 Luiz Alberto J. Sampaio Lucas Miranda Luis Felipe Sá Rafael Chaves
A Paquetá Calçados foi fundada em 20 de junho de 1945 e se dedica à fabricação decalçados femininos e esportivos de alta q...
Quanto ao crescimento do Grupo Paquetá, percebe-se que dos anos1945 a 1955 o crescimento foi lento, depois de 1955 a 1965 ...
A otimização da logística é um fator buscado constantemente pelasempresas que querem crescer, desenvolver-se e destacar-se...
No caso da Paquetá Calçados Ltda., as atividades logísticas ganharamgrande destaque, sendo responsáveis por mais da metade...
Através da adequação de suas importações as regulamentações dosistema de importação brasileiro, a empresa procura evitar c...
A Lei nº 8.402, de 8 de janeiro de 1992, conceitua o drawback como umincentivo à exportação, pois ele consiste em não se c...
Os principais modais utilizados pela empresa são: - marítimo e aéreo.O modal marítimo é utilizado em 90% das importações, ...
 Representa produtos e suprimentos (materiais) que se deslocam aolongo da seguinte cadeia:
GOL (GRUPO OTIMIZAÇÃO LOGÍSTICA)   Existe ainda um projeto chamado GOL é um projeto que vem sendodesenvolvido e implantado...
Assim que mercadoria chega na fábrica, é feita a conferência física e anota fiscal não precisa ser lançada, pois já está n...
O Alvo dos negócios de manufatura do Grupo Paquetá: exportação demarcas de terceiros, mix de marcas de exportação, calçado...
O mercado principal da exportação de marca de terceiros ainda estáfocado nos Estados Unidos, representado por um universo ...
É importante destacar que o negócio de manufatura de marca deterceiros, até o ano 2001, estava concentrado nas classes “D”...
Escopo da exportação de marca de terceiros (segmento feminino): asatividades relacionadas ao escopo da exportação são cond...
Escopo do esportivo: o escopo para o mercado de calçadosesportivos está associado a determinados esportes, conforme ossegu...
Escopo Dumond: A unidade de negócio representada pela marcaDumond tem a seguinte configuração:    – tipo de produto: calça...
Da mesma forma, pode-se dizer que se trata de uma mistura deescopos “restritos” e “amplos”: restrito, devido ao público qu...
Quanto à concorrência, no segmento feminino de exportação demarca de terceiros, destaca-se a China como o principal concor...
Na Tabela 2, aponta-se a concentração de empresas exportadorasbrasileiras por faixa de embarque. A Paquetá concentra-se na...
A Paquetá concluiu a transferência da produção de calçados da fábricade Sapiranga (RS), onde fica a sede do grupo, para su...
Ao final deste estudo, pôde-se perceber que a Paquetá Calçados estámuito a frente de outras empresas do mesmo ramo, sendo ...
Logistica paqueta
Logistica paqueta
Logistica paqueta
Logistica paqueta
Logistica paqueta
Logistica paqueta
Logistica paqueta
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Logistica paqueta

4.689 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.689
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
61
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Logistica paqueta

  1. 1.  Luiz Alberto J. Sampaio Lucas Miranda Luis Felipe Sá Rafael Chaves
  2. 2. A Paquetá Calçados foi fundada em 20 de junho de 1945 e se dedica à fabricação decalçados femininos e esportivos de alta qualidade, para o mercado brasileiro e para o mercado americano, europeu e asiático.As indústrias Paquetá se encontram distribuídas nos estados do Rio Grande do Sul, no sul do Brasil, e no Ceará e na Bahia, no Nordeste brasileiro.A Paquetá tem uma rede de lojas de calçados com atualmente 70 lojas próprias e 20 franqueadas, distribuídas na região centro/sul do Brasil.A empresa tem capacidade instalada para produzir 50.000 pares de calçados por dia e emprega, em todas as suas empresas, aproximadamente, 10.000 pessoa. As marcas Paquetá, Gaston, Paquetá Esportes, Esposende , Dumond, Capodarte, Lilly’s Closet, Atelier Mix e Ortopé compõem o mix de negócios da empresa.
