MBA FGV - Apresentação International Business Plan - Fase Estratégica

1.137 visualizações

Publicada em

Ao decidir ir para o mercado colombiano a LUPUS-EXPORT, precisou definir os objetivos e políticas de investimentos neste mercado com a finalidade de exportar de forma segura e com excelência no atendimento.
A orientação administrativa da LUPUS-EXPORT é Etnocêntrica, de origem brasileira, o produto é um kit denominado Sistema Inteligente de Transferência (abastecimento) de Óleo Lubrificante à Granel para uso em motores veiculares à combustão, sendo duas opções de kit. Durante o processo de análise a ser detalhado neste trabalho, foi identificado um mercado potencial na Colômbia para este tipo de produto.
O produto LUPUS-EXPORT na Colômbia é comumente comercializado nos diversos ramos dos setores econômicos (primário, secundário e terciário): Usinas de Açúcar e Álcool, Indústrias Agrícolas, Refinarias de Distribuidoras de Óleo Lubrificante, Mineradoras, Indústria Automotiva, Concessionárias de automóveis e Centros Automotivos (Autocenters), Postos de Serviços, Empresas de Transporte Urbano, Empresas de Transporte de Cargas e demais segmentos.
A operação será executada em três etapas distintas:
A primeira etapa envolverá o processo de importação de alguns componentes e insumos que farão parte do produto acabado. A LUPUS-EXPORT vai utilizar o Regime Aduaneiro Especial de Drawback para eliminar cargas tributárias nas importações, e desta forma oferecer ao mercado colombiano um preço mais competitivo.
A segunda etapa será a configuração do kit e preparação para montagem “plug & play”, desenvolvimento de manuais e embalagem na LUPUS-EXPORT.
A terceira etapa envolve a exportação do produto acabado tentando utilizar uma logística mais enxuta, apesar de ter um sistema logístico de rota não tão fácil para acesso à Colômbia, tanto no modal aéreo quanto no modal Marítimo, com transbordos, etc.
Em nossa estratégia de distribuição dos produtos na Colômbia optaremos por elaborar um contrato de exclusividade com uma trading colombiana, a qual passará por todos os treinamentos necessários com o objetivo de representar a empresa na Colômbia, inclusive para treinar os instaladores do kit “plug & play”.
A entrega dos produtos aos clientes, baseado na dosagem certa, nas datas certas e com preços competitivos serão nossos maiores desafios operacionais.

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.137
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

MBA FGV - Apresentação International Business Plan - Fase Estratégica

  1. 1. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 1 FÁBIO DAL POZ FELIPE MACEDO LEANDRO BARCELOS AMARAL ZENUN PAULO DONIZETE DE SOUSA Orientadora: Prof.a Shirley Yurica Kanamori Atsumi EXPORTAÇÃO LUPUS BRASIL – COLOMBIA LUPUS-EXPORT: “SMART AUTOMOTIVE OIL CHANGE” DICISPLINA: INTERNATIONAL BUSINESS PLAN Alunos da Fundação Getúlio Vargas - FGV Management MBA – Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais
  2. 2. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 2 1963 - LUPUS Artefatos Metalúrgicos , fundada por Lupo Panelli em 1963; após algumas décadas passou a se chamar LUPUS Equipamentos de Lubrificação e Abastecimento 2003 – Transferência da Unidade de Negócio para Cerquilho/SP Contratos de fornecimento e soluções com a Petrobrás, Ipiranga, Shell, Mobil, Yara e outras grandes empresas nacionais e multinacionais 2007 cria o Departamento de Importação: contratos com líderes mundiais , fabricação de equipamentos de lubrificação e abastecimento Resumo Histórico da Empresa
