Atividades contextualizadas

7.579 visualizações

Publicada em

plano de aula

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.579
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividades contextualizadas

  1. 1. PORTINARI CENTRO EDUCACIONAL COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA DO FUNDAMENTAL DISCIPLINA: História PROFESSORA: Arlete Leal SÉRIE: 4º ano do Ensino Fundamental TURNO: Manhã ENSINO ATIVIDADES CONTEXTUALIZADAS 01. “A ideia de selvageria ao se pensar em índios não é nova. Em muitas escolas aprende-se que Cabral aportou em um território de gente sem religião, sem justiça e sem estado” (FAUSTO, 2000), porém os estudos numa perspectiva de relativismo cultural apontam para uma realidade diferente. De acordo com esta compreensão e após a escuta atenta da música: “Um Índio”, de Caetano Veloso, faça uma produção textual (texto escrito ilustrado), descrevendo a história do índio e sua importância para a construção de nossa sociedade e dos nossos costumes atuais. Um Índio (Caetano Veloso) Um índio descerá de uma estrela colorida, brilhante, De uma estrela que virá numa velocidade estonteante E pousará no coração do hemisfério sul Na América, num claro instante. Depois de exterminada a última nação indígena E o espírito dos pássaros das fontes de água límpida Mais avançado que a mais avançada das mais avançadas das tecnologias. Virá, Impávido que nem Muhammad Ali, virá que eu vi Apaixonadamente como Peri, virá que eu vi Tranquilo e infálivel como Bruce Lee, virá que eu vi O axé do afoxé Filhos de Gandhi, virá. Um índio preservado em pleno corpo físico Em todo sólido, todo gás e todo líquido Em átomos, palavras, alma, cor, em gesto, em cheiro Em sombra, em luz, em som magnífico. Num ponto equidistante entre o Atlântico e o Pacífico
  2. 2. Do objeto, sim, resplandecente descerá o índio E as coisas que eu sei que ele dirá, fará, não sei dizer Assim de um modo explícito. E aquilo que nesse momento se revelará aos povos Surpreenderá a todos não por ser exótico Mas pelo fato de poder ter sempre estado oculto Quando terá sido o óbvio. PRODUÇÃO TEXTUAL ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________ ___________________________________________________________________
  3. 3. ILUSTRAÇÕES

×