  3. 3. Quanto ao crescimento do Grupo Paquetá, percebe-se que dos anos1945 a 1955 o crescimento foi lento, depois de 1955 a 1965 houve umcrescimento um pouco maior, mas o grande boom foi com o início dasexportações de marca de terceiros depois da década de 1970. A diversificação dos negócios foi uma opção estratégica, porquebuscavam alternativas de ganhos caso houvesse uma mudança bruscaem algum mercado.
  4. 4. A otimização da logística é um fator buscado constantemente pelasempresas que querem crescer, desenvolver-se e destacar-se perante omercado. Na empresa PAQUETA não é diferente, pois a Paquetá Calçados busca,incansavelmente, otimizar seus processos, tornando sua estrutura maisenxuta, mais ágil e mais concisa. No que diz respeito a parte de compra e entrega de insumos, aPaquetá se destaca perante outras empresas do ramo, pois possui umsistema de controle de recebimento de mercadorias totalmenteinformatizado, possuindo uma integração total com seus fornecedores.
  5. 5. No caso da Paquetá Calçados Ltda., as atividades logísticas ganharamgrande destaque, sendo responsáveis por mais da metade dos custosque compõem o processo de importação. Este resultado motivou aempresa para a necessidade de um planejamento logístico, capaz deotimizar o processo de importação na busca de vantagens competitivas. Percebe-se, que a empresa inicia o planejamento logístico doprocesso de importação de insumos baseado no pedido de compras, quecontém a descrição completa da mercadoria, prazo previsto para entradada mesma na empresa e data de início da produção. As informações contidas neste pedido servem como base paraque o setor de importação possa se organizar no intuito de identificar aorigem da mercadoria a ser importada e fixar as estratégias logísticas aserem adotadas. Entretanto, nota-se que a prévia análise do pedido também serve paraadequar o processo as regulamentações do sistema de importaçãobrasileiro, tendo em vista que a maior parte das mercadorias sãooriundas dos países asiáticos.
  6. 6. Através da adequação de suas importações as regulamentações dosistema de importação brasileiro, a empresa procura evitar custos extrase garantir o cumprimento de prazos, tendo em vista que a falta destecontrole acarreta em multas, atrasos e em muitos casos, perda da carga. A empresa define a estratégia logística a ser utilizada com base naanálise das condições da carga a ser importada, buscando identificarsuas características próprias, necessárias para a preparação da mesma,para o transporte e definição do modal de transporte a ser utilizado.Todas estas atividades estão voltadas à redução de custos e agilidade aoprocesso como um todo. É exigência da Paquetá que a maior parte de suas importações sejamnegociadas através de frete collect, pois desta forma a mesma administraa contratação do frete internacional, que através de suas parcerias comoperadores logísticos, que proporciona vantagem competitiva e maiorcontrole sobre a organização do processo.
  7. 7. A Lei nº 8.402, de 8 de janeiro de 1992, conceitua o drawback como umincentivo à exportação, pois ele consiste em não se cobrarem os tributosincidentes sobre as importações de matérias-primas que serão usadas na produção de um bem a ser exportado. Isto barateia o produto exportável, dando-lhe competitividade no mercado externo.
  8. 8. Os principais modais utilizados pela empresa são: - marítimo e aéreo.O modal marítimo é utilizado em 90% das importações, pois é analisadoem primeiro lugar o custo da operação. Em processo com prazo de entrega reduzido, é necessário a utilizaçãodo modal aéreo, onde o custo é bem mais elevado, porém compensadopelo menor tempo de trânsito, evitando se assim um prejuízo maior comatrasos de entrega do nosso produto final e buscando a satisfação plenado cliente. A Paquetá terceiriza os serviço de desembaraço aduaneiro,contratação de frete internacional e nacional (porto / aeroporto até afábrica). Isto proporciona maior agilidade na liberação alfandegária e reduçãodos custos no transporte, até mesmo em relação à transporte próprioutilizado pela empresa.
