Successfully reported this slideshow.

Relatório de segurança do trabalho

139.365 visualizações

Publicada em

Relatório final

Publicada em: Educação, Turismo, Tecnologia

Relatório de segurança do trabalho

  1. 1. SUMÁRIO1 INTRODUÇÃO..........................................................................................................................................................12 HISTÓRICO DA EMPRESA...................................................................................................................................33 CRONOGRAMA DE ATIVIDADES......................................................................................................................4 4 EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL (EPI).....................................................................................5 4.1 ACOMPANHAMENTOS DE ENTREGA E SELEÇÃO DE EPI (NR-6).........................................................6 4.2 ANALISE DO USO CORRETO DOS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL (EPI).................75 ACONDICIONAMENTO, E MANUSEIO DE MATÉRIAIS QUÍMICOS (NR-11)..........................................8 5.1 AVALIAÇÃO DO TRANSPORTE DOS PRODUTOS QUIMÍCOS E EQUIPAMENTOS.............................96 PRODUTOS QUIMICOS UTILIZADOS PELA ASTRAL SAÚDE AMBIENTAL........................................107 ATIVIDADES E OPERAÇÕES INSALUBRES (NR-15)....................................................................................128 ERGONOMIA NR-17.............................................................................................................................................13 8.1 ANALISE DO PESO DOS PULVERIZADORES............................................................................................13 8.2 ANALISE DAS TAREFAS REALIZADAS E DO RITMO DE TRABALHO................................................14 8.3 ANALISE ERGONÔMICA NOS POSTOS DE TRABALHO.........................................................................159 SEGURANÇA NA APLICAÇÃO DOS CONTRATOS DE SERVIÇO.............................................................1610 CONCLUSÃO........................................................................................................................................................1711 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.................................................................................................................18ANEXOS......................................................................................................................................................................19 ANEXO 01...............................................................................................................................................................20 ANEXO 04...............................................................................................................................................................23 ANEXO 05.................................................................................................................24 ANEXO 06...............................................................................................................................................................25 ANEXO 07...............................................................................................................................................................26 ANEXO 08....................................................................................................271 INTRODUÇÃO Num país que exige a cada dia mais de seus profissionais, o que vigora é abusca por novos conhecimentos e campos de atuação. Assim, o Curso Técnico deSegurança do Trabalho no Centro Federal de Educação Tecnológica de SantaCatarina, foi o início de uma nova caminhada na vida profissional.
  2. 2. 2 Como é exigido, o estágio curricular obrigatório de quatrocentas horas foirealizado na Astral Saúde Ambiental, localizada no bairro da Agronômica emFlorianópolis, O estágio, com início em trinta de agosto de dois mil e sete e término emvinte e oito de dezembro de dois mil e sete, permitiu um maior aprofundamento, demaneira prática, dos conteúdos ministrados em sala de aula, porém de forma teórica. No estágio obrigatório curricular foram feitas vistorias, avaliações quanto aograu de risco de insalubridade, levantamentos sobre ergonomia, controle deEquipamentos de Proteção Individual (EPI), analise dos materiais químicos que sãoutilizados pela empresa, analise dos critérios de segurança dos contratos de serviçosfirmados pela empresa com seus clientes entre outras atividades, que permitiramvivenciar a realidade da profissão e colaborar com a segurança dos profissionais querealizam o trabalho de controle de pragas. Todas estas informações e conhecimentos adquiridos contribuíramimensamente com o desenvolvimento de habilidades e competências necessárias paraformação de um profissional Técnico em Segurança no Trabalho, oferecendo aotécnico de segurança um amplo aprendizado de conceitos e técnicas que são utilizadasna profissão.
