SlideShare uma empresa Scribd logo

Projeto financeiro

Coordenadora: Maria Ignez Soares Montanini Orientadora: Sandra Capel Soares Pasqua

1 de 109
Baixar para ler offline
Projeto Educação Financeira - 2015
Maria Ignez Soares Montanini - Coordenadora
Sandra Capel Soares Pasqua - Orientadora
Projeto financeiro
EDUCAÇÃO FINANCEIRA
Educação financeira nada mais é do que um conjunto de informações básicas sobre
como fazer a melhor gestão do próprio dinheiro. A educação financeira envolve
providências como elaborar e acompanhar o orçamento pessoal ou familiar, como
comprar, poupar e investir e, de um modo geral, como usar o dinheiro de forma eficaz
visando atingir objetivos mais rapidamente.
Levando-se em conta que o processo de educação financeira deve ser contínuo devido
ao ritmo rápido com que as transformações ocorrem no mundo atual, pode-se afirmar que
se trata de um processo interminável. O processo de educação financeira envolve toda
uma vida.
Para transformar o dinheiro em um importante aliado, faz parte da educação financeira
realizar um planejamento financeiro. Podemos dividir esse processo em quatro partes
principais: a)orçamento, b) dívidas, c) sonhos, d) poupança e investimentos.
Orçamento : Há necessidade de ter o controle do dinheiro : quanto se ganha, quanto de
gasta e quanto sobra. Se por acaso não há sobra, a educação financeira recomenda que
se faça revisões no orçamento e providencie cortes, ajustes e adequações até que
comece a sobrar.
Dívidas : Conhecer muito bem o que se deve, a taxa de juros que foi contratada e
quando a dívida se extinguirá. Fazer análise criteriosa visando diminuir as dívidas ao
mínimo aceitável/desejável. O ideal é que as dívidas se refiram apenas à aquisição de
bens de maior valor como carro e casa.
Sonhos : Os sonhos são os motivadores da vida. São aqueles desejos de conquista
que nos fazem levantar cedo todos os dias e nos projetam para frente : um curso
técnico ou superior, um curso de idiomas visando uma promoção, aquela viagem de
férias, um carro, nossa casa própria, etc. São tão importantes para nós que por eles
fazemos sacrifícios.
Poupança e investimentos : Como diz o ditado “dinheiro gera dinheiro”. Quando se
trabalha em um processo acelerado por juros altos, mais dinheiro se obtém. Educação
financeira significa também conhecer de forma mais detalhada os produtos financeiros
disponíveis no mercado.
Portanto, é importante ficar atendo a novos produtos, serviços e conceitos financeiros
pois tudo isso integra a educação financeira. Fazer escolhas mais conscientes nos faz
melhores cidadãos e nos trás a possibilidade de alcançar nossos objetivos mais
rapidamente e garantir um futuro mais tranquilo.
PLANEJAMENTO FAMILIAR
1) Economia familiar é a administração das contas da casa. Todas as famílias, mesmo sem
se dar conta, necessitam administrar as contas da casa. Se não fizer isso as coisas podem sair do
controle e antes do final do mês o dinheiro pode acabar e contas podem ficar sem pagar. Todos
desejando ou não, convivem com a administração familiar se esforçando para chegar ao final de
cada mês da melhor maneira possível,
2) Orçamento familiar é o retrato das entradas (Receitas) e saídas (Despesas) de todos os
membros da família.
Em economia familiar há uma diferença importante entre 1) simplesmente apurar o que
está sendo gasto dia a dia sem controle e em orçamento familiar 2) planejar despesas
antecipadamente para não gastar mais do que se ganha.
O ORÇAMENTO FAMILIAR é o principal instrumento. Ele possibilita o PLANEJAMENTO
FINANCEIRO para hoje, para amanhã e dias futuros. Ele evita que sobre mês e falte dinheiro.
Quando se entra no cheque especial, pagam-se juros, não se quita a fatura do cartão de crédito,
entra-se no crédito rotativo, falta dinheiro no final do mês e no mês seguinte se paga mais juros...
O primeiro passo para iniciar a resolução do problema é preparar o ORÇAMENTO FAMILIAR!
Para alguns pode não parecer fácil mas é possível. É necessária uma boa dose de
determinação. Convoque a família para uma reunião seguida de ação pois todos necessitam estar
comprometidos com o projeto de organização e estruturação da economia familiar.

Recomendados

Como me organizar financeiramente?
Como me organizar financeiramente?Como me organizar financeiramente?
Como me organizar financeiramente?Cleoci Ribeiro
 
O quadrado de um bom planejamento
O quadrado de um bom planejamentoO quadrado de um bom planejamento
O quadrado de um bom planejamentovitadenarium
 
Como sair das dividas de uma vez por todas
Como sair das dividas de uma vez por todasComo sair das dividas de uma vez por todas
Como sair das dividas de uma vez por todasRafaelPSilva
 
69% dos pais afirmam conversar com os filhos sobre dinheiro.
69% dos pais afirmam conversar com os filhos sobre dinheiro.69% dos pais afirmam conversar com os filhos sobre dinheiro.
69% dos pais afirmam conversar com os filhos sobre dinheiro.SPC Brasil
 
DICAS DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA po Cléber Miranda
DICAS DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA po Cléber MirandaDICAS DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA po Cléber Miranda
DICAS DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA po Cléber MirandaCléber José de Miranda
 
Http _www.mind7.com.br_pesquisa_inadimplencia_ebook-dicas-para-administrar-a...
Http  _www.mind7.com.br_pesquisa_inadimplencia_ebook-dicas-para-administrar-a...Http  _www.mind7.com.br_pesquisa_inadimplencia_ebook-dicas-para-administrar-a...
Http _www.mind7.com.br_pesquisa_inadimplencia_ebook-dicas-para-administrar-a...11945235799
 
Ebook 6-passos
Ebook 6-passosEbook 6-passos
Ebook 6-passosinfo_cimol
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Educacaofinanceira12220402876989088 1222212919101481 8
Educacaofinanceira12220402876989088 1222212919101481 8Educacaofinanceira12220402876989088 1222212919101481 8
Educacaofinanceira12220402876989088 1222212919101481 8oleinik
 
Apresentação - Finanças Pessoais - Ahmed Sameer El Khatib
Apresentação - Finanças Pessoais - Ahmed Sameer El Khatib Apresentação - Finanças Pessoais - Ahmed Sameer El Khatib
Apresentação - Finanças Pessoais - Ahmed Sameer El Khatib Hotmoney
 
Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal? (Parte 1)
Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal? (Parte 1)Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal? (Parte 1)
Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal? (Parte 1)Felipe Cardoso
 
Empreender digital (1)
Empreender digital (1)Empreender digital (1)
Empreender digital (1)hygormacdo
 