  3. 3. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 3 (Espanha, Itália, Bélgica, Polônia, Suécia, Inglaterra, EUA e China - SAMOA, PIUSI, BLUE1, KINGSPAN, TRICO, PULSARLUBE, DRESSER- WAYNE, ZECA, MANN TEK, TECO, SPIN, CIMTEK, MICROMATIC) CANAIS EXISTENTES Importações Regulares
  4. 4. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 4 Orientação Administrativa Externa Resumo Histórico da Empresa
  5. 5. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 5 Em 2013, concomitantemente ao processo de potencial expansão que a empresa estava experimentando, iniciaram-se três grandes projetos: implantação do SAP Business One Certificação do Sistemas de Gestão da Qualidade - norma ISO 9001:2008  Abertura da WOLFLUBE em Miami Durante este trabalho, identificado mercado potencial na Colômbia para a LUPUS Resumo Histórico da Empresa
  6. 6. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 6 LUPUS EXPORT – TCC MBA NOVAS OPORTUNIDADES 2013 - 2014 2013 - LUPUS EXPORT 1º CANAL DE EXPORTAÇÃO 2014 – INÍCIO DAS OPERAÇÕES WOLFLUBE – Miami DESDE 2007
  7. 7. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 7 LUPUS comercializa no Brasil soluções de abastecimento e transferência de diversos fluidos tais como graxa, óleo lubrificante, óleo diesel, gasolina, querosene, etanol, biodiesel, água, ARLA 32 e ar comprimido. Este plano de negócios contempla o kit “plug & play” - Sistema Inteligente de Transferência (abastecimento) de Óleo Lubrificante à Granel. Conclusões obtidas, em menor ou maior grau, estendidas aos demais produtos da LUPUS e países. Trata-se assim de um produto piloto para se iniciar as relações de Exportação da LUPUS. PRODUTO
  8. 8. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 8 COMPOSIÇÃO BÁSICA DO KIT Versões Opcional: para tambores (200L) Principal: reservatórios em geral, normalmente em Volumes até 6000L em Concessionárias e 30000L em indústrias Propulsora Pneumática - importada da Espanha - Samoa (4) Gatilho e medidor digital - importado da Itália - Piusi (7 / 8) Filtro regulador de ar – “nacional” (2) Mangueira hidráulica – “nacional” (6 e 9 )
  9. 9. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 9 ESCOLHA DO PAÍS ALVO Doing Business - The World Bank Group Doing Business - The World Bank Group - “Facilidade Em Fazer Negócios Internacionais” - (março/2014) Chile: 34º Colômbia: 43º Brasil: 116º Argentina: 126º
  10. 10. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 10 ESCOLHA DO PAÍS ALVO Chile : aproximadamente US$ 900.000.000,00 que poderiam se transformar em oportunidades de negócio para o Brasil: máquinas e equipamentos para uso na extração mineral e construção civil, setor CNAE 295 pouca aderência ao portfólio da LUPUS Diferencial Chile: infraestrutura e logística, IIRSA – eixo MERCOSUL- Chile (com saída para o Oceano Pacífico ) Colômbia: aproximadamente US$ 200.000.000,00 em oportunidades potenciais diretamente relacionadas ao portfólio LUPUS (SH 8413.11, 8413.30, 8413.60, 8413.81 e 8413.91)
  11. 11. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 11 ESCOLHA DO PAÍS ALVO APEX Brasil 2012 - Importações Colombianas nos SH - NCMS alvo Bombas com dispositivo medidor para distribuição de combustíveis ou lubrificantes, para estações de serviço ou garagens; Bombas para combustíveis, lubrificantes ou líquidos de arrefecimento; peças de reposição para bombas; serviços.
