA divulga-da nesta terça-feira (23). Na última pes-quisa, divulgada no início do mês, Dilma tinha 38,1% das in-tenções, e, portan-to, variou dentro da margem de erro, de 2,2 pontos percentu-ais. Apesar da peque-na queda, a candidata à reeleição aumentou a diferença para a ex- -senadora Marina Silva (PSB), segunda... PÁG. 4 PÁG. 3 Colesterol alto atinge 30% das crianças com histórico familiar PÁG. 6 levará serviços e orientações sobre violência doméstica às mulheres da PÁG. 3 Unidade móvel de atendimento à mulher começa a circular na zona leste A voz da no Congresso Zona Leste Nacional CNPJ Campanha: 20.559.113/0001-39 - Coligação Para mudar de Verdade PT-PCdoB-PR/ Coligação PT-PCdoB Valor pago pela inserção: R$ 1.200,00 - CNPJ: 16.554.419/0001-25 www.pauloteixeira13.com.br Veículo adaptado região PÁG. 6 Prefeitura leva crianças abrigadas e jovens com deficiências à concerto 3 anuncio.indd 1 8/27/14 9:51 AM
  2. 2. 2ª quinzena de setembro de 2014 P ág. 2 Hospital Alemão Oswaldo Cruz lança campanha “Ouça seu Coração” Ação para conscientização sobre cuidados com o coração será realizada no Shopping Pátio Paulista, com equipe médica e assistencial do Hospital Oi desiste e apenas 4 empresas vão participar do novo leilão do 4G PARA DEFENDER SAO PAULO, NAO TEM MELHOR. Jornal Acontece Agora, Folha do Itaim & Curuça, Jornal de Ermelino & Ponte Rasa, Jornal Guaianás & Cidade Tiradentes e Revista Acontece Leste Tiragem: 40.000 exemplares cnpj: 03.115.443/0001-16 Circulação: São Miguel, ITAQUERA, vILA Jacuí, jd. helena, v. curuça E GUARULHOS SUPLENTES: JOSÉ ANÍBAL• ATÍLIO FRANCISCO Diretor: Divaldo Rosa Adm. e Financeiro: Ademyr Rodrigues Representante comercial: Adriana Sena, Eduardo Rocha e Ariane Andrade Jornalista FL: Silmara G. Nunes Revisão: Suseli Corumba Rosa Fotos: Bruno Barreto Rosa Diagramador: Sergio Avante Depto. Jurídico: Agilson M. Oliveira Distribuição: Mart Press Distribuidora Avenida dos Guachos, 166 - Vila Curuça Cep: 08030-360 Itaim Paulista – SP E-mail: raleste@gmail.com site: www.grupoacontece.com.br O jornal Acontece Agora é Filiado à A J O R L E S T E Associação dos Jornais da Zona Leste REDAÇÃO E PUBLICIDADE 2031-2364 | 2513-0928 Patente: PROC. 830024034 Classe 16 RPI RM 2087 FL = Free Lancer As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam, necessariamente, a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comercias não mantém vínculo empregatício com a empresa. Todo mundo precisa de terapia? Sebo Papel & Caneta Rua Pedro Soares de Andrade, 221 V. Rosaria SUBPREFEITURA DE SÃO MIGUEL R. Dom Ana Flora P. Souza, 76 - Vila Jacuí-SP REVISTARIA CAVOA Rua Cavoá, 425 - Vila Curuça BANCA CULTURAL (Banca do Assai Atacadista) Av. Mal. Tito, 1300 São Miguel BANCA DO MERCADÃO Av. Mal. Tito, 567 São Miguel BANCA DO NAGUMO Pça. Francisco Pereira, 80 Vila Curuça BANCA NOVA GERAÇÃO Av. Mal. Tito, 686 São Miguel PADARIA UNIDA Av. Pires do Rio, 2681 São Miguel BANCA DO NAGUMO Pça. Francisco Pereira, 80 Vila Curuçá CHEGOU A HORA! JAPAUTOwww.japauto.com.br MENSAIS R$ 319, + PEQUENA ENTRADA BAULETO e CAPACETE GRÁTIS ITAIM PAULISTA - F.: 2025-7777 - AV. MARECHAL TITO, 7003 ALPHAVILLE / BARUERI / CAMBUCI / CARAPICUÍBA / CENTRO / FRANCISCO MORATO / FRANCO DA ROCHA / ITAQUERA / JABAQUARA / LIBERDADE / MAIRIPORÃ / MAUÁ / GUARULHOS / PIRITUBA / SANTO AMARO / SANTO ANDRÉ / VILA MARIA Bros 150 ESD 14/14 a/v 10.650, ou entr. 1.065,00,+50x319, (t.prazo 17.015,00,).Fan 150 ESDI 14/15 a/v 7.665, ou entr. 800,00,+50x248, (t.prazo 13.200,00,). PCX 150 14/15 a/v 9.590,00, ou entr. 1.918,+50x259, (t.prazo 14.868,).Juros 1,99% a.m. (26.68% a.a.).TC R$450, incluso.CB 300 14/14 a/v 13.600, ou entr. 4.000,+48x389, (t.prazo 22.672,) Juros 2,75% a.m. (38,48% a.a.) (TC R$ 498,).CET máximo 52,85% a.a.TC e IOF inclusos.Banco Honda.Tabela sujeita a alteração sem prévio aviso, conforme política de comercialização da fábrica.Consulte todas as informações em nosso showroom.Promoções válidas somente para os modelos anunciados até o término do estoque (2 unidades de cada).Bauleto e capacete grátis somente para Bros.Ofertas não cumulativas com outras. Imagens ilustrativas.Reservamos o direito de corrigir possíveis erros gráfi cos e de digitação. Todos juntos fazem um trânsito melhor. BROS 150 ESD COMPLETA PCX 150 MENSAIS R$ 259, + PEQUENA ENTRADA CB 300 MENSAIS R$ 389, + ENTRADA MENSAIS R$ 248, + PEQUENA ENTRADA FAN 150 ESDi Somente para Bros No dia 29 de setembro, segunda-feira, será celebra-do o Dia Mundial do Cora-ção. Para marcar a data, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, um dos maiores cen-tros hospitalares da Améri-ca Latina, e referência em serviços de alta complexi-dade, realizará uma ação de conscientização sobre a importância da prevenção e tratamento de doenças car-diovasculares. A ação, que será realiza-da no Shopping Pátio Pau-lista, Bela Vista, na região central de São Paulo, cha-mará a atenção do público com o tema “Ouça seu Co-ração”. Durante todo o dia, o Hospital distribuirá folhe-tos informativos e realiza-rá exames gratuitos, como aferição de pressão arterial, além de orientações sobre como manter a saúde do coração para as pessoas que passarem pelo “Lounge do Coração”. A iniciativa faz parte do trabalho de cons-cientização do Centro de Cardiologia do Hospital, e visa mostrar que os cuida-dos com o