Cartilha      3ºTCT - Orçamento Familiar                    E-mail:     projetocontabilidadefamiliar@gmail.com            ...
AUTORES       Bruno Vieira da Silva     Fernando Costa da Silva     Gabriela Mendes da Silva  Giuseppe Poluboiarinov Orlan...
ÍndiceINTRODUÇÃO ............................................................................................................
3                                INTRODUÇÃOO endividamento está crescendo em nosso pais, vivemos obcecados pelo consumo,pa...
4                        A EDUCAÇÃO FINANCEIRAA Educação sobre o dinheiro sempre cabe às famílias, mas os pais não falam s...
5              FALANDO SOBRE DINHEIRO COM OS FILHOSO modo com que cada pessoa lidar com suas finanças reflete no sucesso f...
6                         ADMINISTRANDO O SEU DINHEIROAdministrar nada mais é do que tomar decisões sobre os mais variados...
7                                         O CONSUMISMOO que é?Comprar exageradamente bens ou serviços, que não trará benef...
8“empurrar” produtos que os supermercados querem vender. Não se deixe dominar.Fujada tentação. Não se iluda. Não seja uma ...
9• ao comprar um produto, sempre observe o prazo de validade, o preço, o peso e aquantidade. Muitos empresários mudam o pr...
10muita gente acaba enfiando os pés pelas mãos e fazendo tanta bobagem que, ao invésde melhorar, consegue complicar ainda ...
11     COMO CONVIVER BEM COM O CARTÃO DE CRÉDITOO segredo para a boa convivência com o cartão decrédito é seguir cinco reg...
12                           A UNIÃO FAZ A FORÇAA grande maioria das famílias gasta mais do que ganha todos os meses. Por ...
13O QUE É O ORÇAMENTO FAMILIARO orçamento familiar não é apenas "Anotar as despesas realizadas".O orçamento envolve: plane...
14                     PLANILHA DE ORÇAMENTO FAMILIARReceita Familiar                                                     ...
15Despesas                                      ReceitasCortar gastos desnecessários                   Horas extraRedução ...
16                DICAS PARA SE LIVRAR DAS DIVIDAS   • DAQUI PRA FRENTE VAI MUDAR ALGUMAS COISASPare de consumir. Admita q...
17                               INVESTIMENTOSInvestimentos são alternativas de guardar dinheiro para qualquer situação. E...
18                                        CÂMBIOInvestir em câmbio significa comprar moeda estrangeiras como Dólar, Euro, ...
19                                       AÇÕESSão ativos de empresas de capital aberto, ou seja, são pedaços da empresaneg...
20                             REFERÊNCIAS• http://financenter.terra.com.br, 25/08/2012 às 11h50min;• http://dinheiro.br.m...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cartilha do nosso grupo de tcc 2012

1.886 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.886
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
749
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cartilha do nosso grupo de tcc 2012

  1. 1. Cartilha 3ºTCT - Orçamento Familiar E-mail: projetocontabilidadefamiliar@gmail.com Blog: www.projetodecontabilidadefamiliar.blogspot.com
  2. 2. AUTORES Bruno Vieira da Silva Fernando Costa da Silva Gabriela Mendes da Silva Giuseppe Poluboiarinov Orlandi Vinícius de Andrade Vitor da Silva Souza CartilhaOrçamento Familiar
  3. 3. ÍndiceINTRODUÇÃO ............................................................................................................................ 3A EDUCAÇÃO FINANCEIRA ...................................................................................................... 4FALANDO SOBRE DINHEIRO COM OS FILHOS ...................................................................... 5ADMINISTRANDO O SEU DINHEIRO........................................................................................ 6O CONSUMISMO ....................................................................................................................... 7DICAS PARA ECONOMIZAR NO SUPERMERCADO ................................................................ 