SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
O PROPÓSITO
  DA VERDADEIRA PROSPERIDADE

           NÚ SAI E NÚ VOLTAREI!

       BANANA COMENDO O MACACO

      PIRÂMIDE E PÓLOS INVERTIDOS

  DEUS REGENTE – HOMEM DEPENDENTE

  HOMEM DONO DO QUE? DONO DE NADA

DINHEIRO NA MÃO OU PIEDADE NO CORAÇÃO.

      Igreja Evangélica Assembléia de Deus
  Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
        Campo de Presidente Prudente - SP
PROPOSTA DA LIÇÃO

• Deus foi transformado em um objeto e o homem em mercadoria;
• A felicidade material deve ser buscada a qualquer preço;
• A prosperidade não pode ser vista como um fim em si mesma;
• A verdadeira prosperidade não é acúmulo de bens;
• Deus sabe todas as coisas. Porque a ansiedade?
• Não precisamos estocar nada? Aprendam com o exemplo do maná;
• Amor é uma característica da verdadeira prosperidade. Pratique!
• Para “eles” o importante é o “eu” e não o “tú”;
• Reino de Deus: realidade presente e futura.

            Igreja Evangélica Assembléia de Deus
        Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
              Campo de Presidente Prudente - SP
INTRODUÇÃO

• Prosperidade: promessa que mais sofre com as distorções;
• Verdadeira prosperidade: Deus suprindo todas as necessidades;
• Quais: as nossas, as do próximo e as do reino de Deus (expansão);
• Qual o propósito da verdadeira prosperidade?
• É muito mais do que os nossos interesses pessoais?
• É diferente do que é apresentado pela teologia da prosperidade?
• Diz respeito somente ao campo material? E o espiritual?
• A nossa esperança em Cristo se limita a que? (I Co 15.19);
• Nú saímos do ventre e como terminará a nossa história terrena.


            Igreja Evangélica Assembléia de Deus
        Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
              Campo de Presidente Prudente - SP
I – A PROSPERIDADE
     NÃO É UM FIM EM SI MESMA
1. DEUS, A FONTE DE TODO BEM.
• Deus foi transformado em um objeto e o homem em mercadoria;
• Alvo principal: fama, poder e riqueza;
• Deus é Deus (regente). O homem é homem (dependente);
• Deus é dono de tudo, Criador, Rei dos reis e Senhor dos senhores;
• Existem muitos que ainda reconhecem isto (I Rs 19.18);
• Dinheiro na mão (externo) x piedade no coração (interno);

2. DESPENSEIROS DE DEUS.
• A Bíblia não condena a verdadeira prosperidade (Gn 13.2; Jó 42.12);
• Qual era a função do primeiro casal? Apreciar ou administrar?
• Mas ao longo da jornada o homem tentou se tornar senhor de tudo.

            Igreja Evangélica Assembléia de Deus
        Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
              Campo de Presidente Prudente - SP
II – A PROSPERIDADE
            E O SUSTENTO PESSOAL
1. AS CARÊNCIAS HUMANAS.
• Todas as necessidades são conhecidas por Jesus (Lc 12.30);
• Todas devem ser apresentadas (Mt 6.11) a Deus. Fim da ansiedade
• Estamos propensos as carências e reagimos diferente às situações;
• Doenças, revés profissional, perdas, solidão, carência espiritual;
• Catástrofes, colheitas desfavoráveis, guerras e desvios espirituais;
• Abraão não tinha filhos, somente promessas (Gn 12.7; 15.4);
• Jó perdeu seus filhos e bens. Quem sustentou Elias na crise?

2. O CUIDADO DIVINO.
• Israel foi sustentado com o maná, por 40 anos (Ex 16.35);
• Cada um recolhia segundo as necessidades. Não estocavam;
• Nunca faltou pão, sandálias e vestes, até a 1ª colheita (Js 5.10-12);
• Tudo está nas mãos de Deus. Ele tem cuidado de nós (I Pe 5.7).

            Igreja Evangélica Assembléia de Deus
        Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
              Campo de Presidente Prudente - SP
III – A PROSPERIDADE
               NA AJUDA AO PRÓXIMO
1. UM MANDAMENTO DIVINO.
• Amar o próximo: já era conhecido, somente não praticavam;
• Qual deve ser nossa atitude diante dos necessitados?
• Como socorrer diante do Individualismo e competitividade?

a) Como a lei mosaica previa o socorro aos pobres e necessitados:
• O ano do jubileu; Ano Sabático; Dízimo Trienal e a Lei da Rebusca.