coração devem ser constantes, indepen-dentemente de idade. Serviço: Lounge do Co-ração. Data: 29 de setem-bro de 2014. Endereço: Rua Treze de Maio, 1947 – Piso Treze de Maio - Bela Vista. Quem nun-ca ouviu esta frase: “todo mundo precisa de terapia”? É uma daque-las máximas que ganham o mundo e vão passando de boca em boca. Mas será que é verdade? A resposta é não. E a razão é simples: fazer terapia é uma questão de es-colha e não dá para obrigar ninguém a isso, pois requer disponibilidade e compro-metimento. “Por outro lado, é fato que grande parte das pesso-as viveu situações traumati-zantes ou abusivas ao longo da existência e necessita de tratamento para encontrar novas formas de lidar com o que aconteceu”, diz Miriam Barros, psicóloga clínica for-mada pela FMU (Faculdades Metropolitanas Unidas) e psicodramatista formada pela PUC (Pontifícia Univer-sidade Católica). Os ganhos são enormes em termos de qualidade de vida, ela afirma. No processo analítico, você adquire autoconsci-ência e passa a se perceber melhor, prestando atenção nas escolhas que faz. Dessa forma, enxerga como estão seus relacionamentos e, a partir daí, toma atitudes mais saudáveis e construti-vas. Autoconhecimento: na opinião de Marília Cas-tello Branco, psicóloga dos setores de adolescentes e mulheres do Programa de Orientação e Atendimento a Dependentes da Universi-dade Federal de São Paulo (Unifesp), todas as pesso- as deveriam, sim, cuidar da saúde mental. “Mas existem diferentes maneiras de se chegar lá, a psicoterapia é apenas uma delas. E, apesar de extremamente benéfica, a verdade é que nem todos dispõem de tempo, disposi-ção e vontade de fazer.” Se você tem dúvidas se deveria ou não investir nes-se recurso, considere que há duas formas de enxergá-lo: como tratamento ou forma de autoconhecimento. No primeiro caso, ele vem ajudar a resolver um ou mais problemas, da dificul-dade num relacionamento a quadros específicos como depressão, ansiedade, fo-bia, pânico, envolvimento com álcool e drogas. No segundo, a pessoa simplesmente recorre a esse instrumento para se conhe-cer melhor. “A pergunta que deve-mos fazer é: para que ficar sofrendo se existe uma ma-neira de lidar com os entra-ves da vida e, muitas vezes, transformá-los? Questões familiares, afetivas, de tra-balho, na relação com o outro – tudo isso pode ser abordado, resolvido, aper-feiçoado”, diz Marília Cas-tello Branco. A operadora de telefo-nia Oi informou no dia 23 em comunicado que não vai participar do novo leilão do 4G, marcado para a próxima terça-feira (30). Apenas qua-tro empresas entregaram propostas para o leilão: Cla-ro, Algar (CTBC), Telefó-nica/ Vivo e TIM. A Nextel também anunciou que não participará. O prazo de ins-crição se encerrou às 10h desta terça, o que significa que nenhuma outra empre-sa, além dessas quatro, vai poder participar. O governo vai oferecer no leilão do dia 30 de setembro lotes ou “pe-daços” da faixa de 700 MHz (megahertz) para que, nela, as vencedoras ofertem o 4G (quarta geração da banda larga). Porém, essa faixa é hoje ocupada por canais de TV, que deverão sair para a entrada das operadoras. O edital prevê que o serviço de banda larga só comece 12 meses após a saída de todas as emissoras. A desistência da Oi surpreendeu o setor. No comunicado, ela informa que, entre os motivos para desistir do leilão, está a pos-sibilidade de a faixa de 700 MHz só estar totalmente li-berada para a oferta do ser-viço de banda larga de 4G a partir de 2019, o que pode significar demora para rea-ver os investimentos. “Nesse sentido, e considerando que a faixa leiloada só poderá ter utilização plena em 2019, a Companhia [Oi] decidiu manter a sua estratégia de investimento em projetos estruturantes de rede que atendam aos objetivos de melhoria do nível de quali-dade e percepção dos servi-ços prestados aos seus clien-tes no acesso fixo e móvel e reforçar os investimentos em aumento de cobertura e capacidade da rede móvel e na expansão de banda larga e TV paga, numa lógica mul-tiprodutos e convergência a nível nacional”, diz a Oi no comunicado. A Nextel tam-bém confirmou a ausência, mas não descartou a par-tipação em futuros leilões. “Já foi divulgada, inclusive, a intenção de se licitar ou-tros espectros (faixas) ainda disponíveis, como por exem-plo o de 1.800 MHz na Gran-de São Paulo. Assim, a Nex-tel reitera que continuará atenta a toda oportunidade de investimento para cres-cimento e desenvolvimento do negócio”, diz a empresa, em nota. No último dia 15, a NII Holdings, dona da marca Nextel na América Latina, entrou com pedido de recu-peração judicial nos Estados Unidos, mas informou que a subsidiária no Brasil não faz parte do processo. COLIGAÇÃO: AQUI É SÃO PAULO - PSDB/DEM/PEN/PMN/PT do B/PTC/PTN/SD/PPS/PRB/PSB/PSC/PSDC/PSL • CNPJ SERRA: 20.620.278/0001-79 CNPJ DO VEÍCULO: 16.554.419/0001-25 • VALOR DA INSERÇÃO: R$ 1.500,00