7INADIMPLÊNCIA ........................................................................................................................ 9INADIMPLÊNCIA X FACILIDADE DE CRÉDITO ...................................................................... 10LADO NEGATIVO DA FACILIDADE DE CRÉDITO .................................................................. 10COMO CONVIVER BEM COM O CARTÃO DE CRÉDITO ....................................................... 11TIPOS DE TAXAS E JUROS .................................................................................................... 11A UNIÃO FAZ A FORÇA........................................................................................................... 12ORÇAMENTO FAMILIAR ......................................................................................................... 12PLANILHA DE ORÇAMENTO FAMILIAR ................................................................................. 14COMO SE LIVRAR DAS DÍVIDAS ............................................................................................ 14INVESTIMENTOS..................................................................................................................... 17REFERÊNCIAS ....................................................................................................................... 20
  4. 4. 3 INTRODUÇÃOO endividamento está crescendo em nosso pais, vivemos obcecados pelo consumo,para manter um padrão de vida ditado pelo marketing do capitalismo. O governoestimula a crédito isso faz com que as pessoas se endividem mais facilmente, isso fazcom que elas tenham uma vida comprometida socialmente, abrindo mão de variascoisas para pagar os juros de seu cartão de crédito.Para honrar as dívidas adquiridas as pessoas, fazem empréstimos para quitarempréstimos, comprometendo a sua renda. As instituições financeiras deliram de tantoprazer com os lucros auferidos pelos juros abusivos. O consumidor desorientado,muitas vezes não consegue procurar ajuda, não vendo saída para a situaçãohumilhante na qual se envolveu, passando a ser chamado de caloteiro, irresponsável etendo que manter uma imagem positiva perante a sociedade. As situações são as maispreocupantes, o indivíduo perde casa, automóvel, não pode pagar um plano de saúde,adoece vai para o Sistema Único de Saúde, com atendimento precário, gera umproblema de saúde pública com hospitais públicos abarrotados, cheios de pessoas etrazendo gastos cada vez maiores para o governo, cujos recursos poderiam serinvestidos na medicina preventiva.Preocupado com a situação das pessoas que estão endividadas, nosso grupo de TCCestá criando essa cartilha para um melhor conhecimento efetivo das receitas edespesas mensais da família, ou seja, do seu orçamento Familiar. Com esta informaçãobásica, poderá gerenciar melhor sua situação econômica equilibrando os gastos,economizando para sair da inadimplência ou mesmo fazendo uma poupança pararealizar algum sonho. Essa cartilha aborda temas que envolvem valores pessoais,mudanças de hábito, de padrões de pensamento e comportamento. Aqui vocêencontrará dicas de economia para um consumo consciente, o porquê dosuperendividamento da população e soluções simples para livrar-se das garrassedutoras do dinheiro “fácil”.
  5. 5. 4 A EDUCAÇÃO FINANCEIRAA Educação sobre o dinheiro sempre cabe às famílias, mas os pais não falam sobredinheiro com os filhos. Às escolas fica reservada a função de reforçar a formação que oaluno adquire em casa.No Brasil, infelizmente, a Educação Financeira não é parte do universo educacionalfamiliar. Tampouco escolar. Assim, a criança não aprende a lidar com dinheiro nem emcasa, nem na escola. As consequências deste fato são determinantes para uma vida deoscilações econômicas, com graves repercussões tanto na vida do cidadão, quanto nado país.O objetivo da Educação Financeira deve ser o de criar uma mentalidade adequada esaudável em relação ao dinheiro. Educação Financeira exige uma perspectiva de longoprazo, muito treino e persistência. Menino isso é coisa que se O Pai, o que você faz pergunte! com seu dinheiro?