2. UMA NECESSIDADE CRISTÃ.
• O homem foi criado justo e perfeito e recebeu uma lei também justa;
• Mas não conseguiu se manter o seu estado original e pecou;
• O pecado comprometeu a criação de Deus;
• Distorceu e apagou os traços da imagem de Deus;
• Mudança do foco: do “tú” para o “eu”.

            Igreja Evangélica Assembléia de Deus
        Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
              Campo de Presidente Prudente - SP
IV – A PROSPERIDADE
       NA EXPANSÃO DO REINO DE DEUS
1. A REALIDADE DO REINO.
• Jesus ensinou os discípulos a buscarem qual reino (Mt 6.10)?
• Devemos participar ativamente da expansão da obra de Deus.

a) Realidade presente: Já estava presente (Mt 12.28; Lc 17.21);
b) Realidade futura: O retorno de Jesus para estabelecer seu Reino.

2. A EXPANSÃO DO REINO.
• Expansão do reino de Deus sem contribuição?
• Expansão do reino de Deus sem cumprirmos as ordens de Jesus;
• Quais: Proclamação, comunhão e socorro ao próximo;
• O plano de Deus previa uma igreja comprometida com o reino;
• É possível uma igreja sem estas características?

            Igreja Evangélica Assembléia de Deus
        Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
              Campo de Presidente Prudente - SP
CONCLUSÃO – OBJETIVOS DA LIÇÃO

• Não podemos perder o foco da verdadeira prosperidade;
• A questão não é o somente prosperar, mas para quê prosperar!

1) Compreender: Deus é a fonte de toda a prosperidade:
• Deus é Deus (regente). O homem é homem (dependente);
• Dono de tudo, Criador, Rei dos reis e Senhor dos senhores;

2) Conscientizar-se: todos temos carências. Deus supre todas:
• As nossas necessidade devem ser apresentadas a Deus;
• Tudo está nas mãos de Deus. Ele tem cuidado de nós (I Pe 5.7).

3) Explicar porque devemos ajudar os necessitados e carentes:
• O mandamento já é conhecido, devemos praticá-lo;
• Devemos vencer o individualismo e a competitividade?

            Igreja Evangélica Assembléia de Deus
        Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
              Campo de Presidente Prudente - SP
ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL


      Contato: ailtonsilva2000
@yahoo.com.br
@hotmail.com
.blogspot.com

               Álvar es Machado (SP)
                    1º trim. 2012



         Igreja Evangélica Assembléia de Deus
     Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado
           Campo de Presidente Prudente - SP

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Lição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por DeusLição 11 - Adotados por Deus
Lição 11 - Adotados por Deus
 
a Verdadeira Sabedoria se manifesta na prática
a Verdadeira Sabedoria se manifesta na práticaa Verdadeira Sabedoria se manifesta na prática
a Verdadeira Sabedoria se manifesta na prática
 
LIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIA
LIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIALIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIA
LIÇÃO 6 - A DESPENSA VAZIA
 
07
0707
07
 
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDASLIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
LIÇÃO 09 - A ANGÚSTIA DAS DÍVIDAS
 
02
0202
02
 
10
1010
10
 
Os dons de poder
Os dons de poderOs dons de poder
Os dons de poder
 
Lição 6
Lição 6Lição 6
Lição 6
 
09
0909
09
 
03
0303
03
 
01
0101
01
 
12
1212
12
 
LIÇÃO 7
LIÇÃO 7LIÇÃO 7
LIÇÃO 7
 
Lição 10
Lição 10Lição 10
Lição 10
 
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da famíliaLição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
Lição 13 - Malaquias, a sacralidade da família
 
09 - Laodicéia, uma igreja morna
09 - Laodicéia, uma igreja morna09 - Laodicéia, uma igreja morna
09 - Laodicéia, uma igreja morna
 
Lição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfias
Lição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfiasLição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfias
Lição 7 - Benignidade - um escudo protetor contra as porfias
 
Lição 1
Lição 1Lição 1
Lição 1
 
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliançaLição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
Lição 11 - Ageu, o compromisso do povo da aliança
 

