SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 19
Baixar para ler offline
Um  Processo em Construção FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS Coordenação Provisória do Fórum Municipal de Cultura Março / 2009
O FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS  é um instrumento para a consolidação do diálogo entre os diferentes setores do meios artístico e sócio-cultural, onde se reunem agentes culturais e trabalhadores da cultura da cidade. Focaliza, de maneira especial, a relação da cultura com o desenvolvimento da sociedade, prioriza o debate e a proposição de políticas públicas culturais aos gestores do município.  É um órgão democrático e participativo, acima de distinções religiosas, étnicas, ideológicas ou partidárias, de apoio ao Conselho Municipal de Cultura e de outras instâncias governamentais.
FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS SUMÁRIO EXECUTIVO COMPOSIÇÃO OBJETIVOS DEFINIÇÕES  RELAÇÃO DO FÓRUM COM OS GTs REPRESENTANTES DOS SEGMENTOS CULTURAIS SOBRE O CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA
FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS SUMÁRIO EXECUTIVO O documento a seguir consolida um amplo processo de discussão que vem acontecendo entre o Governo e os representantes dos vários segmentos artísticos e sócio-culturais do município de Teresópolis ao longo dos últimos meses. Após várias reuniões, representantes do Grupo Pró-cultura estiveram presentes na Casa de Cultura de Teresópolis, no dia 21 de janeiro de 2009, para pactuar com a Secretaria de Cultura, dentre outras reivindicações da classe cultural, expostas  em carta compromisso, um desenho consensual para reestruturação do modelo do Conselho Municipal de Cultura. Disponível no blog do Fórum:  http://culturateresopolis.blogspot.com/ Foram discutidas as seguintes questões: objetivo e papel da sociedade civil,  através dos representantes dos segmentos culturais, como forma de participar e colaborar com as políticas públicas aplicadas pelo governo municipal. A reunião contou com a presença do Secretário de Cultura Wanderley Peres e o Sub-secretário de Cultura Ronaldo Fialho.
CONSELHO  MUNICIPAL  DE CULTURA ( REFORMULADO ) FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS EXECUTIVO CONSULTIVO, NORMATIVO, DELIBERATIVO E FISCALIZADOR CONSULTIVO, E PROPOSITIVO FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS GRUPOS DE TRABALHO (GTs) SETORIAIS DE CULTURA SECRETARIA  MUNICIPAL  DE CULTURA (PMT)
FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS GT de Artes Visuais GT de Música GT de Literatura  GT de  Artes Cênicas GT de Folclore e  Cultura Popular  GT de Audiovisual GT de Dança GT de Preservação da Memória e Patrimônio Histórico e Cultural GT de Artesanato Entidades sem fins lucrativos legalizadas atuantes na área cultural Outros GTs que poderão ser criados. GT de Produção Cultural e Área Técnica
OBS:  Além das organizações com assento fixo no Fórum, especialistas e outras instituições poderão ser convidados para as reuniões, no sentido de enriquecer o debate do tema em questão. Eles terão direito a voz e não a voto.  FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS COMPOSIÇÃO  ,[object Object],[object Object],[object Object]
GTs a serem criados para definição de políticas instrumentais: Direito Autoral - Financiamento/Investimento Questões Trabalhistas e Previdência - Arte Educacional O Fórum são compostos por Grupos de Trabalho (GTs) que subsidiam a formulação de políticas públicas para os segmentos específicos. Os GTs nomeiam representantes de cada Grupo de Trabalho que os representarão perante à coodenação do Fórum. Temas sugeridos para os GTs: Arte e Educação, Formação Profissional, Criação e Pesquisa, Infra-estrutura, Diversidade de Expressões, Produção Independente, Novas Tecnologias, Difusão Interna, Meios de Comunicação e Novas Mídias, Comercialização e Distribuição (mercado) e Eventos. FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS
FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS OBJETIVOS  Contribuir para o avanço das políticas públicas de cultura no município de teresópolis; Promover um amplo processo de discussão sobre as diretrizes políticas culturais que poderão se desdobrar em planos de ação, garantindo a democratização, a descentralização da produção a difusão e desenvolvimento da cultura da cidade; Fornecer subsídios e propostas para a definição de diretrizes, estratégias e políticas públicas para o desenvolvimento da cultura, bem como acompanhar sua execução ; Incluir a participação da sociedade civil que atua no âmbito da cultura na definição do conjunto de metas e ações  priorizadas por essas políticas da cultura; Manter-se como um espaço permanente de diálogo e compromissos assumidos entre todos os agentes da cadeia criativa e produtiva da cultura e o governo. Cadastrar e representar dos diversos segmentos da cultura inscritos no Fórum;
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS DEFINIÇÕES
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS DEFINIÇÕES ,[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS REPRESENTAÇÕES QUE PODERÃO SER CONVIDADAS POR TEMA  (sem direito a voto)
TEMAS PARA SUBSIDIAR OS GRUPOS DE TRABALHO PARA A FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A CULTURA 1. FORMAÇÃO 2. CRIAÇÃO 4. DIFUSÃO 5. CONSUMO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],3. PRODUÇÃO
Leis de Incentivo Questões Tributárias  Programas de Apoio e Fomento Financiamentos Diversos Direito Autoral Pirataria ECAD TEMAS PARA SUBSIDIAR OS GRUPOS DE TRABALHO PARA A FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A CULTURA 6. Direito Autoral 7.Financiamento 8.Patrimônio imaterial Preservação da Memória e  Patrimônio histórico e artístico Mapeamento/Base de Dados
SOBRE O CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA Um Conselho de Cultura para que possa representar com transparência os cidadãos, deve ser  paritário, deliberativo, criteriosamente composto, eficiente, democrático e representativo dos vários segmentos que formam a sociedade em sua diversidade cultural, com planejamento de continuidade de metas e ações. A parcela do Conselho de Cultura que é composta pela Sociedade Civil, deve ser  representada pela classe dos segmentos culturais, na figura de membros indicados, devidamente cadastrados, por um Fórum Municipal de Cultura que atue, de forma independente e permanente, através de GTs específicos dos segmentos culturais, os quais deverão se reunir periodicamente, dirigidos por uma coordenação eleita democraticamente em assembléia aberta aos membros deste Fórum.
SOBRE O CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA Considerando que há segmentos e agentes culturais que não se organizam, é importante frisar que este movimento em prol da criação do Fórum Municipal de Cultura poderá se transformar em um modelo básico, democrático e representativo de todos segmentos culturais que puderem ser agregados, que são os legítimos criadores e produtores da cultura em nossa cidade. Fica aberta a opção para a participação de entidades de cunho jurídico, cuja representatividade provenha de entidades, institutos e fundações de ensino de artes e de cultura e outras ONGs, as quais buscarão, dentro do Fórum Municipal de Cultura, o seu espaço e o respaldo para os seus anseios e suas ações. Institucionalizado sob a forma de um Fórum Municipal de Cultura permanente, alcançar-se-á a legitimidade de representação da Sociedade Civil no âmbito da Cultura e, ao mesmo tempo, dos agentes criadores e produtores de cultura perante o Poder Público, visando integrar o Sistema Municipal de Cultura para que se alcance uma gestão pública participativa e democrática em conjunto com a população.
ENDEREÇOS ELETRÔNICOS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fórum ÈTico Racial Diretrizes
Fórum ÈTico Racial DiretrizesFórum ÈTico Racial Diretrizes
Fórum ÈTico Racial Diretrizesculturaafro
 
