Proposta de aula resenha.docx

20.459 visualizações

Publicada em

0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
20.459
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
551
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Proposta de aula resenha.docx

  1. 1. A resenha nada mais é do que um relato detalhado sobre um texto, umfilme, um CD de música, uma exposição de pinturas, etc., em que o resenhistasegue alguns passos para melhor ao leitor da resenha o conteúdo do objetoresenhado. Ou ainda, conforme Roth (2012): A resenha é um gênero discursivo emque a pessoa que lê e aquela que escreve têm objetivos convergentes: uma busca e a outra forneceuma opinião *...+” (ROTH; 2010,p. 27-28) A resenha serve para situar/orientar o leitor sobre determinado objeto de interesse, sejaqual for, como já vimos alguns exemplos acima. Ela tem a função de fornecer informações aointeressado, de modo que, ao ler a resenha, o leitor se convença, ou não, de que aquilo em queele está interessado, realmente é o que ele deseja. Encontramos esse tipo de texto em revistas,jornais, internet, livros, etc. Em primeiro lugar, precisamos ter em mente que resenha e resumo não são a mesmacoisa. Conforme Machado (2010): “Inúmeros textos se caracterizam por apresentarinformações selecionadas e resumidas sobre o conteúdo de outro texto. Outros, além deapresentar essas informações, também apresentam comentários e avaliações. Os primeiros sãoresumos [...] e os segundos são resenhas” (MACHADO; 2010, p. 15). Portanto, a resenha sedifere do resumo pelo fato de que o resumo apenas sintetiza um texto, a resenha vai além, elatambém fornece informações e muitas vezes comentários. Há dois tipos de resenha, como acabamos de citar: aquela que apenas forneceinformações, que chamamos de resenha descritiva, e aquela em que o resenhista realizacríticas e considerações sobre a obra.
  2. 2. Escrever uma resenha pode ser relativamente fácil, basta seguir algumas etapas e possuiralgum conhecimento que lhe forneça um senso crítico sobreo conteúdo resenhado. A seguir,vamos apresentar um roteiro com o passo a passo para a elaboração de uma resenha.  Referencia bibliográfica;  Credenciais do autor da obra resenhada;  Resumo da obra;  Crítica do resenhista (se for uma resenha crítica);  Indicação do resenhista;  Identificação do resenhista;Seguindo este roteiro, você poderá escrever uma resenha de qualidade. Agora, para melhoresclarecer esta estrutura, daremos alguns exemplos: I. Referencia bibliográfica: Esse item deverá estar no topo da primeira página da resenha, o resenhista irá fazer a referencia da obra e, se quiser, poderá acrescentar informações, tais como medidas (largura x altura) e preço. Exemplo:CAMINHA, Adolfo. A normalista. São Paulo: FTD, 1994. / 12 x 18 cm. R$ 22,00 II. Credenciais do autor da obra resenhada: Nesse item será realizada uma breve biografia do autor com informações pessoais e profissionais; e caso o autor da obra já tenha falecido informar a data. Exemplo: Adolfo Ferreira Caminha foi um dos principais escritores naturalistas do Brasil, nasceu em Aracati/ RJ aos 29 de maio de 1867 – 01 de janeiro de 1897. Durante sua trajetória escreveu vários romances...
  3. 3. III. Resumo da obra: Aqui começa, realmente, a produção da resenha através de um resumo da obra contendo os pontos principais. Obs: nesse item os verbos deverão estar conjugados em terceira pessoa (exemplo: o autor aborda... o livro contém...). Exemplo: O romance é dividido em XV capítulos e narra a vida de uma garota cearense que cursava a escola normal, órfã de pai e mão, a normalista vivia com seus tios, e seu tio abusava dela sexualmente, ela engravida e é obrigada a deixar a cidade e os estudos..... No primeiro capítulo.......IV. Crítica do resenhista: Aqui o produtor da resenha poderá dar a sua opinião a respeito da obra observando, porém, que o que deve constar não é apenas o fato de que o resenhista gostou ou não da obra. A obra pode ser boa, mas pode conter erros gráficos ou informativos, cabe ao resenhista informa-los. Obs: A partir deste item o verbo volta para a primeira pessoa. Exemplo: A obra possui traços de romantismo, embora seja naturalista, no capítulo IV a história se afrouxa, mas logo em seguida retoma a trama...é uma narrativa interessante, contudo o fato dela ser tão inteligente na escola faz com que o fato dela não ter lutado contra os abusos do tio parecem algo irreal, contudo, isso era comum naquela época e região...... V. Indicação do resenhista: Após a crítica o resenhista poderá então indicar a resenha àqueles a quem acredita possuir interesse. Exemplo: Indico esta obra à todos que sabem apreciar um bom texto....VI. Identificação do resenhista: Este item encerra a resenha e deve constar o nome completo do resenhista e sua formação acadêmica ou profissional. Exemplo: Resenhado por Adalberto Sugerido, aluno do 2º ano do colégio...