  9. 9.  Representa produtos e suprimentos (materiais) que se deslocam aolongo da seguinte cadeia:
  10. 10. GOL (GRUPO OTIMIZAÇÃO LOGÍSTICA) Existe ainda um projeto chamado GOL é um projeto que vem sendodesenvolvido e implantado pelas principais empresas do ramo calçadista,cujo objetivo é desenvolver padrões para utilização de ferramentas degerenciamento da cadeia de suprimentos, envolvendo as tecnologias decaptura automática de dados (Código de Barras) e comércio eletrônicoEDI (Electronic Data Interchange - Intercâmbio Eletrônico de Dados). Um dos principais objetivos é estabelecer padrões de etiquetas deidentificação para produtos, padrões de mensagens eletrônicas com baseno sistema EAN.UCC3, facilitando assim a comunicação entrefornecedores e clientes.
  11. 11. Assim que mercadoria chega na fábrica, é feita a conferência física e anota fiscal não precisa ser lançada, pois já está no sistema, bastandoapenas gravar seu recebimento. Todo esse processo otimizado de compra e recebimento de insumoschama-se EDI (Electronic Data Interchange) e, no caso da Paquetá, ele éutilizado por quase 90% dos seus fornecedores, ou seja, quase já não hámais aquele trabalho manual de recebimento e lançamento de nota fiscal.
  12. 12. O Alvo dos negócios de manufatura do Grupo Paquetá: exportação demarcas de terceiros, mix de marcas de exportação, calçados esportivos,Dumond e varejo.
  13. 13. O mercado principal da exportação de marca de terceiros ainda estáfocado nos Estados Unidos, representado por um universo de150.000.000 consumidoras das classes “E” até “A”. A participação daempresa nesse mercado está configurada conforme a Tabela.
  14. 14. É importante destacar que o negócio de manufatura de marca deterceiros, até o ano 2001, estava concentrado nas classes “D” e “E”; apartir de então, estão buscando as classes “C”, “B” e “A”. A perspectivada Paquetá é atender somente às classes “AA”, “A” e “B” até o ano 2010. A estratégia, para isso, é a busca de marcas consagradas no mundoda moda internacional, como, por exemplo, Hugo Boss, Ralph Lauren eOscar de la Renta, que já estão em produção. A presença de muitas dasmarcas citadas, no Brasil, concentram-se exclusivamente na Paquetá, porexemplo, J.Vincent, Tori Burch e Signature. Em relação à exportação, pode-se destacar que há exemplos clarosde escopos “restritos” e “amplos” ao mesmo tempo: restrito, porqueainda se concentra no mercado americano; amplo, devido à quantidadede marcas produzidas pela empresa e ao público (classes) a que sedestinam.
  15. 15. Escopo da exportação de marca de terceiros (segmento feminino): asatividades relacionadas ao escopo da exportação são conduzidas pelodepartamento comercial da empresa, que tem como objetivo: “Mantercontatos com os clientes criando vínculos comerciais com o objetivo demanter os volumes atuais de produção e buscar novos mercados, a fimde assegurar o preenchimento da carteira de pedidos” Mix de marcas da exportação: Antonio Melani, Gianni Bini, Nordstron, Aerosoles, Kate Spade, Gap, Hugo Boss, Tori Burch, Bcbgmaxazria, ColeHaan, Jessica Simpson, Oscar de la Renta, Anne Klein, Signature, entre outras.
  16. 16. Escopo do esportivo: o escopo para o mercado de calçadosesportivos está associado a determinados esportes, conforme osseguintes exemplos: – futebol: existem quatro categorias de produtos, uma para cada tipode jogo – futebol de campo; futebol society, indoor e futsal; – running: existem duas categorias de produtos: uma para práticaprofissional ou para corredores que procuram produtos de altatecnologia; e outra para quem utiliza os produtos somente para o dia-a-dia e caminhadas leves; – tennis: produtos específicos para a prática do esporte Tênis.