Apresentação do Sistema Municipal de Cultura de Nova Iguaçu
Apresentação do Sistema Municipal de Cultura de Nova IguaçuApresentação do Sistema Municipal de Cultura de Nova Iguaçu
Apresentação do Sistema Municipal de Cultura de Nova IguaçuSecretaria Nova Iguaçu
 
Carta direcionada ao Conselho Municipal de Cultura - Uberlândia MG
Carta direcionada ao Conselho Municipal de Cultura - Uberlândia MGCarta direcionada ao Conselho Municipal de Cultura - Uberlândia MG
Carta direcionada ao Conselho Municipal de Cultura - Uberlândia MGAline Romani
 
Apresentação sergipe cultural
Apresentação sergipe culturalApresentação sergipe cultural
Apresentação sergipe culturalnnrdesign
 
Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 5
Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 5Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 5
Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 5leonardofsales
 
Metas Plano Nacional de Cultura Final
Metas Plano Nacional de Cultura FinalMetas Plano Nacional de Cultura Final
Metas Plano Nacional de Cultura FinalCatia Elousia Araujo
 
Lei sobre o Patrimônio Imaterial
Lei sobre o Patrimônio ImaterialLei sobre o Patrimônio Imaterial
Lei sobre o Patrimônio ImaterialChico Macena
 
Seminário Mecenas na República: o Financiamento Público à Cultura
Seminário Mecenas na República: o Financiamento Público à CulturaSeminário Mecenas na República: o Financiamento Público à Cultura
Seminário Mecenas na República: o Financiamento Público à CulturaAlvaro Santi
 
Relatório inicial da reestruturação do colegiado setorial de música (2)
Relatório inicial da reestruturação do colegiado setorial de música (2)Relatório inicial da reestruturação do colegiado setorial de música (2)
Relatório inicial da reestruturação do colegiado setorial de música (2)Manoel Neto
 

Mais procurados (18)

Fórum ÈTico Racial Diretrizes
Fórum ÈTico Racial DiretrizesFórum ÈTico Racial Diretrizes
Fórum ÈTico Racial Diretrizes
 
Apresentação Sistema Nacional de Cultura -Ago2009
Apresentação Sistema Nacional de Cultura -Ago2009Apresentação Sistema Nacional de Cultura -Ago2009
Apresentação Sistema Nacional de Cultura -Ago2009
 
Jornal Sistema Nacional de Cultura
Jornal Sistema Nacional de CulturaJornal Sistema Nacional de Cultura
Jornal Sistema Nacional de Cultura
 
Apresentação mt
Apresentação mtApresentação mt
Apresentação mt
 
Apresentação do Sistema Municipal de Cultura de Nova Iguaçu
Apresentação do Sistema Municipal de Cultura de Nova IguaçuApresentação do Sistema Municipal de Cultura de Nova Iguaçu
Apresentação do Sistema Municipal de Cultura de Nova Iguaçu
 
Carta direcionada ao Conselho Municipal de Cultura - Uberlândia MG
Carta direcionada ao Conselho Municipal de Cultura - Uberlândia MGCarta direcionada ao Conselho Municipal de Cultura - Uberlândia MG
Carta direcionada ao Conselho Municipal de Cultura - Uberlândia MG
 
Apresentação sergipe cultural
Apresentação sergipe culturalApresentação sergipe cultural
Apresentação sergipe cultural
 
Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 5
Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 5Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 5
Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 5
 
3º Conferência Nacional de Cultura
3º Conferência Nacional de Cultura3º Conferência Nacional de Cultura
3º Conferência Nacional de Cultura
 
Texto base iiicnc2013
Texto base iiicnc2013Texto base iiicnc2013
Texto base iiicnc2013
 
Texto base 3 ª cnc
Texto base 3 ª cncTexto base 3 ª cnc
Texto base 3 ª cnc
 
Metas Plano Nacional de Cultura Final
Metas Plano Nacional de Cultura FinalMetas Plano Nacional de Cultura Final
Metas Plano Nacional de Cultura Final
 
Lei sobre o Patrimônio Imaterial
Lei sobre o Patrimônio ImaterialLei sobre o Patrimônio Imaterial
Lei sobre o Patrimônio Imaterial
 
Apresentação SNC
Apresentação SNCApresentação SNC
Apresentação SNC
 
Seminário Mecenas na República: o Financiamento Público à Cultura
Seminário Mecenas na República: o Financiamento Público à CulturaSeminário Mecenas na República: o Financiamento Público à Cultura
Seminário Mecenas na República: o Financiamento Público à Cultura
 
