Boletim Mensal do Apostolado da Oração • Fundado em outubro de 1976
e-mail: apostoladodaoracao@bol.com.br - http://apostol...
“NOSSO ENCONTRO”Página 2
Cantinho do MEJ
Os Evangelhos nos ensinam que diante dos principais fatos da vida de Jesus, Ele s...
“NOSSO ENCONTRO” Página 3
MARIA, MÃE DE JESUS E NOSSA MÃE
Hora Santa – maio/2014
Dirig. – Iniciemos nossa Hora Santa invoc...
“NOSSO ENCONTRO”Página 4
Passamos grande parte da nossa vida trabalhando, executando alguma tarefa. Você, cristão e apósto...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

388

168 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
168
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
85
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

388

  1. 1. Boletim Mensal do Apostolado da Oração • Fundado em outubro de 1976 e-mail: apostoladodaoracao@bol.com.br - http://apostoladoarquidiocesanoctba.blogspot.com - telefone: (0xx41) 3222-6675 “A nossa alegria cristã brota da fonte do seu coração transbordante.” (Papa Francisco) ANO 37 - 388 MAIO/14 Mensagem do Diretor Espiritual Quem pode ser santo? Estimados devotos do Coração de Jesus, estamos vivenciando um tempo muito especial dentro da Igreja, a canonização do Papa João XXIII e do Papa João Paulo II, juntamente com a assinatura do processo de canonização do Pe. José de Anchieta. Mas o que é canonização? É o ato pelo qual a Igreja Católica Apostólica Romana declara que uma pessoa já falecida é um santo, inscrevendo-a no cânon, ou lista, dos santos reconhecidos. Uma vida de intenso amor a Deus e ao próximo. João XXIII realizou um grande processo de reforma dentro da Igreja convocando o Concílio Vaticano II, e bebemos desta magnífica fonte até os dias de hoje. Uma Igreja não fechada em si mesma, mas aberta ao mundo e aos problemas da humanidade. Um papa da bondade e da simplicidade que deixou uma forte marca na nossa história. João Paulo II, uma figura carismática que conquistou a todos. Um ícone de um homem que viveu verdadeiramente o Evangelho na sua radicalidade. Ele nos concedeu um grande Patrimônio de fé e um legado de santidade. O Papa Francisco convidou todos a prepararem-se espiritualmente para a canonização, reavivando todo o seu testemunho de vida: “Imitando Cristo ele foi para o mundo um pregador incansável da Palavra de Deus, da verdade e do bem, até mesmo com o seu sofrimento. Foi esse o magistério da sua vida, a que o povo de Deus respondeu com grande amor e estima. Que a sua intercessão reforce em nós a fé, a esperança e o amor!”. Pe. José de Anchieta missionário jesuíta chegou ao Brasil em 13 de julho de 1553, atuou na Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo. A sua missão era catequizar. Aprendeu a falar em tupi-guarani para se comunicar melhor com os índios. Um homem que foi ao encontro deles para conhecer melhor a sua linguagem. Elaborou a primeira gramática da língua tupi. Foi um homem interessado em evangelizar estes povos, mas respeitando a sua cultura e os seus valores. Podemos fazer uma pergunta: por que essas pessoas foram declaradas santas ou canonizadas? Porque viveram, com suas limitações e fragilidades, a proposta de Cristo: o Amor. Jesus Cristo foi enviado ao mundo pelo Pai, na ação do Espírito Santo para revelar o Plano da Salvação, que Deus nos ama e que somos convidados a participar da vida divina. Com seu nascimento, sua vida pública, tudo o que fez e ensinou, com