  6. 6. 5 FALANDO SOBRE DINHEIRO COM OS FILHOSO modo com que cada pessoa lidar com suas finanças reflete no sucesso financeiro, ounuma vida financeiramente difícil.Os pais desde cedo deve conversar sobre dinheiro com os filhos, para que eles nofuturo não tenha uma vida financeira difícil, cheios de dividas. O fato é que a família queconstrói um individuo, se a família criar um filho mimado ele vai crescer mimado, entãoa família tem que saber educar financeiramente seu filho, para que ele no futuro nãotenha dificuldades.Não é difícil, por exemplo, reconhecer em adultos mimados, que se comportam comose o mundo inteiro lhes devesse os favores de repetidos empréstimos a fundosperdidos, traços egocêntricos da criança que cresceu sem que ninguém impusesselimites aos seus desejos. Essa é a grande dificuldade do mundo atual pessoas que nãosabem lidar com dinheiro, que acabam se endividando, pois não teve uma educaçãofinanceira adequada.Fonte: http://www.veja.abril.com.br
  7. 7. 6 ADMINISTRANDO O SEU DINHEIROAdministrar nada mais é do que tomar decisões sobre os mais variados assuntos queinterferem em nossas vidas. Administrar nosso dinheiro, é tomar decisões corretas doque faremos com ele. Mas para cuidarmos bem do nosso dinheiro, antes temos que terum planejamento financeiro.Planejar é decidir antecipadamente. Ou seja, devemos decidir antecipadamente o queiremos fazer com o dinheiro, isso ajudara a eliminar gastos desnecessários e ajudará apagar gastos inesperados.Na hora de planejar, é preciso verificar nossas reais necessidades. Devemos, portanto,estabelecer nossos objetivos e persegui-los. É preciso considera nossa realidade devida, ter consciência de nossas limitações financeiras e questionar nossasnecessidades.Ás vezes, ao tomarmos uma decisão financeira, estamos tomando uma decisão queimplica uma mudança de comportamento em relação ao nosso dia a dia. Para poupar,decido diminuir minhas despesas. Quais despesas posso reduzir? Posso reduzirdespesas domésticas, como luz, água ou telefone? Posso reduzir despesas desupermercado? Preciso de um carro grande ou posso ter um carro compacto, maiseconômico?É muito importante que nosso estilo de vida esteja de acordo com a nossa realidadeeconômica.Fonte: http://www.economia.uol.com.br
  8. 8. 7 O CONSUMISMOO que é?Comprar exageradamente bens ou serviços, que não trará benefícios futuros.Por que é ruim?Porque as pessoas acabam se endividando, e não consegue pagar suas dividas, eacaba se tornando inadimplentes.A nossa sociedade estimula o consumismo, o marketing faz o papel dele naspropagandas, desenhos, revistas e etc, esse fato faz estimula a pessoa a comprar, sóporque achou aquele produto bonito, mas será realmente que a pessoa precisa disso. Épor isso que as pessoas precisa ter a inteligência financeira de saber separar o que énecessário para ela e o que é desnecessário, fazendo isso a pessoa já terá um controlede suas finanças.Fonte: http://www.teresaleonel.blogspot.com DICAS PARA ECONOMIZAR NO SUPERMERCADOOs supermercados procuram por quase todos os meios tomar seu suado dinheiro.Quando entramos em um supermercado, percebemos que os primeiros produtosapresentados são normalmente os supérfluos (CD, eletroeletrônicos, eletrodomésticos,revistas, roupas, flores etc). Essa estratégia é para nos “hipnotizar”, para nos “seduzir” acomprar, comprar e comprar. As prateleiras também são organizadas para nos
  9. 9. 8“empurrar” produtos que os supermercados querem vender. Não se deixe dominar.Fujada tentação. Não se iluda. Não seja uma marionete nas mãos dos comerciantes demercadorias ou de crédito. As dicas abaixo ajudam a se livrar da dominação consumistaque nos é imposta pelo mercantilismo capitalista:• faça sempre uma lista com o estritamente necessário a ser comprado. Procure nãocomprar nada que não esteja na lista;• evite ir ao supermercado com fome, pois as pessoas apresentam maior tendência acomprar supérfluos quando estão com fome;• nunca levem crianças ao supermercado, pois as mesmas pressionam, e muitas vezesconseguem, nos fazer comprar produtos não planejados. Se