EQUIPE:  Andréia Cardoso,Adriele Marques, Caliandra Almeida, Nelsilene Santos, Simone Alvim.                              ...
INTRODUÇÃO           Segundo dados do Ministério da Saúde, a cada ano            cerca de um milhão de adolescentes engrav...
MOMENTO CONVERSA INTELIGENTE
FATORES:A gravidez na adolescência tem tomado à forma de epidemia, devido aoinício da atividade sexual precoce. É um fenôm...
MATERNIDADE PRECOSEA gravidez precoce traz muitos conflitos psicológicos para as mãesadolescentes, pois essa gravidez ocor...
PATERNIDADE PRECOSEO caso de paternidade precoce mais conhecido foi em 2009 virando o assunto maisdiscutido do Reino Unido...
VÍDEODr. Drauzio Varella
ESCOLA Desenvolver ações que abordem a questão da gravidez na adolescênciacom enfoque nos direitos humanos e nas relações...
ObjetivoPromover, por meio de apoio técnico e financeiro, a inclusão nos contextos escolaresdos temas educação sexual, dir...
RESULTADOS ALCANÇADOSA     realização      desseprojeto vem mostrandoque é premente ampliara problematização dessetema, be...
ESTATÍSTICASNo Brasil a cada ano, cerca de 20% das crianças que nascem são filhas deadolescentes. Comparado à década de 70...
DADOS ESTATÍSTICOS NO BRASIL                   O Ministério da Saúde estima que 1 milhão de                   meninas fica...
Observaremos agora ao gráfico, onde mostra que segundo o IBGE, a Bahia mesmoperdendo para alguns outros estados a porcenta...
LEISVale registrar o disposto no artigo 227 da Constituição Federal que resume toda esta questão:Art. 227. É dever da famí...
Veja o Projeto de Lei do vereador:                                     Camaçari, 30 de março de 2011PROJETO DE LEI Nº 017 ...
COMO TRABALHAR EM SALA DE AULAO primeiro passo é conversar com a turma, fazendo uma préviapesquisa sobre as dúvidas, curio...
PÍLULA DO DIA                                                      SEGUINTE                          PÍLULA ANTICONCEPCION...
MOMENTO ENTREVISTA
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slide.

1.161 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Slide.

