GestãO De ConteúDos 2.0 2.Semin.Inf Internet Ibict 2008

782 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
782
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

GestãO De ConteúDos 2.0 2.Semin.Inf Internet Ibict 2008

  1. 1. Gestão de Conteúdos 2.0: colaboração e criação na web social Regina Cianconi - UFF
  2. 2. O que é Gestão de Conteúdo na web tradicional?
  3. 3. Tradicionalmente Conteúdo passa por um fluxo de aprovação
  4. 4. Governança pessoas responsabilidades regras padrões
  5. 5. Centralização
  6. 6. O que muda na Gestão de Conteúdos na Web hoje?
  7. 7. Relacionamento
  8. 8. Liberdade afinidade Interesses comuns relações de troca
  9. 9. E quando juntamos conteúdo e relacionamento?
  10. 10. Colaboração
  11. 11. Descentralização
  12. 12. Web 2.0 (Web Social) reputação mídias aprovação sociais coletiva comunicação participação colaboração padrão aberto prosumer peer-to-peer creative commons
  13. 13. Mídias Sociais interação co-criação feedback comentários votação relevância filtragem colaboração
  14. 14. Ferramentas • Blogs; • Wikis; • Compartilhamento de imagens, de vídeos e de música; • Compartilhamento de favoritos (Bookmarks); • Agregadores de feeds (RSS);
  15. 15. Aplicações • Comunicação Blogs: Wordpress, Blogger, Redes sociais: Orkut, Facebook, MySpace • Colaboração Wikis: Wikipedia Social bookmarking / Del.icio.us • Multimídia Compartilhamento de fotos: Flickr Compartilhamento de vídeo: YouTube Transmissão ao vivo: Justin.tv Compartilhamento de música/áudio: Last.fm Mundos virtuais: Second Life
  16. 16. Tipos de Conteúdo • artigos, posts em blogs, conteúdo wiki - exige software que possibilite a participação pública no fluxo de publicações. • votação, comentários, etiquetas; - exige software que possibilite ao usuário manifestar opinião, etiquetar ou criar links que considere de valor e que outros usuários possam acessar.
  17. 17. Formatos Semântica • xml • microformatos (p. ex. hCard, para contatos, hCalendar, para eventos)
  18. 18. Organização Arquitetura da Informação Classificação Taxonomias, tesauros Folksonomia Navegação Rotulação Busca
  19. 19. Recursos: CMS • Livres: Drupal Joomla Alfresco • Proprietários: Calandra KBX Documentum Lumis Publique
  20. 20. Recursos: Repositórios de Documentos Livres: Fedora Dspace
  21. 21. Recursos: Mecanismos de Busca Livres: Lucene Copernic Proprietários: Fast Search Google Search Appliance
  22. 22. Distribuição dos Conteúdos na Web Subscrição e sindicância de conteúdos – atualização automática (RSS) Compartilhamento (sharing) Questões de direitos autorais
  23. 23. Necessidade de Padrões Publicações eletrônicas Interoperabilidade Descrição (padrões para documentos de bibliotecas e de arquivos)
  24. 24. Necessidade de Avaliação • Usabilidade • Acessibilidade • Integridade • Encontrabilidade • Efetividade
  25. 25. Questões para Reflexão Compatibilizar um modelo em que poucos detêm o poder, mas buscam estabelecer padrões e regras com um modelo em que muitos têm voz ativa e poder de decidir e criar. Usuários produzindo conteúdo potencialmente incorreto ou indesejável Versus Usuários produzindo conteúdo útil, aumentando a criação de conhecimento e a inovação
  26. 26. Exemplos Biblioteca de Ann Arbor, Michigan, - blog, RSS, tags para o catálogo, podcast para audio e vídeo (http://www.aadl.org/services); Editora Elsevier - WiserWiki, para receber e compartilhar contribuições de médicos credenciados (http://www.wiserwiki.com/); Enciclopédia Britânica – possui blog e em futuro próximo usuários poderão sugerir mudanças no texto, atualizações, fotos, vídeos, bibliografias, links para melhorar a enciclopédia (http://www.britannica.com/blogs).
  27. 27. Desafio • Conciliar o velho e o novo, ou seja, os hábitos arraigados de controle e a cultura emergente, mais livre; • Democratizar a gestão do acesso a conteúdos, de modo a alavancar a produção de conhecimentos e a inovação; • Incentivar a produção de conteúdos, tanto de caráter cultural, como sócio-econômico e técnico-científico; • Elaborar estudos de modo a observar mudanças no comportamento de produção, busca e uso da informação com apoio das tecnologias de mídia social e buscar oportunidades para novas aplicações.
  28. 28. Crédito das imagens utilizadas: http://www.flickr.com/photos/marcodede/ http://www.flickr.com/photos/mcordell/ http://www.flickr.com/photos/ricardopraga/ http://www.flickr.com/photos/murilocardoso/
  29. 29. Muito Obrigada! rcianconi@globo.com

×