Relatório inicial da reestruturação do colegiado setorial de música (2)
Relatório inicial da reestruturação do colegiado setorial de música (2)Relatório inicial da reestruturação do colegiado setorial de música (2)
Relatório inicial da reestruturação do colegiado setorial de música (2)
 
Plano Municipal de Cultura Nova Iguaçu
Plano Municipal de Cultura Nova IguaçuPlano Municipal de Cultura Nova Iguaçu
Plano Municipal de Cultura Nova Iguaçu
 
Apresentação snc 20.08.02012
Apresentação snc 20.08.02012Apresentação snc 20.08.02012
Apresentação snc 20.08.02012
 

Destaque

Tablas en access (corregidas)
Tablas en access (corregidas)Tablas en access (corregidas)
Tablas en access (corregidas)Brayan Barón
 
Crear base de_datos!
Crear base de_datos!Crear base de_datos!
Crear base de_datos!Brayan Barón
 
Estructura de una página web 2
Estructura de una página web 2Estructura de una página web 2
Estructura de una página web 2Brayan Barón
 
Crear base de_datos!
Crear base de_datos!Crear base de_datos!
Crear base de_datos!Brayan Barón
 
Colegio nacional nicolas esguerra
Colegio nacional nicolas esguerraColegio nacional nicolas esguerra
Colegio nacional nicolas esguerraBrayan Barón
 
Ejercicios propuestos
Ejercicios propuestosEjercicios propuestos
Ejercicios propuestosBrayan Barón
 

Destaque (9)

Tablas en access (corregidas)
Tablas en access (corregidas)Tablas en access (corregidas)
Tablas en access (corregidas)
 
Nxt
NxtNxt
Nxt
 
Tablas en access
Tablas en accessTablas en access
Tablas en access
 
Crear base de_datos!
Crear base de_datos!Crear base de_datos!
Crear base de_datos!
 
Estructura de una página web 2
Estructura de una página web 2Estructura de una página web 2
Estructura de una página web 2
 
Crear base de_datos!
Crear base de_datos!Crear base de_datos!
Crear base de_datos!
 
Colegio nacional nicolas esguerra
Colegio nacional nicolas esguerraColegio nacional nicolas esguerra
Colegio nacional nicolas esguerra
 
Ejercicios propuestos
Ejercicios propuestosEjercicios propuestos
Ejercicios propuestos
 
Programación 902
Programación 902Programación 902
Programación 902
 

Semelhante a Fórum de Cultura de Teresópolis Final

RESULTADO DA PRIMEIRA CONFERÊNCIA LIVRE POPULAR DOS MOVIMENTOS CULTURAIS SP
RESULTADO DA PRIMEIRA CONFERÊNCIA LIVRE POPULAR DOS MOVIMENTOS CULTURAIS SPRESULTADO DA PRIMEIRA CONFERÊNCIA LIVRE POPULAR DOS MOVIMENTOS CULTURAIS SP
RESULTADO DA PRIMEIRA CONFERÊNCIA LIVRE POPULAR DOS MOVIMENTOS CULTURAIS SPRAPPER PIRATA
 
SNC - Marcos e Desentendimentos
SNC - Marcos e DesentendimentosSNC - Marcos e Desentendimentos
SNC - Marcos e DesentendimentosPawlo Cidade
 
Metas do Plano Nacional de Cultura
Metas do Plano Nacional de CulturaMetas do Plano Nacional de Cultura
Metas do Plano Nacional de Culturacultcultura
 
Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 1
Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 1Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 1
Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 1leonardofsales
 
Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)
Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)
Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)Gabriela Agustini
 
Festival 2014 - Grupo Temático de Cultura ABCR
Festival 2014 - Grupo Temático de Cultura ABCRFestival 2014 - Grupo Temático de Cultura ABCR
Festival 2014 - Grupo Temático de Cultura ABCRABCR
 
