SlideShare uma empresa Scribd logo

Dinâmica Congresso das flores

Ótima dinâmica para fortalecer e humanizar grupos!

1 de 16
Baixar para ler offline
Congresso das flores
Certa vez,
no Reino da Floresta Encantada, no dia
dos amigos. Um dia muito especial
comemorado na floresta, o Rei Girassol
convocou todas as flores do reino para o
congresso.
Girassol: queridos amigos (as), neste dia dos
amigos, vocês todos estão convocadas para um
Congresso muito importante. Venham todos,
pois o tema em questão é: O QUE É A VIDA
Todas as flores se preparam para o tal
congresso, com seus perfumes
característicos.
Cada FLOR no Reino tinha seu próprio
 perfume e todas sabiam que cada perfume era
 importante para o Reino. E elas se animaram
 muito, pois falar de vida era um tesouro.
 Naquele Reino, era a coisa mais importante.
 Sabiam que a vida era um tesouro
 extremamente valioso.


Eis que o Congresso se inicia:
O COPO- DE- LEITE


foi o primeiro a falar, e com todo
respeito, foi logo dizendo que a
Vida é distribuir Aperto de
Mão a Todos que Encontrar.
E todas as flores concordaram.
O Antúrio
             cheio de autoridade
 falou: Saber viver é dar uma
 boa bronca quando necessário
E todas as flores concordaram...
O AMOR PERFEITO

logo se levantou e disse que ter
  vida Para ele era sorrir em
  qualquer situação.
E todas as flores concordaram...

Recomendados

O LaçO E O AbraçO
O LaçO E O AbraçOO LaçO E O AbraçO
O LaçO E O AbraçOJNR
 
Questões para responder cantando
Questões para responder cantandoQuestões para responder cantando
Questões para responder cantandoClarice-Borges
 
Entrevista cantada - Momento CJC
Entrevista cantada - Momento CJCEntrevista cantada - Momento CJC
Entrevista cantada - Momento CJCmovimentocjc
 
A parábola do lápis
A parábola do lápisA parábola do lápis
A parábola do lápisfatimacris123
 
Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012Professora Cida
 
DINÂMICA:Congresso dos personagens da literatura infantil
DINÂMICA:Congresso dos personagens da literatura infantilDINÂMICA:Congresso dos personagens da literatura infantil
DINÂMICA:Congresso dos personagens da literatura infantilEdivonaldo Costa
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Almir Sater - Tocando em Frente análise e entendimento da letra da música
Almir Sater - Tocando em Frente análise e entendimento  da letra da  músicaAlmir Sater - Tocando em Frente análise e entendimento  da letra da  música
Almir Sater - Tocando em Frente análise e entendimento da letra da músicaMary Alvarenga
 
Atividade com a música aquarela ufam simone drumond
Atividade com a música aquarela ufam simone drumondAtividade com a música aquarela ufam simone drumond
Atividade com a música aquarela ufam simone drumondSimoneHelenDrumond
 
Plano aula modelo gasparim genero textual
Plano aula modelo gasparim  genero textualPlano aula modelo gasparim  genero textual
Plano aula modelo gasparim genero textualLuis Carlos Santos
 
Sequência didática poemas
Sequência didática poemasSequência didática poemas
Sequência didática poemasDário Reis
 
Simulado de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB
Simulado  de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB Simulado  de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB
Simulado de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB Mary Alvarenga
 
Plano de curso: Matemática 5º ano
Plano de curso: Matemática 5º ano Plano de curso: Matemática 5º ano
Plano de curso: Matemática 5º ano Mary Alvarenga
 
Era Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da música
Era Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da músicaEra Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da música
Era Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da músicaMary Alvarenga
 
Atividade ortográfica - Caçando erros
Atividade ortográfica -  Caçando errosAtividade ortográfica -  Caçando erros
Atividade ortográfica - Caçando errosMary Alvarenga
 
Entrevista cantada
Entrevista cantadaEntrevista cantada
Entrevista cantadaUFC
 
Tribalistas / Velha Infância - Análise e entendimento da letra da música
Tribalistas / Velha Infância  - Análise e entendimento da letra da música Tribalistas / Velha Infância  - Análise e entendimento da letra da música
Tribalistas / Velha Infância - Análise e entendimento da letra da música Mary Alvarenga
 