  3. 3. 2ª quinzena de setembro de 2014 DESTAQUE LOCAL P ág. 3 Grupo Acontece de Jornais e Revista é homenageado com o “7º Prêmio Gutenberg” consecutivo A atividade faz parte de uma série de ações promovidas pela Secretaria Muni-cipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Redu-zida em setembro Em comemoração ao Dia Nacional de Luta das Pes-soas Deficientes, celebrado no dia 21, a Prefeitura de São Paulo promoveu um Concerto Inclusivo, execu-tado pela Orquestra Expe-rimental de Repertório, na Praça das Artes, no centro da cidade. A plateia foi for-mada em sua a maioria por crianças e adolescentes que vivem nos abrigos da admi-nistração municipal ou que participam de seus projetos sociais. “A gente não pode es-quecer da questão da in-clusão na nossa sociedade. Quando falamos de inclu-são, temos certeza de que tanto quanto beneficiar as pessoas com deficiência, toda a sociedade ganha muito. Ganha aprendendo com a diversidade. É um enorme, fantástico e rico aprendizado a gente ver que a diversidade não re-presenta deficiências, mas A Associação Comercial de São Paulo Distrital do Tatua-pé homenageou cerca de 50 veículos de comunicação da Zona Leste de São Paulo com o 7º Prêmio Gutenberg. A solenidade ocorreu por volta das 19h, no Sesc Belenzinho, localizado na rua Álvaro Ra-mos, Belém. O evento, criado pela própria Associação Co-mercial, é direcionado à im-prensa regional da zona leste e foi criado por José Garris Del Valle, ex superintendente da Distrital Tatuapé. Este evento tem por fina-lidade comemorar o dia da imprensa e do jornalista des-tacando e lembrando a im-portância da mídia de bairro na cidade de São Paulo, em especial, na zona leste. Cerca de 50 pessoas fo-ram homenageadas e cada empresa jornalística escolhia um colaborador, funcioná-rio ou diretor da empresa para receber o prêmio. Os Jornais Acontece Ago-ra, Jornal Folha do Itaim & Curuçá, Jornal de Erme-lino & Ponte Rasa, Jornal de Guaianas & Cidade Tira-dentes e a Revista Acontece Leste do Grupo Acontece de Jornais e Revistas recebe-ram uma justa homenagem pelo seu trabalho, compro-metimento e seriedade em A secretária de Políticas para as Mulheres, Denise Motta Dau, apresentou no dia 20, a Unidade Móvel para mulheres em situação de violência na Subprefei-tura São Miguel Paulista. O evento integra as come-morações dos 392 anos do defesa da zona leste de São Paulo. O Grupo Acontece que nasceu em São Miguel há 20 anos é um dos grupos de comunicação regional mais respeitados da cidade de São Paulo. Os principais jornais, re-vistas e rádios homenagea-dos foram: Jornal Acontece da Cidade, entre outros. Após a execução do Hino Nacional, o mestre de ceri-mônia Davi Gonçalves de Al-meida pediu para que com- vem Bruno Barreto Rosa, fi-lho do diretor e presidente do Grupo Acontece Divaldo Rosa, que orgulhosamente recebeu a homenagem do Jornal Acontece Agora, Jor-nal Folha do Itaim & Curuçá, Jornal de Ermelino & Ponte Rasa, Jornal Guaianas & Ci-dade Tiradentes e da Revista Acontece Leste. Quem foi Gutenberg Johannes Gutenberg, que dá nome ao evento, foi um inventor e gráfi-co alemão que introdu-ziu a forma moderna de construir prédios, casas e arquiteturas gigan-tescas. Sua invenção do tipo mecânico móvel em 1450 para impressão co-meçou a Revolução da Imprensa e é amplamen-te considerado o even-to mais importante do período moderno. Teve um papel fundamental no desenvolvimento da Renascença, Reforma e na Revolução Científica e lançou as bases ma-teriais para a moderna economia,baseada no conhecimento e na dis-seminação de aprendiza-gem em massa. pusessem a mesa: Marcos Antonio Jorge, coordenador regional leste das Associa-ção Comercial de São Paulo; Antonio Sampaio Teixeira, diretor superintendente da Associação Comercial Dis-trital do Tatuapé; Luciano Carlos Araujo Lima, diretor superintendente da Asso-ciação Comercial Distrital Penha; Francisco Antonio, diretor superintendente da Associação Comercial Distri-tal Mooca; Fernando Veluc-ci, diretor superintendente da Associação Comercial Distrital São Miguel Paulista; João Bico, vice-presidente da Associação Comercial de São Paulo e Evandro Reis, subprefeito da Mooca. Para receber o 7º Prêmio Gutenberg consecutivo pelo Grupo Acontece de Jornais e Revista, foi chamado o jo- Agora, Folha Vila Prudente, Gazeta da Mooca, Folha do Itaim, Gazeta do Tatuapé, Jornal de Itaquera, Jornal Ermelino & Pon-te Rasa, Jornal do Brás, Folha de São Miguel, Jornal Im-pacto Leste, Jornal Mais Brasil, Jornal o Retrato, Gazeta Penhense, Jornal Guaianás, Jornal Diário do Comér-cio, Revista Acon-tece Leste, Revista City Penha, Revista do Tatuapé, Revis-ta em Dia, Rádio Unidade móvel de atendimento à mulher começa a circular na zona leste Veículo adaptado levará serviços e orientações sobre violência doméstica às mulheres da região bairro. O veículo percorrerá até 31 de outubro quatro bairros da região: São Mi-guel Paulista, São Mateus, Guaianases e Cidade Tira-dentes. O bairro de Parelheiros, na zona sul da capital, foi primeiro a receber o servi-ço itinerante, seguido de Capela do Socorro, Cida-de Ademar e Campo Lim-po. O veículo é um ônibus adaptado para realizar o atendimento emergencial e preventivo, com equipe multidisciplinar treinada para a escuta das denúncias e em condições de circular em áreas de difícil acesso. Inédito no estado de São Paulo, o atendimento móvel integra o programa “Mulher, viver sem violên-cia” do governo federal. Na primeira fase de circu-lação do serviço, na zona sul, foram realizados 8.000 atendimentos gerais: distri-buição de cartilhas, orien-tações sobre a Lei Maria da Penha, cadastro único e programas sociais, além de outros 120 diretamente re-lacionados às situações de violência doméstica. Até 31 de outubro, a equipe multiprofissional