Negocio Digital Nicho de Mercado - Cap. 1
Negocio Digital Nicho de Mercado -  Cap. 1Negocio Digital Nicho de Mercado -  Cap. 1
Negocio Digital Nicho de Mercado - Cap. 1Vitor Cazulli
 
como ter sucesso na vida (2)
como ter sucesso na vida  (2)como ter sucesso na vida  (2)
como ter sucesso na vida (2)hygormacdo
 
Por que empreender
Por que empreenderPor que empreender
Por que empreenderAmomPereira
 
Fernando mentor-sucesso-universidade-polishop-ciclo-do-sucesso-110519084826-p...
Fernando mentor-sucesso-universidade-polishop-ciclo-do-sucesso-110519084826-p...Fernando mentor-sucesso-universidade-polishop-ciclo-do-sucesso-110519084826-p...
Fernando mentor-sucesso-universidade-polishop-ciclo-do-sucesso-110519084826-p...Vera Rodrigues Prates
 
Educação Financeira - Jovens & Crianças. Proteste 2018
Educação Financeira - Jovens & Crianças. Proteste 2018Educação Financeira - Jovens & Crianças. Proteste 2018
Educação Financeira - Jovens & Crianças. Proteste 2018Daniel Fuks
 
Treinamento 1o Passos Mona Vie
Treinamento 1o Passos Mona VieTreinamento 1o Passos Mona Vie
Treinamento 1o Passos Mona Viegiancarlomaratti
 
Turbinando sua rede_
Turbinando sua rede_Turbinando sua rede_
Turbinando sua rede_vitor rubens
 
Como organizar-sua-vida-financeira
Como organizar-sua-vida-financeiraComo organizar-sua-vida-financeira
Como organizar-sua-vida-financeiraRonaldoCursoPUCRio
 
Curso Desperte Milionário
Curso Desperte MilionárioCurso Desperte Milionário
Curso Desperte MilionárioJooBatista618232
 
1498241172 educacao financeira_para_empreendedores
1498241172 educacao financeira_para_empreendedores1498241172 educacao financeira_para_empreendedores
1498241172 educacao financeira_para_empreendedoresAdenilton Souza Silva
 
Administração financeira familiar
Administração financeira familiarAdministração financeira familiar
Administração financeira familiarLine Alves
 

Mais procurados (19)

Educacaofinanceira12220402876989088 1222212919101481 8
Educacaofinanceira12220402876989088 1222212919101481 8Educacaofinanceira12220402876989088 1222212919101481 8
Educacaofinanceira12220402876989088 1222212919101481 8
 
Apresentação - Finanças Pessoais - Ahmed Sameer El Khatib
Apresentação - Finanças Pessoais - Ahmed Sameer El Khatib Apresentação - Finanças Pessoais - Ahmed Sameer El Khatib
Apresentação - Finanças Pessoais - Ahmed Sameer El Khatib
 
Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal? (Parte 1)
Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal? (Parte 1)Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal? (Parte 1)
Como Fazer um Planejamento Financeiro Pessoal? (Parte 1)
 
Empreender digital (1)
Empreender digital (1)Empreender digital (1)
Empreender digital (1)
 
Negocio Digital Nicho de Mercado - Cap. 1
Negocio Digital Nicho de Mercado -  Cap. 1Negocio Digital Nicho de Mercado -  Cap. 1
Negocio Digital Nicho de Mercado - Cap. 1
 
Jovens e dinheiro
Jovens e dinheiroJovens e dinheiro
Jovens e dinheiro
 
Como estarmotivado
Como estarmotivadoComo estarmotivado
Como estarmotivado
 
como ter sucesso na vida (2)
como ter sucesso na vida  (2)como ter sucesso na vida  (2)
como ter sucesso na vida (2)
 
Por que empreender
Por que empreenderPor que empreender
Por que empreender
 
Fernando mentor-sucesso-universidade-polishop-ciclo-do-sucesso-110519084826-p...
Fernando mentor-sucesso-universidade-polishop-ciclo-do-sucesso-110519084826-p...Fernando mentor-sucesso-universidade-polishop-ciclo-do-sucesso-110519084826-p...
Fernando mentor-sucesso-universidade-polishop-ciclo-do-sucesso-110519084826-p...
 
Educação Financeira: O caminho para a Independência Financeira
 Educação Financeira: O caminho para a Independência Financeira Educação Financeira: O caminho para a Independência Financeira
Educação Financeira: O caminho para a Independência Financeira
 
Educação Financeira - Jovens & Crianças. Proteste 2018
Educação Financeira - Jovens & Crianças. Proteste 2018Educação Financeira - Jovens & Crianças. Proteste 2018
Educação Financeira - Jovens & Crianças. Proteste 2018
 
Treinamento 1o Passos Mona Vie
Treinamento 1o Passos Mona VieTreinamento 1o Passos Mona Vie
Treinamento 1o Passos Mona Vie
 
Turbinando sua rede_
Turbinando sua rede_Turbinando sua rede_
Turbinando sua rede_
 
Metas e objetivo
Metas e objetivoMetas e objetivo
Metas e objetivo
 
Como organizar-sua-vida-financeira
Como organizar-sua-vida-financeiraComo organizar-sua-vida-financeira
Como organizar-sua-vida-financeira
 
Curso Desperte Milionário
Curso Desperte MilionárioCurso Desperte Milionário
Curso Desperte Milionário
 
1498241172 educacao financeira_para_empreendedores
1498241172 educacao financeira_para_empreendedores1498241172 educacao financeira_para_empreendedores
1498241172 educacao financeira_para_empreendedores
 
Administração financeira familiar
Administração financeira familiarAdministração financeira familiar
Administração financeira familiar
 

Destaque

MAHATMA GANDHI-ENGLISH PROJECT
MAHATMA GANDHI-ENGLISH PROJECTMAHATMA GANDHI-ENGLISH PROJECT
MAHATMA GANDHI-ENGLISH PROJECTAlvino rock
 
Projeto cuidando da vida - 2014
Projeto cuidando da vida - 2014Projeto cuidando da vida - 2014
Projeto cuidando da vida - 2014barreto coelho
 
Qualidade de Vida 2017 4ºs anos
Qualidade de Vida 2017 4ºs anosQualidade de Vida 2017 4ºs anos
Qualidade de Vida 2017 4ºs anosbarreto coelho
 
Projeto Qualidade de Vida 2017 3ºs anos
Projeto Qualidade de Vida 2017 3ºs anosProjeto Qualidade de Vida 2017 3ºs anos
Projeto Qualidade de Vida 2017 3ºs anosbarreto coelho
 
Food preservation methodology report
Food preservation methodology reportFood preservation methodology report
Food preservation methodology reportAlvino rock
 
Projeto Qualidade de Vida
Projeto Qualidade de VidaProjeto Qualidade de Vida
Projeto Qualidade de Vidabarreto coelho
 