Destaque

Lição 9 - A organização do serviço religioso
Lição 9 - A organização do serviço religiosoLição 9 - A organização do serviço religioso
Lição 9 - A organização do serviço religiosoAilton da Silva
 
Lição 8 - O genuíno culto pentecostal
Lição 8 - O genuíno culto pentecostalLição 8 - O genuíno culto pentecostal
Lição 8 - O genuíno culto pentecostalAilton da Silva
 
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de DeusLição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de DeusAilton da Silva
 
Lição 4 - a comissão cultural e a grande comissão
Lição 4 - a comissão cultural e a grande comissãoLição 4 - a comissão cultural e a grande comissão
Lição 4 - a comissão cultural e a grande comissãoAilton da Silva
 
Lição 12 - A integridade da doutrina cristã
Lição 12 - A integridade da doutrina cristãLição 12 - A integridade da doutrina cristã
Lição 12 - A integridade da doutrina cristãAilton da Silva
 
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito Santo
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito SantoLição 2 - Nomes e símbolos do Espírito Santo
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito SantoAilton da Silva
 
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de Deus
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de DeusLição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de Deus
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de DeusAilton da Silva
 
Lição 4 - A prosperidade em o Novo Testamento
Lição 4 - A prosperidade em o Novo TestamentoLição 4 - A prosperidade em o Novo Testamento
Lição 4 - A prosperidade em o Novo TestamentoAilton da Silva
 
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com DeusLição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com DeusAilton da Silva
 
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente prósperaAilton da Silva
 
Lição 5 - O reino de Deus através da Igreja
Lição 5 - O reino de Deus através da IgrejaLição 5 - O reino de Deus através da Igreja
Lição 5 - O reino de Deus através da IgrejaAilton da Silva
 
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do Senhor
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do SenhorLição 10 - o exercício ministerial na casa do Senhor
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do SenhorAilton da Silva
 
Lição 13 - a plentitude do reino de deus
Lição 13 - a plentitude do reino de deusLição 13 - a plentitude do reino de deus
Lição 13 - a plentitude do reino de deusAilton da Silva
 
Lição 7 - A beleza do serviço cristão
Lição 7 - A beleza do serviço cristãoLição 7 - A beleza do serviço cristão
Lição 7 - A beleza do serviço cristãoAilton da Silva
 
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"Ailton da Silva
 
Lição 13 - A integridade de um líder
Lição 13 - A integridade de um líderLição 13 - A integridade de um líder
Lição 13 - A integridade de um líderAilton da Silva
 
2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de crise2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de criseAilton da Silva
 
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igrejaLição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igrejaAilton da Silva
 
Lição 3 - A vida do novo convertido
Lição 3 - A vida do novo convertidoLição 3 - A vida do novo convertido
Lição 3 - A vida do novo convertidoAilton da Silva
 
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedadeLição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedadeAilton da Silva
 

Destaque (20)

Lição 9 - A organização do serviço religioso
Lição 9 - A organização do serviço religiosoLição 9 - A organização do serviço religioso
Lição 9 - A organização do serviço religioso
 
Lição 8 - O genuíno culto pentecostal
Lição 8 - O genuíno culto pentecostalLição 8 - O genuíno culto pentecostal
Lição 8 - O genuíno culto pentecostal
 
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de DeusLição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
Lição 4 - Como enfrentar a oposição à obra de Deus
 
Lição 4 - a comissão cultural e a grande comissão
Lição 4 - a comissão cultural e a grande comissãoLição 4 - a comissão cultural e a grande comissão
Lição 4 - a comissão cultural e a grande comissão
 
Lição 12 - A integridade da doutrina cristã
Lição 12 - A integridade da doutrina cristãLição 12 - A integridade da doutrina cristã
Lição 12 - A integridade da doutrina cristã
 
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito Santo
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito SantoLição 2 - Nomes e símbolos do Espírito Santo
Lição 2 - Nomes e símbolos do Espírito Santo
 
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de Deus
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de DeusLição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de Deus
Lição 6 - Dons que manifestam a sabedoria de Deus
 
Lição 4 - A prosperidade em o Novo Testamento
Lição 4 - A prosperidade em o Novo TestamentoLição 4 - A prosperidade em o Novo Testamento
Lição 4 - A prosperidade em o Novo Testamento
 
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com DeusLição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
Lição 08 - O Perigo de querer barganhar com Deus
 
