Estudo do Alto Rio das Velhas
Thiago Santana
Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento de Recursos Hidricos
Telefone: (31) 391...
Alto Rio das Velhas
• SF5 – CBH do Rio das Velhas
• Divisão da Bacia do Rio das Velhas
• Vazão Outorgável
SF5 – CBH do Rio das Velhas
Divisão da Bacia do
Rio das Velhas
Os municípios que fazem parte do Alto
Rio das Velhas são: Ouro Preto,
Itabirito, Nova L...
Vazão Outorgável
Outorgas
• Outorgas e Certidões Superficiais
• Mapas das Outorgas
• Principais Captações Outorgadas
• Captação COPASA Bela...
Outorgas e Certidões Superficiais
Acrescentar tabela com
valores de outorga e
insignificante
Tipo de
registro
Modo de Uso
...
Mapa das Outorgas
Principais Captações Outorgadas
Publicação Vencimento Latitude Longitude
2203/ 2013 17/10/2013 17/10/2048 COPASA NOVA LIMA...
Captação COPASA Bela Fama
Portaria nº 02203/2013 de 16/10/2013.
• Outorgada/Autorizatária: Companhia de Saneamento de Mina...
PCH Rio de Pedras
Portaria nº 01746/2011 de 09/06/2011
• Outorgada/Autorizatária: CEMIG Geração e Transmissão S.A.
• Curso...
Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Itabirito
Latitude Longitude
333/ 1997 19/09/2017 SAAE Itabirito
Outorga
deferida
Aba...
Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Itabirito
Estudo de Criticidade Alto Rio
das Velhas
• Tributários do Rio das Velhas
• Tabela Tributários
• Mapa Porcentagem Captada
...
Tributários do Alto Rio das Velhas
Mapa Porcentagem Captada
Situação na Calha do Rio das Velhas
Localização dos pontos de analise da calha do Rio das Velhas:
• Velhas 01 – Antes da a...
Situação na calha do Rio das Velhas
Crise Hídrica
• Vazões do Rio das Velhas ao longo do seu curso d’água
• Qualidade das Águas - SF5
Vazões do Rio das Velhas ao
longo do seu curso d’água
A tabela demonstra a diminuição da vazão
média no ano de 2014, no qu...
Qualidade das Águas - SF5
 Nº de estações de
monitoramento SF5: 81
Observa-se a qualidade da água ruim
para médio ao long...
Obrigado!
Thiago Santana
Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento de Recursos Hidricos
Telefone: (31) 3915-1126
E-mail: thiag...
Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10  - Igam
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10 - Igam

251 visualizações

Publicada em

Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10 - Igam

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
251
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
75
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminario Alto Rio das Velhas 27 - 10 - Igam