  3. 3. 32 HISTÓRICO DA EMPRESA Fundada em 1983, em Uberlândia, Minas Gerais, a Astral hoje, com 26 anos deatuação no mercado de controle de pragas urbanas, é a empresa número 1 do setor naAmérica Latina.A trajetória da empresa, que em apenas duas décadas superou todas as expectativasdo mercado, passou a tomar grandes proporções quando em 1996 a Astral entrou parao patamar de empresas franqueadoras do país.Desde então, a Astral conquistou a marca de 52 Unidades, distribuídas por 15 estadosbrasileiros, e também à comprovação de que está no caminho certo, com o atestado desua qualidade e eficiência através da obtenção, por três anos consecutivos, do Selo deExcelência em Franchising.Durante estes 26 anos de sucesso a Marca Astral evoluiu, cresceu e principalmente,atingiu a padronização da Rede, em qualidade de serviço e atendimento, qualquer umadas 52 unidades da Rede oferece a seus clientes, o melhor em tecnologia e qualidadeprofissional.Atualmente, a sede da rede Astral está localizada na região da Barra da Tijuca, ZonaOeste do Rio de Janeiro, mais precisamente no bairro do Camorim. É uma áreacomercial / industrial privilegiada, junto ao Rio Centro, um dos maiores centros deconvenções e exposições do estado do Rio de Janeiro.A sede ocupa uma área com mais de Sete mil m2, onde dispõe de uma excelente infra-estrutura, administrativo-financeiro, de marketing e técnica, equipada com centro detreinamento e pesquisa, laboratório e completa área de lazer com piscina, sauna,churrasqueira etc. A franquia em Florianópolis existe há dois anos e cresce a cada dia que passaalcançando ainda mais clientes e se destacando como grande potência no ramo decontrole de pragas no estado, busca sempre evoluir em suas técnicas e oferece aosfuncionários treinamentos de qualidade para que desta maneira possam desempenharo trabalho baseados na qualidade e na excelência de suas atividades.
  4. 4. 43 CRONOGRAMA DE ATIVIDADES Devido à continuidade de algumas atividades, que se repetiam ao longo doestágio curricular obrigatório, não foi possível incluí-las no Cronograma de Atividades.ATIVIDADES TEMPO(descrição das tarefas executadas) (em horas) Acompanhamento e gestão dos procedimentos de entrega e seleção de EPI (NR-6).1 40 Analise do uso correto dos equipamentos de proteção individual por parte dos funcionários. Avaliação do acondicionamento e seus procedimentos de manuseio. (NR-11)2 80 Avaliação do transporte dos materiais ao campo pelos funcionários da empresa astral. Estudo dos produtos químicos utilizado pelos3 funcionários da empresa Astral Saúde Ambiental e 80 seu grau de risco de insalubridade (NR-15) Analise do peso dos pulverizadores e seu risco para a saúde dos trabalhadores da empresa Astral.4 Estudo do ritmo do trabalho e o conteúdo das 80 tarefas realizadas. (NR-17). Analise da ergonomia nos postos de trabalho Estudo da aplicação correta das ordens de serviço aos clientes da empresa Astral Saúde Ambiental.5 Analise da característica de seus clientes no estado de SC. 120 Analise da aplicação dos contratos de serviços da Astral Saúde Ambiental a seus clientes no estado de Santa Catarina.