não for possível, deixe-asem salas recreativas, ou evite passar na seção de brinquedos e de doces e chocolates; • comece suas compras do final para o inicio do supermercado, pois os produtos básicos estão sempre “escondidos” no fim do supermercado; Cuidado com as promoções. São tentadoras e enganadoras. Muitas vezes diminui-se preço de um produto em promoção e aumentam-se os dos produtos complementares.Fonte:// http://www.zun.com.br/como-fazer-lista-de-compras/Por exemplo, colocam o macarrão em promoção e aumentam o preço do molho detomate;• faça sempre pesquisa de preços e pechinche, regateie ao máximo. Os grandessupermercados cobrem o preço do concorrente. Por isso, ande sempre com osencartes do concorrente, assim você pode exigir o preço mais em conta;• não perca tempo com demonstradores. Eles estão lá para lhe convencer a comprar oproduto. Normalmente são garotas bonitas, educadas e atraentes, cujo intuito é lhe“seduzir” para que adquira o produto;• nunca compre algo por impulso, sem precisar, ou porque está em promoção;
  10. 10. 9• ao comprar um produto, sempre observe o prazo de validade, o preço, o peso e aquantidade. Muitos empresários mudam o preços o peso dos produtos, normalmentediminuem o peso e mantém ou aumentam o preço;• liberte-se das marcas. Marca custa caro.Você pode encontrar produtos tão bonsquanto os de marca por preços maisbaratos;• pense assim. “Eu estou em uma guerracontra os capitalistas”. “Sou eu ou eles”. Fonte: http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,EMI116223- 16367,00 MULHERES+GASTARAM+HORAS+E+MINUTOS+FAZENDO+COMPRAS+NO+ANO+PASSADO.html INADIMPLÊNCIAA Inadimplência é o não pagamento das dividas financeiras com outrem, isso podeocorrer nas compras de bens ou prestações de serviços executados.Pesquisa do Serasa Experian revela que a inadimplência cresceu 19% no primeirosemestre de 2012 na comparação com o ano passado. Cada devedor tem em médiaquatro dívidas que não conseguiu pagar e 60% deles já devem mais do que o total desuas rendas.Desemprego e recessão não são mais as principais causas de inadimplência. Agora, ovilão é o descontrole.Provavelmente teve mais participação a compulsão, o excesso deconfiança, por isso pessoas deram um passo à frente do que poderiam. PONHA FIM AO PESADELO: ACABE COM A INADIMPLÊNCIAA falta de dinheiro é um dos maiores pesadelos da população mundial, segundopesquisas feitas na Inglaterra, mostrou-se que 88% dos entrevistados disseram que temdepressão por ter dificuldades financeiras.É claro que no Brasil a situação não é diferente. Para quem tem algum juízo e um tantode vergonha na cara - como acontece com a maioria das pessoas -ter dívidas e nãoconseguir pagá-las é um pesadelo pavoroso. Tão assustador que para livrar-se dele
  11. 11. 10muita gente acaba enfiando os pés pelas mãos e fazendo tanta bobagem que, ao invésde melhorar, consegue complicar ainda mais a situação. INADIMPLÊNCIA X FACILIDADE DE CRÉDITOO crescimento da inadimplência é resultado do descontrole na hora de assumirdívidas.O que leva uma pessoa a virar inadimplente é gastar mais do que se ganha. Omaior vilão das finanças é a facilidade de crédito. O consumidor descontrolado vê apossibilidade de comprar, mesmo sem estar com dinheiro no bolso, e acaba assumindoum compromisso financeiro sem se preocupar com a hora do pagamento. Tanto ocartão de crédito, como o crédito aparentemente facilitado e parcelado são estimulantespara o consumo de quem não tem o controle de suas finanças.Para quem já está endividado, uma saída é procurar os credores para resolver asituação de maneira amigável, além de fugir de novas dívidas. Como dica, é sugeridoevitar gastar desnecessariamente, poupar o que for possível, não se deixar levar porpropagandas e ter os pés no chão na hora das compras. LADO NEGATIVO DO CARTÃO DE CRÉDITOO lado negativo do cartão de crédito está na sua alta taxa de juros, muitas pessoas nãosabem que na hora de comprar algo no cartão de crédito, está assumindo umcompromisso de pagar o valor do produto, e mais uma taxa complementar que é a docartão de crédito.