  1. 1. Estudo do Alto Rio das Velhas Thiago Santana Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento de Recursos Hidricos Telefone: (31) 3915-1126 E-mail: thiago.santana@meioambiente.mg.gov.br
  2. 2. Alto Rio das Velhas • SF5 – CBH do Rio das Velhas • Divisão da Bacia do Rio das Velhas • Vazão Outorgável
  3. 3. SF5 – CBH do Rio das Velhas
  4. 4. Divisão da Bacia do Rio das Velhas Os municípios que fazem parte do Alto Rio das Velhas são: Ouro Preto, Itabirito, Nova Lima, Rio Acima, Raposos, Caeté, Sabará, Belo Horizonte e Contagem.
  5. 5. Vazão Outorgável
  6. 6. Outorgas • Outorgas e Certidões Superficiais • Mapas das Outorgas • Principais Captações Outorgadas • Captação COPASA Bela Fama • PCH Rio de Pedras • Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Itabirito
  7. 7. Outorgas e Certidões Superficiais Acrescentar tabela com valores de outorga e insignificante Tipo de registro Modo de Uso Quantidade de registros Vazão autorizada a captar (m³/s) Captação em corpo de água (rios, lagoas naturais etc) 44 9,9430 Barramento em curso de água, sem captação 23 0,0000 Captação em barramento em curso de água, sem regularização de vazão 20 0,3165 Aproveitamento de potencial hidrelétrico 6 0,0000 Captação em barramento em curso de água, com regularização de vazão 8 0,3212 Dragagem de curso de água para fins de extração mineral 9 0,0978 Barramento em curso de água, sem captação, para fins de regularização de vazão 5 0,0000 Outorga total 115 10,6785 Barramento em curso de água, sem captação 59 0,0000 Captação em corpo de água (rios, lagoas naturais etc) 239 0,1661 Captação em barramento em curso de água, sem regularização de vazão 16 0,0118 Barramento em curso de água, sem captação, para fins de regularização de vazão 3 0,0000 Certidão de Uso Insignificante Total 317 0,1779 432 10,8564 OutorgaCertidão Total
  8. 8. Mapa das Outorgas
  9. 9. Principais Captações Outorgadas Publicação Vencimento Latitude Longitude 2203/ 2013 17/10/2013 17/10/2048 COPASA NOVA LIMA OUTORGA DEFERIDA Abastecimento público CAPTAÇÃO EM CORPO DE ÁGUA RIO DAS VELHAS 20º0'32''S 43º49'52''W 8,7710 2265/ 2012 06/07/2012 06/07/2017 VALE S/A ITABIRITO OUTORGA DEFERIDA Consumo industrial CAPTAÇÃO EM CORPO DE ÁGUA RIO ITABIRITO 20º11'0''S 43º48'47''W 0,3020 3367/ 2010 22/12/2010 22/12/2015 VALE S/A OURO PRETO OUTORGA DEFERIDA Consumo industrial CAPTAÇÃO EM CORPO DE ÁGUA RIBEIRÃO MATA PORCOS 20º23'7''S 43º51'26''W 0,1670 3466/ 2010 29/12/2010 29/12/2015 VALE S/A OURO PRETO OUTORGA DEFERIDA Consumo industrial CAPTAÇÃO EM BARRAMENTO, SEM REGULARIZAÇÃO DE VAZÃO CÓRREGO DO MEIO 20º24'21''S 43º51'20''W 0,1390 333/ 1997 19/09/1997 19/09/2017 SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO ITABIRITO OUTORGA DEFERIDA Abastecimento público CAPTAÇÃO EM CORPO DE ÁGUA CÓRREGO BAÇÃO 20º16'56''S 43º50'5''W 0,1230 3012/ 2012 25/09/2012 25/09/2032 SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO ITABIRITO OUTORGA DEFERIDA Abastecimento público CAPTAÇÃO EM CORPO DE ÁGUA RIBEIRÃO DO SILVA 20º17'0''S 43º55'35''W 0,1100 2175/ 2009 22/08/2009 22/08/2014* ANGLOGOLD ASHANTI MINERAÇÃO S/A NOVA LIMA OUTORGA RENOVADA Consumo industrial CAPTAÇÃO EM BARRAMENTO, COM REGULARIZAÇÃO DE VAZÃO RIBEIRÃO CAMBIMBE 19º59'21''S 43º49'13''W 0,1099 924/ 2014 29/05/2014 29/05/2019 VALE S/A ITABIRITO OUTORGA DEFERIDA Consumo industrial CAPTAÇÃO EM BARRAMENTO COM REGULARIZAÇÃO DE VAZÃO RIBEIRÃO CONGONHAS 20º13'12''S 43º54'29''W 0,0830 299/ 2011 16/02/2011 16/02/2016 VALE S/A OURO PRETO OUTORGA DEFERIDA Consumo industrial CAPTAÇÃO EM BARRAMENTO , SEM REGULARIZAÇÃO DE VAZÃO RIBEIRÃO DA PRATA 20º24'40''S 43º51'54''W 0,0500 385/ 1997 15/10/1997 15/10/2017 SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO ITABIRITO OUTORGA DEFERIDA Abastecimento público CAPTAÇÃO EM CORPO DE ÁGUA CÓRREGO CARIOCA 20º15'21''S 43º50'42''W 0,0470 Data Portaria Curso D´Água Coordenadas Geograficas Vazão Outorgada (m³/s) Modo de UsoEmpreendedor Município Status Processo Finalidade
  10. 10. Captação COPASA Bela Fama Portaria nº 02203/2013 de 16/10/2013. • Outorgada/Autorizatária: Companhia de Saneamento de Minas Gerais • Curso d’água: Rio das Velhas. • Ponto captação: Lat. 20º00'32"S e Long. 43º49'52"W. • Vazão Autorizada (l/s): 8.771,0. • Tempo de captação: 24:00 horas/dia e 12 meses/ano • Finalidade: Abastecimento público. Condicionantes: • Deverá monitorar as vazões captadas com objeto de manter a vazão residual de 3,04098 m³/s a jusante da captação durante a validade da Outorga. Na hipótese de comprometimento dessa vazão mínima residual, a COPSA deverá diminuir a vazão de captação para que não haja prejuízo aos demais usuários da bacia. • Monitoramento diário das vazões captadas e de jusante, com envio semestral de um relatório contendo essas medições.