sua morte e ressurreição revelou que temos uma vocação: sermos santos. Ele mesmo nos convida: “Sede santos como vosso Pai Celestial é santo” (Mt 5,48). Estamos no Tempo Pascal celebrando o mistério central de nossa fé e somos convocados a viver esta realidade na nossa vida: morrer para o pecado e ressuscitar todos os dias para o Amor. Então vem a pergunta inicial: Quem pode ser santo? E a resposta: todos somos chamados a sermos santos; vivendo as virtudes cristãs, revelando o amor, semeando a fé, testemunhando a misericórdia e sendo uma imagem viva de Jesus Cristo Ressuscitado que transborda a vida plena, a alegria permanente e o amor de Deus. Sagrado Coração de Jesus, fazei que vos ame cada vez mais. Imaculado Coração de Maria, sede a nossa Salvação. Pe. Osmair José Prestes 38.ª ROMARIA A APARECIDA DO NORTE Apostolado da Oração da Arquidiocese de Curitiba Dias 14 e 15 de junho/2014 PROGRAMA: Saída de Curitiba: 14/06/14 (sábado), lugar a ser combinado Procissão luminosa: em Aparecida, na madrugada de domingo, subimos o Morro da Via Sacra, à luz de velas, com espírito de Fé, Oração e Reparação Missa do AO do Brasil: às 10 horas, na Basílica Retorno: Domingo, 15/06/14, até as 16 horas PASSAGENS: até 11/06/14 (ou enquanto houver vagas) Importante: reunião com as coordenadoras para acerto de contas e lista de passageiros, com RG e nomes corretos (idem ao da carteira de identidade) – dia 11 de junho, às 15 horas, na Catedral. PREÇO: R$130,00 (carro convencional) Informações e reservas com: Lenir 3222-6675 ou Matilde 3276-9123 ou Lídia 3292-1708 Por que estais procurando entre os mortos aquele que está vivo?Ele não está aqui, Ressuscitou! Lembrai-vos do que ele vos falou, quando ainda estava na Galiléia: “O Filho do Homem deve ser entregue nas mãos de pecadores, ser crucificado e ressuscitar ao terceiro dia.” Uma feliz e Santa Páscoa a todos os amigos e amigas! Coordenação Arquidiocesana do AO
  2. 2. “NOSSO ENCONTRO”Página 2 Cantinho do MEJ Os Evangelhos nos ensinam que diante dos principais fatos da vida de Jesus, Ele sempre buscava orar, estar um momento somente com o Pai. E em algum desses momentos ele convida alguns de seus Apóstolos, como na Transfiguração (Mt 17, 1-9) e em sua agonia no Horto das Oliveiras (Mt 26, 36-45) para mostrar na prática que a oração é mais do que falar com Deus, mas um ato de querer estar com o Amor, uma ação concreta de buscar acompanhar a Jesus, ouvir a vontade de Deus para nossa vida. E a oração não é diferente do que qualquer exercício em nossa vida requer vontade e hábito. A Igreja sempre ensinou e ofereceu diversos meios para prática da oração e contemplação. E o MEJ, no intuito de ajudar os jovens em seu esforço de encontrar JESUS na oração, no EVANGELHO, na EUCARÍSTIA, e acompanhá-lo na MISSÃO, propõe o seguinte caminho: a - começar o dia com a oferenda de si mesmos a Deus, fortalecidos pelo Espirito Santo, em união com Jesus Cristo que se oferece na Eucaristia pela salvação do mundo; b - unir-se espiritualmente entre si e com os fiéis cristãos na prece de intercessão pelos problemas da humanidade e pelas intenções que o Papa e os bispos nos propõem; c - ler e meditar o Evangelho para conhecer JESUS, penetrar quanto possível na sua personalidade e nos sentimentos de seu Coração, ser seu amigo e colaborar com Ele na construção de um mundo novo, particularmente entre os jovens e no próprio lar; d - participar frequentemente da Eucaristia e viver o ideal central do MEJ de ser “jovem eucarístico”, de “tudo receber para tudo dar” a exemplo de Jesus Cristo que se doa, partilha a mesa, reparte o pão e sua vida no mistério eucarístico; e - aproveitar as etapas do Movimento e a vivência comunitária do grupo para crescer humana e espiritualmente formando-se cidadãos solidários e membros vivos da Igreja que testemunhem o Evangelho com sua vida e ação, e um dia possam ocupar, como pessoas preparadas e competentes, seu lugar na sociedade e na Igreja; f - integrar-se generosamente na Pastoral de Conjunto, procurando acompanhar de perto a caminhada da Igreja local, como membros disponíveis para o serviço da comunidade na paróquia e na arquidiocese; g - conquistar outros jovens para Cristo e oferecer-lhes o caminho do MEJ; h - colocar-se como Maria, Mãe de JESUS e nossa Mãe, por meio do oferecimento diário, ao lado de Jesus Cristo, para dilatar o seu Reino. Águeda M.ª de Campos Mello NOSSO ENCONTRO Boletim Mensal do Apostolado da Oração FUNDADO EM OUTUBRO DE 1976 Diretor: Pe. Osmair José Prestes Rua Heitor de Andrade, 219 Jardim das Américas 80240-010 - Curitiba - Paraná Tel: (41) 3266-0949 Presidente: Lenir Pontoni Wachowicz Rua Angelo Sampaio, 2164 80730-460 - Curitiba - Paraná Tel.: (41) 3222-6675 / 3232-0419 E-mail: lenirpw@hotmail.com Vice-Presidente:Lídia Brantes Ferreira Tel.: (41) 3292-1708 Rev. ortográfica: Lúcia Nascimento Participação: Coordenação Geral do A.O. de Curitiba, Padres, Religiosos e Leigos da Arquidiocese. Impressão: Efetagraf Assinatura Anual...................R$ 8,00 Assinatura Benfeitor..............R$ 15,00 Nº Avulso..............................R$ 0,80 Rezemos com o Papa Intenção de Oração para o mês de maio TESOURO ESPIRITUAL DO CORAÇÃO DE JESUS Oferecimento Diário_______ Jaculatórias_______ Missas_______ Culto Dominical_______ Visitas ao Santíssimo_______ Sacrifícios_______ Via Sacra_______ Comunhões_______ Terços de Maria_______ Terço da Misericórdia_______ Atos de Caridade_______ “Todas as orações do tesourinho deste mês, foram oferecidas ao Sagrado Coração de Jesus”. Oferecimento diário Deus, nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje: minhas orações e obras, meus pensamentos e palavras, minhas alegrias e sofrimentos, em reparação de nossas ofensas, em união com o Coração de teu Filho Jesus, que continua a oferecer-se a Ti, na Eucaristia, pela salvação do mundo. Que o Espírito Santo, que guiou a Jesus, seja meu guia e meu amparo neste dia para que eu possa ser testemunha do teu amor. Com Maria, Mãe de Jesus e da Igreja, rezo especialmente pelas intenções do Santo Padre para este mês: para que os meios de comunicação social sejam instrumentos ao serviço da verdade e da paz. E para que Maria, Estrela da Evangelização, guie a missão da Igreja no anúncio de Cristo a todos os povos. Intenção Universal Todas as esperanças são possíveis se a humanidade souber usar dignamente esses modernos veículos de comunicação que Deus e a tecnologia colocaram em mãos humanas. (Paulo VI) Os meios de comunicação exercem muita influência, pois muitos passam a maior parte do seu dia diante da TV. Notícias de qualquer parte do mundo invadem o lar no momento em que acontecem. Vamos, pois, usar os meios de comunicação para construir, não para destruir. Vamos colocá-los como pede a intenção do Papa, a serviço da Paz, da Justiça, da