permanecerá na zona leste oferecendo atendimento psicossocial, encaminha-mentos aos equipamentos da Prefeitura e orientações sobre os direitos das mulhe-res e a Lei Maria da Penha. Confira o calendário de circulação da Unidade Mó-vel em São Miguel Paulista: 22 e 23 de setembro – Rua Salvador Fernandes Cardia, 1037 – Vila Mara 24 e 25 de setembro – Parque Vila Jacuí – Rua Ca-taleia 26 de setembro – Praça Padre Aleixo Monteiro Ma-fra (Praça do Forró) Prefeitura leva crianças abrigadas e jovens com deficiências à concerto inclusivo diferenças que nos enrique-cem”, afirmou Ana Estela Haddad, primeira-dama e coordenadora do programa São Paulo Carinhosa. Para o maestro regente Carlos Moreno, a própria arquitetura de muitos es-paços culturais é excluden-te. «Quando fui convidado para assumir o posto dessa orquestra, me foi atribuída também a missão de apro-ximar a orquestra da cida-de. Os teatros, no entanto, já por possuir cadeiras, ex-cluem as pessoas que preci-sam de algum tipo especial de acomodação. Espero que seja o primeiro gesto em prol de vários concertos para esse público que nor-malmente é excluído, não por vontade, mas muitas vezes pela própria estrutura dos espaços», afirmou. Além de assistir ao espe-táculo na Praça das Artes, os convidados interagiram com os instrumentos. Aque-les com deficiência auditiva, por exemplo, sentaram-se em meio à orquestra, junto aos instrumentos de percus-são para que sentissem a vi-bração por eles causada. «Isso é inclusão. Todo mundo misturado, junto, em um momento de festa. Pessoas com deficiência e pessoas sem deficiência sem nenhuma distinção entre elas. Esse foi um concerto feito para todos. Até mes-mo as pessoas auditivas pu-deram participar, sentindo a vibração dos instrumentos. As pessoas com deficiência visual também participaram, já que o maestro foi descre-vendo cada parte do con-certo », destacou Marianne Pinotti, secretária municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida. E. P., de 12 anos, é ca-deirante e vive no abrigo Raízes da Vida, de São Mi-guel Paulista. “Nunca tinha visto uma orquestra antes. Gostei bastante. O que mais chamou a minha atenção foi a harpa. Nunca tinha vis-to uma dessas na vida, nem sabia que existia”, surpre-endeu- se. Com o objetivo de reu-nir pessoas com e sem de-ficiência para terem conta-to com a música clássica, o Concerto Inclusivo nasceu de uma parceria entre a Orquestra Experimental de Repertório, ligada à Fun-dação Theatro Municipal, e as Secretarias Municipais da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, de Cultura, e de Assistência e Desenvolvimento Social. Na programação, constaram execuções de obras de Be-ethoven, Tchaikovsky, Kor-sakov e Strauss.
  4. 4. 2ª quinzena de setembro de 2014 P ág. 4 Dilma aumenta diferença para Marina no 1º turno e ultrapassa no 2º Presidente variou negativamente dentro da margem de erro, mas ex-senadora caiu 6 pontos CNPJ C.: 20.560.273/0001-06 • Valor: R$ 600,00 A presidente Dilma Rousseff tem 36% das in-tenções de voto na disputa pelo Palácio do Planalto, indica pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-fei-ra (23). Na última pesqui-sa, divulgada no início do mês, Dilma tinha 38,1% das intenções, e, portanto, variou dentro da margem de erro, de 2,2 pontos per-centuais. Apesar da pequena que-da, a candidata à reeleição aumentou a diferença para a ex-senadora Marina Silva (PSB), segunda colocada nas pesquisas. Na pesquisa do dia 9 de setembro, Marina tinha 33,5% das intenções de voto. Hoje, aparece com 27,4% — uma queda de seis pontos percentuais. Dos três candidatos mais bem colocados na pesqui- O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, reagiu com entusiasmo ao resultado da mais recente pesquisa de intenções de voto, divulgada nesta terça- -feira pela CNT/MDA, que mostrou o tucano ganhan-do terreno no primeiro tur-no e em todas as simulações TRABALHO SÉRIO DE QUEM SABE O QUE FAZ de segundo turno. “O que importa é a ten-dência de alta no movimen-to. Estou ainda na disputa e vou lutar até o fim”, disse Aécio ao ser questionado pela Reuters sobre o levan-tamento minutos após a di-vulgação. Os números da CNT/ MDA mostraram Aécio com 17,6% das intenções de voto na simulação de pri-meiro turno, ante 14,7% na pesquisa anterior. A candi-data Dilma Rousseff (PT) os-cilou para baixo, de 38,1% para 36%, enquanto Mari-na Silva (PSB) caiu de 33,5% Eleitores do Estado de São Paulo vão às urnas no dia 5 de outubro para de-cidir os representantes de cinco cargos diferentes. São eles: deputado estadual e federal, senador, governa-dor e presidente. Para facilitar na hora do voto, o eleitor pode e deve levar os números dos seus candidatos anotados em um papel. O TRE-SP (Tribunal Re-gional Eleitoral de São Paulo) recomenda que os eleitores imprimam suas Haddad propõe isenção de tributos sobre as bicicletas Impostos que incidem sobre bicicletas são estadual e federal. Prefeito reafirmou ainda seu compromisso de interligar todos os 96 distritos da cidade por ciclovias O prefeito Fernando Ha-ddad propôs na no dia 22, com apoio de cicloativis-tas, a isenção de tributos estaduais e federais sobre as bicicletas. Em razão do Dia Mundial Sem Carro co-memorado hoje, o prefeito percorreu o trajeto entre sua residência e a sede da administração municipal de bicicleta, acompanhado