Bb roteiro projeto completo Credito Rural
Bb roteiro projeto completo Credito Rural Bb roteiro projeto completo Credito Rural
Bb roteiro projeto completo Credito Rural Revista Cafeicultura
 
Qualidade de Vida 2017 5ºs anos
Qualidade de Vida 2017 5ºs anosQualidade de Vida 2017 5ºs anos
Qualidade de Vida 2017 5ºs anosbarreto coelho
 
8 a k_2016
8 a k_20168 a k_2016
8 a k_20168new
 
3 Grandes Idéias para o Vendedor ser bem sucedido em 2008.
3 Grandes Idéias para o Vendedor ser bem sucedido em 2008.3 Grandes Idéias para o Vendedor ser bem sucedido em 2008.
3 Grandes Idéias para o Vendedor ser bem sucedido em 2008.Ricardo Jordão Magalhaes
 

Destaque (15)

MAHATMA GANDHI-ENGLISH PROJECT
MAHATMA GANDHI-ENGLISH PROJECTMAHATMA GANDHI-ENGLISH PROJECT
MAHATMA GANDHI-ENGLISH PROJECT
 
Projeto cuidando da vida - 2014
Projeto cuidando da vida - 2014Projeto cuidando da vida - 2014
Projeto cuidando da vida - 2014
 
Projeto para os pais
Projeto para os paisProjeto para os pais
Projeto para os pais
 
Qualidade de Vida 2017 4ºs anos
Qualidade de Vida 2017 4ºs anosQualidade de Vida 2017 4ºs anos
Qualidade de Vida 2017 4ºs anos
 
Projeto Qualidade de Vida 2017 3ºs anos
Projeto Qualidade de Vida 2017 3ºs anosProjeto Qualidade de Vida 2017 3ºs anos
Projeto Qualidade de Vida 2017 3ºs anos
 
Food preservation methodology report
Food preservation methodology reportFood preservation methodology report
Food preservation methodology report
 
Fé e oração
Fé e oraçãoFé e oração
Fé e oração
 
Projeto Bullying
Projeto BullyingProjeto Bullying
Projeto Bullying
 
Projeto xadrez
Projeto xadrezProjeto xadrez
Projeto xadrez
 
Projeto Qualidade de Vida
Projeto Qualidade de VidaProjeto Qualidade de Vida
Projeto Qualidade de Vida
 
Bb roteiro projeto completo Credito Rural
Bb roteiro projeto completo Credito Rural Bb roteiro projeto completo Credito Rural
Bb roteiro projeto completo Credito Rural
 
8
88
8
 
Qualidade de Vida 2017 5ºs anos
Qualidade de Vida 2017 5ºs anosQualidade de Vida 2017 5ºs anos
Qualidade de Vida 2017 5ºs anos
 
8 a k_2016
8 a k_20168 a k_2016
8 a k_2016
 
3 Grandes Idéias para o Vendedor ser bem sucedido em 2008.
3 Grandes Idéias para o Vendedor ser bem sucedido em 2008.3 Grandes Idéias para o Vendedor ser bem sucedido em 2008.
3 Grandes Idéias para o Vendedor ser bem sucedido em 2008.
 

Semelhante a Projeto financeiro

Palestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoaisPalestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoaisRenato Matozinhos
 
Palestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoaisPalestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoaisRenato Matozinhos
 
educação financeira.pptx
educação financeira.pptxeducação financeira.pptx
educação financeira.pptxGeiselly Marçal
 
Educação Financeira ELETIVA.pptx
Educação Financeira ELETIVA.pptxEducação Financeira ELETIVA.pptx
Educação Financeira ELETIVA.pptxGlauberMachadoCaetan
 
bmf-Guia-Planejemanto-Financeiro.pdf
bmf-Guia-Planejemanto-Financeiro.pdfbmf-Guia-Planejemanto-Financeiro.pdf
bmf-Guia-Planejemanto-Financeiro.pdfJorgeResek
 
Como controlar gastos diários
Como controlar gastos diáriosComo controlar gastos diários
Como controlar gastos diáriosPatrícia Soares
 
Módulo 1 Finanças Pessoais
Módulo 1 Finanças PessoaisMódulo 1 Finanças Pessoais
Módulo 1 Finanças PessoaisEduardo Abrahim
 
Apresentação 1 planilha mágica
Apresentação 1 planilha mágicaApresentação 1 planilha mágica
Apresentação 1 planilha mágicaPatrícia Soares
 
Sonhar não custa nada - 1.pptx
Sonhar não custa nada - 1.pptxSonhar não custa nada - 1.pptx
Sonhar não custa nada - 1.pptxFabiolaSouza36
 
Cartilha do nosso grupo de tcc 2012
Cartilha do nosso grupo de tcc 2012Cartilha do nosso grupo de tcc 2012
Cartilha do nosso grupo de tcc 2012Brunoud16
 
CAPACITAÇÃO PLANEJAMENTO MARÇO 2023 (1).pptx
CAPACITAÇÃO PLANEJAMENTO MARÇO 2023 (1).pptxCAPACITAÇÃO PLANEJAMENTO MARÇO 2023 (1).pptx
CAPACITAÇÃO PLANEJAMENTO MARÇO 2023 (1).pptxLucasSantos490608
 
5 PASSOS PARA CONQUISTAR INDEPENDENCIA FINANCEIRA.pdf
5 PASSOS PARA CONQUISTAR INDEPENDENCIA FINANCEIRA.pdf5 PASSOS PARA CONQUISTAR INDEPENDENCIA FINANCEIRA.pdf
5 PASSOS PARA CONQUISTAR INDEPENDENCIA FINANCEIRA.pdfLawrenceNunesPinheir
 
Planejamento financeiro pessoal e familiar
Planejamento financeiro pessoal e familiarPlanejamento financeiro pessoal e familiar
Planejamento financeiro pessoal e familiarRonilson Sousa
 
Educação financeira ao alcance de todos
Educação financeira ao alcance de todosEducação financeira ao alcance de todos
Educação financeira ao alcance de todosRonaldo Andrade
 
Prof. Fernando Scoth.pptx
Prof. Fernando Scoth.pptxProf. Fernando Scoth.pptx
Prof. Fernando Scoth.pptxFernando Naize
 

Semelhante a Projeto financeiro (20)

FACIG NEWS
FACIG NEWSFACIG NEWS
FACIG NEWS
 
Palestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoaisPalestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoais
 
Palestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoaisPalestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoais
 
educação financeira.pptx
educação financeira.pptxeducação financeira.pptx
educação financeira.pptx
 
Educação Financeira ELETIVA.pptx
Educação Financeira ELETIVA.pptxEducação Financeira ELETIVA.pptx
Educação Financeira ELETIVA.pptx
 
bmf-Guia-Planejemanto-Financeiro.pdf
bmf-Guia-Planejemanto-Financeiro.pdfbmf-Guia-Planejemanto-Financeiro.pdf
bmf-Guia-Planejemanto-Financeiro.pdf
 
