MercadoBrasileiro deRelógios2011Preparado peloCentro de Estudos, Pesquisas, e DesenvolvimentoCREBi ResearchNota: Este trab...
2Mercado Brasileiro de Relógios20111. IntroduçãoDa mesma forma como publicou o estudo Comércio Internacional de Joias e Re...
3Brazilian Watches Revenues 2011Faturamento Brasileiro de Relógios 20112010 2011Total Domestic Export Import Total %Produc...
Produtos AcabadosO grupo formado por relógios de pulso e outros e despertadores e relógios de ponto, meca-nismos de tempo ...
5Mercado Brasileiro de Relógios2011- Lojas não especializadas compreendidas por grandes lojas de departamento, magazi-nes ...
7Número de Empregados e EmpresasIndustrializaçãoO mercado relojoeiro no Brasil é composto por menos de 100 indústrias ativ...
83. Posição do Brasil no mundoAo contrário de joias, onde o Brasil consegue uma posição entre os 15 primeiros do mun-do, n...
94. Perspectivas para 20121. O mercado de relógios é considerado pelos fabricantes nacionais como estabilizadosem crescime...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Brazilian market watch_2011

344 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Brazilian market watch_2011

  1. 1. MercadoBrasileiro deRelógios2011Preparado peloCentro de Estudos, Pesquisas, e DesenvolvimentoCREBi ResearchNota: Este trabalho desenvolvido pelo CREBi.com pode ser reproduzido livremente, desde que citadaa fonte.
  2. 2. 2Mercado Brasileiro de Relógios20111. IntroduçãoDa mesma forma como publicou o estudo Comércio Internacional de Joias e Relógios doBrasil 2011, o CREBi Research está apresentando a 1a versão do estudo-pesquisa Mer-cado Brasileiro de Relógios 2011, o único até então sobre o mercado nacional de relógi-os de nosso conhecimento.O CREBi.com se esforça para mostrar a realidade do mercado, podendo ocorrer diferen-ciações para mais ou para menos.Ametodologia de cálculo do CREBi.com está apresen-tada junto com o descritivo de cada segmento.Como se trata de um estudo de grande envergadura realizado com recursos próprios emprol da comunidade, o CREBi.com espera que a partir de 2015 este trabalho esteja total-mente estruturado.Este estudo se divide em 4 partes:- Faturamento do setor- Número de empregados- Posição do setor no mundo- Perspectivas para 2012.Acredita-se com este trabalho, será possível dimensionar este segmento no Brasil e traçarplanos para seu desenvolvimento.
  3. 3. 3Brazilian Watches Revenues 2011Faturamento Brasileiro de Relógios 20112010 2011Total Domestic Export Import Total %Production 2010X2011Finished Products(Produtos Acabados)Wrist Watches/Pocket/Panels(Relógios de Pulso/Bolso/Painéis) 670.000 5.024 142.248 817.272Alarm Clock/Point Watch(Despertadores/Relógios Ponto) 55.000 1.309 6.312 62.621Total 725.000 7.333 148.560 879.893Watch Parts(Peças p/Relógios)Mechanisms(Mecanismos/Maquinismos - 743 79.101 79.844Boxes/Bracelets/Accessories -(Caixas/Pulseiras/Acessórios) 668 142.119 142.787Technical Service(Assistência Técnica) 29.000 29.000Total 29.000 1.431 226.411 251.631Total 1 755.000 8.764 374.971 1.131.524Watch Retail (Varejo Relógios)No Specialized Stores *(Lojas não especializadas) 713.000 713.000Specialized Stores *(Lojas especializadas) 437.000 437.000Luxury Watches Stores *(Lojas de Relógios de luxo) 68.500 68.500Total 1.218.500 1.218.500TOTAL Geral R$ 1.972.500 2.350.024TOTAL in US$ 1,127,143 1,342,8532. Faturamento do setorNo quadro a seguir, mostra-se o faturamento de 2011 em totalizado em produção interna,importação e exportação. Simultaneamente, apresenta-se o faturamento do varejo de reló-gios distribuídos por 3 segmentos de venda.Notas:1. Valor em R$ mil2 Os itens * estão em análise superficial e em reformulação.3. A metodologia de cálculo encontra-se disponível neste estudo.4. A produção interna é calculada em números aproximados conforme as variáveis para cada item.Mercado Brasileiro de Relógios2011