  12. 12. 11 COMO CONVIVER BEM COM O CARTÃO DE CRÉDITOO segredo para a boa convivência com o cartão decrédito é seguir cinco regras de ouro, ou seja, ousuário deve:a) pagar sempre o valor integral e nunca o mínimo;b) pagar sempre no dia do vencimento e nuncaatrasar;c) aprender a NÃO COMPRAR por impulso;d) respeitar rigorosamente o seu limite de gastospessoais e não o limite estabelecido pelo cartão e;e) evitar possuir grande quantidade de cartões. Fonte: http://www.ruadireita.com/outros/info/cartao-de-credito -desafoga-o-aperto/#axzz2D3vbFD2yNunca em hipótese alguma deixe de pagar o valor integral do cartão. É preferívelsolicitar crédito consignado junto ao banco, cujas taxas variam de 1,5% a 3,0%, do quepagar entre 10% e 15% no cartão de crédito. Pagar o mínimo significa refinanciar umadívida no mês seguintecom taxas elevadíssimas de juros. Nunca atrase o pagamento. Atraso significa multade, no mínimo, 2%. Nunca compre por impulso. Procure ser rigoroso para não compraralgo desnecessário que comprometam equilíbrio orçamentário mensal. Evite possuir umnúmero excessivo de cartões de crédito. Lembre-se que as empresas cobramanuidades. Quantomais cartões, mais anuidade o usuário pagará.Pagar dívidas não é uma tarefa fácil. No caso do cartão de crédito ela é sempre muitodifícil. Essa dificuldade se deve, paradoxalmente, as facilidades com que osconsumidores obtêm cartões de crédito. Consumidores, com um bom poder aquisitivo,que acumulam muitos cartões, tendem a perder o controle dos gastos, se não foremconscientes no seu uso.A principal medida para controlar os gastos no cartão é procurar não incorrer em novosgastos no cartão. Evite o uso do mesmo se acaso encontra-se pagando apenas omínimo, ou seja, rolando a dívida.Rolar dívida no cartão de crédito é como rolar bola deneve ladeira abaixo, ela somente tende a crescer, mais e mais, até tornar-seincontrolável.Por isso corte o caminho da “bola de neve”, ou seja, corte os gastosfuturos.Não é necessário um elevado conhecimento financeiro para entender que, o singelo atode rolar a dívida no cartão, provoca um acréscimo para o mês seguinte de mais de10%, que é o valor da taxa média cobrada nas operações de cartão de crédito. E seatrasar o pagamento, deve-se acrescentar a multa de 2% por atraso.