Como controlar gastos diários
Como controlar gastos diáriosComo controlar gastos diários
Como controlar gastos diários
 
Case starminas planejamento financeiro
Case starminas   planejamento financeiroCase starminas   planejamento financeiro
Case starminas planejamento financeiro
 
Módulo 1 Finanças Pessoais
Módulo 1 Finanças PessoaisMódulo 1 Finanças Pessoais
Módulo 1 Finanças Pessoais
 
DICAS SOBRE FINANÇAS PESSOAIS
DICAS SOBRE FINANÇAS PESSOAISDICAS SOBRE FINANÇAS PESSOAIS
DICAS SOBRE FINANÇAS PESSOAIS
 
Apresentação 1 planilha mágica
Apresentação 1 planilha mágicaApresentação 1 planilha mágica
Apresentação 1 planilha mágica
 
3 gerir o-dinheiro
3 gerir o-dinheiro3 gerir o-dinheiro
3 gerir o-dinheiro
 
Sonhar não custa nada - 1.pptx
Sonhar não custa nada - 1.pptxSonhar não custa nada - 1.pptx
Sonhar não custa nada - 1.pptx
 
Cartilha do nosso grupo de tcc 2012
Cartilha do nosso grupo de tcc 2012Cartilha do nosso grupo de tcc 2012
Cartilha do nosso grupo de tcc 2012
 
CAPACITAÇÃO PLANEJAMENTO MARÇO 2023 (1).pptx
CAPACITAÇÃO PLANEJAMENTO MARÇO 2023 (1).pptxCAPACITAÇÃO PLANEJAMENTO MARÇO 2023 (1).pptx
CAPACITAÇÃO PLANEJAMENTO MARÇO 2023 (1).pptx
 
Orientação Financeira.pdf
Orientação Financeira.pdfOrientação Financeira.pdf
Orientação Financeira.pdf
 
5 PASSOS PARA CONQUISTAR INDEPENDENCIA FINANCEIRA.pdf
5 PASSOS PARA CONQUISTAR INDEPENDENCIA FINANCEIRA.pdf5 PASSOS PARA CONQUISTAR INDEPENDENCIA FINANCEIRA.pdf
5 PASSOS PARA CONQUISTAR INDEPENDENCIA FINANCEIRA.pdf
 
Planejamento financeiro pessoal e familiar
Planejamento financeiro pessoal e familiarPlanejamento financeiro pessoal e familiar
Planejamento financeiro pessoal e familiar
 
Educação financeira ao alcance de todos
Educação financeira ao alcance de todosEducação financeira ao alcance de todos
Educação financeira ao alcance de todos
 
Prof. Fernando Scoth.pptx
Prof. Fernando Scoth.pptxProf. Fernando Scoth.pptx
Prof. Fernando Scoth.pptx
 

Último

2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxPROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxssuser86fd77
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaCentro Jacques Delors
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfalexandrerodriguespk
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfalexandrerodriguespk
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...azulassessoriaacadem3
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxPROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
 
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda únicaQuiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
Quiz | EURO - 25 anos do lançamento da moeda única
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdfCosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
Cosmologia Modelo Matemático do Universo 5.pdf
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdfCOSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
COSMOLOGIA DA ENERGIA ESTRELAS - VOLUME 6. EDIÇÃO 2^^.pdf
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
1. Ciente das novas dinâmicas do mundo do trabalho, você deve pesquisar e des...
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 