  5. 5. 5 Os valores citados no quadro acima servem como referência do tempodisponibilizado para a execução de determinadas tarefas, não sendo, contudo umtempo rígido e sem flexibilidade, uma vez que a maioria das atividades que eramdesenvolvidas realizava-se simultaneamente.4 EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL (EPI) Conceito Legal Equipamento de Proteção Individual é todo dispositivo ou produto, de usoindividual, utilizado pelo trabalhador, destinado a proteção de riscos suscetíveis deameaçar a segurança e a saúde no trabalho. Legislação A empresa é obrigada por lei a fornecer aos empregados, de forma gratuita,EPI adequado ao risco, em perfeito estado de conservação e funcionamento nasseguintes circunstâncias: a) Sempre que medidas de ordem geral não ofereçam completa proteçãocontra os riscos de acidentes do trabalho ou de doenças profissionais e do trabalho; b) Enquanto as medidas de proteção coletiva estiverem sendo implantadas e c) Para atender situações de emergência. Cabe ao empregador: Adquirir o EPI adequado ao risco da atividade; Exigir seu uso; Fornecer somente o EPI aprovado pelo órgão nacional competente; Orientar e treinar o trabalhador quanto a seu uso, guarda e conservação; Substituir imediatamente quando extraviado ou danificado; Responsabilizar-se por sua manutenção e higienização; Comunicar ao M T E qualquer irregularidade observada. Cabe ao empregado: Usar, utilizando-o apenas para a finalidade a que se destina; Responsabilizar-se por sua guarda e conservação; Comunicar qualquer alteração que o torne impróprio para uso;
  6. 6. 6 Cumprir as determinações do empregador sobre seu uso adequado.4.1 ACOMPANHAMENTOS DE ENTREGA E SELEÇÃO DE EPI (NR-6) O desenvolvimento das atividades iniciou-se no primeiro momento comapresentação de todos os equipamentos de proteção individual (EPI), utilizados naempresa para salva-guardar a saúde dos trabalhadores, Para uma melhor ambientaçãofoi realizada uma leitura sobre a NR-6 que rege sobre tais equipamentos e foiapresentada aos funcionários a maneira correta de utilização de cada equipamento deproteção oferecido pela empresa Astral Saúde Ambiental. É parte integrante do acompanhamento destes equipamentos, uma relação quedeve ser assinada pelo trabalhador dando a ele total responsabilidade quanto ao usode seu equipamento de proteção individual e em caso de perda ou extravio cabe aotrabalhador informar a empresa do acontecido para que sejam tomadas as iniciativasadequadas quanto a outros equipamentos que irão suprir a perda dos mesmos e destamaneira não atrapalhando as atividades e a segurança dos trabalhadores. A leitura da NR-6, como foi citada acima se deu de forma integral eposteriormente de forma segmentada, explicativa, argumentativa, para haver um maiorentendimento por parte dos trabalhadores quanto ao uso correto do EPI, e ao que cabetanto a empresa, quanto ao trabalhador em relação aos equipamentos de proteçãoindividual, cada trabalhador recebeu orientação adequada e em etapas quanto aomanuseio de todos os EPI´S fornecidos e sobre sua legislação para o conhecimentoexato do numero de CA (certificado de autorização) de cada equipamento e a formacorreta de proteger contra o extravio do equipamento para que todos tenham uma vidaútil maior. Os Equipamentos fornecidos aos funcionários são: calçado tipo bota, protetorauricular, luvas de látex, calça de borracha para limpeza e higienização de caixa dágua e cisterna, vestimenta completa (calça, camisa e boné), óculos de proteção,mascára de proteção respiratória, todas as informações pertinentes ao uso corretodestes equipamentos foram dadas por meio de palestras.
  7. 7. 74.2 ANALISE DO USO CORRETO DOS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃOINDIVIDUAL (EPI) Depois de realizar o acompanhamento de entrega dos equipamentos deproteção individual, leitura da NR-6, e ter dado explicações sobre a forma correta deuso dos EPI’S foi realizado analise em campo da maneira como os trabalhadores daempresa Astral Saúde Ambiental, estavam utilizando seus equipamentos de proteçãoindividual, Analisou-se que na prática os trabalhadores não estavam utilizando osequipamentos de proteção individual de maneira correta e, portanto era necessária arealização de uma palestra informativa em busca de um aperfeiçoamento do usocorreto de seus equipamentos. A palestra foi realizada com todos os operadores e na presença do diretor geralda unidade Florianópolis, onde foram ministradas informações importantes quanto ouso e a limpeza destes equipamentos para que seja resguardada a saúde dosoperadores e a integridade e eficiência dos equipamentos de proteção, a grandevantagem da avaliação em campo esta na forma de poder avaliar com maior clareza otrabalhador e suas praticas quanto ao EPI, ao utilizar os equipamentos de proteção e acada manuseio incorreto era explicado à forma correta de uso dos equipamentosdando aberturas para comentários quanto ao uso correto dos equipamentos. Ao final da palestra que teve duração de 45 minutos, foram esclarecidas todasas duvidas quanto ao uso correto dos Equipamentos de Proteção Individual (NR 6),ficou estabelecida reuniões de aperfeiçoamento quanto ao uso dos EPI’S, a cada trêsmeses, para que todos os funcionários passem por reciclagem quanto às normas desegurança do trabalho empregadas.