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racialAtividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racialAtividades Diversas Cláudia
 
Atividade ortográfica - Caçada aos erros
Atividade ortográfica - Caçada aos errosAtividade ortográfica - Caçada aos erros
Atividade ortográfica - Caçada aos errosMary Alvarenga
 
Sugestões de palavras e expressões para o uso em relatórios
Sugestões de palavras e expressões para o uso   em relatóriosSugestões de palavras e expressões para o uso   em relatórios
Sugestões de palavras e expressões para o uso em relatóriosELIANE GARCIA
 
Apostila para trabalhar textos variados
Apostila para trabalhar  textos variadosApostila para trabalhar  textos variados
Apostila para trabalhar textos variadosIsa ...
 
Vamos construir de Sandy e Júnior - Análise e entendimento da música
Vamos construir  de  Sandy e Júnior  - Análise e entendimento da música Vamos construir  de  Sandy e Júnior  - Análise e entendimento da música
Vamos construir de Sandy e Júnior - Análise e entendimento da música Mary Alvarenga
 

Mais procurados (20)

Projeto semana da pátria
Projeto semana da pátriaProjeto semana da pátria
Projeto semana da pátria
 
Almir Sater - Tocando em Frente análise e entendimento da letra da música
Almir Sater - Tocando em Frente análise e entendimento  da letra da  músicaAlmir Sater - Tocando em Frente análise e entendimento  da letra da  música
Almir Sater - Tocando em Frente análise e entendimento da letra da música
 
4 bingo das virtudes
4 bingo das virtudes4 bingo das virtudes
4 bingo das virtudes
 
Atividade com a música aquarela ufam simone drumond
Atividade com a música aquarela ufam simone drumondAtividade com a música aquarela ufam simone drumond
Atividade com a música aquarela ufam simone drumond
 
Plano aula modelo gasparim genero textual
Plano aula modelo gasparim  genero textualPlano aula modelo gasparim  genero textual
Plano aula modelo gasparim genero textual
 
Sequência didática poemas
Sequência didática poemasSequência didática poemas
Sequência didática poemas
 
Simulado de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB
Simulado  de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB Simulado  de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB
Simulado de Língua Portuguesa - Revisão prova SAEB
 
Dinamicas para professores
Dinamicas para professoresDinamicas para professores
Dinamicas para professores
 
Plano de curso: Matemática 5º ano
Plano de curso: Matemática 5º ano Plano de curso: Matemática 5º ano
Plano de curso: Matemática 5º ano
 
Era Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da música
Era Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da músicaEra Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da música
Era Uma Vez de Sandy & Júnior e Toquinho - Análise e entendimento da música
 
Atividade ortográfica - Caçando erros
Atividade ortográfica -  Caçando errosAtividade ortográfica -  Caçando erros
Atividade ortográfica - Caçando erros
 
Entrevista cantada
Entrevista cantadaEntrevista cantada
Entrevista cantada
 
Tribalistas / Velha Infância - Análise e entendimento da letra da música
Tribalistas / Velha Infância  - Análise e entendimento da letra da música Tribalistas / Velha Infância  - Análise e entendimento da letra da música
Tribalistas / Velha Infância - Análise e entendimento da letra da música
 
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racialAtividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
 
AVALIAÇÃO DE ENSINO RELIGIOSO: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO
AVALIAÇÃO DE ENSINO RELIGIOSO: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLOAVALIAÇÃO DE ENSINO RELIGIOSO: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO
AVALIAÇÃO DE ENSINO RELIGIOSO: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO
 
Atividade ortográfica - Caçada aos erros
Atividade ortográfica - Caçada aos errosAtividade ortográfica - Caçada aos erros
Atividade ortográfica - Caçada aos erros
 
Sugestões de palavras e expressões para o uso em relatórios
Sugestões de palavras e expressões para o uso   em relatóriosSugestões de palavras e expressões para o uso   em relatórios
Sugestões de palavras e expressões para o uso em relatórios
 
Apostila para trabalhar textos variados
Apostila para trabalhar  textos variadosApostila para trabalhar  textos variados
Apostila para trabalhar textos variados
 