Projeto financeiro

  • 1. Projeto Educação Financeira - 2015 Maria Ignez Soares Montanini - Coordenadora Sandra Capel Soares Pasqua - Orientadora
  • 3. EDUCAÇÃO FINANCEIRA Educação financeira nada mais é do que um conjunto de informações básicas sobre como fazer a melhor gestão do próprio dinheiro. A educação financeira envolve providências como elaborar e acompanhar o orçamento pessoal ou familiar, como comprar, poupar e investir e, de um modo geral, como usar o dinheiro de forma eficaz visando atingir objetivos mais rapidamente. Levando-se em conta que o processo de educação financeira deve ser contínuo devido ao ritmo rápido com que as transformações ocorrem no mundo atual, pode-se afirmar que se trata de um processo interminável. O processo de educação financeira envolve toda uma vida. Para transformar o dinheiro em um importante aliado, faz parte da educação financeira realizar um planejamento financeiro. Podemos dividir esse processo em quatro partes principais: a)orçamento, b) dívidas, c) sonhos, d) poupança e investimentos. Orçamento : Há necessidade de ter o controle do dinheiro : quanto se ganha, quanto de gasta e quanto sobra. Se por acaso não há sobra, a educação financeira recomenda que se faça revisões no orçamento e providencie cortes, ajustes e adequações até que comece a sobrar.
  • 4. Dívidas : Conhecer muito bem o que se deve, a taxa de juros que foi contratada e quando a dívida se extinguirá. Fazer análise criteriosa visando diminuir as dívidas ao mínimo aceitável/desejável. O ideal é que as dívidas se refiram apenas à aquisição de bens de maior valor como carro e casa. Sonhos : Os sonhos são os motivadores da vida. São aqueles desejos de conquista que nos fazem levantar cedo todos os dias e nos projetam para frente : um curso técnico ou superior, um curso de idiomas visando uma promoção, aquela viagem de férias, um carro, nossa casa própria, etc. São tão importantes para nós que por eles fazemos sacrifícios. Poupança e investimentos : Como diz o ditado “dinheiro gera dinheiro”. Quando se trabalha em um processo acelerado por juros altos, mais dinheiro se obtém. Educação financeira significa também conhecer de forma mais detalhada os produtos financeiros disponíveis no mercado. Portanto, é importante ficar atendo a novos produtos, serviços e conceitos financeiros pois tudo isso integra a educação financeira. Fazer escolhas mais conscientes nos faz melhores cidadãos e nos trás a possibilidade de alcançar nossos objetivos mais rapidamente e garantir um futuro mais tranquilo.
  • 5. PLANEJAMENTO FAMILIAR 1) Economia familiar é a administração das contas da casa. Todas as famílias, mesmo sem se dar conta, necessitam administrar as contas da casa. Se não fizer isso as coisas podem sair do controle e antes do final do mês o dinheiro pode acabar e contas podem ficar sem pagar. Todos desejando ou não, convivem com a administração familiar se esforçando para chegar ao final de cada mês da melhor maneira possível, 2) Orçamento familiar é o retrato das entradas (Receitas) e saídas (Despesas) de todos os membros da família. Em economia familiar há uma diferença importante entre 1) simplesmente apurar o que está sendo gasto dia a dia sem controle e em orçamento familiar 2) planejar despesas antecipadamente para não gastar mais do que se ganha.
  • 6. O ORÇAMENTO FAMILIAR é o principal instrumento. Ele possibilita o PLANEJAMENTO FINANCEIRO para hoje, para amanhã e dias futuros. Ele evita que sobre mês e falte dinheiro. Quando se entra no cheque especial, pagam-se juros, não se quita a fatura do cartão de crédito, entra-se no crédito rotativo, falta dinheiro no final do mês e no mês seguinte se paga mais juros... O primeiro passo para iniciar a resolução do problema é preparar o ORÇAMENTO FAMILIAR! Para alguns pode não parecer fácil mas é possível. É necessária uma boa dose de determinação. Convoque a família para uma reunião seguida de ação pois todos necessitam estar comprometidos com o projeto de organização e estruturação da economia familiar.
  • 7. AVALIAÇÃO DA AÇÃO a) Público atingido: O projeto será proposto para alunos do ensino fundamental, professores, funcionários e pais e responsáveis legais da escola EMEB-P “Professor José Barreto Coelho”, do Município de Mococa/SP. b) Equipe Executora: Docentes e discentes da escola EMEB-P “Professor José Barreto Coelho”,; Docentes, funcionários e alunos do ensino fundamental
  • 8. Quadro de Agendamento Educação Financeira NOME ASSUNTO DIA HORA DIEGO M. CARDEAL SOCIÓLOGO VALORES ÉTICOS E MORAIS 04/09 15:30 JOSÉ ARMANDO RIBEIRO CONTADOR EDUCAÇÃO FISCAL E EXPERIÊNCIA DE VIDA 01/10 15:30 JOSÉ POMPEO CORRADI CONTADOR PLANEJAMENTO FINANCEIRO 02/10 15:30 JOÃO ALFREDO SPADA ECONOMISTA CORRUPÇÃO 22/10 15:30 SANDRA CAPEL PASQUA CONTADORA CONSUMO CONSCIENTE 23/10 15:30
  • 10. VALORES MORAIS E ÉTICOS E SUA IMPORTÂNCIA NA SOCIEDADE
  • 24. EDUCAÇÃO FISCAL E QUALIDADE DE VIDA JOSÉ ARMANDO RIBEIRO
  • 31. Planejamento Financeiro 1 – Acompanhe as suas Receitas e Despesas A primeira dica que quero passar para você é essencial. Você precisa acompanhar, no mínimo mensalmente, as suas receitas e despesas. Você então pode perguntar: mas por que devo fazer isso? Se você não acompanhar suas receitas e despesas mensalmente, você estará jogando seu futuro financeiro para na sorte.
  • 32. .Não esqueça de anotar todas as suas receitas e despesas, até mesmo aquela que você compra com dinheiro quando está na rua. Você irá se surpreender como os pequenos valores podem influenciar no seu resultado final.
  • 33. 2 – Compare os preços antes de Comprar Produtos Várias vezes eu penso: “Como as pessoas comparavam os preços há 40 anos atrás de forma rápida?”. É, uma coisa eu posso dizer para vocês. Hoje em dia é muito fácil comparar os preços dos produtos, principalmente porque hoje temos a internet para nos ajudar. Sempre antes de comprar algum produto, verifique o preço dele em outras lojas. Pode parecer pouco mas se você conseguir economizar de 10 a 20% nas compras que você faz, algo que não é nada impossível, você terá de 10 a 20% a mais no final do ano. Mais um motivo para destruir o mito de que você não consegue poupar! Existem várias formas de pesquisar preços na internet. Eu, particularmente, uso bastante o Buscapé, porque além de conseguir compara os preços dos produtos eu consigo verificar as notas de cada loja. Afinal, não adianta comprar um produto por um preço muito barato se a loja não é confiável, não é verdade?
  • 35. Essa é uma dica que para alguns é difícil e para outros é um pouco mais fácil. Cada um tem os seus pontos fracos. O meu é quando eu vou no supermercado com fome, não preciso nem falar que vai ser um desastre. O importante é você saber qual é o seu ponto fraco para saber contorná- lo. Uma forma de evitar que você compre mais do que precisa é elaborar uma lista de compras. Toda vez que você precisa comprar algo anote isso numa lista. Isso evita que você fique tentando lembrar do que precisa e também ajuda a controlar seus impulsos consumistas. A regra da lista é clara: só compre o que estiver escrito nela. O que não está ali não deve ser comprado. Outra dica, faça a lista e tome decisões apenas em casa. Os shoppings e lojas são cheias de armadilhas para estimular o seu consumo. É a mesma coisa que ir no supermercado com fome vendo toda aquela comida por todo lado!
  • 36. 4 – Tente pagar à vista quando tiver Desconto