por ciclistas, jornalistas e pelo secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto. “É importante começar-mos a batalhar junto aos governos estadual e fede-ral a isenção de impostos para a bicicleta. Eu queria lançar com os cicloativistas um novo abaixo-assinado, [pedindo] além das ciclo-vias, a isenção fiscal para as bicicletas. Não incide im-posto municipal sobre elas. A bicicleta não paga IPTU e nem ISS. Ela paga ICMS, PIS, Cofins e também IPI. Se nós fizermos um esforço, nós conseguiremos baixar mui-to, talvez 20%, 30% o pre-ço da bicicleta”, afirmou o prefeito. Haddad disse que se en-carregará de levar a pauta junto à Frente Nacional de Prefeitos. “Além das ciclo-vias, o pessoal vai ter um es-tímulo a mais para comprar a sua bicicleta e testar essa nova forma de deslocamen-to pela cidade. Nós estamos querendo oferecer seguran-ça para que as pessoas vol-tem a curtir São Paulo como fizeram 20, 30 anos atrás, quando os espaços públicos eram muito mais generosos do que hoje”, disse. Na ocasião, o prefeito reafirmou ainda o seu com-promisso de implementar 400 quilômetros de ciclovias pela cidade de São Paulo até o fim de 2015. Desde o início de 2013, foram criados 78,3 quilômetros de ciclovias. “Até o final do ano que vem, todos os 96 distritos da cidade vão estar inter-ligados. Nenhum distrito, por mais periférico que seja, vai deixar de estar li-gado à malha cicloviária. [Se com] 400 quilômetros dá para chegar até o Rio de Janeiro, então dá também para chegarmos em Guaia-nases, em Perus, em Marsi-lac”, afirmou Haddad. O secretário Jilmar Tat-to citou como exemplo a ciclovia de mais de 2 qui-lômetros que deverá ser implementada na próxima semana no Jardim Helena e em São Miguel Paulista, na zona leste. “O projeto está pronto e isso é bem no fun-dão da zona leste. Temos que fazer a conexão. Sair do centro e ir até a divisa de São Paulo, passando pe-las radiais, perimetrais e de-pois nos bairros. Então com 400 quilômetros nós conse-guimos, sim, chegar até as periferias”, afirmou. sa, apenas o senador Aécio Neves (PSDB-MG) subiu: de 14,7% para 17,6%. Em quarto lugar, aparece Lu-ciana Genro (PSOL), com 0,9% das intenções de voto. Na sequência, está Everaldo Pereira (PSC), com 0,8%. Somados, os outros can-didatos têm 0,8%. Brancos e nulos somam 7,2% dos en-trevistados e 9,3% não res-ponderam ou não souberam responder à pesquisa. Segundo turno: Na pesquisa estimulada de se-gundo turno, Dilma apare-ce na frente de Marina, com 42% contra 41% — consi-derando a margem de erro, as duas estão tecnicamente empatadas. Na última pes-quisa, as duas também esta-vam na mesma situação de empate, mas Marina apare-cia na frente, com 45,5%, contra 42,7% de Dilma. Foram feitas 2.002 entre-vistas em 137 municípios de 25 unidades da federação e nas cinco regiões do País. O nível de confiança é de 95% e a pesquisa foi realizada nos dias 20 e 21 de setem-bro. O registro na pesquisa no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é BR-00753/2014. Definido: segundo a pesquisa CNT/MDA, 77,9% dos entrevistados disseram já ter definido o voto — o restante ainda pode mu-dar a escolha. O eleitorado de Dilma parece estar mais seguro: 81,8% dos que de-clararam voto na presiden-te não pretendem mudar a escolha de forma nenhuma. Para Marina, o percentual de segurança é de 77%. No caso de Aécio Neves, 73% estão seguros do voto. Aécio celebra pesquisa CNT/MDA e diz confiar em 2º turno “Estou ainda na disputa e vou lutar até o fim”, disse o tucano sobre pequeno crescimento para 27,4%. A pesquisa, encomenda-da pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) e realizada pelo instituto MDA, também aponta cres-cimento de Aécio nas simu-lações de segundo turno tanto contra Dilma como contra Marina. Diante dos números, Aé-cio aproveitou para reiterar a confiança em sua presen-ça no segundo turno. “Enquanto as outras candidaturas caem, a nos-sa é a única que sobe em todas as pesquisas. Tenho muita confiança que vou estar no segundo turno, porque a mudança que clamam os brasileiros está representada na nossa candidatura”, disse Aécio, reforçando seu discurso dos últimos dias. Ele alegou que seu pro-grama de governo, que a pouco mais de 10 dias para a eleição ainda não foi di-vulgado, seria o único que garantiria transparência à política industrial. “Nosso programa de go-verno permitirá uma trans-parência na política indus-trial, o que será essencial para voltar a crescer”, disse ele, após fazer a travessia do Rio de Janeiro para Ni-terói a bordo da barca de passageiros Neves V. O tucano, que chegou a ser vaiado por usuários ao desembarcar por ter pro-vocado um retardo no flu-xo normal de passageiros, criticou também a redução da projeção oficial de cres-cimento para a economia brasileira, cortada pela me-tade pelo governo na se-gunda- feira, de 1,8% para 0,9%. Ele creditou o baixo cres-cimento a uma “demoniza-ção” do capital privado pro-movida pelo PT. Eleitores podem levar “cola” para o dia da votação População vai às urnas no dia 5 de outubro, quando acontece o primeiro turno “colas” no site do tribunal. Serão quase 32 milhões de eleitores em todo o Es-tado. Em Campinas a situa-ção será diferente, pois os eleitores ainda vão precisar responder a duas perguntas por conta de um plebiscito sobre criação de regiões ad-ministrativas.