  13. 13. 12 A UNIÃO FAZ A FORÇAA grande maioria das famílias gasta mais do que ganha todos os meses. Por isso,na hora de estabelecer um planejamento financeiro, caso o orçamento da suafamília esteja completamente comprometido, o primeiro objetivo deve ser cortargastos, de forma a conseguir poupar todos os meses. A cooperação da família émuito importante nessa construção, administração, controle e crescimento dariqueza. Convencidos dos objetivos do planejamento financeiro, os membros dafamília cooperam com mais naturalidade e entendimento. Por isso, Incluir oorçamento financeiro na educação dos filhos é fundamental para evitar que eles setornem adultos consumistas e sem controle dos gastos.Uma das regras básicas na hora de planejar o futuro financeiro da sua família éentender a postura individual do casal em relação ao dinheiro. Cada um de vocês foicriado de maneira diferente, com passadosfinanceiros que podem ser completamentediferentes. É importante o casal conversarsobre dinheiro, caso existam, antes de falarcom os filhos, pois vocês terão deestabelecer uma mesma comunicação comeles. Afinal, caberá a vocês a definição dasregras da casa em relação ao dinheiro. Aharmonia no Orçamento é o grande desafiofinanceiro das famílias. Lembre-se: oquanto antes começar, melhor. http://www.arcauniversal.com/comportamento/reflexao/ noticias/a-familia-para-o-homem-de-deus-13385.htm
  14. 14. 13O QUE É O ORÇAMENTO FAMILIARO orçamento familiar não é apenas "Anotar as despesas realizadas".O orçamento envolve: planejar, eleger prioridades, controlar seu fluxo de caixa.O orçamento irá ajuda-lo a entender seus hábitos de consumo.A elaboração do orçamento familiar é uma tarefa fácil, é bom para quem tem planospara o seu futuro e o de sua família. Estabelecer objetivos comuns e conversarfrancamente sobre as finanças com a família são o caminho para que cada um estejacomprometido e faça sua parte. É a forma de garantir a estabilidade das finanças nopresente, visando prevenir o futuro.Algumas pessoas não têm o hábito de fazer orçamentos familiar por não saber da suaimportância.Essa é uma tarefa extremamente simples que vai ajudá-la na conquista deseus objetivos, pois qualquer planejamento tem início num orçamento familiar benfeito.Para tanto, você não precisa ser nenhum mago das finanças. Bastam lápis e papel parafazer um orçamento familiar adequado.Utilize a tabela da página ao lado comoreferência para relacionar todas as suas despesas no mês, inclusive os pequenosgastos. Seja bastante criteriosa. Se ao final descobrir que seu saldo é negativo, ou seja,as despesas superam a receita, refaça as contas. Repita o processo quantas vezes fornecessário,reduzindo, a cada etapa, uma fração das despesas, de tal forma que vocêconsiga não apenas encaixar seu orçamento dentro do salário, mas principalmente teruma sobra para iniciar seu plano de investimentos.Uma observação importante: sejamuito rígida com os gastos adicionais, que são aqueles extras como cinema,restaurante e roupas. Nesse item é possível fazer, a princípio, um corte radical, porqueeles fazem pouca diferença na sua rotina. Depois, volte a colocá-los aos poucos emseu orçamento. É daí que virão os recursos para você alcançar sua independênciafinanceira. Nos gastos adicionais é possível reduzir uma parcela pequena de cada iteme, ao final, você verá que obteve uma economia e tanto.
  15. 15. 14 PLANILHA DE ORÇAMENTO FAMILIARReceita Familiar Valor1.Salário Líquido (soma de toda a família)2.Ganhos extras (bicos, pensões etc)3.Empréstimos (dinheiro que entra na conta)4. OutrosTotal de ReceitasDespesas Fixas (exemplos)1. Aluguel2. Financiamento da casa própria3. Prestações (carro, seguro, escola, plano de saúde)4. TV a cabo5. Empréstimos (pagamentos de juros e amortização)6. ImpostosDespesas Flexíveis (exemplos)1. Contas (água, luz, telefone, gás, celular, gasolina)2. Alimentação (supermercado, feira, açougue)3. Serviços domésticos (consertos, empregada/diarista, etc)4. Lazer (cinema, teatro, shows, passeios)5. Farmácia6. Cabeleireiro7. Reserva para imprevistosDespesas Eventuais (exemplos)1. Matrícula da Escola2. Presentes3. JurosTotal de DespesasTotal Geral (receitas - despesas)Fonte: http://www.financenter.com.brAtenção Se as suas despesas forem maiores que as suas rendas, você está malfinanceiramente. O ideal é que você diminua suas despesas ou aumente suas receitaspara conseguir o equilíbrio.