  • 37. 5 – Utilize o cartão de Crédito apenas quando for Benéfico
  • 40. 6 – Faça metas para alcançar o seu Objetivo
  • 41. Essa dica eu já comentei várias vezes, mas nunca canso de falar. Você precisa fazer metas para alcançar seus objetivos. As metas são muito importantes porque você consegue transformar em números os seus resultados e consegue verificar se tudo está indo conforme o planejado ou não. Para exemplificar a situação, tenho alguns amigos que estão fazendo uma dieta de controle calórico porque eles querem ficar com um percentual de gordura abaixo de 7%. Como será que eles fazem isso? Eles controlam toda quantidade de carboidratos, de proteínas e de gorduras que ingerem diariamente, além da qualidade dos alimentos que eles ingerem. Além disso, eles fazem uma avaliação física periodicamente, o que permite que eles verifiquem que tudo está indo de acordo com o planejado. Agora deixo a seguinte pergunta para você: Você acha que eles não vão ter sucesso? É muito DIFÍCIL! Fazendo isso eles eliminam as brechas para a sorte. Eles estão controlando o maior número de variáveis possíveis, fazendo metas e verificando se tudo está indo de acordo com o planejado. Com as suas finanças o processo não é diferente. Você deve fazer um planejamento, segui-lo e verificar periodicamente como ele está indo. É fácil, o difícil é só botar em prática. Deixo aqui o Link para a Central de Planilhas:
  • 42. 7 – Seja Realista na hora de Traçar os seus Objetivos
  • 43. Tem muita gente que adora acreditar que seus investimentos vão render 20% ao ano, que terão aumento de salário todo o ano de 10% ao ano, entre “n” outras coisas. É muito importante que você seja realista, melhor dizendo, que seja até um pouco pessimista sobre o rendimento dos seus investimentos. Mas por que isso? Se você acha que vai ganhar 10% ao ano, considere um rendimento de 9% ao ano, por exemplo, nos seus cálculos. Assim, você irá se prevenir contra eventuais problemas que ocorrerem nos seus investimentos. Vai que a taxa de juros caia ou que qualquer outra coisa aconteça! Além disso, as pessoas que eu conheço que mais se deram mal nos investimentos foram aquelas que acreditavam que iam ganhar muito dinheiro fácil. Também aquelas que, quando começaram a ter muito dinheiro, passaram a poupar menos. Enfim, tome muito cuidado quando começar a fazer seu planejamento. Tenha o pé no chão!
  • 44. 8 – Analise Mensalmente os seus Objetivos
  • 45. Você já pensou o que aconteceria se uma pessoa fosse fazer uma viagem para uma distância muito longa e não fosse analisando, no meio do caminho, se a rota estava sendo seguida como ela planejou? Pois é, a maior parte das pessoas não faz isso com os seus investimentos. Por isso é muito importantes você ter metas e transformar essas metas grandes em metas menores. Por exemplo, se o seu plano é juntar 1200 reais por ano, tente juntar 100 reais por mês, ou até mesmo 3,34 reais por dia, se você quiser ser extremamente específico. Cumprindo essas metas de curto prazo, você automaticamente cumprirá a meta de prazo mais longo e irá alcançar o seu objetivo. Por isso quando fizer um planejamento financeiro para um prazo muito longo, não se esqueça de fazer metas de curto prazo. As metas de 20 anos podem ser transformadas em metas de 10 anos, depois em metas de 5 anos, 2 anos, 3 meses e assim por diante.
  • 46. 9 – Viva de Acordo com o seu Padrão de Vida
  • 47. Essa é a dica que quebra as pernas de muita gente. E por que isso acontece? Amaior parte dos brasileiros gosta de viver o momento PRESENTE. Eles odeiam economizar e gostam de ir no shopping comprarcoisas, gostam de viver de aparências mesmo que elas não sejam sustentáveis no longo prazo. Quero deixar algo bem claro para você: Pense quantos por cento da sua renda você gasta com seu carro e outros bens. Uma coisa é alguém multimilionário ter um carro extremamente caro (porque aquilo corresponde a menos de 1% do dinheiro dele), outra coisa é alguém que compra um carro que não consegue bancar porque o carro consome 50% do salário dessa pessoa. A mensagem que quero passar para você é: você deve viver de acordo com o seu padrão de vida. Caso contrário, pode passar apuros. Lembre-se que os juros compostos a seu favor são excelentese contra são extremamente DANOSOS! Por isso evite se endividar a qualquer custo!
  • 48. 10 – Busque informações sobre Investimentos
  • 55. Consumo Consciente O que é consumo? As definições oficiais associam a palavra consumismo ao ato de comprar, ressaltando a especialidade da ausência de necessidade por parte do comprador em grande parte das negociações. Para muitos o consumismo significa o ato de comprar muitas coisas que, em sua maioria, não são necessárias. Colocando de forma clara, o consumo deveria ser apenas para a satisfação de nossas necessidades. https://consumidorconsciente.learnernation.com/consumoconsiente/como-fazer- compras-de-maneira-inteligente-1/node/compras-inteligentes
  • 57. Mas afinal quais são nossas necessidades? As nossas necessidades podem mudar de acordo com a nossa rotina. Vemos que o que antes era considerado como necessidade está sendo confundido com desejo. Um exemplo que podemos citar é o celular. Muitos veem como necessidade ter um celular novo a cada evolução que estes aparelhos apresentam. Ter um novo eletrodoméstico que supra as “novas” necessidades de realizar “n” tarefas em um único aparelho, poupando tempo e trabalho. Ter um tênis que uma celebridade esta usando pois o mesmo dá o “status” de chique e moderno. Enfim, temos que adquirir/consumir cada vez mais, para mostrarmos que estamos inseridos na sociedade. Mas, isso é realmente necessário para nós? Todas essas coisas são realmente tão importantes para nós? Precisamos nos fazer uma única pergunta: Realmente estamos precisando desse produto? Mas o que é consumo? É o ato de comprar bens por necessidade. Exemplo: - Alimentação; - Vestuário; - Material de higiene pessoal; - Bens ligados a educação. Atualmente, a facilidade de se obter crédito tem ajudado muitas pessoas a realizar seus sonhos, como o da casa própria ou a compra de um carro. Por outro lado, a falta de controle no uso do crédito pode atrapalhar a vida de muitas outras pessoas.
  • 58. Há duas categorias de gastos: gastos básicos e gastos supérfluos. Gastos Básicos São gastos necessários para a sobrevivência, tais como: - Alimentação - Saúde - Água - Luz - Telefone *Apesar de serem gastos essenciais e muito difícil de serem eliminados, com esforço e boa vontade é possível reduzi-los. Gastos Supérfluos São gastos que quando não controlados, somados ao final do mês são um dos principais motivos de desencaixe de seu orçamento: - Cafezinho - Cinema - Brinquedos - Viagens
  • 59. Mas então, como eu posso realizar uma boa compra? - Menos compras por impulso nas promoções; - Pense Bem: nem sempre vale a pena comprar porque está barato. Dica 1: Roupas No caso de roupas, prefira peças básicas ou opte por aquela que você tem certeza que vai usar! Preço baixo e validade em dia! É sempre vantajoso aproveitar os preços baixos dos alimentos. Entretanto, esteja atento ao prazo de validade e se você vai conseguir consumir o produto até o vencimento. Dica 2: dia-a-dia 1. Compre apenas alimentos que você tem certeza que irá consumir e na quantidade que precisa; 2. Só vá ao supermercado depois de almoçar ou jantar, para evitar comprar guloseimas supérfluas; 3. Faça uma lista de suas compras e veja o que você pode substituir ou até mesmo dispensar: refrigerantes, chocolates, revistas, salgadinhos, molhos; 4. Use poucas vezes ou por pouco tempo máquina de lavar, chuveiro, televisão, porta de geladeira aberta; 5. Se você souber fazer algum trabalho extra, o dinheiro que você ganhar com esse trabalho guarde-o em uma caderneta de poupança. Dica 3: datas comemorativas Cuidado com épocas e datas comemorativas: Dia das mães; Dia dos pais; Dia dos namorados; Natal; Ano Novo. Antecipe suas compras e aproveite as oportunidades para não pagar mais caro.