  5. 5. 2ª quinzena de setembro de 2014 P ág. 5 Colesterol alto atinge 30% das crianças com histórico familiar Levantamento realizado pelo Ambulatório de Nu-trição Clínica do Instituto Dante Pazzanese, unidade da Secretaria de Estado da Saúde referência nacional em cardiologia, faz um aler-ta aos pais: cerca de 30% das crianças e adolescentes com histórico familiar de cardiopatias têm colesterol total elevado. O estudo também mos-trou que, do total de 100 crianças e adolescentes avaliadas na unidade, com idades entre 5 e 17 anos, 8% apresentavam uma Caracterizada por para-das respiratórias noturnas provocadas pelo estreita-mento das vias aéreas, en-fermidade já atinge um ter-ço da população mundial, incluindo crianças. 67% dos portadores de apneia do sono apresentam hiperten-são arterial. Ronco e dificuldades respiratórias são causas co-nhecidas de insônia e sono de má qualidade. Mas pou-ca gente sabe que esses problemas podem ir muito além de uma simples sono-lência diurna. Cada vez mais comuns, quadros de apneia tância de uma alimentação adequada na infância é fundamental para um cres-cimento saudável”, diz Cris-tiane Kovacs, nutricionista do hospital estadual Dante Pazzanese. Segundo a nutricionis-ta, alimentos como o azei-te, o abacate e a azeitona, ricos em gorduras monoin-saturadas, ajudam a au-mentar a quantidade de colesterol bom no sangue. Já alimentos como quei-jo amarelo, carnes gordas ou com muita gordura aparente, pele de frango obstrutiva do sono (AOS) são tidos como a principal causa de acidentes de trânsito nos quantidade de LDL, que é o “colesterol ruim”, aumen-tado, enquanto 45% apre-sentavam uma quantidade de HDL, que é o colesterol bom, abaixo do necessário. Além dos níveis de co-lesterol elevados, 40% das crianças avaliadas eram se-dentárias e 87% ingeriam quantidade excessiva de gorduras. “O aumento do coleste-rol ruim e a diminuição do colesterol bom é uma das causas de doenças cardio-vasculares. Por isso, a cons-cientização sobre a impor-e coco por exemplo, por serem ricos em gorduras saturadas, contribuem para o aumento do coles-terol ruim se ingeridos em excesso.“A adoção de há-bitos saudáveis na infância, com alimentação balance-ada e prática de atividade física, pode ser o caminho para a prevenção e o con-trole de problemas de saú-de no futuro. Isso porque hábitos inadequados ad-quiridos ao longo da vida são muito mais difíceis de serem modificados na fase adulta”, alerta Cristiane. Apneia do sono pode causar pressão alta déficit de atenção. Além dis-so, hoje em dia a AOS está entre as principais causas de doenças cardiovasculares como hipertensão arterial, arritmias, infartos e insufici-ência cardíaca. A repetição dos episódios de apneia du-rante o sono tem como con-sequência a menor oxigena-ção do sangue, redundando em danos ao organismo. Caracterizada por para-das respiratórias noturnas provocadas pelo estreita-mento das vias aéreas, a ap-neia do sono já afeta cerca de um terço da população mundial. Segundo estudos, 67% dos portadores de ap-neia do sono apresentam hipertensão arterial. Em muitos casos de hiperten-são, o tratamento da apneia por si só é suficiente para redução e controle da pres-são arterial. Ela conta que o tratamento de AOS é multi-disciplinar e varia de acordo com a gravidade do caso. A primeira medida é reduzir os fatores agravantes, como excesso de peso, uso de be-bidas alcoólicas, calmantes, relaxantes musculares e ci-garro, principalmente antes de dormir. Nos adultos, cinco ou mais episódios de 10 se-gundos da suspensão da respiração por hora de sono caracterizam quadros de apneia. Nas crianças, bastam 2 ou 3 segundos de parada respiratória para o sangue dar sinais de falta de oxigênio. Aliás, muitas crianças que apresentam disfunções respiratórias du-rante o sono acabam erro-neamente diagnosticadas como portadoras de déficit de atenção e outros trans-tornos, passando a tomar remédios psiquiátricos. Na verdade, tudo o que elas precisam é dormir bem. EUA. Também afetam cada vez mais crianças, acarre-tando em transtornos como VALOR: R$ 1.500,00 MELHOR PARA SÃO PAULO MELHOR PARA O BRASIL. COLIGAÇÃO: AQUI É SÃO PAULO PSDB/DEM/PEN/PMN/PTDOB/PTC/PTN/SD/PPS/PRB/PSB/PSC/PSDC/PSL COLIGAÇÃO: MUDA BRASIL PSDB/PMN/SD/DEM/PEN/PTN/PTB/PTC/PTDOB • CNPJ AÉCIO: 20.558.161/000102
  6. 6. 2ª quinzena de setembro de 2014 P ág. 6 Valor R$ 1.000,00 Brasil é líder em ci-rurgias plásticas estéti-cas, segundo sociedade. Falta de planejamento pode trazer riscos; veja 4 passos importantes. O Brasil é o país que mais faz cirurgias plásticas estéticas no mundo, segun-do a Sociedade Interna-cional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps). A melhora do poder aquisitivo da po-pulação e o surgimento de novas formas de pagamen-to foram fatores importan-tes para colocar o país nes-sa posição, de acordo com especialistas. Só em 2013, foram feitas 1,49 milhão de cirurgias plásticas no Bra-sil. No mesmo período, os Estados Unidos - que fica-ram em segundo lugar no ranking da Isaps - fizeram 1,45 milhão de cirurgias. Os procedimentos mais feitos no Brasil no ano passado foram lipoaspiração (227 mil cirurgias), mamoplastia (139 mil) e abdominoplas-tia (129 mil). Apesar de es-ses procedimentos estarem cada vez mais acessíveis, é preciso planejá-los com cui-dado, alertam os médicos. Veja abaixo 4 passos im-portantes antes de decidir pela cirurgia plástica: 1) Meça suas expecta-tivas diante da sua rea-lidade: 25% dos pacientes que procuram um cirurgião plástico não têm condições de passar pelo procedimen-to. Em alguns casos, a queixa do paciente sobre seu corpo não corresponde ao que o médico observa no exame clínico. Em outros, a ava-liação clínica e os exames acusam impedimentos físi-cos ou psicológicos. Nessas situações, cabe ao cirurgião desaconselhar a cirurgia. Como se planejar: re-flita se é isso mesmo que Deixar o cigarro contri-bui para o bem-estar men-tal, tendo o mesmo efeito que o uso de antidepressi-vos, aponta um estudo, de acordo com os pesquisado-res que revisaram 26 estu-dos sobre o tema, o efeito de parar de fumar pode ser “equivalente, ou superior, ao de antidepressivos utili-zados no tratamento da an-siedade, ou de transtornos de humor”. Os fumantes incluídos nos trabalhos eram “me-dianamente dependentes”, com