Por que economizar água?
Luciano de Souza Mora J.
E.M.E.F Heraldo HARBUY
27/08/2014
Sistema Cantareira
• Devido a sucessivas baixas históricas no início de 2014, a Agência Nacional de
Águas (ANA) e o Depart...
A falta de agua
• Em 17 de março de 2014, a Sabesp iniciou obras nas represas de Nazaré Paulista e Joanópolis,
orçadas em ...
O que fazer?
• Antes de qualquer outra medida, deve-se adotar o uso responsável da água para
preservar a água que temos, s...
O volume da agua
• São Paulo - O volume de água da reserva técnica do Sistema
Cantareira atingiu 11,7 %, segundo medição d...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Crise da água em São Paulo

216 visualizações

Publicada em

Projeto
Emef Heraldo Barbuy

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
216
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Crise da água em São Paulo

  1. 1. Por que economizar água? Luciano de Souza Mora J. E.M.E.F Heraldo HARBUY 27/08/2014
  2. 2. Sistema Cantareira • Devido a sucessivas baixas históricas no início de 2014, a Agência Nacional de Águas (ANA) e o Departamento de Água e Energia Elétrica de São Paulo (DAEE) determinaram uma redução da vazão máxima de captação de água do sistema, de 31 para 27,9 m3/s, a partir de 10 de março de 2014. Para atender esta determinação, a Sabesp utilizou água dos sistemas Guarapiranga e Alto Tietê para abastecer clientes antes atendidos pelo sistema Cantareira.[7] [8] [9] • Em 1 de fevereiro de 2014, a Sabesp anunciou um programa de descontos, válido de fevereiro a setembro, para incentivar a redução do consumo de água de clientes atendidos pelo sistema Cantareira. Clientes que reduzirem em ao menos 20% o consumo em relação à média dos 12 meses de 2013 terão desconto de 30% na conta
  3. 3. A falta de agua • Em 17 de março de 2014, a Sabesp iniciou obras nas represas de Nazaré Paulista e Joanópolis, orçadas em 80 milhões de reais, para captar o chamado "volume morto", uma reserva de 300 bilhões de litros de água que fica abaixo do nível das atuais comportas e que é capaz de abastecer a região metropolitana de São Paulo por 4 meses.11 • • Em 18 de março de 2014, o então governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, pediu autorização para retirar água do Rio Paraíba do Sul e colocá-la no sistema Cantareira. Essa autorização deve ser analisada pela Agência Nacional de Águas já que o Paraíba do Sul é um rio interestadual e é utilizado para abastecer o estado do Rio de Janeiro.12 • • Em 31 de março de 2014, o governo de São Paulo e a Sabesp anunciaram a ampliação, a partir de 1 de abril, do programa de descontos nas tarifas de água e esgoto para todos os 31 municípios da região metropolitana de São Paulo atendidos pela empresa .13 • • Em 21 de abril de 2014, durante evento na cidade de Franca, o governador Geraldo Alckmin anunciou que a Sabesp a partir de maio utilizará também 500 litros de água por segundo do Sistema Rio Grande para abastecer clientes antes atendidos pelo sistema Cantareira.14 Também a partir de maio, clientes da Grande São Paulo que tiverem consumo acima da média dos 12 meses de 2013 terão que pagar multa de 30% na conta.14 •
  4. 4. O que fazer? • Antes de qualquer outra medida, deve-se adotar o uso responsável da água para preservar a água que temos, sabendo usar muitos problemas já podem ser evitados =] • As medidas são muito simples, não precisa mudar de vida, mas sim prestar um pouco mais de atenção nos hábitos do cotidiano... • Por exemplo: Desligar a torneira de água quando escovar os dentes, para lavar a calçada de casa utilizar uma vassora ao invés de quere limpar as sujeiras com a mangueira, lavar o carro com bom senso não esbanjando água a toda hra, entre outras pequenas medidas que podem fazer toda diferença. • A água além de nos auxiliar em quase todas as tarefas cotidianas ela serve pra nos alimentar, para lavar alimentos que consumimos, sem água não dá pra viver. • Infelizmente muitas pessoas ainda não entendem isso, ou não querem entender, mas a mensagem que deve ser passada é a seguinte: • Ou se usa água com responsabilidade ou ficará sem um dia!
  5. 5. O volume da agua • São Paulo - O volume de água da reserva técnica do Sistema Cantareira atingiu 11,7 %, segundo medição de hoje (26) da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Há um ano, o nível dos quatro reservatórios que compõem o Cantareira estava em 48,4%, descontada a reserva técniA situação crítica levou a Sabesp, na semana passada, a solicitar à Agência Nacional de Águas (ANA) e ao Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee) autorização para ampliar a retirada de água da reserva técnicaca

×