  4. 4. ATIVIDADES Leia a seguinte resenha retirada da internet, observe se ela foi escrita seguindo os passos informados no início da aula, faça uma “correção”. Em seguida, responda as questões propostas:Resenha: Amanhecer - Parte 1Título original: The Twilight Saga: Breaking Dawn - Part 1Gênero: Fantasia, RomanceDireção: Bill Condon“Amanhecer – Parte 1” é o quarto filme da “Saga Crepúsculo”. Baseado no livro de mesmo nome de Stephenie Meyer,teve sua história dividida em duas partes. Essa primeira, adaptou o começo do livro e mostra momentos muito aguardadospor todos os fãs da saga.Acho complicado não comentar nenhuma informação indesejada pois quando Crepúsculo estava em seu auge muitos jáficaram sabendo coisas que apareceram somente nesse filme. Mas vou tentar me conter em comentar só o necessário.Uma vez que Bella Swan, começou a namorar Edward Cullen, um vampiro romântico que faz de tudo para proteger suaamada, ela decidiu passar a eternidade ao lado de seu amor. É então que temos o tão aguardado casamento entre os dois.Para o vanguardista Edward essa é a mais pura demonstração de amor entre duas pessoas, esforços e recursos não sãopoupados para fazer com que essa “cerimônia” seja deslumbrante e inesquecível!Um dos pontos altos do filme para os fãs brasileiros é que após a festa de casamento o casal decide passar a sua lua demel no Brasil, mais precisamente em uma ilha próxima ao Rio de Janeiro. Cenas com o personagem Edward tentando falaralgumas frases em português eu confesso que me tiraram umas risadas.A fotografia do filme estava incrível e os efeitos melhoraram muito se comparados com o 1º filme da série. Agora sobre odesenvolvimento dos fatos eu não tenho exatamente do que reclamar, mas apenas fazer uma observação. Para os “fãs”que leram os livros e estavam ansiosos para conferir todos os detalhes na tela, esses sim saíram satisfeitos, pois váriassequências de sonhos e conversam foram tão fieis ao livro que me surpreenderam, e me agradou.Porém para aqueles que não tem como comparar com o livro e vão ao cinema “vendo” aquilo tudo pela primeira vez podeser cansativo. Pois o excesso de detalhes tornam as cenas lentas, diálogos exacerbados e dão aquela sensação de estar“enchendo linguiça”. Porém, ao meu ver (e eu pude conferir o livro) esse filme é até agora a melhor adaptação da saga!Os conflitos se tornaram simples, sim, mas eles deixaram o melhor para o final. (Do mesmo modo que Harry Potter, noqual a 1º parte de seu último filme é totalmente emocional e a 2º contém mais ação) Os círculos estão para se fechar equero ver uma saída com chave de ouro.Bom, é isso! Eu espero que vocês tenham gostado.Se você ainda não foi assistir, corre para conferir! Se você não é fã da saga... bom, nada consegue agradar a todos! Maspara aqueles que gostam de romance com um toque de fantasia está dada a dica.Fonte: http://naotemosnome.blogspot.com.br/2011/11/filmes-resenha-amanhecer-parte-1.html>acesso em11/04/2013. Observações:________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________
  5. 5. Questões: a) Você considera este texto mais parecido com um resumo, com uma resenha descritiva ou com uma resenha crítica? Por quê? ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ b) Quais as partes que compõem uma resenha crítica você conseguiu encontrar neste texto? ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ c) Quais as partes de uma resenha crítica que você não encontrou neste texto? ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ d) Dentre as partes que você encontrou, estavam todas em seus devidos lugares? ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ e) Quais estavam fora do lugar correto?- (responda dizendo qual é a parte, onde esta parte estava e onde ela deveria estar). ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________. f) Você acrescentaria algo nesta resenha, alguma crítica, opinião, sugestão, etc.? ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________  LEMBRE-SE: RENHA E RESUMO SÃO COISAS DIFERENTES, PARA QUE UMA RESENHA SEJA BOA, SÃO NECESSÁRIAS AS INFORMAÇÕES DA OBRA, DO AUTOR, O RESUMO, A OPINIÃO (SE A RESENHA FOR CRÍTICA), A INDICAÇÃO E A IDENTIFICAÇÃO DO RESENHISTA; SEM ESTAS INFORMAÇÕES, NÃO PODEMOS DIZER QUE UM TEXTO É REALMENTE UMA RESENHA.
  6. 6. ATIVIDADESAgora, com base nas informações sobre resenha, elabore a sua resenha sobre a segunda partedo filme amanhecer, e retire da bibliografia aquilo que achar necessário. (Caso você não tenhaassistido ao filme, faça a resenha de algum outro filme que você tenha assistido). Boa sorte!RESENHA:_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
  7. 7. BIBLIOGRAFIA:CAMINHA, Adolfo. A normalista. São Paulo: FTD, 1994.CANONICE; B. C. F. Normas e padrões para a elaboração de trabalhos acadêmicos. – 2.Ed. – Maringá: Eduem, 2007.MACHADO, A. R.; LOUSADA, E; ABREU-TARDELLI, L. Resenha. Coleção: leitura eprodução de textos técnicos e acadêmicos, vl. 2.- 2 ed. - São Paulo: Parábola, 2004.ROTH; D. M.; HENDGES; G. H. Proudução textual na universidade. – São Paulo:Parábola editorial, 2010.FONTES ELETRÔNICAS:Caderno de resenhas. Disponível em:<http://cadernoderesenhas.blogspot.com.br/2011/02/triste-fim-de-policarpo-quaresma-lima.html.> Acesso em 09/02/2013.Universia. Disponível em: <http://www3.universia.com.br/conteudo/literatura/o_homem_que_sabia_javanes_e_outros_contos.pdf > Acesso em 09/02/2013.Material elaborado por Virginia Nuss e Carlos Henrique Durlo.

×