Verdade. Intenção pela Evangelização Jesus veio para evangelizar, trazer a Boa Nova a todos e para curar os aflitos de coração (Lc 4,18). Maria canta a atuação de Deus com os humildes, a quem acolhe amorosamente, enquanto rejeita os orgulhosos e poderosos. O coração materno de Maria sentia as necessidades de seus filhos. (Bodas de Caná). Durante anos, Maria viveu no silêncio de Nazaré. No Calvário da dor extrema, nascia a fraternidade universal, a verdadeira família humana. E Maria acolheu as últimas palavras de seu filho, como legado para sua igreja. Na escola de amor de Maria, o coração humano de Jesus aprendeu a amar e, por amor, entregou-se à morte de cruz. Lenir Pontoni Wachowicz Presidente Arquidiocesana do AO
  3. 3. “NOSSO ENCONTRO” Página 3 MARIA, MÃE DE JESUS E NOSSA MÃE Hora Santa – maio/2014 Dirig. – Iniciemos nossa Hora Santa invocando a Santíssima Trindade: Todos – Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. Dirig. – Em união com todos os consagrados ao Sagrado Coração de Jesus, rezemos: Todos – Deus nosso Pai, eu te ofereço todo o dia de hoje... Dirig. – Cantemos: Coração Santo, Tu reinarás... Leitor 1 – Dentro do Tempo Pascal, façamos agora um pequeno exame de consciência: eu aproveitei este tempo de reflexão, jejum, oração e penitência, para apagar os meus pecados e ressuscitar com Cristo? Estou vivendo o amor fraterno que Cristo nos ensinou? Procurei mudar o meu comportamento sendo mais humano e solidário? Dirig. – Peçamos ao Coração de Jesus que nos ajude e digamos como Maria: Todos – Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua Palavra. Leitor 2 – Este mês nos enriquece espiritualmente, pois sendo o mês de Maria, prestamos merecidas homenagens a nossa Mãe do céu... rezando o terço em família, ladainhas, novenas a Nossa Senhora. Seguindo o exemplo de Maria, com certeza chegaremos ao Coração de Jesus. Maria sabe o que precisamos para nossa salvação. Vê nossas necessidades, nossas limitações humanas e a influência que recebemos do mundo em que vivemos, das pessoas, da educação que recebemos. Lê em nosso coração como um livro aberto. Por isso, quando a dúvida nos atormentar procuremos a verdade em Maria. Cantemos: Todos – Maria de Nazaré. Maria me cativou. Fez mais forte a minha fé e por filho me adotou... Leitor 3 – Maria, após a ascensão de seu Filho, assistiu com sua orações e presença a Igreja nascente. Reunida com os Apóstolos e algumas mulheres, vemos Maria pedindo com suas orações o dom do Espírito, o qual, na anunciação, a tinha coberto com sua sombra. Pela sua adesão total à vontade do Pai, à obra redentora de Seu Filho, à ação do Espírito Santo, a Virgem Maria é para a Igreja o modelo de fé e de caridade. Cantemos: Todos – Ensina teu povo a rezar, Maria mãe de Jesus, que um dia o teu povo desperta e na certa vai ver a luz... Leitor 1 – Maria, mãe de Jesus, a dócil, justa, forte, silenciosa, são tantos os adjetivos com que qualificamos Nossa Senhora. Maria, Mãe da Igreja, além de modelo da humanidade, é construtora de comunhão. A máxima realização da existência cristã como um viver trinitário de “filhos do Filho” nos é dada na Virgem Maria que, através de sua fé e na obediência à vontade de Deus, assim como por sua constância na meditação da Palavra e das ações de Jesus, é a discípula perfeita do Senhor. Rezemos: Todos – Ladainha de Nossa Senhora Dirig. – Unidos à Trindade Santíssima, seguindo