  8. 8. 85 ACONDICIONAMENTO, E MANUSEIO DE MATÉRIAIS QUÍMICOS (NR-11) A empresa Astral Saúde Ambiental possui um fornecedor que realiza a entregaem domicilio dos produtos químicos que são utilizados para realizar o trabalho decontrole de roedores, esses produtos ficam estocados em um deposito ao fundo daempresa. Quanto ao acondicionamento e o manuseio destes materiais, a empresaoferece todos os meios necessários para o acondicionamento dos materiais nodeposito. O Manuseio destes equipamentos é feito pelos trabalhadores de maneiracorreta e com a utilização dos EPI’S necessários, para resguardar a saúde dostrabalhadores, no entanto foi realizado avaliação para conhecer melhor as formas dearmazenamento destes produtos. Na avaliação realizada ficou constatado a necessidade de modificar a forma deacondicionamento dos produtos químicos no interior do deposito, pois os produtoslíquidos estavam sendo acondicionados na mesma prateleira que os produtos decontrole de roedores, de forma que havendo vazamentos haveria a perda de materiais,acarretando perdas no orçamento mensal da empresa. Diante disto foi indicado para o trabalhador do deposito que mantivesse osmateriais líquidos na parte inferior da prateleira e os demais produtos na parte superior,foi informado ainda que os produtos com prazo de validade mais antigo deveriam ficarna frente dos produtos mais novos para que não houvesse perda de matériais quanto àvalidade de cada produto.
  9. 9. 95.1 AVALIAÇÃO DO TRANSPORTE DOS PRODUTOS QUIMÍCOS EEQUIPAMENTOS O transporte dos equipamentos é feito por um automóvel. Analisou-se que esteautomóvel deveria passar por mudanças, já que os equipamentos eram antestransportados no seu interior, junto com os produtos químicos. Foi identificado que osprodutos químicos não deveriam ser transportados junto aos trabalhadores. A empresa foi orientada de que era necessário um bagageiro externo, para aparte superior do automóvel, onde deveriam ser postos os produtos químicos, pois avigilância sanitária catarinense exige que certos compostos químicos com o qualtrabalha a empresa astral não deveriam estar junto aos trabalhadores no interior doautomóvel. A empresa acatou a idéia e investiu cerca de mil reais para adaptar obagageiro externo, desta maneira houve a preservação da saúde dos profissionais quetrabalham diariamente com estes produtos, com a adaptação do bagageiro superior ostrabalhadores passaram a ter melhor qualidade em suas atividades e assinaram umtermo de responsabilidade, que em caso de danos ao bagageiro fica estabelecido queo trabalhador ajude no custo da manutenção do mesmo. Desta forma fica clara a orientação da importância de se manter os produtosquímicos na parte externa do automóvel para resguardar a saúde do trabalhador eevitar perdas no lucro da empresa, pois quando a saúde dos trabalhadores é afetadaperdem todos, acarretando perda de rendimento na equipe de trabalho e no lucrofinanceiro da empresa.