  4. 4. Produtos AcabadosO grupo formado por relógios de pulso e outros e despertadores e relógios de ponto, meca-nismos de tempo para indústrias.RelógiosO mercado brasileiro é formado por aproximadamente 38 fabricantes de relógios, sendo35% deles pertencentes ao Pólo Relojoeiro de Manaus.Base para cálculoPelo faturamento obtido das 5 empresas (tipo S.A.) em 2011 e 2010, foi possível projetar ofaturamento total do setor pelo uso de diversas variáveis, entre elas a participação de mer-cado, mais a contabilização de dados de produtos ilícitos.Para confirmar e testar o valor obtido extrapolou-se o valor obtido com diversos sistemasde referência que permitem gerar e transmitir a aceitação dos resultados.Outros (despertadores, relógios de ponto, circuitos de tempo)Este grupo inclui relógios de parede, despertadores, relógios de ponto, relógios para finsindustriais.O segmento de relógios de ponto (aproximadamente 8 empresas contabilizadas) devemter um grande desenvolvimento.Acredita-se que devem superar 200% em seu faturamento,mais de 100 mil sistemas podem ser vendidos em 2012, devido a obrigação do governobrasileiro de mudar o sistema de cartões de ponto.Base para cálculoPelo faturamento obtido das 2 empresas em 2010, foi possível projetar o faturamento totaldo setor pelo uso de diversas variáveis, entre elas a participação de mercado.Para confirmar e testar o valor obtido extrapolou-se o valor obtido com diversos sistemasde referência que permitem gerar e transmitir a aceitação dos resultados.Peças para RelógiosEmbora este grupo seja formado por mecanismos e acessórios, para fins de mercado in-terno, foi considerado como de Assistência Técnica.Assistência TécnicaPelo menos de 3 dos grandes produtores nacionais (Technos, Dumont e Orient) conside-ram um percentual de 1% a 4% em relação ao valor relacionado com A.T.Para este estudo, levamos em conta o percentual maior, pois não incluímos este valor novarejo que é mais representativo na ordem de 7% a 12% do faturamento total, pois nossapesquisa não abrangeu este dado.Base para cálculoTomamos a média de 4% do faturamento industrial, pois não foi possível calcular os dadosdo varejo..Varejo de RelógiosO varejo de relógios no Brasil ocorre de 3 grandes formas no Brasil:4Mercado Brasileiro de Relógios2011
  5. 5. 5Mercado Brasileiro de Relógios2011- Lojas não especializadas compreendidas por grandes lojas de departamento, magazi-nes regionais, lojas de material esportivo, lojas de vestuário, lojas de artigos de surfe, lojasde eletroeletrônicos, supermercados, atacadistas, lojas online, clubes de compra e outrostipos de varejistas.Este é um canal bem explorado pela indústria relojoeira e não explorado pela indústria dejóias no Brasil, ao contrário do que acontece em outros países. É lastimável que a indústriade joias não tenha aberto os olhos para este canal de distribuição.Anos atrás, o CREBi.com promoveu encontros neste sentido com pequena repercussão.Infelizmente, nossa indústria precisa de renovação e há uma força ao contrário para queisto não ocorra. E assim assistimos constantemente fabricantes “lamentando-se”, porquemuitos varejistas estão produzindo, o ouro está alto, o mercado estreitando-se, etc., embo-ra a solução esteja bem na sua frente.Hoje, a maioria dos relógios vendidos em lojas não especializados é direcionada à classemédia e classificada em um destes segmentos de acordo com a marca:Clássico: 50%Esporte: 25%Moda: 25%Base de cálculoDados pesquisados pelo CREBi.com para seu ABC_JR Anuário Brasileiro do Comér-cio de Jóias e Relógios atesta que existem quase 10 mil pontos de venda de relógiosativos no Brasil em lojas não especializadas. É exatamente este mercado que os industri-ais de joias do Brasil perdem. É uma lástima;- Lojas especializadas determinadas por relojoarias, joalherias, ótica, lojas de acessóriosde moda, quiosques franqueados e lojas de artigos para presentes.Base de cálculoEstamos com dificuldades para determinar o número de relojoarias puras, pois há umamescla de produtos joalheiros e de ótica, contudo chegou-se a número a ser testado econfirmado de 5.250. Dados apresentados em balanços de 5 companhias pesquisadas,onde o produto prioritário sejam relógios.- Lojas de relógios de luxo, ou seja, relojoarias ou joalherias de venda de marcas de luxo,como Rolex (30% do mercado), Cartier (11% do mercado) e mais outras 40 marcas derenome internacional de luxo vendidas no Brasil.No Brasil, foram estimadas no máximo 220 joalherias e relojoarias que vendem marcas deluxo.Base de cálculoDados pesquisados pelo CREBi.com para seu ABC_JR Anuário Brasileiro do Comér-cio de Jóias e Relógios.