Vamos construir de Sandy e Júnior - Análise e entendimento da música
Vamos construir  de  Sandy e Júnior  - Análise e entendimento da música Vamos construir  de  Sandy e Júnior  - Análise e entendimento da música
Vamos construir de Sandy e Júnior - Análise e entendimento da música
 
Crescer SaudáVel
Crescer SaudáVelCrescer SaudáVel
Crescer SaudáVel
 

Destaque

Destaque (20)

O jardim encantado
O jardim encantadoO jardim encantado
O jardim encantado
 
10 dinâmicas divertidas e envolventes
10 dinâmicas divertidas e envolventes10 dinâmicas divertidas e envolventes
10 dinâmicas divertidas e envolventes
 
Dinâmica das músicas
Dinâmica das músicasDinâmica das músicas
Dinâmica das músicas
 
20 dinamicas pedagogicas
20 dinamicas pedagogicas20 dinamicas pedagogicas
20 dinamicas pedagogicas
 
Acolhida slide
Acolhida   slideAcolhida   slide
Acolhida slide
 
Dinamica Do Perfume Jose Eduardo E Kleilma
Dinamica Do Perfume Jose Eduardo E KleilmaDinamica Do Perfume Jose Eduardo E Kleilma
Dinamica Do Perfume Jose Eduardo E Kleilma
 
Brincadeiras para o natal e confraternizações
Brincadeiras para o natal  e confraternizaçõesBrincadeiras para o natal  e confraternizações
Brincadeiras para o natal e confraternizações
 
Devocional diario (1)
Devocional diario (1)Devocional diario (1)
Devocional diario (1)
 
A verdade sobre os abracos
A verdade sobre os abracosA verdade sobre os abracos
A verdade sobre os abracos
 
Slides para a dinamica o bem vence o mal
Slides para a dinamica o bem vence o malSlides para a dinamica o bem vence o mal
Slides para a dinamica o bem vence o mal
 
Abracos Terapeuticos
Abracos TerapeuticosAbracos Terapeuticos
Abracos Terapeuticos
 
Boniteza de um sonho
Boniteza de um sonhoBoniteza de um sonho
Boniteza de um sonho
 
Pois é, o abraço é muito mais
Pois é, o abraço é muito maisPois é, o abraço é muito mais
Pois é, o abraço é muito mais
 
A mente vencendo o Humor
A mente vencendo o HumorA mente vencendo o Humor
A mente vencendo o Humor
 
Aula abraço
Aula abraçoAula abraço
Aula abraço
 
Dinamica do amor
Dinamica do amorDinamica do amor
Dinamica do amor
 
Projeto baú dos sonhos
Projeto            baú dos sonhosProjeto            baú dos sonhos
Projeto baú dos sonhos
 
Formação Continuada Alguns Pressupostos 5
Formação Continuada Alguns Pressupostos 5Formação Continuada Alguns Pressupostos 5
Formação Continuada Alguns Pressupostos 5
 
Fabulas e parábolas
Fabulas e parábolasFabulas e parábolas
Fabulas e parábolas
 
A Indisciplina na Sala de Aula
A Indisciplina na Sala de AulaA Indisciplina na Sala de Aula
A Indisciplina na Sala de Aula
 

Semelhante a Dinâmica Congresso das flores

Semelhante a Dinâmica Congresso das flores (10)

Quando falar sobre amor
Quando falar sobre amorQuando falar sobre amor
Quando falar sobre amor
 
1 00 quando_falar
1 00 quando_falar1 00 quando_falar
1 00 quando_falar
 
Jardins
JardinsJardins
Jardins
 
Quando Falar Sobre Amor
Quando Falar Sobre AmorQuando Falar Sobre Amor
Quando Falar Sobre Amor
 
1 00 quando_falar
1 00 quando_falar1 00 quando_falar
1 00 quando_falar
 
1 00 quando_falar
1 00 quando_falar1 00 quando_falar
1 00 quando_falar
 
1 00 Quando Falar Sobre Amor
1 00 Quando Falar Sobre Amor1 00 Quando Falar Sobre Amor
1 00 Quando Falar Sobre Amor
 
Sá de Miranda - Trabalho de Lp
Sá de Miranda - Trabalho de LpSá de Miranda - Trabalho de Lp
Sá de Miranda - Trabalho de Lp
 