  12. 12. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 12 ESCOLHA DO PAÍS ALVO Iniciativas para Facilitar Negócios Internacionais 2008: Ampliação no horário de operação portuária e alfandegária 2009: Melhorias no setor bancário com a implantação de pagamentos eletrônicos 2010: Sistema eletrônico MUISCA, acelerando o processo de desembaraço alfandegário 2014: Facilitou a administração de contratos, simplificando e acelerando os procedimentos de negociação comercial
  13. 13. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 13 ASPECTOS MERCADOLÓGICOS Colômbia faz parte do bloco econômico ALADI e do MERCOSUL Colômbia consolidando-se como mercado expressivo para produtos brasileiros em todos os gêneros e ramos de atividade
  14. 14. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 14 ASPECTOS MERCADOLÓGICOS Fluxo comercial cresceu 170% entre 2003 e 2013, de US$ 1,5 bilhão para US$ 4,5 bilhões Planos de investimentos para melhorar a produtividade e a estrutura logística, de modo a tornar a cadeia mais competitiva, segundo Associação Nacional de Empresários da Colômbia Colômbia pretende realizar iniciativas de abertura comercial, como a área de livre comércio Aliança Pacífico (Chile, Peru, e México e Coréia do Sul) Colômbia irá se tornar uma plataforma deste complexo
  15. 15. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 15 OPERAÇÕES Início do processo/projeto com a importação da bomba volumétrica e medidor SAMOA: Espanha, responsável pela fabricação de Propulsoras Pneumáticas; PIUSI: residente na Itália, responsável pela fabricação de Medidores Volumétricos; Minimizar os custos da logística internacional: propor um acordo entre os dois fornecedores europeus para consolidação das cargas, minimizando os custos adicionais de frete, AFRMM, armazenagem, comissão de despachante, utilização do Siscomex, entre outros
  16. 16. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 16 OPERAÇÕES Regime especial Drawback Suspensão visando a suspensão dos tributos incidentes na importação da mercadoria que será utilizada na industrialização de produto que será exportado  PIS - COFINS
  17. 17. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 17 OPERAÇÕES Além disso poderão ser explorados demais benefícios do ALADI/MERCOSUL para a facilitação do comércio Chegada do container em Santos Redestinado ao terminal alfandegado de contrato da LUPUS Após o desembaraço, container será carregado para a entrega em Cerquilho Na LUPUS se iniciará o processo de composição do kit
  18. 18. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 18 OPERAÇÕES Processo de Exportação através do INCOTERM CFR Buenaventura LUPUS Brasil Colômbia CFR Buenaventura
  19. 19. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 19 OPERAÇÕES A LUPUS contratará um agente exclusivo para este produto, habilitado para executar o marketing, a venda, o treinamento de instaladores e a distribuição dos kits
  20. 20. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 20 DECLARAÇÃO DA VISÃO E MISSÃO VISÃO Ser líder no mercado nacional em prover equipamentos para Lubrificação e Abastecimento Fornecer produtos e serviços inovadores e tecnicamente competitivos que atendam altos padrões Atrair e manter pessoas capacitadas e motivadas através da cultura organizacional. Missão
  21. 21. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 21 DECLARAÇÃO DA VISÃO E MISSÃO MISSÃO Ser uma empresa consistente na distribuição e comercialização de equipamentos de Lubrificação e Abastecimento através da melhoria dos processos e competências Alcançar bons níveis de crescimento, expandir mercado, e presença geográfica através de parcerias e aquisições.