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
10 - Uma igreja verdadeiramente próspera
 
Lição 5 - O reino de Deus através da Igreja
Lição 5 - O reino de Deus através da IgrejaLição 5 - O reino de Deus através da Igreja
Lição 5 - O reino de Deus através da Igreja
 
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do Senhor
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do SenhorLição 10 - o exercício ministerial na casa do Senhor
Lição 10 - o exercício ministerial na casa do Senhor
 
Lição 13 - a plentitude do reino de deus
Lição 13 - a plentitude do reino de deusLição 13 - a plentitude do reino de deus
Lição 13 - a plentitude do reino de deus
 
Lição 7 - A beleza do serviço cristão
Lição 7 - A beleza do serviço cristãoLição 7 - A beleza do serviço cristão
Lição 7 - A beleza do serviço cristão
 
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
Lição 07 - "Tudo posso naquele que me fortalece"
 
Lição 13 - A integridade de um líder
Lição 13 - A integridade de um líderLição 13 - A integridade de um líder
Lição 13 - A integridade de um líder
 
2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de crise2 - Liderança em tempos de crise
2 - Liderança em tempos de crise
 
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igrejaLição 9 - Preservando a identidade da igreja
Lição 9 - Preservando a identidade da igreja
 
Lição 3 - A vida do novo convertido
Lição 3 - A vida do novo convertidoLição 3 - A vida do novo convertido
Lição 3 - A vida do novo convertido
 
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedadeLição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
Lição 8 - igreja - agente transformador da sociedade
 

Semelhante a Lição 12 - O propósito da verdadeira prosperidade

lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidadelição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidadeAilton da Silva
 
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidadeLição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidadeAilton da Silva
 
Lição 02 - A prosperidade no Antigo Testamento
Lição 02 - A prosperidade no Antigo TestamentoLição 02 - A prosperidade no Antigo Testamento
Lição 02 - A prosperidade no Antigo TestamentoAilton da Silva
 
Fazendo sua família prosperar
Fazendo sua família prosperarFazendo sua família prosperar
Fazendo sua família prosperarAdesoélia Silva
 
vida finançeira ffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffff
vida finançeira ffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffvida finançeira ffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffff
vida finançeira fffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffflindalva da cruz
 
01 - No mundo tereis aflições
01 - No mundo tereis aflições01 - No mundo tereis aflições
01 - No mundo tereis afliçõesAilton da Silva
 
lição 10 - A perda dos bens terrenos
lição 10 - A perda dos bens terrenoslição 10 - A perda dos bens terrenos
lição 10 - A perda dos bens terrenosAilton da Silva
 
LBA LIÇÃO 10 - ÉTICA CRISTÃ E VIDA FINANCEIRA
LBA LIÇÃO 10 - ÉTICA CRISTÃ E VIDA FINANCEIRALBA LIÇÃO 10 - ÉTICA CRISTÃ E VIDA FINANCEIRA
LBA LIÇÃO 10 - ÉTICA CRISTÃ E VIDA FINANCEIRANatalino das Neves Neves
 
Gerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdadeGerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdadeAilton da Silva
 
Lição 2 – Nem pobreza e nem riqueza, mas o necessário
Lição 2 – Nem pobreza e nem riqueza, mas o necessárioLição 2 – Nem pobreza e nem riqueza, mas o necessário
Lição 2 – Nem pobreza e nem riqueza, mas o necessárioÉder Tomé
 
os pecados de omissão e opressão
os pecados de omissão e opressãoos pecados de omissão e opressão
os pecados de omissão e opressãoAilton da Silva
 
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obra
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obraLição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obra
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obraAilton da Silva
 
precisamos ser cheios do espírito santo em 2014 pib 05.01.14
precisamos ser cheios do espírito santo em 2014   pib 05.01.14precisamos ser cheios do espírito santo em 2014   pib 05.01.14
precisamos ser cheios do espírito santo em 2014 pib 05.01.14Pastor Cerqueira
 
2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casa
2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casa2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casa
2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casaNatalino das Neves Neves
 
Nem Pobreza e nem Riqueza , mas o Necessário - 2019 LBJ 2 TRI Lição 2
Nem Pobreza e nem Riqueza , mas o Necessário - 2019 LBJ 2 TRI Lição 2Nem Pobreza e nem Riqueza , mas o Necessário - 2019 LBJ 2 TRI Lição 2
Nem Pobreza e nem Riqueza , mas o Necessário - 2019 LBJ 2 TRI Lição 2Natalino das Neves Neves
 