  1. 1. EQUIPE: Andréia Cardoso,Adriele Marques, Caliandra Almeida, Nelsilene Santos, Simone Alvim. 6º Semestre PPPVI
  2. 2. INTRODUÇÃO Segundo dados do Ministério da Saúde, a cada ano cerca de um milhão de adolescentes engravidam sem desejar.Deveriam se preocupar em fazer um trabalho de prevenção bem elaborado, a fim dediminuir os riscos contra a saúde pública, especificamente dos jovens, visando àdiminuição de doenças sexualmente transmissíveis, bem como a própria gravidez, numafase da vida que não estão preparados para lidar com o nascimento de um filho. Um filho causa grandes mudanças na vida de seus pais e quando estes são muito jovens não estão preparados para isso, precisam receber apoio moral e financeiro de suas famílias.
  3. 3. MOMENTO CONVERSA INTELIGENTE
  4. 4. FATORES:A gravidez na adolescência tem tomado à forma de epidemia, devido aoinício da atividade sexual precoce. É um fenômeno que vem envolvendovários fatores como: BIOLÓGICOS SOCIAIS FAMILIARES PSICOLÓGICOS
  5. 5. MATERNIDADE PRECOSEA gravidez precoce traz muitos conflitos psicológicos para as mãesadolescentes, pois essa gravidez ocorre de maneira indesejada e inesperada.Este problema é agravado quando não se tem o apoio da família e nem do paida criança. A situação é pior para as meninas dasclasses sociais menos favorecidas e que não têm uma base familiar sólida.
  6. 6. PATERNIDADE PRECOSEO caso de paternidade precoce mais conhecido foi em 2009 virando o assunto maisdiscutido do Reino Unido. Alfie Patten, 13 anos, mas com cara de 8, acabou de ser paide Maisie Roxanne, com 15. O pai adolescente às vezes não tem condições financeira, psicológica, e nem maturidade suficiente para assumir tamanha responsabilidade e acaba muitas vezes abandonando a adolescente gestante. O papel do parceiro é fundamental para a boa evolução da gestação, dando apoio a sua parceira e diminuindo os riscos de complicações psicológicas.
  7. 7. VÍDEODr. Drauzio Varella
  8. 8. ESCOLA Desenvolver ações que abordem a questão da gravidez na adolescênciacom enfoque nos direitos humanos e nas relações de gênero é umademanda que se coloca às escolas e à política educacional brasileira, comurgência cada vez maior. Um projeto sobre o assunto é uma excelente forma de se trabalhar.Pensando nisso a Secad/MEC lançou em outubro de2006, o projeto “Educação e Gravidez naAdolescência”.Vamos conhecê-lo melhor.
  9. 9. ObjetivoPromover, por meio de apoio técnico e financeiro, a inclusão nos contextos escolaresdos temas educação sexual, direitos sexuais e reprodutivos e saúde sexual ereprodutiva, com foco na gravidez na adolescência. JustificativaTomando por base essa reflexão, a Secad/MEC tem se preocupado em desenvolverações de inclusão dessas temáticas no contexto educacional brasileiro. Público alvoProfessoras da rede pública de ensino;Gestoras de educação;Funcionárias/os, tais como: psicólogas, inspetoras, merendeiras, serventes, assistentessociais, entre outros.
  10. 10. RESULTADOS ALCANÇADOSA realização desseprojeto vem mostrandoque é premente ampliara problematização dessetema, bem como asconcepções existentessobre ele, entreeducadores/as, alunos,familiares e a sociedadeem geral.
  11. 11. ESTATÍSTICASNo Brasil a cada ano, cerca de 20% das crianças que nascem são filhas deadolescentes. Comparado à década de 70, três vezes mais garotas commenos de 15 anos engravidam nos dias de hoje.
  12. 12. DADOS ESTATÍSTICOS NO BRASIL O Ministério da Saúde estima que 1 milhão de meninas ficam grávidas anualmente antes dos 20 anos. 700 mil partos acontecem no 150 – 200 mil em redes SUS. particulares. Problemas relacionados à gravidez e ao parto totalizam 80,3 % das internações das adolescentes.
  13. 13. Observaremos agora ao gráfico, onde mostra que segundo o IBGE, a Bahia mesmoperdendo para alguns outros estados a porcentagem de mães menores de 20 anos émuito grande.
  14. 14. LEISVale registrar o disposto no artigo 227 da Constituição Federal que resume toda esta questão:Art. 227. É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, comabsoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, àprofissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar ecomunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração,violência, crueldade e opressão.Por sua vez, a Lei n.º 6.202/75 estendeu este regime às estudantes em fase de gestação,estabelecendo:Art.1º. A partir do oitavo mês de gestação e durante três meses a estudante em estado de gravidezficará assistida pelo regime de exercícios domiciliares instituído pelo Decreto-lei número 1.044, 21de outubro de 1969.
  15. 15. Veja o Projeto de Lei do vereador: Camaçari, 30 de março de 2011PROJETO DE LEI Nº 017 DE 2011A Câmara Municipal de Camaçari, no uso das suas atribuições legais faz saber que o Plenário daCâmara Municipal aprovou e o Senhor Prefeito sanciona a seguinte Lei:Artigo 1º - Fica instituída a Política Municipal de Prevenção e Atendimento à Gravidez naAdolescência, nos termos da presente lei.Artigo 2º - Constituem objetivos da Política Municipal de Prevenção e Atendimento à Gravidez naAdolescência:I - a promoção da prevenção da gravidez precoce, através de ações desenvolvidas nos serviços desaúde e nas escolas;II - a orientação quanto aos métodos contraceptivos;III - o atendimento psicológico grupal e individual e a orientação psicossocial;IV - Integrar a família na discussão sobre prevenção;V - Estimular a prática de atividades extracurriculares como forma de entretenimento, de vivenciarexperiências de solidariedade e de auto-ajuda;VI - o atendimento ambulatorial e o acompanhamento pré-natal.
  16. 16. COMO TRABALHAR EM SALA DE AULAO primeiro passo é conversar com a turma, fazendo uma préviapesquisa sobre as dúvidas, curiosidades, se existe interesse no tema.As aulas devem ser diferentes, comtransparências, apresentações de vídeos,filmes, textos e relatos de experiências dejovens que estão passando por essemomento. A apresentação dos métodos contraceptivos é muito importante, desde os mais simples até os mais complexos.
  17. 17. PÍLULA DO DIA SEGUINTE PÍLULA ANTICONCEPCIONALPRESERVATIVOS DIU CAMISINHA FEMININA
  18. 18. MOMENTO ENTREVISTA

×