  • 60. Os sete passos de uma boa compra! 1. Avaliou a necessidade real da compra? 2. Avaliou suas possibilidades financeiras? 3. Fez pesquisa de preço e condições de pagamento? 4. Pediu a opinião de outras pessoas? 5. Negociou ou pechinchou? 6. Deu um tempo a si mesmo para pensar? 7. Comprou apenas o que estava programado?
  • 61. Mantenha o controle de seus gastos - Anote todas as despesas, por menores que sejam; - Verifique o quanto pode gastar; - Pesquise preços antes de decidir comprar; - Na compra a vista não hesite em pedir desconto; - Pague suas contas sempre em dia. Recomendações - Se você tem dívidas, sair do vermelho deve ser sua primeira meta; - Poupe regularmente; - Revise seu orçamento para saber se há a possibilidade de eliminar alguns gastos; - Cuidado com o crédito fácil; - Cheque Especial com moderação ele não é complemento de renda. - Cartão de Crédito é uma ótima ferramenta para pagamentos mas não é dinheiro grátis.
  • 68. CORRUPÇÃO Corrupção é o efeito ou ato de corromper alguém ou algo, com a finalidade de obter vantagens em relação aos outros por meios considerados ilegais ou ilícitos. O termo "corrupção" surgiu do latim que significa o "ato de quebrar aos pedaços", ou seja, decompor e deteriorar algo. A ação de corromper pode ser entendida também como o resultado de subornar, dando dinheiro ou presentes para alguém em troca de benefícios especiais de interesse próprio. A corrupção é um meio ilegal de se conseguir algo, sendo considerada grave crime em alguns países. Normalmente, a pratica da corrupção está relacionada com a baixa instrução política da sociedade, que muitas vezes compactua com os sistemas corruptos. A corrupção na política pode estar presente em todos os poderes do governo, como o Legislativo, Judiciário e Executivo. No entanto, a corrupção não existe apenas na política, mas também nas relações sociais humanas, como o trabalho, por exemplo. Para que se configure a corrupção, é preciso no mínimo dois atores: o corruptor e o corrompido, além do sujeito conivente e o sujeito irresponsável, em alguns casos.
  • 69. Corruptor: aquele que propõe uma ação ilegal para benefício próprio, de amigos ou familiares, sabendo que está infringindo a lei; Corrompido: aquele que aceita a execução da ação ilegal em troca de dinheiro, presentes ou outros serviços que lhe beneficiem. Este indivíduo também sabe que está infringindo a lei;
  • 71. Conivente: é o indivíduo que sabe do ato de corrupção, mas não faz nada para evitá-lo, favorecendo o corruptor e o corrompido sem ganhar nada em troca. O sujeito conivente também pode ser atuado e acusado no crime de corrupção, segundo prevê o artigo 180 da Convenção Federal do Brasil; Irresponsável: é alguém que normalmente está subordinado ao corrompido ou corruptor e executa ações ilegais por ordens de seus superiores, sem ao menos saber que esses atos são ilegais. O sujeito irresponsável age mais por amizade do que por profissionalismo; A corrupção ainda pode significar o desvirtuamento e a devassidão de hábitos e costumes, tornando-os imorais ou antiéticos, por exemplo. Corrupção no Brasil No Brasil, está tramitando um projeto de lei que passa a considerar a corrupção um crime hediondo, conforme previsto no decreto federal que regulamenta a Lei nº 12.846/13, que pune os acusados entre 4 a 13 anos de reclusão, sem direito a pagamento de fiança para serem libertados, indultos ou anistia.
  • 74. INTRODUÇÃO Este projeto tem como concepção de que a Educação Financeira não consiste somente em aprender a economizar, cortar gastos, poupar e acumular dinheiro. Busca a partir de princípios econômicos, incentivar a comunidade escolar a encontrar estratégias financeiras de melhorar a qualidade de vida, tanto hoje quanto no futuro, proporcionando a segurança material necessária para as necessidades diárias, ao mesmo tempo em que prevê garantias para eventuais imprevistos que poderão surgir. Acima de tudo, a Educação Financeira deve ensinar que a responsabilidade social e a ética precisam estar sempre presentes no ganho e uso do dinheiro. Para o educador Moacir Gadotti (1999) educar significa formar para autonomia, para auto governabilidade, para independência e o senso de responsabilidade coletiva. Um processo educacional só se constituirá verdadeiramente autônomo e libertador se for capaz de preparar cidadãos críticos dotados das condições que lhes permitam entender os contextos históricos, sociais e econômicos em que estão inseridos
  • 75. OBJETIVOS Este projeto tem como objetivo principal, por meio de encontros temáticos, a ser ministrado pelos participantes e colaboradores, promover e institucionalizar a Educação Financeira, para o efetivo exercício da cidadania a partir de problemáticas cotidianas da comunidade escolar a ser proposto com conceitos sobre a Educação Financeira, favorecendo a compreensão dos aspectos que envolvem a lógica do mercado. Estimulando a prática interdisciplinar nas ações da educação financeira de forma continuada. Também dado o seu caráter comunitário oportunizará aos pais dos alunos, inicialmente da EMEB-P “Professor José Barreto Coelho”, a chance de retornar aos bancos escolares, e rever conceitos sobre temas contemporâneos, oportunizando um papel mais presente na vida escolar de seus filhos. Compreender o sistema financeiro dentro de casa; · Compreender os aspectos fundamentais do uso e do controle do dinheiro; · Investir o dinheiro poupado no decorrer do ano em algo que contribua para a formação educacional do estudante ; · Acompanhar frequentemente as notícias relacionadas à economia por meio dos diferentes veículos de informação: jornal, televisão, rádio e internet. Com as atividades proposta queremos desenvolver nos alunos a habilidade de lidar com finanças, tanto na infância como na fase adulta. Sermos capazes de diferenciar “eu quero” do “eu preciso”.
  • 76. JUSTIFICATIVA O sistema no qual estamos inseridos converge com rapidez para o consumismo exacerbado, e tal tendência inicia-se na infância. Em vista disso, as crianças, sem compreender o valor do dinheiro e as consequências desastrosas que a falta dele pode causar em algumas vidas, inconscientemente crescem egocêntricas e consumistas. A partir disso, sentiu-se a necessidade de inserir um programa de educação financeira com os estudantes das 4°s e 5°s anos.