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidadeLição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidadeAilton da Silva
 
Estudo da Semana - Abundância vs Necessidade
Estudo da Semana - Abundância vs NecessidadeEstudo da Semana - Abundância vs Necessidade
Estudo da Semana - Abundância vs NecessidadeUnção Do Crescimento
 

Semelhante a Lição 12 - O propósito da verdadeira prosperidade (20)

lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidadelição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
lição 11 - Como alcançar a verdadeira prosperidade
 
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidadeLição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade
Lição 13 - Somente em Jesus temos a verdadeira prosperidade
 
Lição 02 - A prosperidade no Antigo Testamento
Lição 02 - A prosperidade no Antigo TestamentoLição 02 - A prosperidade no Antigo Testamento
Lição 02 - A prosperidade no Antigo Testamento
 
Fazendo sua família prosperar
Fazendo sua família prosperarFazendo sua família prosperar
Fazendo sua família prosperar
 
04
0404
04
 
vida finançeira ffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffff
vida finançeira ffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffvida finançeira ffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffff
vida finançeira ffffffffffffffffffffffffffffffffffffffffff
 
01 - No mundo tereis aflições
01 - No mundo tereis aflições01 - No mundo tereis aflições
01 - No mundo tereis aflições
 
lição 10 - A perda dos bens terrenos
lição 10 - A perda dos bens terrenoslição 10 - A perda dos bens terrenos
lição 10 - A perda dos bens terrenos
 
Lição 10
Lição 10Lição 10
Lição 10
 
LBA LIÇÃO 10 - ÉTICA CRISTÃ E VIDA FINANCEIRA
LBA LIÇÃO 10 - ÉTICA CRISTÃ E VIDA FINANCEIRALBA LIÇÃO 10 - ÉTICA CRISTÃ E VIDA FINANCEIRA
LBA LIÇÃO 10 - ÉTICA CRISTÃ E VIDA FINANCEIRA
 
A verdadeira prosperidade do corpo e da alma
A verdadeira prosperidade do corpo e da almaA verdadeira prosperidade do corpo e da alma
A verdadeira prosperidade do corpo e da alma
 
Gerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdadeGerados pela Palavra da verdade
Gerados pela Palavra da verdade
 
Lição 2 – Nem pobreza e nem riqueza, mas o necessário
Lição 2 – Nem pobreza e nem riqueza, mas o necessárioLição 2 – Nem pobreza e nem riqueza, mas o necessário
Lição 2 – Nem pobreza e nem riqueza, mas o necessário
 
os pecados de omissão e opressão
os pecados de omissão e opressãoos pecados de omissão e opressão
os pecados de omissão e opressão
 
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obra
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obraLição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obra
Lição 13 - Aviva, ó, Senhor tua obra
 
precisamos ser cheios do espírito santo em 2014 pib 05.01.14
precisamos ser cheios do espírito santo em 2014   pib 05.01.14precisamos ser cheios do espírito santo em 2014   pib 05.01.14
precisamos ser cheios do espírito santo em 2014 pib 05.01.14
 
2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casa
2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casa2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casa
2013 1o tri lição 10_há um milagre em sua casa
 
Nem Pobreza e nem Riqueza , mas o Necessário - 2019 LBJ 2 TRI Lição 2
Nem Pobreza e nem Riqueza , mas o Necessário - 2019 LBJ 2 TRI Lição 2Nem Pobreza e nem Riqueza , mas o Necessário - 2019 LBJ 2 TRI Lição 2
Nem Pobreza e nem Riqueza , mas o Necessário - 2019 LBJ 2 TRI Lição 2
 
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidadeLição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
Lição 1 - O surgimento da teologia da prosperidade
 
Estudo da Semana - Abundância vs Necessidade
Estudo da Semana - Abundância vs NecessidadeEstudo da Semana - Abundância vs Necessidade
Estudo da Semana - Abundância vs Necessidade
 

Mais de Ailton da Silva

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoAilton da Silva
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simAilton da Silva
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoAilton da Silva
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaAilton da Silva
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusAilton da Silva
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésAilton da Silva
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaAilton da Silva
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de CristoAilton da Silva
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoAilton da Silva
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féAilton da Silva
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoAilton da Silva
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoAilton da Silva
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioAilton da Silva
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaAilton da Silva
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoAilton da Silva
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoAilton da Silva
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoAilton da Silva
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoAilton da Silva
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusAilton da Silva
 