  22. 22. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 22 Prosperidade socioeconômica – de 2000 a 2012 o PIB saltou de US$ 94 bilhões para US$ 368 bilhões Setor automotivo ; Prioridade estratégica do Governo Colombiano Aumento da poder aquisitivo da classe média Colômbia - Macroambiente
  23. 23. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 23 Classe média com renda estimada entre US$ 1 mil e US$ 4,3 mil Avançou de 16% para 25% das famílias Percentual tende a subir para 40% até 2020, segundo projeções do governo. Colômbia - Macroambiente
  24. 24. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 24 Crescimento de 425% mercado interno de veículos nos últimos 12 anos  60 mil unidades vendidas em 2000 para 316 mil em 2012  Colômbia o quarto maior país consumidor e produtor de carros da América Latina, atrás de Brasil, México e Argentina, nesta ordem Colômbia - Macroambiente
  25. 25. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 25 Classes C e D podem comprar um carro financiado Exemplo: ofertar à classe de modelos mais barato feitos no país Chevrolet Spark 1.0, custa em torno de US$ 10 mil e pode ser financiado em até cinco anos a taxas em torno de 1% ao mês A estabilidade econômica colabora para a expansão do crédito  Inflação esperada para este ano mal passa de 3% e os juros básicos do banco central mal chegam a 5% ao ano. Facilidade na compra de automóveis
  26. 26. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 26 Chevrolet Spark 1.0
  27. 27. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 27 Auto potencial de crescimento no mercado automobilístico Ainda tem baixo índice de motorização na região Estudo da Universidad de Los Andes projeta um mercado adicional de 3 milhões de unidades até o fim desta década atual frota colombiana deve saltar dos atuais 4 milhões para 7 milhões em 2020 índice que ainda continuará baixo, com perspectiva de evolução adicional Colômbia - Macroambiente
  28. 28. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 28 Derramamento de óleo durante a retirada do tambor de armazenamento; Derramamento de óleo enquanto se mede a quantidade a ser abastecida; Derramamento de óleo durante o abastecimento do veículo ou máquina; Erros no volume de óleo abastecido. Estudos realizados na Europa: desperdício, em média, de 3% de óleo TENDÊNCIAS SETORIAIS PRINCIPAIS PROBLEMAS NO ABASTECIMENTO MANUAL: DESPERDÍCIO
  29. 29. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 29 Estudos da EPA (Environement Protection Agency): cada litro de óleo derramado pode contaminar 50.000 litros de água dos lençóis freáticos resíduos sólidos como tecidos, estopa, são jogados no lixo e seguem para o aterro sanitário. Água da chuva leva o óleo absorvido pelos “tecidos” ao solo e lençóis freáticos óleo em frascos de um litro, múltiplos e submúltiplos, que sobra no frasco é geralmente levado pelo cliente... destino do frasco com resíduos é o lixo e aterro sanitário TENDÊNCIAS SETORIAIS PRINCIPAIS PROBLEMAS NO ABASTECIMENTO MANUAL: CONTAMINAÇÃO
  30. 30. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 30 Troca de óleo ainda utilizando frascos: Operador sai da oficina, vai ao estoque, solicita os frascos de óleo, aguarda a chegada dos frascos, retorna à oficina, abre os frascos, vai ao veículo e tentar abastecer a quantidade correta Estudos realizados na Europa estimam que esta operação tem uma duração de até 20 minutos. Em uma concessionária com Sistema Inteligente Abastecimento de Óleo Lubrificante à Granel  processo todo não chega a 01 minuto de duração TENDÊNCIAS SETORIAIS PRINCIPAIS PROBLEMAS NO ABASTECIMENTO MANUAL: TEMPO
  31. 31. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 31 Concessionária de veículos leves e com poucas operações: quantidade de trocas por dia: 24 trocas/dia desperdício de óleo por dia: 2 L/dia tempo máximo perdido por dia: 480 minutos, ou 8 horas, um turno inteiro de um mecânico por dia potencial de contaminação do lençol freático por dia: 100.000L de água contaminada por dia ? Benefícios, percebidos pelo consumidor final, serão muito positivos para o prestador de serviço, ambientalmente sustentável, com operação eficiente, com resultado operacional otimizado TENDÊNCIAS SETORIAIS PRINCIPAIS PROBLEMAS NO ABASTECIMENTO MANUAL: Exemplo Prático