Sala de leitura min poesia 2014
Sala de leitura min poesia 2014 Sala de leitura min poesia 2014
Sala de leitura min poesia 2014
 
A briga das cores
A briga das coresA briga das cores
A briga das cores
 

Mais de Márcio Cerbella Freire (7)

Criatividade na dificuldade
Criatividade na dificuldadeCriatividade na dificuldade
Criatividade na dificuldade
 
Palestra evangelização
Palestra evangelizaçãoPalestra evangelização
Palestra evangelização
 
Espiritismo e empreendedorismo
Espiritismo e empreendedorismoEspiritismo e empreendedorismo
Espiritismo e empreendedorismo
 
Cce
CceCce
Cce
 
O cientista e seu filho
O cientista e seu filhoO cientista e seu filho
O cientista e seu filho
 
Dinâmica do presente
Dinâmica do presenteDinâmica do presente
Dinâmica do presente
 
MNVR parte 1
MNVR parte 1MNVR parte 1
MNVR parte 1
 

Dinâmica Congresso das flores

  • 2. Certa vez, no Reino da Floresta Encantada, no dia dos amigos. Um dia muito especial comemorado na floresta, o Rei Girassol convocou todas as flores do reino para o congresso. Girassol: queridos amigos (as), neste dia dos amigos, vocês todos estão convocadas para um Congresso muito importante. Venham todos, pois o tema em questão é: O QUE É A VIDA Todas as flores se preparam para o tal congresso, com seus perfumes característicos.
  • 3. Cada FLOR no Reino tinha seu próprio perfume e todas sabiam que cada perfume era importante para o Reino. E elas se animaram muito, pois falar de vida era um tesouro. Naquele Reino, era a coisa mais importante. Sabiam que a vida era um tesouro extremamente valioso. Eis que o Congresso se inicia:
  • 4. O COPO- DE- LEITE foi o primeiro a falar, e com todo respeito, foi logo dizendo que a Vida é distribuir Aperto de Mão a Todos que Encontrar. E todas as flores concordaram.
  • 5. O Antúrio cheio de autoridade falou: Saber viver é dar uma boa bronca quando necessário E todas as flores concordaram...
  • 6. O AMOR PERFEITO logo se levantou e disse que ter vida Para ele era sorrir em qualquer situação. E todas as flores concordaram...
  • 7. A TULIPA Cheia de encanto olhou todos e disse: ter vida É acariciar a todos. E todas as flores concordaram...
  • 8. A ROSA Cheia de charme disse que ter vida, era Beijar a todos que encontrar. E todas as flores concordaram...
  • 9. O LÍRIO Muito afetuoso na sua vez de falar, com os braços erguidos, disse que a vida era Dar abraços a todos. E todas as flores concordaram...
  • 10. AZALÉLIA Muito transcendental, comentou que sendo os olhos o espelho da alma, a vida era Ter olhar cheio de ternura. E todas as flores concordaram...
  • 11. A ORQUÍDEA Na sua vez, muito tímida e discreta, que nunca da palpite sussurrou bem baixinho: ter vida É saber ouvir o outro. E todas as flores concordaram...
  • 12. A MARGARIDA Que já não se agüentava mais quieta, pois quase sempre queria falar sem ser sua vez, finalmente pode dizer empolgada que ter vida era exclamar sempre, a qualquer hora e em qualquer lugar Eu RESPEITO você. E todas as flores concordaram...
  • 13. De repente, um vento forte, soprou tanto que as flores já estavam quase voando de tão delicadas que eram. Todas voariam se elas não tivessem se unido ( todos deram as mãos)
  • 14. Flores grandes, pequenas,de todas as cores, ali no Reino, unidas para superarem aquele vento forte que logo iria embora.
  • 15. E o ventou parou. Passou o perigo, nossa que alegria...
  • 16. O rei Girassol muito compreensivo, aproveitou o momento para finalizar o Congresso. Pediu silêncio a todos e concluiu: Meus queridos amigos, o aperto de mão, o sorriso, o acariciar, o beijo, o abraço, o olhar cheio de ternura, o saber ouvir e falar o que se sente sinceramente, tudo isso é importante. E seja como ela for, o principal na vida em grupo é a união.