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoLição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoAilton da Silva
 

Mais de Ailton da Silva (20)

Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de AbraãoLição 3 - Os primeiros passos de Abraão
Lição 3 - Os primeiros passos de Abraão
 
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do simLição 2 - O primeiro dia depois do sim
Lição 2 - O primeiro dia depois do sim
 
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelaçãoLição 1 - Abraão, chamada e revelação
Lição 1 - Abraão, chamada e revelação
 
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem LevíticaLição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
Lição 5 - Cristo é superior a Arão e à ordem Levítica
 
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de DeusLição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
Lição 4 - Jesus é superior a Josué. O meio de entrar no repouso de Deus
 
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a MoisésLição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
Lição 3 - A superioridade de Jesus em relação a Moisés
 
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosaLição 2 - Uma salvação grandiosa
Lição 2 - Uma salvação grandiosa
 
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
01 - A Carta aos hebreus e a excelência de Cristo
 
Lição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em CristoLição 13 - Glorificados em Cristo
Lição 13 - Glorificados em Cristo
 
Lição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na féLição 12 - Perseverando na fé
Lição 12 - Perseverando na fé
 
Lição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvaçãoLição 10 - O processo da salvação
Lição 10 - O processo da salvação
 
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvaçãoLição 9 - Arrependimento e fé para salvação
Lição 9 - Arrependimento e fé para salvação
 
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrioLição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
Lição 8 - A salvação e o livre-arbítrio
 
Lição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela GraçaLição 7 - A Salvação pela Graça
Lição 7 - A Salvação pela Graça
 
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvaçãoLição 6 - A abrangência universal da salvação
Lição 6 - A abrangência universal da salvação
 
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus CristoLição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
Lição 5 - A obra salvífica de Jesus Cristo
 
Lição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de CristoLição 8 - A Igreja de Cristo
Lição 8 - A Igreja de Cristo
 
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimentoLição 7 - A necessidade do novo nascimento
Lição 7 - A necessidade do novo nascimento
 
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a DeusLição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
Lição 6 - A pecaminosidade humana e a sua restauração a Deus
 
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito SantoLição 5 - A identidade do Espírito Santo
Lição 5 - A identidade do Espírito Santo
 

Último

Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 

Último (20)

Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 

Lição 12 - O propósito da verdadeira prosperidade

  • 1.
  • 2. O PROPÓSITO DA VERDADEIRA PROSPERIDADE NÚ SAI E NÚ VOLTAREI! BANANA COMENDO O MACACO PIRÂMIDE E PÓLOS INVERTIDOS DEUS REGENTE – HOMEM DEPENDENTE HOMEM DONO DO QUE? DONO DE NADA DINHEIRO NA MÃO OU PIEDADE NO CORAÇÃO. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 3. PROPOSTA DA LIÇÃO • Deus foi transformado em um objeto e o homem em mercadoria; • A felicidade material deve ser buscada a qualquer preço; • A prosperidade não pode ser vista como um fim em si mesma; • A verdadeira prosperidade não é acúmulo de bens; • Deus sabe todas as coisas. Porque a ansiedade? • Não precisamos estocar nada? Aprendam com o exemplo do maná; • Amor é uma característica da verdadeira prosperidade. Pratique! • Para “eles” o importante é o “eu” e não o “tú”; • Reino de Deus: realidade presente e futura. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 4. INTRODUÇÃO • Prosperidade: promessa que mais sofre com as distorções; • Verdadeira prosperidade: Deus suprindo todas as necessidades; • Quais: as nossas, as do próximo e as do reino de Deus (expansão); • Qual o propósito da verdadeira prosperidade? • É muito mais do que os nossos interesses pessoais? • É diferente do que é apresentado pela teologia da prosperidade? • Diz respeito somente ao campo material? E o espiritual? • A nossa esperança em Cristo se limita a que? (I Co 15.19); • Nú saímos do ventre e como terminará a nossa história terrena. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 5. I – A PROSPERIDADE NÃO É UM FIM EM SI MESMA 1. DEUS, A FONTE DE TODO BEM. • Deus foi transformado em um objeto e o homem em mercadoria; • Alvo principal: fama, poder e riqueza; • Deus é Deus (regente). O homem é homem (dependente); • Deus é dono de tudo, Criador, Rei dos reis e Senhor dos senhores; • Existem muitos que ainda reconhecem isto (I Rs 19.18); • Dinheiro na mão (externo) x piedade no coração (interno); 2. DESPENSEIROS DE DEUS. • A Bíblia não condena a verdadeira prosperidade (Gn 13.2; Jó 42.12); • Qual era a função do primeiro casal? Apreciar ou administrar? • Mas ao longo da jornada o homem tentou se tornar senhor de tudo. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 6. II – A PROSPERIDADE E O SUSTENTO PESSOAL 1. AS CARÊNCIAS HUMANAS. • Todas as necessidades são conhecidas por Jesus (Lc 12.30); • Todas devem ser apresentadas (Mt 6.11) a Deus. Fim da ansiedade • Estamos propensos as carências e reagimos diferente às situações; • Doenças, revés profissional, perdas, solidão, carência espiritual; • Catástrofes, colheitas desfavoráveis, guerras e desvios espirituais; • Abraão não tinha filhos, somente promessas (Gn 12.7; 15.4); • Jó perdeu seus filhos e bens. Quem sustentou Elias na crise? 2. O CUIDADO DIVINO. • Israel foi sustentado com o maná, por 40 anos (Ex 16.35); • Cada um recolhia segundo as necessidades. Não estocavam; • Nunca faltou pão, sandálias e vestes, até a 1ª colheita (Js 5.10-12); • Tudo está nas mãos de Deus. Ele tem cuidado de nós (I Pe 5.7). Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 7. III – A PROSPERIDADE NA AJUDA AO PRÓXIMO 1. UM MANDAMENTO DIVINO. • Amar o próximo: já era conhecido, somente não praticavam; • Qual deve ser nossa atitude diante dos necessitados? • Como socorrer diante do Individualismo e competitividade? a) Como a lei mosaica previa o socorro aos pobres e necessitados: • O ano do jubileu; Ano Sabático; Dízimo Trienal e a Lei da Rebusca. 2. UMA NECESSIDADE CRISTÃ. • O homem foi criado justo e perfeito e recebeu uma lei também justa; • Mas não conseguiu se manter o seu estado original e pecou; • O pecado comprometeu a criação de Deus; • Distorceu e apagou os traços da imagem de Deus; • Mudança do foco: do “tú” para o “eu”. Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 8. IV – A PROSPERIDADE NA EXPANSÃO DO REINO DE DEUS 1. A REALIDADE DO REINO. • Jesus ensinou os discípulos a buscarem qual reino (Mt 6.10)? • Devemos participar ativamente da expansão da obra de Deus. a) Realidade presente: Já estava presente (Mt 12.28; Lc 17.21); b) Realidade futura: O retorno de Jesus para estabelecer seu Reino. 2. A EXPANSÃO DO REINO. • Expansão do reino de Deus sem contribuição? • Expansão do reino de Deus sem cumprirmos as ordens de Jesus; • Quais: Proclamação, comunhão e socorro ao próximo; • O plano de Deus previa uma igreja comprometida com o reino; • É possível uma igreja sem estas características? Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 9. CONCLUSÃO – OBJETIVOS DA LIÇÃO • Não podemos perder o foco da verdadeira prosperidade; • A questão não é o somente prosperar, mas para quê prosperar! 1) Compreender: Deus é a fonte de toda a prosperidade: • Deus é Deus (regente). O homem é homem (dependente); • Dono de tudo, Criador, Rei dos reis e Senhor dos senhores; 2) Conscientizar-se: todos temos carências. Deus supre todas: • As nossas necessidade devem ser apresentadas a Deus; • Tudo está nas mãos de Deus. Ele tem cuidado de nós (I Pe 5.7). 3) Explicar porque devemos ajudar os necessitados e carentes: • O mandamento já é conhecido, devemos praticá-lo; • Devemos vencer o individualismo e a competitividade? Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP
  • 10.
  • 11. ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL Contato: ailtonsilva2000 @yahoo.com.br @hotmail.com .blogspot.com Álvar es Machado (SP) 1º trim. 2012 Igreja Evangélica Assembléia de Deus Ministério Belém – Setor 42 – Álvares Machado Campo de Presidente Prudente - SP