  32. 32. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 32  Kit poderá ser integrado posteriormente a um sistema avançado de monitoramento e controle da operação: Controle de acessos dos operadores aos pontos de abastecimento; Registro de todas as operações; Controle do Estoque e inventário de fluidos; Integração ao DMS/ERP da organização Assim irá potencializar a eficiência e benefícios às operações, evitando os principais problemas encontrados no abastecimento manual. TENDÊNCIAS SETORIAIS
  33. 33. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 33 As únicas taxas aplicadas às importações: imposto sobre o valor agregado (IVA) e o imposto comum produtos importados recebem tratamento nacional quanto à aplicação dos impostos internos A taxa de IVA é de 16% podendo variar de acordo com o tipo de material ou serviço. Carga tributária
  34. 34. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 34  Oportunidade na exploração do mercado colombiano, governo concede aos importadores a isenção do IVA quando o Bem ou Serviço é destinado a melhorar o meio ambiente, tal como: Produtos e acessórios utilizados para construir, instalar, montar e/ou operar sistema de monitoramento de controle ambiental; Equipamento usado em tratamento, reciclagem ou reprocessamento de lixo ou resíduos; Tratamento de agua residual, esgoto, limpeza ou saneamento básico; Para controle de emissão de poluentes no meio ambiente. Carga tributária
  35. 35. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 35 Estimativas oficiais: 80 % das formalidades de importação são concluídas em aproximadamente 15 minutos Caso necessária a inspeção física dos produtos, acrescenta-se um período de 14 horas em média. Procedimentos Aduaneiros
  36. 36. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 36 Os direitos aduaneiros representam o principal meio de proteção alfandegário da Colômbia  sendo então todos ad valorem Colômbia consolidou todas as suas tarifas, oferecendo assim, maior previsibilidade ao seu regime de comércio As importações oriundas dos membros da comunidade Andina são isentas de impostos, desde que cumpram com as regras da origem Colômbia concede Status de Nação mais Favorecida a todos os seus parceiros comerciais e preferência tarifarias as importações de outros países no âmbito da Aladi ( ACE 59 ) Barreiras Tarifárias
  37. 37. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 37 Tarifa média preferencial: 0% é aplicada a parceiros andinos * 0,6% ao Chile 1,2% ao México 9,5 aos países do Caricom ** •*Países Andinos: Venezuela, Equador, Peru , Bolivia • **Países Caricom : Antigüa e Barbuda, Bahamas, Barbados, Belize, Dominica, Granada, Guiana, Haiti, Jamaica, Montserrat, Santa Lúcia, São Cristóvão e Neves, São Vicente e Granadinas, Suriname e Trinidad e Tobago Risco Setorial Parceiros Colombianos
  38. 38. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 38 O mercado de fornecedores de bombas e soluções de lubrificação na Colômbia é formado por duas empresas americanas, A LINCOLN e a GRACO, e outros fornecedores locais menores. Microambiente Concorrentes
  39. 39. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 39 Microambiente Concorrentes
  40. 40. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 40 Microambiente Concorrentes
  41. 41. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 41 Microambiente Clientes •Usinas de Açúcar e Álcool; •Indústrias Agrícolas; •Refinarias e Distribuidoras de Óleo Lubrificante; •Mineradoras; •Indústria Automotiva; •Concessionárias de Automóveis; •Centros Automotivos (Autocenters); •Postos de Serviços; •Empresas de Transporte Urbano; •Empresas de Transporte de Cargas
  42. 42. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 42 Microambiente Clientes •Baixa participação nas vendas •Frequência de vendas baixa, menor orientação para custo e maior orientação para eficiência e qualidade •Baixo risco de integração para trás •Custos de mudança relevantes •Poder de barganha dos clientes é relativamente baixo
  43. 43. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 43 Microambiente Fornecedores • SAMOA: Bombas pneumáticas, coletores de óleo • PIUSI: Medidores volumétricos, bombas elétricas •Existência de acordos de Exclusividade
  44. 44. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 44 Microambiente Ameaça de Novos entrantes •Principal barreira à entrada são as barreiras tarifárias.