  10. 10. 106 PRODUTOS QUIMICOS UTILIZADOS PELA ASTRAL SAÚDE AMBIENTAL O estudo dos produtos químicos utilizados foi realizado devido à falta deinformação pelos funcionários da empresa Astral Saúde Ambiental, quanto ao risco dedoenças que podem ser causadas pelo o manuseio constante destes produtos (veranexo 07 pág.29), já que eles podem causar doenças do trato respiratório como:Hipersensibilidade respiratória e Infecções respiratórias, que são doenças que podemser causadas pelo uso diário de produtos químicos sem a devida proteção, semmencionar que durante o passar do tempo o trabalhador exposto a esses produtos,pode adquirir doenças de proporção mais grave, desta maneira é fundamental autilização dos devidos equipamentos de proteção. Como o ramo de atividades da Astral Saúde Ambiental é o de controle de pragasos produtos químicos vendidos no mercado são nocivos à saúde do trabalhador, destamaneira foram esclarecidas as duvidas mais importantes quanto à toxicidade de cadaproduto utilizado e seus riscos a saúde do trabalhador que está exposto a essesprodutos. Foram analisados os seguintes produtos químicos: Ratol, Dragnet, Icon, Shock,Glifosato e o Demand 2,5 CS. O estudo destes produtos é necessário devido omanuseio freqüente por parte dos operadores e claro devido à falta de informação arespeito de suas composições químicas e efeitos ao organismo. RATOL é um pó de contato utilizado em ambientes externos que atual porcontato com o roedor ele apresenta a seguinte composição: Possui natureza química conhecida como brodfacoum que é um composto deação coagulante, pode ser tóxico ao homem e ao meio ambiente caso não sejamseguidas às recomendações de uso. Possuem efeitos adversos à saúde humana como fragilidade capilar ehemorragias e apresenta sintomas em caso de ingestão do produto, como vômitos, dorabdominal, equimoses, sangramento excessivo após traumatismos, sangramento nasale gengival, sangue nas fezes e urina, palidez, hemorragias maciças nos casos maisgraves, podendo levar a morte.
  11. 11. 11 DRAGNETT 384 CE está relacionado no grupo químico dos piretróides, comingrediente ativo conhecido como permetrina emulcionavel este produto é indicado nocombate de cupins e outro insetos, possui ação tóxica que irrita a mucosa e é aindahipersensibilizante possui antídoto em caso de ingestão que são os antihistaminicos. ICON é um produto do grupo dos piretróides que apresenta perigos quanto aomeio ambiente podendo levar a morte peixes entre outras espécies,causa irritação damucosa humana quando em contato com o organismo e ainda irritação dos olhos e dapele, como sintoma pode causar plurido, parestesia cutânea e sensação de ardênciasendo a região da face a mais afetada. SHOCK PCO 1000 CE usado no combate a insetos rasteiros, voadores earacnídeos, está no grupo químico dos organosfosforados e tem como ingredienteativo o dichlorvós ddvp. A ação tóxica trabalha na inibição da colinesterase e possui como antídoto osulfato de atropina, Em caso de contato direto com o produto, lavar a parte atingidacom água e sabão. Em caso de contato com os olhos, lavar com água corrente emabundância. Se inalado em excesso remover a pessoa para local ventilado. Pode serfatal se ingerido. Em caso de ingestão não provoque vômito. Em caso de intoxicaçãoprocurar cuidados médicos, levando consigo a embalagem do produto. GLIFOSATO FERSOL 480 J.A possui ação tóxica, Irritante dérmico e ocular,não há antídoto, tratamento é sintomático apresenta no caso de Ingestão vômito, emcontato com os olhos e a pele, Lave com água em abundância e se houver irritaçãoprocure o médico levando a embalagem e o rótulo, a bula ou o receituário agronômicodo produto, já em caso de Inalação, Procure lugar arejado. DEMAND 2,5 CS este produto é indicado no combate a insetos rasteiros emgeral, é um produto que possui agente químico conhecido como lambdacialotrina eestá no grupo dos piretróides, este produto não apresenta cheiro e age de maneiraresidual no ambiente podendo atual durante três meses sem perder sua concentraçãoativa. Pode causar irritação na mucosa e hipersensibilidade, possui como antídoto otratamento sintomático e antihistamínicos. Foram passadas as informações de todos estes produtos químicos para osoperadores, treinamentos que foram de grande importância para o aprendizado e