  • 77. MATERIAL E MÉTODO Serão realizadas oficinas, palestras, debates, discussões, filmes, leitura do livro (O menino do dinheiro), documentários, visitas dirigidas às organizações empresariais, etc., sobre as temáticas propostas. As atividades se constituirão em Módulos. https://www.youtube.com/watch?v=OQ5eu2TeETk https://www.youtube.sscom/watch?v=2LOkxe7fluc CRONOGRAMA O funcionamento será durante o terceiro trimestre, seguindo a seguinte tabela de horários, que pode variar de acordo com a necessidade: As atividades previstas serão planejadas e desenvolvidas pelos colaboradores e voluntários das instituições participantes da EMEB-P “Professor José Barreto Coelho. Os equipamentos necessários para a execução do projeto serão provenientes das escolas participantes e os materiais de consumo (folhas, canetas, etc.). Estão previstas também atividades a serem desenvolvidas nas dependências da escola que serão previamente agendadas e programadas. O cronograma inicial ( Setembro, Outubro e Novembro) se constituirá das seguintes atividades:
  • 78. O que você tem a ver com a corrupção ? O que você tem a ver com a corrupção ?
  • 79. O que você tem a ver com a corrupção ? O que você tem a ver com a corrupção ?
  • 80. O que você tem a ver com a corrupção ? • Corrupção: utilização do poder ou autoridade para conseguir obter vantagens e fazer uso do dinheiro público para o seu próprio interesse, de um integrante da família ou amigo, não cumprindo com suas funções e prejudicando o andamento do trabalho. - ato ou efeito de corromper - podridão - adulteração - suborno - prevaricação
  • 81. O que você tem a ver com a corrupção ? • Corruptor: (subst. masc) que ou o que corrompe ou desvirtua costumes e hábitos. - O que ou aquele que suborna ou busca subornar outro em função de interesse próprio ou alheio. - O que ou o que usa ou institui a corrupção.
  • 82. O que você tem a ver com a corrupção ? • Corrupto: (adj) que age depravadamente. - O que ou aquele que age desonestamente em benefício próprio ou de outrem nas instituições públicas lesando a nação e o patrimônio publico. - Estragado - Apodrecido - Pervertido - Desmoralizado
  • 83. O que você tem a ver com a corrupção ? • Honestidade: qualidade daquele ou daquilo que é honesto. - Probidade, Decoro, Pudor, Dignidade
  • 84. O que você tem a ver com a corrupção ? • No Poder Público (forma geral) • No trabalho • No social • Em casa • Na escola • Nas eleições As faces da corrupção:
  • 85. O que você tem a ver com a corrupção ? • Nepotismo • Fraudar licitação • Solicitar propina dar empresas vencedoras das licitações • Utilizar veículo público para fins particulares Como a corrupção pode se apresentar ? No Poder Público
  • 86. O que você tem a ver com a corrupção ? • Desvio de verbas públicas • Exigência de propina para praticar ato que a lei obriga fazer • Receber diárias para fins particulares Como a corrupção pode se apresentar ? No Poder Público Poder Público
  • 87. O que você tem a ver com a corrupção ? No Trabalho • Faltar utilizando atestado médico falso • Pedir para um terceiro “bater o ponto” • Danificar equipamento para justificar saída antes do horário Como a corrupção pode se apresentar ?
  • 88. O que você tem a ver com a corrupção ? No Social • Oferecer dinheiro para o segurança da festa deixar furar a fila • Falsificar carteirinha de estudante para meia- entrada • Pedir para o guarda de trânsito “quebrar o galho” pela falta do porte e/ou existência da habilitação. Como a corrupção pode se apresentar ?
  • 89. O que você tem a ver com a corrupção ? Em casa • Pedir dinheiro aos pais com finalidade diversa da apresentada • Prometer dinheiro, passeio, presente, etc, para o filho passar de ano, tirar boas notas, ser obediente... • Falsificar assinatura dos pais • Fingir estar doente para não ir a escola ou cumprir outra obrigação Como a corrupção pode se apresentar ?
  • 90. O que você tem a ver com a corrupção ? Na Escola • Colar durante as avaliações • Pagar terceiros para fazer trabalho escolares • Oferecer ou exigir vantagem para ser eleito representante de sala, para furar a fila da merenda, para entrar em grupo de trabalho, etc. • Pegar livro na biblioteca e não devolvê-lo mais. Como a corrupção pode se apresentar ?
  • 91. O que você tem a ver com a corrupção ? Nas Eleições • Pedir ou aceitar dinheiro , bens, serviços ou quaisquer outras vantagens em troca do voto, do apoio político, ou de uma simples adesivação. Como a corrupção pode se apresentar ? cesta básica, dinheiro, leite, combustível, consulta médica, cimento, remédio - o eleitor -
  • 92. O que você tem a ver com a corrupção ? Como a corrupção pode se apresentar ? • Mudar o domicílio eleitoral só para favorecimento do candidato • Aceitar ou pedir cargo público caso seja eleito o candidato Nas Eleições - o eleitor -
  • 93. O que você tem a ver com a corrupção ? Como a corrupção pode se apresentar ? • Desviar verba pública para campanha eleitoral • Construir obras as vésperas das eleições sem real necessidade • Falsificar atestado de residência para alterar domicílio de eleitor Nas Eleições - o candidato -
  • 94. O que você tem a ver com a corrupção ? Como a corrupção pode se apresentar ? • Visitar casas de eleitores nas vésperas das eleições, forjando aproximação para tentar angariar o voto. • Criar situação irregular só para prejudicar o adversário político • Prometer coisas difíceis ou quase impossíveis de serem cumpridas apenas para impressionar o eleitor Nas Eleições - o candidato -
  • 95. O que você tem a ver com a corrupção ? Como a corrupção pode se apresentar ? • Anotar número de títulos e sessões dos cabos eleitorais, condicionando pagamentos ao número de votos existentes nas respectivas sessões. • Boca de urna Nas Eleições - o candidato -
  • 96. O que você tem a ver com a corrupção ? Consequências da corrupção • Aumento rápido de bens/patrimônio • Obtenção fácil de serviços e vantagens • Expansão da vitrine pessoal (Status) • Aquisição de poder • Manipulação de pessoas Vantagens Imediatas
  • 97. O que você tem a ver com a corrupção ? Consequências da corrupção • Condenações criminais (rol dos culpados) • Perda definitiva de todos os bens/patrimônio adquiridos ilicitamente • Rotulação social • Intranqüilidade mental • Perda do poder • Esquecimento público Desvantagens duradouras
  • 98. O que você tem a ver com a corrupção ? Sanções á corrupção Cíveis • Pagamento de multas • Perda do cargo público • Restituição do valor obtido ilegalmente • Suspensão dos direitos políticos • Proibição de assumir o cargo eletivo • Impedimento para candidatura
  • 99. O que você tem a ver com a corrupção ? Sanções á corrupção • Pena privativa de liberdade (cadeia) • Pena restritiva de direitos (prestação de serviços à comunidade, limitações de direitos) • Pena de multa Criminais
  • 100. O que você tem a ver com a corrupção ? O que você tem a ver com a corrupção ? Repergunto:
  • 101. O que você tem a ver com a corrupção ? • Você deve ser honesto, ético, probo, reto... • Jamais vender-se, pelo voto, por um favor, vantagem, emprego, etc • Sempre buscar seus objetivos (patrimoniais, pessoais, sociais, familiares...) pautado na lei, na moral e na ética • Aconselhar pais, amigos, e até estranhos a não cederem aos corruptos que tentarem lhes corromperem • Denunciar ao Ministério Público, a Magistratura, ao Cartório Eleitoral, todo e qualquer tipo de atos contrários a lei – corrupção. • E o que podem fazer?
  • 102. O que você tem a ver com a corrupção ? • E o que mais podem fazer?
  • 103. O que você tem a ver com a corrupção ?
  • 104. O que você tem a ver com a corrupção ?
  • 105. O que você tem a ver com a corrupção ?
  • 106. O que você tem a ver com a corrupção ?
  • 107. O que você tem a ver com a corrupção ?
  • 108. O que você tem a ver com a corrupção ?
  • 109. O que você tem a ver com a corrupção ?