idade média de 44 anos, e fumavam de 10 a 40 cigarros por dia. Do total, 48% eram homens. Eles foram entrevistados antes de sua tentativa de parar de fumar e, novamen-te, depois de conseguirem largar o hábito, em uma janela que variou de seis se-manas a seis meses. Os que conseguiram deixar o cigarro estavam menos deprimidos, menos ansiosos, menos estressados e com uma visão positiva da vida do que os que não con- “Tudo o que eu peço, ela faz o contrário. Às ve-zes, perco a cabeça”, é o eu muitas mães sentem dificul-dade em fazer com que os filhos obedeçam. Com aju-da de especialistas em edu-cação e psicologia infantil, selecionamos dicas que vão acabar com essa tormenta e permitir um desenvol-vimento mais tranquilo e saudável para o seu filho - e menos cansaço para você. 1. Eduque sem culpa: entender que existem regras faz parte de um importante processo de aprendizagem da criança. Por isso, os pais devem sentir-se autoriza-dos a educar. Eles têm essa função e serão cobrados por isso. Os pais que trabalham devem administrar o senti-mento de culpa. Quando a mãe explica que precisa tra-balhar, o filho pode sentir falta dela, mas ele compre-ende a situação. Por isso, os especialistas são unânimes em afirmar: nada de tentar compensar a ausência por meio da superproteção ou de permissividade. Ao per-ceber que os pais se sentem culpados, a criança pode adotar comportamentos manipuladores. 2. Crie um bom víncu-lo afetivo: demonstre ca-rinho, converse e brinque. Assim, você cria uma maior cumplicidade com a criança. Segura de que tem a aten-ção dos pais, ela aprende que não precisa recorrer à desobediência para chamar a atenção. Dessa maneira, quando você precisar impor uma regra, a criança com-preenderá mais facilmente que há momentos em que ela deve obedecer. Para criar um bom vínculo com uma criança não é preci-so dar presentes ou mimar demais, mas brincar com Cada vez mais acessível, cirurgia plástica exige planejamento quer; não se influencie por modismo ou pelo gosto de outras pessoas; Peça indi-cações de cirurgiões para outros médicos e pessoas que já tenham feito cirur-gia plástica; Verifique se o cirurgião é certificado pela Sociedade Brasileira de Ci-rurgia Plástica; Agende uma consulta e tire todas as dúvidas com o médico. Programe sua agen-da e seu bolso: a cirurgia plástica não é urgente. Para os especialistas, também é importante que as expecta-tivas em relação à cirurgia estejam adequadas à rea-lidade. O principal motivo que leva um médico a de-saconselhar o procedimen-to é a existência de uma expectativa irreal por par-te do paciente. Condições clínicas como pressão alta, diabetes e doenças crôni-cas não impedem a cirurgia, desde que estejam contro-ladas. Alterações psicológi-cas podem ser impeditivas, como a visão deturpada do próprio corpo, o que pode levar a um exagero de plás-ticas. 2) Saiba como esco-lher o médico Para escolher um cirur-gião plástico, o ideal é ter indicações de outros mé-dicos ou de um paciente que já tenha se submetido a uma cirurgia com esse profissional. Também é re-comendado que o paciente consulte se o médico é cer-tificado pela SBCP. 3) É preciso ter con-fiança: é essencial que o paciente se sinta à vontade com o cirurgião. O médico tem obrigação de infor-mar e responder todas as perguntas. A consulta não deve ser rápida, tem de ha-ver tempo suficiente para exaurir todas as dúvidas, para o médico conhecer o paciente e o paciente co-nhecer o médico. 4) Não faça nada com pressa: a cirurgia plástica não é um procedimento de emergência, com raras exceções. Por isso, médi-cos recomendam que o pa-ciente não tenha pressa. A programação de agenda é fundamental. A pessoa tem que estar tranquila, não pode estar preocupada, nem em relação a questões financeiras. Não se deve economizar nesta hora. É melhor esperar e fazer com o médico com quem está querendo e não escolher o mais barato. Parar de fumar deixa o ex-fumante mais feliz, diz estudo seguiram abandonar o ví-cio. A melhora foi perceptí-vel nas pessoas afetadas por transtornos mentais logo que pararam de fumar. Nenhuma avaliação de acompanhamento do esta-do mental voltou a ser fei-ta, porém, em especial nos casos dos ex-fumantes que tiveram recaídas. A coordenadora do es-tudo, disse esperar que os resultados permitam dis-sipar falsas ideias, como a que atribui ao cigarro qua-lidades antiestressantes, ou relaxantes. “Comparando não fumantes e fumantes, encontramos uma associa-ção entre uma pior saú-de mental nos fumantes”, acrescentou. Segundo números di-vulgados em julho passado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o cigarro seria responsável pela mor-te de pelo menos 6 milhões a cada ano, número que pode atingir 8 milhões até 2030. Seu filho não obedece? Conheça as dicas para mudar isto Se a criança tem até 7 anos de idade, especialistas garantem que é possível estimulá-la com mais facilidade a obedecer ela. Ao chegar do trabalho, dedique pelo menos 15 mi-nutos para brincar. A quali-dade da interação é muito mais importante do que a quantidade. 3. Valorize o papel da criança: seu filho preci-sa conhecer a importância dele na família. Para isso, é bom que ele tenha o seu lugar reservado na mesa de jantar e seja ouvido pelos pais. A criança deve saber que obedecer aos pais con-tribui para o desenvolvi-mento de uma dinâmica fa-miliar harmoniosa, na qual todos são recompensados. 4. Crie uma rotina: uti-lize o bom senso e estabe-leça uma rotina para o seu filho. A rotina é fundamen-tal, pois traz segurança e faz com que a criança se sinta cuidada. Aos poucos, dê-lhe uma certa autonomia para executar pequenas ações sozinhos. A criança gosta de sentir-se capaz. Uma rotina bem adaptada ao ritmo da criança reduz a ansiedade, faz com que ela se lembre de algumas tarefas cotidia-nas, como escovar os dentes após as refeições, e tenha um sono de qualidade. 5. Dê ordens claras: dialogue sempre, use lin-guagem adequada à fai-xa etária da criança e tom firme. Ao dar uma ordem, olhe nos seus olhos da criança. É preciso persis-tência, mas psicólogos ga-rantem que funciona: Diga o que ela deve fazer uma única vez. Aguarde alguns minutos e verifique se ela já fez o que você pediu. Se não, pegue-a pela mão e a acompanhe na execução. Repita até que ela se condi-cione a atendê-lo.