  12. 12. 12compreensão destes produtos químicos que podem causar sérios danos a saúde dostrabalhadores.7 ATIVIDADES E OPERAÇÕES INSALUBRES (NR-15) São consideradas atividades ou operações insalubres as que se desenvolvem: Acima dos limites de tolerância previstos e Revogados pela Portaria nº. 3.751,de 23-11-1990 (DOU 26-11-90). O exercício de trabalho em condições de insalubridade assegura ao trabalhadora percepção de adicional, incidente sobre o salário mínimo da Região, equivalente a: 40% (quarenta por cento), para insalubridade de grau máximo; 20% (vinte por cento), para insalubridade de grau médio; 10% (dez por cento), para insalubridade de grau mínimo; No caso de incidência de mais de um fator de insalubridade, será apenasconsiderado o de grau mais elevado, para efeito de acréscimo salarial, sendo vedada àpercepção cumulativa. A eliminação ou neutralização da insalubridade determinará a cessação dopagamento do adicional respectivo. A eliminação ou neutralização da insalubridade deverá ocorrer: a) com a adoção de medidas de ordem geral que conservem o ambiente detrabalho dentro dos limites de tolerância. b) com a utilização de equipamento de proteção individual. Cabe à autoridade regional competente em matéria de segurança e saúde do Trabalhado, comprovada a insalubridade por laudo técnico de engenheiro desegurança do trabalho ou médico do trabalho, devidamente habilitado, fixar adicionaldevido, aos empregados expostos à insalubridade quando impraticável sua eliminaçãoou neutralização. A eliminação ou neutralização da insalubridade ficará caracterizada através deavaliação pericial por órgão competente, que comprove a inexistência de risco à saúdedo trabalhador. A atividade exercida pelos operadores da empresa Astral se destaca comosendo atividade de operação insalubre devido à função ser realizada com o manuseiode produtos químicos e com grau de risco máximo, portanto sendo aplicado o adicionalde insalubridade de grau máximo de 40%, em analise dos produtos utilizados ficou
  13. 13. 13constatado o uso do produto conhecido como cloro utilizado na limpeza e higienizaçãode reservatórios de água caracterizando desta forma o grau máximo de insalubridadede 40%.8 ERGONOMIA NR-17 As condições de trabalho incluem aspectos relacionados ao levantamento,transporte e descarga de materiais, ao mobiliário, aos equipamentos e às condiçõesambientais do posto de trabalho, e à própria organização do trabalho, desta maneiraforam analisados os pulverizadores quanto ao peso e seu risco para a saúde dostrabalhadores. A questão da ergonomia estudada na empresa Astral Saúde Ambiental se dáquanto ao manuseio dos equipamentos e os postos de trabalho, já que ostrabalhadores realizam seus trabalhos, muitas vezes levando em consideração oaspecto ergonômico já que todos os dias são necessários erguer o peso dospulverizadores e de outros equipamentos como; ferramentas, maletas, equipamentosde proteção entre outros.8.1 ANALISE DO PESO DOS PULVERIZADORES Os pulverizadores são equipamentos em aço inox com peso aproximado de dezquilogramas força, estes equipamentos possuem uma alça e podem ser utilizados tantonas costas como carregados em ambas as mãos, quanto à utilização correta éoferecido treinamentos para informar sobre a forma correta de uso, e também sobre ouso indevido que pode prejudicar o trabalhador quanto sua postura podendo ocasionardesvio de coluna entre outras doenças. Foram passadas informações quanto ao uso dos equipamentos de maneiraerrada que podem prejudicar o trabalhador e causar doenças osteomusculares, como,por exemplo: ler/dort, que são doenças do trabalho relacionadas ao trabalho continuocom esforço repetitivo, no caso da Astral Saúde Ambiental, o trabalho que é realizadodiariamente não causa complicações na locomoção motora dos funcionários já que astarefas são intercaladas entre o manuseio do pulverizador e a observação no controle