Apres. Serviços de Informação em Artes
Apres. Serviços de Informação em ArtesApres. Serviços de Informação em Artes
Apres. Serviços de Informação em Artesjoaopedroacardoso
 
Sureño - O que é Incentivo Fiscal?
Sureño - O que é Incentivo Fiscal?Sureño - O que é Incentivo Fiscal?
Sureño - O que é Incentivo Fiscal?SurenoCultural
 
Lei Complementar 399/97 com alterações propostas
Lei Complementar 399/97 com alterações propostasLei Complementar 399/97 com alterações propostas
Lei Complementar 399/97 com alterações propostasAlvaro Santi
 
Gestão de Projetos Culturais: da ideia à ação
Gestão de Projetos Culturais: da ideia à açãoGestão de Projetos Culturais: da ideia à ação
Gestão de Projetos Culturais: da ideia à açãoManoel Marcondes Neto
 
Modelo programa area de cultura
Modelo   programa area de culturaModelo   programa area de cultura
Modelo programa area de culturaAlexandre Marinho
 
Festival 2015 - Grupo de Cultura
Festival 2015 - Grupo de CulturaFestival 2015 - Grupo de Cultura
Festival 2015 - Grupo de CulturaABCR
 
Metas do Plano Nacional de Cultura - PNC
Metas do Plano Nacional de Cultura - PNCMetas do Plano Nacional de Cultura - PNC
Metas do Plano Nacional de Cultura - PNCYasmin Thayná
 
Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)
Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)
Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)Revista Garimpo Cultural
 
Gestão de projetos - LIC RS
Gestão de projetos - LIC RSGestão de projetos - LIC RS
Gestão de projetos - LIC RSrafaelballe
 

Semelhante a Fórum de Cultura de Teresópolis Final (20)

RESULTADO DA PRIMEIRA CONFERÊNCIA LIVRE POPULAR DOS MOVIMENTOS CULTURAIS SP
RESULTADO DA PRIMEIRA CONFERÊNCIA LIVRE POPULAR DOS MOVIMENTOS CULTURAIS SPRESULTADO DA PRIMEIRA CONFERÊNCIA LIVRE POPULAR DOS MOVIMENTOS CULTURAIS SP
RESULTADO DA PRIMEIRA CONFERÊNCIA LIVRE POPULAR DOS MOVIMENTOS CULTURAIS SP
 
SNC - Marcos e Desentendimentos
SNC - Marcos e DesentendimentosSNC - Marcos e Desentendimentos
SNC - Marcos e Desentendimentos
 
Fomento e Incentivo Cultura
Fomento e Incentivo CulturaFomento e Incentivo Cultura
Fomento e Incentivo Cultura
 
Metas do Plano Nacional de Cultura
Metas do Plano Nacional de CulturaMetas do Plano Nacional de Cultura
Metas do Plano Nacional de Cultura
 
Apresentação Fóruns Regionais
Apresentação Fóruns RegionaisApresentação Fóruns Regionais
Apresentação Fóruns Regionais
 
Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 1
Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 1Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 1
Conferênia Nacional de Cultura: Eixo 1
 
Relatório 1ª cmc
Relatório 1ª cmcRelatório 1ª cmc
Relatório 1ª cmc
 
Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)
Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)
Relatório 1ª Conferência Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (2009)
 
Festival 2014 - Grupo Temático de Cultura ABCR
Festival 2014 - Grupo Temático de Cultura ABCRFestival 2014 - Grupo Temático de Cultura ABCR
Festival 2014 - Grupo Temático de Cultura ABCR
 
Módulo I - Prof. Francisco Graça de Moura
Módulo I - Prof. Francisco Graça de MouraMódulo I - Prof. Francisco Graça de Moura
Módulo I - Prof. Francisco Graça de Moura
 
Apres. Serviços de Informação em Artes
Apres. Serviços de Informação em ArtesApres. Serviços de Informação em Artes
Apres. Serviços de Informação em Artes
 
Sureño - O que é Incentivo Fiscal?
Sureño - O que é Incentivo Fiscal?Sureño - O que é Incentivo Fiscal?
Sureño - O que é Incentivo Fiscal?
 