os ensinamentos da Virgem Maria, neste momento assumamos o compromisso de viver como ressuscitados, na força da Fé, da Esperança e da Caridade. De ajudar os irmãos afastados, os que sofrem, os doentes, os moribundos. Levar o amor do Coração de Jesus a toda a humanidade. Lembremos neste momento de todas as mães do Apostolado da Oração que já faleceram, oremos por elas. E, para as mães que estão vivas, em nossas famílias, que recebam neste dia dedicado a elas, todo nosso amor, nossa presença e nossa compreensão em suas dificuldades e limitações. Rezemos: Todos – Ave Maria, cheia de graça... ou Recitação do terço de Nossa Senhora. Dirig. – Tão Sublime Sacramento... Bênção com o Santíssimo e orações finais. Lenir Pontoni Wachowicz Presidente Arquidiocesana do AO TERÇO ARQUIDIOCESANO PARA O MÊS DE MAIO DE 2014 O terço semanal do Apostolado da Oração será gravado. Portanto, as paróquias que estão comprometidas para rezar, aguardem notícias. NOVENA DE NOSSA SENHORA DO ROCIO – PARANAGUÁ * DIA 18 DE MAIO, sairemos com vários ônibus de Curitiba. * PREÇO: R$ 45,00 * SAÍDA: No horário que a coordenadora marcar, que deverá ser por volta das 7 horas da manhã, de várias Paróquias e Capelas de nossa Arquidiocese. * RESERVA DO ÔNIBUS COM A LENIR: (41) 3222-6675 - 9991-2847 ou com sua coordenadora. * Participem com suas bandeiras estandartes e escudos (fitas), para homenagear a padroeira do Paraná, nossa Mãe, Nossa Senhora do Rocio, no dia da novena SOB A RESPONSABILIDADE DA ARQUIDIOCESE DE CURITIBA. Conto com o entusiasmo e comparecimento de todos.
  4. 4. “NOSSO ENCONTRO”Página 4 Passamos grande parte da nossa vida trabalhando, executando alguma tarefa. Você, cristão e apóstolo, pode rezar seu trabalho, qualquer incumbência ou atividade, toda a sua existência. No segredo espiritual deste ofertório diário, as mínimas tarefas assumem dimensão sagrada, cristã e apostólica, numa preciosa liturgia de entre ajuda comunitária, de espontâneo louvor a Deus, nosso Pai. A vida, como trabalho, é um dom. Felizes e sábios aqueles que se esforçam por converter sua existência numa liturgia diária e jovial de louvor, de generosidade e agradecimento. Mesmo não necessitando, podendo dispensar nossa colaboração, Deus quer precisar de nossa ajuda humilde, na obra inacabada da redenção. Somos da sua equipe, privilegiada extensão do próprio Cristo na vida que continua, na História que acontece, no mundo que anda e se renova a cada amanhecer. Você tem, dentro de si, a solução para triunfar sobre os obstáculos, e fazer da sua existência a mais rica das trajetórias, sobre a face da terra. Tenha um ideal pelo qual vale lutar. Uma estrela iluminando o seu firmamento. Objetivos certos e definidos conferindo rumo a seus passos. Antenar com Deus, assiduamente, é terapêutico e salutar, gesto de inteligência e bom senso, posto de reabastecimento psicológico, oásis no deserto, sabedoria fundamental. Quando as luzes de fora se apagam, os otimistas acionam as luzes de dentro, as lanternas interiores, invisíveis, as antenas poderosas do coração. Um dia sem oração lembra um vaso sem flores, um céu sem estrelas, um altar sem oferenda, um rosto humano que já não sorri. Trabalho, capital: alegria. Dever cumprido, capital: realização. Sorria, cante, agradeça. Você é redimido, templo do Espírito Santo, herdeiro do céu. E Deus ama você eternamente. A vida se transforma em festa e Sacramento