  16. 16. 15Despesas ReceitasCortar gastos desnecessários Horas extraRedução de consumo, água, luz e outros. BicosLazer gratuito.Cuidado Se seu resultado for nulo, quando sua renda é igual a suas despesas, você devetomar cuidado porque qualquer situação inesperada pode levar ao desequilíbrio eacumular dívidas. Criando reservas financeiras e seguir as orientações anterioresevitará eventuais problemas no futuro.Parabéns Se você consegue cobrir suas despesas e sobra dinheiro. O ideal é você saberusar esse dinheiro corretamente, continuar administrando seu orçamento e fazer novosinvestimentos.
  17. 17. 16 DICAS PARA SE LIVRAR DAS DIVIDAS • DAQUI PRA FRENTE VAI MUDAR ALGUMAS COISASPare de consumir. Admita que sua situação financeira está ruim e fale isso para toda afamília. Comente com todos. Ah, mas e o aniversário de seu afilhado, a quem vocêsempre deu bons presentes? Paciência. Este ano vai ser diferente. • VIDA NO AZULColoque todas as suas receitas (ganhos ou rendimentos) e gastos no papel, e olhaquanto sobra depois de deduzir as despesas, se você ficou no vermelho, é obrigaçãode você começar a planejar suas finanças de modo que suas receitas supere suasdespesas. Para isso poder se realizar corte aqueles gastos desnecessários, aquelesque um tempo você pode ficar sem ele, como cigarros, roupas, a TV a cabo e etc. comisso suas despesas vão se reduzindo, e ficará fácil de suas receitas supera-las.Procure os melhores preços nos supermercados, Roupas? Jantar fora? Viajar? Nempensar! Lembre-se, é apenas uma fase. Se ajudar, pense nisso como um ritual depassagem para uma vida mais no azul. • CHEQUE ESPECIAL NÃO É SALÁRIO O cheque especial não é salario, você que gosta de usar diariamente o chequeespecial, saiba que ele rede um alto juros, então pra que usa-lo, pesa ao seu gerenteque reduza seu limite, ou melhor ainda, elimine-o. • RENEGOCIE SUAS DÍVIDASGuarde parte de sua renda mensal para pagar as dividas. Pague aquelas maispesadas, como a do cartão de credito e do cheque especial. Peça ao gerente acordopara pagamento de suas dividas, numa data especifica. • UM FUTURO MELHOR FINANCEIRAMENTEAgora que você já começou a fazer o projeto de planejamento da sua vida financeira, jáé meio caminho andado e a tranquilidade financeira logo vai chegar graça ao seuesforço, otimismo e persistência de querer sair do vermelho.
  18. 18. 17 INVESTIMENTOSInvestimentos são alternativas de guardar dinheiro para qualquer situação. Existemvários tipos de investimentos que se encaixa em cada perfil de investidor. FUNDO DE INVESTIMENTOÉ um grupo de pessoas ou empresas que investe seus recursos para obtenção de bensou títulos, sempre por intermédio de uma corretora ou banco.Características:O fundo é compartilhado, contém vários integrantes e a remuneração é de acordo como monte aplicado;O objetivo é maximizar os lucros com menor risco;Cada fundo de investimento contém um valor mínimo para ser aplicado;Eles são classificados em: Renda fixa, Renda variável e outros. CADERNETA DE POUPANÇAO investimento mais conhecido da população brasileira, qualquer pessoa pode investir.Pelo seu risco ser muito pequeno o rendimento também é pequeno, é calculado deacordo com a taxa Selic, quando a taxa Selic estiver maior que 8,5% os rendimentosserão iguais às regras antigas, quando a taxa estiver menor ou igual a 8,5 o rendimentoserá de 70% da Selic mais TR.Características:Rendimento: Fixo ou VariávelIsenção de Imposto de RendaNão há valor mínimo ou máximo de aplicação;Menores de idade pode ter esse tipo de investimento;Liquidez Imediata.