  7. 7. 2ª quinzena de setembro de 2014 Giro dos famosos P ág. 7 Neymar se declara para gata: “Como um anjo, você apareceu na minha vida” Craque brasileiro apro-veita companhia da irmã e a chef Marcela para fazer novas amizades. Solteiro ofi-cialmente desde fevereiro, quando terminou o namo-ro com Bruna Marquezine, Neymar mostra que já en-controu novas mulheres para preencher o espaço da atriz em sua vida e anda até dan-do beijinho em outras garo-tas. Recentemente, Neymar registrou em seu Instagram o seu amor pela chef Marcela, que trabalha para o craque. A garota já virou uma com-panhia constante na vida do atleta. Na legenda da foto, o craque colocou:- Como um anjo, você apareceu na mi-nha vida Magrinha, Sandy faz primeira aparição após dar à luz Cantora foi ao salão de beleza com a mãe, Noely, segunda-feira (22). San-dy fez a primeira aparição pública após dar à luz seu primeiro filho, o pequeno Theo, fruto do relaciona-mento com o músico Lucas Lima. A cantora acompa-nhou a mãe, Noely, ao sa-lão de beleza nesta última segunda-feira (22). As duas posaram para uma foto do cabeleireiro Jackson Nunes, que publicou o registro em seu Instagram. - Tarde espe-cial com as queridas Noely e Sandy. Amigas e clientes es-peciais que fazem parte da minha história. Com tatuagem à mostra, Carol Dantas exibe look ousado A jovem recebeu muitos elogios de seus fãs. Nes-ta segunda-feira (22), Ca-rol Dantas, ex-namorada de Neymar, publicou no Instagram uma foto que mostrava seu look da noi-te. Sem sutiã, ela usava um vestido rendado na parte de trás que deixava à mos-tra sua tattoo nas costas. Na legenda, a mãe de Davi Lucca escreveu “Pretinha nada básica”. Seus seguido-res adoraram a foto e elo-giaram a moça. “Linda” e “Rainha” foram alguns dos comentários dos fãs. Ellen Rocche e Thiago Rodrigues engatam affair Casal foi flagrado em clima de romance em São Paulo. Ellen Rocche e Thia-go Rodrigues marcaram presença no Jaguariúna Rodeo Festival, realizado no interior de São Paulo na semana passada. E ficaram bastante próximos desde então. Os atores têm man-tido contato com frequên-cia durante os últimos dias. Segundo o jornal “Extra”, engataram um novo affair. Vale lembrar que a loira, que está no elenco de “Ge-ração Brasil”, da Globo, não assume um romance desde 2010, quando terminou o namoro com o ator Ricardo Macchi. Já o galã anunciou no ano passado o fim de seu casamento com a apre-sentadora Cristiane Dias, com quem tem um filho, Gabriel. Ele também não assumiu nenhum outro ro-mance até agora. Paula Morais desejou feliz aniversário ao noivo, o ex-jogador Ronaldo, que completou 38 anos nesta segunda-feira (22). ‘Meu amor, pra chegar onde você chegou, con-quistar o mundo como você conquistou, com cer-teza você foi escolhido a dedo por Deus! Parabéns pelo seu dia, parabéns por todos os dias, sempre, com tanto reconhecimento, ca-rinho vindo de todos os lados, admiração e muito amor... Eu me sinto privi-legiada de ser sua mulher e fazer parte da sua vida! Admiro demais o seu cará-ter, o seu afeto pela famí-lia, a sua generosidade... Aprendi a compreender até mesmo os seus defei-tos ... Te amando por in-teiro , de janeiro a janeiro, até o mundo acabar! A sua maior fã acorda todos os dias ao seu lado e conhe-ce como ninguém a sua verdadeira essência e esse gigante coração! Parabéns vida!’, se declarou em seu Instagram Gravações de “Sexo e as Negas” são interrompidas pela polícia no RJ Uma equipe do Bope in-vestigou denúncias na Cida-de Alta. Após enfrentar di-versas acusações de racismo, a série “O Sexo e as Negas”, da Globo, passou por mais uma situação complicada no início deste mês, durante as gravações na Cidade Alta, Rio de Janeiro. A produção da série de Miguel Falabella foi surpreendida por uma equipe da Polícia Militar, que promoveu uma opera-ção no local e fez com que todos deixassem a comuni-dade às pressas, segundo o jornal “O Dia”. A assessoria de imprensa da PM ex-plicou que “o Bope foi ao local para chegar de-núncias de ações de trafi-cantes de drogas dentro de um baile realizado na comunidade da Cidade Alta”. “Por se tratar de uma operação noturna, o BOPE - Batalhão de Operações Policiais Espe-ciais foi solicitado pela 16º (Olaria) a dar apoio. A PM não tomou conhecimento da presença de equipes de TV no local, no momento da entrada”, explicou. Um dos atores do elenco, que não quis ser identificado, confir-mou a cena à publicação. A Globo, por sua vez, garantiu que “o elenco não grava na Cidade Alta há um mês”.
  8. 8. 2ª quinzena de setembro de 2014 PUBLICIDADE P ág. 8

×