cada instante, cada dia quando acolhemos Cristo e Maria, em nossa alma, no fundo do coração.. Pe. Roque Schneider, sj Compromissos • Dia 18 de maio - Novena de Nossa Senhora do Rocio, em Paranaguá. Interessados em participar do Setor Campo Largo, ligar para a Lídia 3292- 1708 ou com Iraci 3555-1470. Lídia • Dia 18 de maio - Tarde de Formação na Cap. Nossa Senhora do Perpétuo Socorro da Par. Santa Cecília, Setor Campo Largo, das 13h30 às 16h, com Celebração. Lídia • Dia 18 de maio - Tarde de Formação para o AO da Cap. N.ª Sr.ª da Salette, das 14h às 17h. Erlita • Dia 24 de maio - das 13:30h às 16h, a Coordenadora do Setor Cabral, convida para uma Tarde de Formação para o AO, na Par. São João Batista-Vila Tingui, na Rua Guilherme Lhienfeld, 1040. Informações: fone 3528-3223 ou com a Sirlei (Coordenadora do Setor), fone 3255-1095. Todos são convidados! • Dia 25 de maio - no ginásio Polentão, Rondinha, acontecerá o Encontro do Setor Campo Largo, com início às 13:30h, com a participação da Lenir, Pe. Osmair Prestes e o Seminarista Danilo. Haverá Missa no encerramento. Lídia • Dia 28 de maio - reunião com as diretorias paroquiais, no salão do Colégio Sagrada Família, início às 14h. • Dia 31 de maio - das 14h às 17h, na Paróquia São Pedro Apóstolo, em Itaperuçu, acontecerá uma tarde de formação para o AO, do setor Almirante Tamandaré, com a Lúcia e o Diomar. Notícias • Faleceu a Sr.ª Angela Andreassa (Dona Nina) aos 81 anos, que pertencia à Paróquia do Senhor Bom Jesus, Campo Largo. Foi fundadora do A.O. na Matriz e capelas do Bom Jesus, e presidente por mais de 20 anos. Era assinante do Mensageiro durante 40 anos. A seus familiares nosso pezar e nossas orações. Lídia • Dia 16 de março, faleceu o Sr. Carlos Franczak, assinante do Nosso Encontro, com a idade de 62 anos. Foi presidente do AO por muitos anos, na Par. de N.ª Sr.ª da Luz, na cidade de Irati-PR. Nossas orações e condolências! • Faleceu, dia 18 de março, o Pe. Jan Novinski, Missionário da Congregação Polonesa no Brasil. Pe. João, como era conhecido, muito devoto do Sagrado Coração de Jesus, incentivava o Apostolado da Oração nas Paróquias que trabalhou: Balsa Nova, Bom Jesus-Campo Largo e Nossa Senhora de Nazaré. Nossos sentimentos e orações. Lídia • Missa festiva, presidida por D. José Mário, foi um dos acontecimentos do dia 23 de março, pelo aniversário de 22 anos da cidade de Pinhais. A animação esteva a cargo dos cantores Anjos de Deus. Agradecemos a Deus e ao Prefeito Luizão, que é um homem de fé. Parabéns Pinhais! Doralice • Dia 29 de março, visitaram a Paróquia Nossa Senhora Aparecida- Pinhais, os coordenadores da Região Episcopal Norte. Lúcia e Diomar se reuniram com o Pároco e algumas pessoas interessadas em participar do AO. Parabéns, Lúcia! • Faleceu, dia 05 de abril, o Pe. José Luís Nieto, SF, aos 51 anos de idade, em Cambé-PR, onde era Pároco e também Provincial da Congregação dos Filhos da Sagrada Família no Brasil. Na Paróquia Maria Goretti, foi pároco por muitos anos acolhendo a todos com muita alegria. Nossa saudade, nossas preces e nosso até breve. Regina • Retiro da Quaresma do AO: com a participação de 104 pessoas, entre coordenação e retirantes, este retiro nos levou à oração e meditação, refletindo sobre a Exortação Apostólica “A alegria do Evangelho”. Côn. Genivaldo Ximendes, Pe. Osmair Prestes e Lenir foram felizes ao transmitir suas palestras. Valeu! Lenir

×