  45. 45. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 45 Microambiente Produtos Substitutos • Óleo lubrificante vendido em embalagens de 1 a 20 litros
  46. 46. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 46 A estratégia de preços a ser adotada será ditada por dois fatores: • O nível de preços dos concorrentes em relação a fatores estratégicos de decisão de compra como qualidade e reconhecimento da marca. • O nível de custos logísticos e tributações. • Estratégia de Penetração Estratégia Preços
  47. 47. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 47 1º - Apoio sobre as barreiras tarifárias de entrada, 2º - Estratégia, Força Competitiva, principalmente a 6º força de Porter (Força Política). 3º - Será responsável por adaptar o produto que a Lupus utiliza no Brasil, considerando o fator cultural do povo colombiano. Modelo de Distribuição Trade Company
  48. 48. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 48 1º – Incoterm CFR 2º - Modal Marítimo, 3º – Armador Hamburg Sud, 4º - Transit time 13 dias, via direto sem transbordo; 5º - Modo de Transporte, Porto a Porto 6º - Freqüência de Navios, é Semanal 7º – Transporte interno, até o Porto de Santos, modal rodoviário, 8º - Embarque exclusivo em containers de 20dry, 9º - Uso de backhauling no processo, Canais Internacionais de Comunicação - Logística e Distribuição
  49. 49. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 49 10º – Embarque pelo terminal Libra (margem direita) em Santos, 11º – Desembarque final Porto da Colômbia 12º – Transporte interno na Colômbia modal Rodoviário, 13º – Recepção dos produtos pela Trade Colombiana, 14º – Distribuição para os Clientes conforme os pedidos de compras, 15º – Equipamentos no máximo 02 anos de uso Canais Internacionais de Comunicação - Logística e Distribuição
  50. 50. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 50 Comparação de Custos para a tomada de decisão Hamburg Sud - Free time 15 dias Descrição Valores em US$ Valores em R$ Frete nacional 839,57 2.056,94 Frete armador 680,00 1.666,00 Capatazia 281,64 690,00 Liberação do BL 118,37 290,00 Uso do backhauling - 419,79 - 1.028,47 Libra Terminais (Margem Direita ) - 183,67 - 450,00 Custo Total 1.316,11 3.224,47 Canais Internacionais de Comunicação - Logística e Distribuição
  51. 51. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 51 Maersk – Free time 15 dias Descrição Valores em US$ Valores em R$ Frete nacional 839,57 2.056,94 Frete armador 684,00 1.675,80 Capatazia 281,64 739,02 Liberação do BL 123,56 302,72 Uso do backhauling - 419,79 - 1.028,47 Libra Terminais ( Margem Direita ) - 183,67 - 450,00 Custo Total 1.325,31 3.296,01 Canais Internacionais de Comunicação - Logística e Distribuição Comparação de Custos para a tomada de decisão
  52. 52. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 52 Estratégia de Marketing Fatores de Sucesso
  53. 53. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 53 Alternativas de Mídia: Feiras e eventos automotivos; Revistas especializadas; e Telemarketing; Mala direta a potenciais clientes; Propaganda: Rádio, televisão e internet; Promoção da marca e do produto; A marca é algo que o cliente compra, já o produto pode ser copiado. A marca é única, sem prazo de validade, é institucional, e praticamente eterna. Estratégia de Marketing Comunicação
  54. 54. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 54 As estratégias Internacionais de Produto e Comunicação utilizadas nas decisões
  55. 55. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 55 Incoterm – CFR, Prazo de saque será de 90 dias; Não haverá “Red Clause”, não podemos sacar as divisas antes dos embarques; Não haverá “Gren Clause”, porque não vamos usar o FCR Forward Certificate Receipt. Modalidade de Pagamento Carta de Crédito
  56. 56. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 56 Carta de Crédito – Visão Geral
  57. 57. MBA - Gestão de Comércio Exterior e Negócios Internacionais - Turma COMEX21 – International Business Plan 57 Estratégias de Canais Internacionais de Comunicação  O cliente deverá estar no centro das estratégias  Não há valor ao produto enquanto este não chegar até às mãos dos clientes no tempo e local correto

×