  17. 17. Escopo Dumond: A unidade de negócio representada pela marcaDumond tem a seguinte configuração: – tipo de produto: calçados, bolsas e acessórios femininos; – estratégia de venda/mercado: a venda é feita para clientes“multimarcas” de todo o Brasil e para mais de 50 países do mundo; – lojas próprias: desde 2004, a Dumond atua com suas lojas próprias.Em 2007, eram mais de dez lojas; – o próximo passo na condução da estratégia do negócio é aabertura de franquias da marca; – público alvo: mulheres classe A e B
  18. 18. Da mesma forma, pode-se dizer que se trata de uma mistura deescopos “restritos” e “amplos”: restrito, devido ao público que sedestina; e amplo, devido à diversidade de clientes e mercados. Escopo varejo: o escopo é definido conforme as suas bandeiras:Lojas Paquetá, Paquetá Esportes, Gaston, Walk Run e Esposende. Portanto, apresenta um escopo amplo devido à diversidade declientes e mercados e aos públicos que se destina.
  19. 19. Quanto à concorrência, no segmento feminino de exportação demarca de terceiros, destaca-se a China como o principal concorrente. Mas o diferencial da Paquetá em relação a China se refere àqualidade dos produtos, ao atendimento do cliente, à agilidade de entregae à flexibilidade. Os concorrentes da Dumond no mercado interno são a Schutz e aArezzo; no mercado externo, possuem vários concorrentes, e cada paístem os seus. Já os concorrentes da marca Diadora, encontram-se num nívelintermediário entre a marca Nike e a marca Olympikus. No negócio de varejo, o principal concorrente é as Lojas Renner
  20. 20. Na Tabela 2, aponta-se a concentração de empresas exportadorasbrasileiras por faixa de embarque. A Paquetá concentra-se na faixa demais de US$ 50 milhões, ou seja, entre as seis primeiras empresas querepresentam 0,47% do setor calçadista brasileiro.
  21. 21. A Paquetá concluiu a transferência da produção de calçados da fábricade Sapiranga (RS), onde fica a sede do grupo, para sua unidade naRepública Dominicana. A migração começou em 2010, logo após ainauguração, em março, da planta centro-americana, que agora teve aprodução ampliada de 1,5 milhão para 4,5 milhões de pares por anodestinados ao mercado internacional, informou o diretor corporativo daempresa, Jorge Strassburger. A produção anualizada da planta centro-americana corresponde agoraa 43% do volume total estimado pela Paquetá para 2011, de 10,5 milhõesde pares (500 mil a mais do que em 2010), incluindo as outras oitofábricas no Rio Grande do Sul, Ceará, Bahia e Argentina. Desses, 7,5milhões de pares serão feitos para terceiros, como Adidas e Clarks, e orestante com as marcas próprias Capodarte, Dumond, Ortopé e LillysCloset.
  22. 22. Ao final deste estudo, pôde-se perceber que a Paquetá Calçados estámuito a frente de outras empresas do mesmo ramo, sendo destaque emrelação a qualidade dos produtos oferecidos e a eficiência de seu sistemade controle e manutenção do recebimento de matérias primas. O projeto GOL realmente trouxe muitos benefícios para a empresa,como agilidade no recebimento e no controle das mercadorias, menoscusto de mão-de-obra, mais precisão e confiabilidade nos dados obtidos,total integração da empresa com seus fornecedores, redução de re-trabalho, entre outros. Estes benefícios, no entanto, não se estendem somente à empresa,mas também aos fornecedores parceiros deste projeto, pois eles tambémfazem uso das mesmas ferramentas que seu cliente e por um custo beminferior. Com isto, toda a comunicação entre cliente e fornecedor tornou-semais ágil, mais rápida, já que todo o procedimento é feito via internet.

×