Ética e Deontologia em Engenharia de Software

732 visualizações

Publicada em

Ética e Deontologia em Engenharia de Software

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
732
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ética e Deontologia em Engenharia de Software

  1. 1. Ética e Deontologia Sociologia e Ética na Web
  2. 2. A ÉTICA E DEONTOLOGIA Conceitos fundamentais
  3. 3. O que significa ética? • A palavra ética vem do grego “ethos”, que significa hábito ou costume. • Como filosofia da moral, a ética estuda a qualificação do bem e do mal bem como a melhor forma de agir dentro de uma coletividade. Para isso, esta disciplina avalia os costumes coletivos, considera a sua universalidade e assinala-os elegendo quais as acções sociais moralmente válidas ou não. • A ética é uma racionalização do comportamento humano, ou seja, um conjunto de princípios obtidos através da razão e que apontam o caminho certo para a sua conduta. • Uma vez que não existem regras de comportamento aplicáveis a todas as situações, a ética tem a função de fornecer princípios operativos e regras que o indivíduo vai aplicar, utilizando a sua razão.
  4. 4. – José Saramago “Se a ética não governar a razão, a razão desprezará a ética...”
  5. 5. Ética Deontológica • Mais especificamente, a ética deontológica valoriza o conceito de dever avaliando as acções do Homem em função dos seu princípios implícitos e independentemente dos seus efeitos. • Esta teoria é expressa por Immanuel Kant através do conceito de imperativo categórico, com o qual determina a moralidade dos actos. • Assim, o indivíduo age com base naquilo que é correto independentemente das consequências de sua decisão e esta autonomia explicada por Kant leva a que este considere inaceitável a instrumentalização do homem e exalte o respeito pela sua dignidade.
  6. 6. ÉTICA PROFISSIONAL O indivíduo e o seu grupo de trabalho
  7. 7. O que é a Ética Profissional? • Ética profissional é o conjunto de normas éticas que formam a consciência do profissional e representam imperativos de sua conduta. • Ter ética profissional é o indivíduo cumprir com todas as atividades de sua profissão, seguindo os princípios determinados pela sociedade e pelo seu grupo de trabalho. • Cada profissão tem o seu próprio código de ética, que pode variar ligeiramente, graças a diferentes áreas de atuação. No entanto, há elementos da ética profissional que são universais e por isso aplicáveis a qualquer atividade profissional, como a honestidade, responsabilidade, competência, etc.
  8. 8. Ética Computacional Informática
  9. 9. A Ética na Informática • A computação pode ser vista como um enorme meio para chegar a uma sociedade, um fantástico meio de comunicação e de propagação de informação e ideias na medida em que estamos conectados a uma rede imensa e podemos trocar impressões com outras pessoas ou com outros grupos de pessoas de forma a aprender • A maior dificuldade em falar de ética na informática consiste no ponto em que qualquer pessoa de qualquer área profissional pode estudar informática, incluindo pessoas que não ingressem num curso superior, uma vez que um computador se torna numa ferramenta de trabalho (e não só) para a esmagadora maioria da população mundial. • Deste modo, torna-se difícil uma possível regulamentação que consiga abranger todos os casos e situações em que é preciso julgar o que é correto e o que é incorreto.
  10. 10. • Mas afinal porque é que se tal código é importante no âmbito da computação se muitas das vezes nem conhecemos a pessoa do outro lado do computador? • Tudo se baseia em ética e em valores morais pessoais. Aquando do nosso crescimento, quisemos correr em locais não apropriados para o efeito, gritar em momentos inapropriados, como é costume de qualquer criança normal, exceder as regras, mas nem sempre assim aconteceu, porque os nossos educadores tem um papel fundamental de nos dizer o que está certo e o que está errado. • No trabalho e em outras situações sociais, convivemos com muitas pessoas diferentes, portanto, precisamos manter um clima agradável e cordial.
  11. 11. O Código de Ética No âmbito da Engenheira de Software
  12. 12. O que é o Código de Ética? • Um documento com diversas diretrizes que orientam o indivíduo quanto às suas posturas e atitudes ideais, moralmente aceites ou toleradas pela sociedade como um todo, enquadrando os participantes a uma conduta politicamente correta e em linha com a boa imagem que a entidade ou a profissão quer ocupar. • Cada profissão tem o seu próprio código de ética, que pode variar ligeiramente, graças a diferentes áreas de atuação. • No entanto, há elementos da ética profissional que são universais e por isso aplicáveis a qualquer atividade profissional, como a honestidade, responsabilidade, competência, etc.
  13. 13. Que tipo de directrizes contém o código de ética? Código de Ética Directrizes Princípios Gerais Situações Profissionais
  14. 14. O Código de Ética de Engenharia de Software • Existem várias organizações, tais como a ACM, o ICCP, a IFIP e a Ordem dos Engenheiros, que estabeleceram cada uma um código de ética para os seus membros. • O IEEE e a ACM desenvolveram em conjunto um código de ética e prática profissional para Engenharia de Software.
  15. 15. • Obrigações Morais (Princípios Gerais) • Aceitar toda a responsabilidade pelas suas acções. • Ser justo e evitar actos discriminatórios. • Rejeitar qualquer tipo de suborno. • Evitar fazer danos na reputação, propriedade ou integridade física de outrem. • Respeitar a privacidade dos outros.
  16. 16. • Responsabilidades profissionais ( Específicas de Engenharia de Software ) • Melhorar a percepção que o público tem da informática e das suas consequências. • Não utilizar software obtido de forma ilegal ou menos ética, e respeitar as patentes e direitos de autor. • Não aceder a recursos informáticos ou de comunicações sem autorização. • Assegurar-se de que o software produzido tem todas as especificações documentadas e que tem todas as aprovações necessárias para a sua utilização. • Esforçar-se por manter ou melhorar as suas competências técnicas ao longo da sua vida profissional.
  17. 17. Possíveis áreas de aplicação de um código de ética no âmbito da engenharia do software 1. O desenvolvimento de sistemas 2. A automação de decisões 3. A violação de informação 4. A Internet 5. Os sistemas críticos

×