  19. 19. 18 CÂMBIOInvestir em câmbio significa comprar moeda estrangeiras como Dólar, Euro, Libra etc.Na compra de uma moeda o investidor espera sua valorização para vende-la econseguir o lucro desejado.CaracterísticasComercial: é o valor oficial utilizado nas operações comerciais.Turismo: o valor é utilizado para compra de moeda para viagens. OUROO ouro é um investimento seguro, pode ser feito através dos bancos. Os compradoresde ouro têm a opção de levar o ouro ou deixar sobre o serviço de custódia ou guardarnos bancos. CDB e RDBSão empréstimos aos bancos, cujo valor é recuperado após determinado período comjuros sobre o montante aplicado. A diferença entre o CDB (Certificado de DepósitosBancários) e o RDB (Recibo de Depósito Bancários) é que o RDB não pode sernegociado antes do período estabelecido entra ambas as partes.Característica:Investimentos seguros;A remuneração depende de cada instituição financeira. TÍTULOS PÚBLICOSInvestimento crido pelo governo com intuito de financiar suas atividades. A venda detítulos públicos é feita através de leilões e o Tesouro Nacional. CLUBES DE INVESTIMENTOSSão grupos de pessoas com no máximo de 150 integrantes com a finalidade de investirna bolsa de valores. É administrador por uma corretora e seus rendimentos são deacordo com o capital investido.
  20. 20. 19 AÇÕESSão ativos de empresas de capital aberto, ou seja, são pedaços da empresanegociados em bolsas de valores. Quando uma pessoa comprar ações ela está setornando sócia da empresa.As ações são vendidas através de corretoras, essas empresas fazem todo o processode negociação entre investidor e vendedor. Existe valor mínimo de ações para serinvestidor.Características:As ações podem ser Ordinárias - ON e Preferenciais - PNOrdinárias: Tem o direito de participar nas assembleias da empresa com direito de voto;Preferenciais: Não tem direito de voto.
  21. 21. 20 REFERÊNCIAS• http://financenter.terra.com.br, 25/08/2012 às 11h50min;• http://dinheiro.br.msn.com/, 02/09/2012 às 23h01min;• http://www.boriola.com.br/, 07/09/2012 às 10h34min;• http://dinheirama.com/, 14/09/2012 às 09h11min;• http://g1.globo.com/, 17/09/2012 às 15h38min;• http://www.anefac.com, 22/09/2012 às 17h59min;• http://www.educacao.cc/financeira/o-que-sao-investimentos-financeiros-e-os- tipos-de-investimentos/, 29/09/2012 às 12h05min;• http://www.arcauniversal.com/comportamento/reflexao/ noticias/a-familia-para-o- homem-de-deus-13385.htm, 02/10/2012 às 11h35min;• http://www.ruadireita.com/outros/info/cartao-de-credito -desafoga-o- aperto/#axzz2D3vbFD2y, 02/10/2012 às 15h09min;• http://epocanegocios.globo.com/Revista/Common/0,,EMI11622316367,00MULH ERES+GASTARAM+HORAS+E+MINUTOS+FAZENDO+COMPRAS+NO+ANO+ PASSADO.html, 09/10/2012 às 11h33min;• Fonte:// http://www.zun.com.br/como-fazer-lista-de-compras/, 26/10/2012 às 10h55min;• Fonte: http://www.teresaleonel.blogspot.com, 09/11/2012 às 12h33min;• Fonte: http://www.economia.uol.com.br, 16/11/2012 às 14h47min;• Fonte: http://www.veja.abril.com.br, 20/11/2012 às 13h54min;

×