Carta pessoal

38.958 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
2 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
38.958
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
223
Comentários
2
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Carta pessoal

  1. 1. Programa Institucional de Bolsas de Incentivo à Docência – PIBID-LETRAS/UEM Oficinas de leitura de textos literários e produção textual Elaborador da proposta didática: Carlos Henrique Durlo e Virgínia Nuss CARTA PESSOAL Não faz muito tempo, a carta e o telegrama eram os únicos meios de comunicação escrita entre os povos. Com o advento da “era digital”, esse gênero textual vem sido aos poucos abandonado, dando lugar ao e-mail, bate-papo e afins. No entanto, é importante ressaltar que, por motivos socioeconômicos, parte da população ainda não tem acesso aos recursos tecnológicos, o que mantém viva a carta pessoal. A carta pessoal é um gênero textual especificamente utilizado na comunicação entre pessoas que mantém um vínculo de relacionamento, que estão próximos de nós, como amigos, familiares ou namorados. Desse modo, as características desse gênero são simples e não possuem muitas regras para serem seguidas. O assunto, fora do ambiente escolar, é livre, geralmente de ordem íntima, sentimental. O tamanho varia entre médio e grande e cabe ao escritor, dependendo do contexto em que está inserido ou a quem se destina a carta, saber se pode usar termos formais, coloquiais ou mesmo gíria. Lembre-se que, na esfera escolar ou em concursos, jamais poderá usar a forma coloquial ou gírias, a não ser que seja expressamente solicitada tal forma. Quanto à estrutura, a carta pessoal deve seguir a sequência: 1. Local e data à esquerda (cidade, data e ano); 2. Vocativo (minha querida, amado meu, querido amigo, caro amigo, caro senhor etc.); após o vocativo usar dois pontos. 3. Corpo do texto (texto que define os objetivos da carta – assunto da carta. Lembre-se de retomar ao longo do texto o destinatário); 3.1. O corpo do texto deve conter a estrutura de introdução; desenvolvimento e conclusão (que correspondem respectivamente ao início, meio e fim). 4. Despedida (atenciosamente, cordialmente, adeus, até breve etc.); 5. Assinatura (pode ser só o primeiro nome, nome completo ou mesmo apelido – ficar atento, na esfera escolar, para o que pede o enunciado acerca da assinatura). Atenção, no vestibular ou no PAS: - devemos abordar a forma dissertativa para a Carta Pessoal. Portanto, a carta deve ser escrita sempre em 1ª pessoa; - independentemente do tema proposto, você deverá defender um ponto de vista, apresentado de forma dissertativa, organizada em tese, argumentação e conclusão; - use os pronomes de tratamento adequados (concordando-os sempre na 3ª pessoa); - não assine com seu nome a carta, pois redação de vestibular ou do PAS tem caráter sigiloso; - o destinatário e o vocativo são opcionais. No entanto, observe se o enunciado exige ou não o destinatário e o vocativo.
  2. 2. Programa Institucional de Bolsas de Incentivo à Docência – PIBID-LETRAS/UEM Oficinas de leitura de textos literários e produção textual Elaborador da proposta didática: Carlos Henrique Durlo e Virgínia Nuss Veja o exemplo de carta pessoal: Uberlândia, 24 de setembro de 2011. (local e data) Meu amor:(vocativo) O mistério do amor nasceu dentro de mim e tomou conta de todo o meu ser, da minha vontade, do meu pensamento, dos meus atos. O mistério do amor chegou e se alojou em mim, querida. Não sei como, nem como foi. Apenas nasceu. Ah, e eu que era tão infeliz e despreocupado antes, como um barco à deriva. Eu sentia da vida apenas os momentos, mas inexpressivos. De repente, senti que não tinha vivido antes e ainda agora eu me pergunto assombrado. Por que