  14. 14. 14das pragas menores como formigas e baratas, desta forma os funcionários fazem orevezamento de funções de observação e aplicação dos produtos, levando emconsideração que é importante observar o ambiente antes da aplicação e o tratamentodo produto, a limpeza destes equipamentos, é realizada pelo estoquista que mantémsuas atividades no deposito e realiza duas vezes na semana a manutenção dosequipamentos levando em consideração o uso correto dos equipamentos de proteção.8.2 ANALISE DAS TAREFAS REALIZADAS E DO RITMO DE TRABALHO Levando em consideração a parte ergonômica que estuda os movimentos e oexcesso de trabalho, foram analisadas as tarefas que os profissionais realizam e seuritmo de trabalho desta forma que podemos orientar os profissionais a realizarem suastarefas seguindo padrões corretos de ergonomia em suas atividades. Desta forma houve um entendimento maior entre cada funcionário sobre asquestões ergonômicas e seus benefícios para a saúde de cada operador, sobre osmovimentos realizados e como eles podem causar transtornos musculares e cansaçofísico durante uma jornada de trabalho de oito horas dia. Os casos foram analisados e às orientações corretas de agachamento elevantamento de peso para resguardar a saúde do trabalhador foram aplicadas, quantoao ritmo de trabalho foi necessário explicar sobre a carga horária que é de oito horasdiárias com intervalo de duas horas para o almoço e ficou claro que durante o almoçoos operadores devem descansar e somente depois voltarem as atividades normais dafunção. As tarefas realizadas são quase sempre leves e moderadas não causandofadiga ao trabalhador, no entanto é muito importante que os trabalhadores realizem astarefas com calma e atenção, pois em muitos momentos essas características sãofundamentais para a realização de um bom trabalho, o ritmo de trabalho não confereao trabalhador fadiga que possa levá-lo a ter distúrbios de sono ou adquirir doençaspsicológicas, a empresa oferece ao trabalhador duas horas de interva-lo para o almoçoe folga aos domingos e feriados.
  15. 15. 158.3 ANALISE ERGONÔMICA NOS POSTOS DE TRABALHO A empresa Astral Saúde Ambiental possui dois postos de trabalho, o primeiro érealizado dentro do escritório pela secretaria, e o segundo é realizado pelosoperadores no atendimento aos clientes, o estudo da ergonomia para estes dois casosse baseia nas características dimensionais que possibilitem posicionamento emovimentação adequados dos segmentos corporais. Para o primeiro caso foi analisada a estrutura do escritório quanto. Aos assentosque devem atender aos seguintes requisitos mínimos de conforto: a) altura ajustável à estatura do trabalhador e à natureza da função exercida; b) características de pouca ou nenhuma conformação na base do assento; c) borda frontal arredondada. d) encosto com forma levemente adaptada ao corpo para proteção da regiãolombar. Para as atividades realizadas com o uso de assentos, é exigido suporte para ospés, que se adapte ao comprimento da perna do trabalhador. A partir dos conceitos apresentados concluiu-se, portanto que a empresa quantoao mobiliário não está de acordo com as normas, pois não existe o apoio para os pés ea cadeira com apoio para as os braços (ver anexo 06 pág.28), desta maneira foiinformado ao gerente geral da empresa o Sr. Daniel Felipe Henz que se faz necessárioà compra de tais equipamentos para melhorar a qualidade do trabalho da secretária. Foi realizado o pedido de compra destes equipamentos junto ao gerente queacatou a reivindicação e ficou responsável pela adaptação o quanto antes destesequipamentos mobiliários. Quanto ao escritório a iluminação é artificial, mas com grande influência da luznatural já que a mesa de trabalho está perto da janela, é necessário, no entantorealizar adaptações, quanto ao layout de sua mobília adaptando o mobiliário aoconforto do trabalhador que dele utiliza. Para o segundo caso, foi analisada a Organização do trabalho que deve seradequada às características psicofisiológicas dos trabalhadores e à natureza dotrabalho a ser executado e constatou-se que o trabalhador recebe todas as condiçõesde trabalho suficientes para exercer a função e na falta de equipamentos os mesmossão providenciados o mais rápido possível, o estudo da analise ergonômica em cada