Lei Complementar 399/97 com alterações propostas
Lei Complementar 399/97 com alterações propostasLei Complementar 399/97 com alterações propostas
Lei Complementar 399/97 com alterações propostas
 
Gestão de Projetos Culturais: da ideia à ação
Gestão de Projetos Culturais: da ideia à açãoGestão de Projetos Culturais: da ideia à ação
Gestão de Projetos Culturais: da ideia à ação
 
Apresentação ce
Apresentação ceApresentação ce
Apresentação ce
 
Modelo programa area de cultura
Modelo   programa area de culturaModelo   programa area de cultura
Modelo programa area de cultura
 
Festival 2015 - Grupo de Cultura
Festival 2015 - Grupo de CulturaFestival 2015 - Grupo de Cultura
Festival 2015 - Grupo de Cultura
 
Metas do Plano Nacional de Cultura - PNC
Metas do Plano Nacional de Cultura - PNCMetas do Plano Nacional de Cultura - PNC
Metas do Plano Nacional de Cultura - PNC
 
Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)
Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)
Metas do Plano Nacional de Cultura (2ª Ed.)
 
Gestão de projetos - LIC RS
Gestão de projetos - LIC RSGestão de projetos - LIC RS
Gestão de projetos - LIC RS
 

Fórum de Cultura de Teresópolis Final

  • 1. Um Processo em Construção FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS Coordenação Provisória do Fórum Municipal de Cultura Março / 2009
  • 2. O FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS é um instrumento para a consolidação do diálogo entre os diferentes setores do meios artístico e sócio-cultural, onde se reunem agentes culturais e trabalhadores da cultura da cidade. Focaliza, de maneira especial, a relação da cultura com o desenvolvimento da sociedade, prioriza o debate e a proposição de políticas públicas culturais aos gestores do município. É um órgão democrático e participativo, acima de distinções religiosas, étnicas, ideológicas ou partidárias, de apoio ao Conselho Municipal de Cultura e de outras instâncias governamentais.
  • 3. FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS SUMÁRIO EXECUTIVO COMPOSIÇÃO OBJETIVOS DEFINIÇÕES RELAÇÃO DO FÓRUM COM OS GTs REPRESENTANTES DOS SEGMENTOS CULTURAIS SOBRE O CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA
  • 4. FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS SUMÁRIO EXECUTIVO O documento a seguir consolida um amplo processo de discussão que vem acontecendo entre o Governo e os representantes dos vários segmentos artísticos e sócio-culturais do município de Teresópolis ao longo dos últimos meses. Após várias reuniões, representantes do Grupo Pró-cultura estiveram presentes na Casa de Cultura de Teresópolis, no dia 21 de janeiro de 2009, para pactuar com a Secretaria de Cultura, dentre outras reivindicações da classe cultural, expostas em carta compromisso, um desenho consensual para reestruturação do modelo do Conselho Municipal de Cultura. Disponível no blog do Fórum: http://culturateresopolis.blogspot.com/ Foram discutidas as seguintes questões: objetivo e papel da sociedade civil, através dos representantes dos segmentos culturais, como forma de participar e colaborar com as políticas públicas aplicadas pelo governo municipal. A reunião contou com a presença do Secretário de Cultura Wanderley Peres e o Sub-secretário de Cultura Ronaldo Fialho.
  • 5. CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA ( REFORMULADO ) FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS EXECUTIVO CONSULTIVO, NORMATIVO, DELIBERATIVO E FISCALIZADOR CONSULTIVO, E PROPOSITIVO FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS GRUPOS DE TRABALHO (GTs) SETORIAIS DE CULTURA SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA (PMT)
  • 6. FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS GT de Artes Visuais GT de Música GT de Literatura GT de Artes Cênicas GT de Folclore e Cultura Popular GT de Audiovisual GT de Dança GT de Preservação da Memória e Patrimônio Histórico e Cultural GT de Artesanato Entidades sem fins lucrativos legalizadas atuantes na área cultural Outros GTs que poderão ser criados. GT de Produção Cultural e Área Técnica
  • 7.