não consegui viver antes? Por que tudo isso tinha que acontecer? Não sei. Apenas aconteceu... Você veio... Não sei de onde... Surgiu... Olhou em meus olhos, sua voz era música aos meus ouvidos... O simples contato de suas mãos fazia tremer todo meu corpo. Sentia que amava... De repente comecei a notar que havia mais brilho no luar... Que havia mais brilho nas estrelas... Que a brisa era uma carícia meiga... Que o luar era uma benção luminosa. Eu sorria a propósito de qualquer coisa... Eu não me reconhecia mais... Senti que era amor... E que esse amor era você... Senti que minha vida estava intimamente ligada à sua... por qualquer estranho laço inexplicável. E desde então, querida, sou apenas um pouco de você. Um pouco de você que eu amo com toda força de minha alma. Um pouco de você é tudo para mim... Desde que o mistério do amor nasceu dentro de minha alma, querida... Um beijo,(despedida) Felipe.(assinatura) Disponível em: <http://www.ial.br/professor/3053/201146762atividades9944.pdf>Acesso em: 27 jun. 2013. ATIVIDADE 1 Observe a carta a seguir e destaque as partes que compõem a estrutura da carta pessoal, nomeando-as. Corpo do texto
  3. 3. Programa Institucional de Bolsas de Incentivo à Docência – PIBID-LETRAS/UEM Oficinas de leitura de textos literários e produção textual Elaborador da proposta didática: Carlos Henrique Durlo e Virgínia Nuss Porto Alegre, 28 de dezembro de 2002. Amado filho Raul: Há duas semanas você viajou para fazer o tão sonhado intercâmbio em Londres, e já sinto uma imensa saudade. Como foi a viagem? Estranhou o clima e a alimentação dos britânicos? Você vai ficar aí dois anos, por isso trate de escrever mais, já que nem sempre será possível telefonar. O que você está achando da cidade e dos londrinos? Seus pais e seus irmãos enviam fortes abraços e Breno pede que você entre em contato com ele pela internet. Na próxima semana será o aniversário de sua irmã Ana; não se esqueça de telefonar. Aqui em Porto Alegre, tem chovido bastante, e o calor continua intenso. Nas férias de janeiro, vamos para Camboriú. Vai ser tudo tão estranho sem você! Cuide-se bem, proteja-se do frio que é terrível nessa época e veja bem com quem vai andar. Seu irmão pretende passar o mês de julho com você, se tudo correr bem. Se precisar de qualquer coisa, ligue para nós imediatamente. Responda logo e envie fotos. Mil beijos, Sua mãe. Adaptado de: <http://www.duvidasredacao.blogspot.com.br/2009_10_archive.html> Acesso em: 27 jun. 2013. Observe a carta e responda as seguintes questões: a. Esta carta apresenta um texto formal ou informal? ______________________________________________________________________ b. Há todos os elementos de uma carta? ______________________________________________________________________
  4. 4. Programa Institucional de Bolsas de Incentivo à Docência – PIBID-LETRAS/UEM Oficinas de leitura de textos literários e produção textual Elaborador da proposta didática: Carlos Henrique Durlo e Virgínia Nuss ATIVIDADE 2 Escreva uma carta, com no mínimo 10 e no máximo 15 linhas, ao seu melhor amigo ou amiga, que não vê há mais de dois anos, contando sobre seu noivado e convidando-o para seu casamento no dia 5 de outubro de 2013. Para a elaboração da carta, siga as instruções abaixo: a. a data e local da carta deverá ser: Campo Largo, 12 de junho de 2013. b. a carta deverá ser enviada a Lúcio ou Lúcia; c. seu(sua) namorado(a) deverá se chamar Paulo ou Paula; d. assine a carta como Maria ou João. _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ Ao terminar a carta, responda as seguintes questões de Auto avaliação: a. b. c. d. Eu escrevi um texto formal ou informal? Coloquei todos os elementos de uma carta? Cometi erros ortográficos? Quais? Segui as instruções do enunciado?

×