  11. 11. PCH Rio de Pedras Portaria nº 01746/2011 de 09/06/2011 • Outorgada/Autorizatária: CEMIG Geração e Transmissão S.A. • Curso d’água: Rio das Velhas • Ponto captação:Lat. 20°12'54"S e Long. 43°44'01"W. • Finalidade: Geração de energia. • Potência instalada de 9,28 (MW). • Município: Itabirito. Condicionantes: • Operar e manter em funcionamento as Estações Fluviométricas descrita nos Estudos Hidrológicos apresentados e envio dos dados, inclusive sedimentometricos, ao IGAM/SUPRAM, quando solicitado. • Permitir durante todo o tempo, a jusante do aproveitamento, no mínimo, o escoamento da vazão equivalente a 70% da Q7,10 (1,7m³/s)
  12. 12. Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Itabirito Latitude Longitude 333/ 1997 19/09/2017 SAAE Itabirito Outorga deferida Abastecimento público Captação em corpo de água Córrego Bação 20º16'56''S 43º50'5''W 0,1230 385/ 1997 15/10/2017 SAAE Itabirito Outorga deferida Abastecimento público Captação em corpo de água Córrego Carioca 20º15'21''S 43º50'42''W 0,0470 2962/ 2009 13/11/2029 SAAE Itabirito Outorga deferida Abastecimento público Captação em barramento, sem regularização de vazão Córrego Rio Tijuco 20º11'52''S 43º42'28''W 0,0100 3012/ 2012 25/09/2032 SAAE Itabirito Outorga deferida Abastecimento público Captação em corpo de água Ribeirão da Silva 20º17'0''S 43º55'35''W 0,1100 Vazão (m³/s) Coordenadas Geográficas Portaria Vencimento Empreendedor Status Processo Finalidade Modo de Uso Curso D´água Portaria nº 03012/2012 de 21/09/2012 Outorgada/Autorizatária: Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Itabirito Condicionantes: • Implantar estação de monitoramento de vazão imediatamente a jusante do ponto de captação, e realizar leituras diárias nos equipamentos instalados, com envio semestral de um relatório contendo essas medições à SUPRAM CM • Dimensionar o sistema de captação para que a vazão máxima a ser captada não comprometa a vazão residual de 275,0 l/s, a ser mantida a jusante da captação. Na hipótese de comprometimento da vazão mínima residual, o SAAE deverá diminuir a vazão de captação para não haver prejuízo aos demais usuários da bacia.
  13. 13. Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Itabirito
  14. 14. Estudo de Criticidade Alto Rio das Velhas • Tributários do Rio das Velhas • Tabela Tributários • Mapa Porcentagem Captada • Situação na Calha do Rio das Velhas • Mapa - Situação na Calha do Rio das Velhas
  15. 15. Tributários do Alto Rio das Velhas
  16. 16. Mapa Porcentagem Captada
  17. 17. Situação na Calha do Rio das Velhas Localização dos pontos de analise da calha do Rio das Velhas: • Velhas 01 – Antes da afluência do Ribeirão Funil • Velhas 02 – Após afluência do Rio de Pedras • Velhas 03 – Antes da afluência do Rio do Peixe • Velhas 04 – Antes da Captação de Bela Fama • Velhas 05 – Após Captação de Bela Fama • Velhas 06 – Antes da afluência do Ribeirão Sabará • Velhas 07 – Após a afluência do Ribeirão do Onça Pontos Área a montante (km²) Rendimento Especifico Médio Q7,10 Vazão Outorgada Vazão Uso Insignificante Vazão total Vazão Regularizada Demanda % captada da Q7,10 Velhas 01 110,64 6,20 0,6860 0,0000 0,0051 0,0051 0,0000 0,0051 1% Velhas 02 541,75 4,39 2,3781 0,1760 0,0308 0,2068 0,0000 0,2068 9% Velhas 03 1198,28 6,03 7,2246 1,1958 0,0665 1,2623 0,2636 0,9987 14% Velhas 04 1672,83 5,36 8,9639 1,4038 0,1034 1,5072 0,3834 1,1238 13% Velhas 05 1672,83 5,36 8,9639 10,1748 0,1034 10,2782 4,8606 5,9229 66% Velhas 06 2006,24 5,05 10,1405 10,3344 0,1382 10,4726 4,9435 6,0344 60% Velhas 07 2738,87 4,74 12,9835 10,6785 0,1779 10,8564 4,9435 6,4192 49%
  18. 18. Situação na calha do Rio das Velhas
  19. 19. Crise Hídrica • Vazões do Rio das Velhas ao longo do seu curso d’água • Qualidade das Águas - SF5
  20. 20. Vazões do Rio das Velhas ao longo do seu curso d’água A tabela demonstra a diminuição da vazão média no ano de 2014, no qual as vazões de 2014 representam 50% da vazão média de 2012.
  21. 21. Qualidade das Águas - SF5  Nº de estações de monitoramento SF5: 81 Observa-se a qualidade da água ruim para médio ao longo do Rio das Velhas, e uma maior concentração de pontos de monitoramento com contaminação por tóxicos alta próximo a região metropolitana e na calha do Rio das Velhas.
  22. 22. Obrigado! Thiago Santana Gerente de Pesquisa e Desenvolvimento de Recursos Hidricos Telefone: (31) 3915-1126 E-mail: thiago.santana@meioambiente.mg.gov.br

×