  • 8. GTs a serem criados para definição de políticas instrumentais: Direito Autoral - Financiamento/Investimento Questões Trabalhistas e Previdência - Arte Educacional O Fórum são compostos por Grupos de Trabalho (GTs) que subsidiam a formulação de políticas públicas para os segmentos específicos. Os GTs nomeiam representantes de cada Grupo de Trabalho que os representarão perante à coodenação do Fórum. Temas sugeridos para os GTs: Arte e Educação, Formação Profissional, Criação e Pesquisa, Infra-estrutura, Diversidade de Expressões, Produção Independente, Novas Tecnologias, Difusão Interna, Meios de Comunicação e Novas Mídias, Comercialização e Distribuição (mercado) e Eventos. FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS
  • 9.
  • 10. FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS OBJETIVOS Contribuir para o avanço das políticas públicas de cultura no município de teresópolis; Promover um amplo processo de discussão sobre as diretrizes políticas culturais que poderão se desdobrar em planos de ação, garantindo a democratização, a descentralização da produção a difusão e desenvolvimento da cultura da cidade; Fornecer subsídios e propostas para a definição de diretrizes, estratégias e políticas públicas para o desenvolvimento da cultura, bem como acompanhar sua execução ; Incluir a participação da sociedade civil que atua no âmbito da cultura na definição do conjunto de metas e ações priorizadas por essas políticas da cultura; Manter-se como um espaço permanente de diálogo e compromissos assumidos entre todos os agentes da cadeia criativa e produtiva da cultura e o governo. Cadastrar e representar dos diversos segmentos da cultura inscritos no Fórum;
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15. Leis de Incentivo Questões Tributárias Programas de Apoio e Fomento Financiamentos Diversos Direito Autoral Pirataria ECAD TEMAS PARA SUBSIDIAR OS GRUPOS DE TRABALHO PARA A FORMULAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A CULTURA 6. Direito Autoral 7.Financiamento 8.Patrimônio imaterial Preservação da Memória e Patrimônio histórico e artístico Mapeamento/Base de Dados
  • 16. SOBRE O CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA Um Conselho de Cultura para que possa representar com transparência os cidadãos, deve ser paritário, deliberativo, criteriosamente composto, eficiente, democrático e representativo dos vários segmentos que formam a sociedade em sua diversidade cultural, com planejamento de continuidade de metas e ações. A parcela do Conselho de Cultura que é composta pela Sociedade Civil, deve ser representada pela classe dos segmentos culturais, na figura de membros indicados, devidamente cadastrados, por um Fórum Municipal de Cultura que atue, de forma independente e permanente, através de GTs específicos dos segmentos culturais, os quais deverão se reunir periodicamente, dirigidos por uma coordenação eleita democraticamente em assembléia aberta aos membros deste Fórum.
  • 17. SOBRE O CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA Considerando que há segmentos e agentes culturais que não se organizam, é importante frisar que este movimento em prol da criação do Fórum Municipal de Cultura poderá se transformar em um modelo básico, democrático e representativo de todos segmentos culturais que puderem ser agregados, que são os legítimos criadores e produtores da cultura em nossa cidade. Fica aberta a opção para a participação de entidades de cunho jurídico, cuja representatividade provenha de entidades, institutos e fundações de ensino de artes e de cultura e outras ONGs, as quais buscarão, dentro do Fórum Municipal de Cultura, o seu espaço e o respaldo para os seus anseios e suas ações. Institucionalizado sob a forma de um Fórum Municipal de Cultura permanente, alcançar-se-á a legitimidade de representação da Sociedade Civil no âmbito da Cultura e, ao mesmo tempo, dos agentes criadores e produtores de cultura perante o Poder Público, visando integrar o Sistema Municipal de Cultura para que se alcance uma gestão pública participativa e democrática em conjunto com a população.
  • 18.
  • 19. FÓRUM DE CULTURA DE TERESÓPOLIS