  6. 6. 7Número de Empregados e EmpresasIndustrializaçãoO mercado relojoeiro no Brasil é composto por menos de 100 indústrias ativas, tomando-se os fabricantes oumontadores ou importadores de relógios de diversos tipos.Nesta indústria, contabilizamos 3.200 funcionários com uma média de 32 funcionários por indústria.O Pólo Relojoeiro de Manaus tem aproximadamente 1.500 diretos e 600 indiretos.Espalhados pelo Brasil temos mais 1.100 funcionários, inclusive na área comercial.VarejoEstamos estudamos melhor este setor, pois há uma mescla de outros segmentos principalmente joias eóculos e ainda não foi possível contabilizar a prioridade de produtos de cada ponto para aplicarmos a taxa deempregados por ponto.Não calcularemos os empregados de lojas não especializadas, pois trabalham também com outros produtos.Mercado Brasileiro de Relógios2011
  7. 7. 83. Posição do Brasil no mundoAo contrário de joias, onde o Brasil consegue uma posição entre os 15 primeiros do mun-do, nos relógios, o Brasil é o 39o do mundo e o 4o da América Latina, depois do México,Portugal,Argentina e Panamá, segundo os dados da FH - Federação da Inústria Relojoeirada Suíça, o mais importante instituto do setor no mundo.As importações brasileiras da Suíça foram de US$ 44 milhões em 2009 e US$ 48 milhõesem 2010. Para 2011, a FH calcula aproximadamente US$ 71 milhões, um aumento de 50%.O CREBi.com projetou uma venda de relógios de luxo ao redor de US$ 42 milhões, emboranem todos os relógios de luxo tenham o precioso selo Swiss Made.Mas a melhor notícia é que temos um vasto mercado para crescer. Se comparamos osvalores de outros paises latino-americanos, como Espanha com US$ 410 milhões, Méxicocom US$ 226 milhões, Portugal com US$ 117 milhões, Argentina com US$ 59 milhões, ePanamá (uma espécie de Paraguai para os latinos amercanos do norte) com 52 milhões,sente-se que o Brasil é um mercado de US$ 300 milhões somente para Suiça.Por que isto não acontece?A FH se queixa que o Brasil, embora um mercado ainda iem alta expansão, tem altas taxasde importação e muita burocracia, fato esse que fez que a Swatch “desimplatasse” suafábrica no Brasil na década de 90 para não se submeter essas obrigações. Corajoso osaudoso Nicholas Hayek.Já foi tentado de tudo pelos suíços, inclusive com o apoio do IBGM. Mas nada foi consegui-do.A FH vai mais além, a contravenção em relógios de luxo é um fato inegável nas grandescidades do Brasil. Em São Paulo, a FH cooperou em setembro do ano passado nas “bati-das” junto com a polícia em lojas, quando foram aprendidos milhares de relógios suíçosfalsificados.Quando as taxações de importação, a FH diz que não há nenhuma razão para isto, pois aindústria de relógios suíça não compete de nenhuma forma com a indústria local.E como exemplo cita o Chile onde existe uma taxa de importação de 10%, mais um adicio-nal de luxo de 15% e uma taxa VAT de 19%.No Brasil, no final das contas, é de 110% na saída da alfândega, até a importação de cerve-ja é mais barata.Apesar de tudo, a posição do Brasil no mundo da relojoaria precisa ser revista depoisdeste estudo. Afinal, dos US$ 29 bilhões que é o faturamento total do mercado mundial derelógios de todos os tipos (US$ 11 bilhões nos Estados Unidos), o Brasil já participa comUS$ 1.3 bilhão, quase 5% do bolo total.Mercado Brasileiro de Relógios2011
  8. 8. 94. Perspectivas para 20121. O mercado de relógios é considerado pelos fabricantes nacionais como estabilizadosem crescimento nos últimos 3 anos, para alguns até com decréscimo. Como este é nossoprimeiro estudo, não é possível confirmar este dado.A história da indústria de relógios é cheia de percalços. A tecnologia é o maior inimigo dorelógio, e pode acabar com ele no formato existente atualmente.Mas os industriais, por sua vez, sabem usar a tecnologia a seu favor. São inovativos emanejam o marketing como ninguém e isto os tem salvado do abismo por diversas vezes.Agora, um relojoeiro suíço comprou os restos da sucata de aço inox do Titanic para fazerrelógios. São ideias desta categoria que salvam os relojoeiros.2. Mercado de relógios a nível mundial é de US$ 29 bilhões, sendo US$ 11 bilhões nosEstados Unidos com um crescimento mundial a base de 4%.2. O mercado brasileiro pode ser dividido em 4 segmentos conforme o preço:a - Preço para o mercado de massa: abaixo de R$ 100;b - Preço para o mercado para classe média entre R$ 101 e R$ 500;c - Preço para o mercado para classe alta entre R$ 501 e R$ 1.500;d - Preço para o mercado de luxo acima de R$ 1501.A indústria nacional se concentra principalmente nos itens a e b, e a importação exclusivano item d.Nota: Este é nosso primeiro estudo neste setor. Assim, necessita-se de maior profundida-de técnica de nossa equipe para obtermos melhores resultados ao contrário do que acon-tece com joias, onde o CREBi.com é líder inconteste no setor de informações joalheiras,em análises, estudos e pesquisas.Mercado Brasileiro de Relógios2011

×