  16. 16. 16ambiente de trabalho é importante para esclarecer ao trabalhador duvidas freqüentessobre suas tarefas e claro oferecer maior conhecimento nas questões ergonômicas.9 SEGURANÇA NA APLICAÇÃO DOS CONTRATOS DE SERVIÇO E realizado um estudo de mercado para reconhecer quais as reais necessidadesde cada cliente no estado de Santa Catarina, participo deste estudo para analisar asnormas que as empresas pedem quanto ao uso dos equipamentos de proteçãoindividual e quais podem ser utilizados no interior de suas dependências, desta forma aempresa terá uma fiscalização melhor e poderá traçar suas metas de aplicação dostrabalhos de forma mais segura, geralmente a divulgação da empresa é feita pelodiretor o Sr.Daniel Henz que visita os clientes para explicar como funciona a empresa esua atuação no estado. Depois de apresentar a empresa é traçado o plano inicial para a realização e ocumprimento das informações que estão escritas no contrato, como horários,equipamentos utilizados, garantias, freqüências de visitas e informações pertinentesaos produtos químicos que serão utilizados bem como ainda a forma de pagamentoque pode ser feito por boleto bancário ou nota fiscal. O cliente pode ter a opção de um trabalho a vulso ou um contrato junto àempresa que lhe garante a revisão e o acompanhamento semanal do trabalho durantea validade do contrato. Após a realização do trabalho o cliente recebe o documento sanitário derealização do trabalho, junto com o certificado de garantia e a ordem de serviço, estesdocumentos são a garantia que o cliente adquire ao contratar a Astral SaúdeAmbiental, o modelo de contrato de serviço pode ser visto nos anexos deste relatório. O motivo de ter estudado sobre os contratos de serviço aplicados é de valiapara o estagio obrigatório curricular devido à futura vaga de supervisor que será abertaaos funcionários da empresa e da qual sou candidato, acreditando desta maneira quetais informações estudadas serão de grande importância caso eu venha desempenhara função de supervisor.
  17. 17. 1710 CONCLUSÃO O estágio curricular obrigatório é de suma importância para os novosprofissionais que procuram uma vaga no mercado de trabalho, É através dele que seconsegue alcançar um maior entendimento e aprendizado dos conteúdos absorvidosem sala de aula. O estágio possui grande importância no aprendizado das atividades do aluno,caracteriza-se como uma chave influente de crescimento permitindo maior facilidade erapidez na introdução ao mercado de trabalho e oferece ao aluno a oportunidade dever na prática as informações teóricas aprendidas em sala de aula com os professores. Finalizo este relatório com a certeza de ter acrescentado informações que serãoutilizadas durante muito tempo em toda a minha jornada como Técnico de Segurançado Trabalho, buscando sempre resguardar a saúde e o bem estar do trabalhador,atuando de forma séria e competente em função de buscar sempre melhorias para a oambiente de trabalho, podendo oferecer ao trabalhador um ambiente salubre e dequalidade, para que suas atividades sejam desenvolvidas de maneira correta e comsegurança.
  18. 18. 1811 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Manuais de Legislação Atlas. Segurança e Medicina do Trabalho. 59 ed. SãoPaulo: Atlas, 2007. Corpo de Bombeiros de Santa Catarina. Normas Técnicas. Disponível emwww.cb.sc.gov.br (Acesso em 25 de outubro de 2008). Áreaseg site de segurança do trabalho com acesso em 15 de setembro de 2008. Manual de Legislação do Terceiro Setor ed. Divisão de Artes Gráficas, 2003.
  19. 19. 19ANEXOS
  20. 20. 20 ANEXO 01ENTREGA DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇAO FIGURA 01
  21. 21. 21 ANEXO 02AUTOMOVEL E BAGAGEIRO FIGURA 02
  22. 22. 22 ANEXO 03FOTO DO DEPÓSITO DA EMPRESA FIGURA 03
  23. 23. 23 ANEXO 04FOTO DE INSPEÇÃO SOBRE O USO DO EPI FIGURA 04
  24. 24. 24 ANEXO 05FOTO DA MESA DA SECRETÁRIA FIGURA 05
  25. 25. 25 ANEXO 06FOTO DA CADEIRA UTILIZADA PELA SECRETÁRIA FIGURA 06
  26. 26. 26 ANEXO 07FOTO DOS PRODUTOS QUIMICOS UTILIZADOS FIGURA 07
  27. 27. 27 ANEXO 08CONTRATO DE TRABALHO FORNECIDO AOS CLIENTES

×