. FRANÇA ANTES DA REVOLUÇÃO- Governo Absolutista- Clero e nobreza: isentos de impostos- Camponeses e burgueses: impostos- ...
- Em fins do século XVIII, a França era o país mais populosoda Europa Ocidental. A sociedade estava assimdistribuída:- 1º ...
Gravura francesaGravura francesadatada de 1789,datada de 1789,representando umrepresentando umcamponês quecamponês quecarr...
- FORÇAS POLÍTICAS. Girondinos: favoráveis à Revolução e ao fim do Antigo Regime,queriam moderação. Temiam que a radicaliz...
- FASES DA REVOLUÇÃO. Revolta Aristocrática: 1º e 2º Estados não querem pagarimpostos.. Assembléia Nacional Constituinte: ...
- Monarquia Constitucional (1791): Luis XVI finge aceitar aconstituição mas trama com a Áustria uma invasão daFrança. Pres...
- Diretório (1795-1799): fim da república jacobina.Elaboração de nova Constituição. Controle do Diretório(cinco membros el...
• Não deve ser visto como parte da Revolução Francesa, massim conseqüência direta dela.• Momento de triunfo e consolidação...
• O Consulado inicia com o Golpe de 18 de Brumário.• Durante o Império, Napoleão tenta conquistar a Inglaterra,militarment...
• O CONGRESSO DE VIENA- O objetivo era restabelecer o equilíbrio político do continenteeuropeu.- Ideologicamente, o Congre...
• Expansão da Revolução Industrial, consolidando ocapitalismo.• Inovações tecnológicas: petróleo, eletricidade e o açoapos...
- novos mercados consumidores para manter o crescimento daprodução.- novas áreas fornecedoras de matéria-prima, já escassa...
• Não foi respeitado o modelo político, econômico, social ecultural dos povos das áreas atingidas.• Ainda hoje, em algumas...
• Foi uma das conseqüências do neocolonialismo.• Rivalidades econômicas: Alemanha x Inglaterra• Disputas coloniais: Inglat...
• RESULTADOS- Assinatura do Tratado de Versalhes.- Criação da Liga das Nações.- Crescimento Econômico dos EUA e Japão.
• Crise de superprodução, iniciando pelos EUA.REPERCUSSÕES:- Nos EUA, desemprego, fome, inflação, queda da bolsa devalores...
• Ditaduras violentas, que encontraram forças na CriseCapitalista de 1929 para crescer.• Suas principais características s...
• PRINCIPAIS REGIMES- Fascismo: criado por Benito Mussolini, na Itália.- Nazismo : criado por Adolf Hitler, na Alemanha.- ...
• Reação ao Tratado de Versalhes.• Ascensão dos regimes fascistas.• Formação dos Países do Eixo: Alemanha, Itália, Japão.•...
• RESULTADOS- Divisão da Alemanha- Criação da ONU- Guerra Fria
• Plano Marshal• Otan• Pacto de Varsóvia• Corrida armamentista e espacial• Mundo bi-polar
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Revoulção francesa
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Revoulção francesa

537 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
537
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
149
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revoulção francesa

  1. 1. . FRANÇA ANTES DA REVOLUÇÃO- Governo Absolutista- Clero e nobreza: isentos de impostos- Camponeses e burgueses: impostos- Déficit público: receitas < despesas- Indústria: concorrência inglesa- Agricultura: fracas colheitas
  2. 2. - Em fins do século XVIII, a França era o país mais populosoda Europa Ocidental. A sociedade estava assimdistribuída:- 1º Estado: Clero- 2º Estado: Nobreza- 3º Estado: 96% da população. alta e pequena burguesia. Sans-culottes (trabalhadores urbanos). camponeses
  3. 3. Gravura francesaGravura francesadatada de 1789,datada de 1789,representando umrepresentando umcamponês quecamponês quecarrega umcarrega umclérigo e umclérigo e umnobre nas costas.nobre nas costas.
  4. 4. - FORÇAS POLÍTICAS. Girondinos: favoráveis à Revolução e ao fim do Antigo Regime,queriam moderação. Temiam que a radicalização políticaampliasse os direitos da população pobre. Representavam a altaburguesia.. Planície: deputados que sentavam nas cadeiras do meio.Indefinidos.. Jacobinos: advogados, pequenos empresários, jornalistas,professores, médicos e homens comuns do povo. Defendiam osdireitos da gente mais simples.
  5. 5. - FASES DA REVOLUÇÃO. Revolta Aristocrática: 1º e 2º Estados não querem pagarimpostos.. Assembléia Nacional Constituinte: formada pela burguesia,rebelou-se contra o rei. Formação da Guarda Nacional. Tomadada Bastilha, em 14/07/1789. Aboliu o regime feudal e acaboucom os privilégios da nobreza e do clero. Elaborou a DeclaraçãoUniversal dos Direitos do Homem e do Cidadão, baseada nolema “ Igualdade, Liberdade e Fraternidade”
  6. 6. - Monarquia Constitucional (1791): Luis XVI finge aceitar aconstituição mas trama com a Áustria uma invasão daFrança. Preso, é levado para Paris. A população pobre deParis inicia uma onda de linchamentos de nobres, “osmassacres de setembro”.- Convenção Nacional (1792): início da república jacobina(liderada por Robespierre e Saint-Just) e do “período doterror”. Pelo menos 40 mil pessoas foram executadas, entreelas o próprio rei e a rainha. Embora cruel, a ação foifundamental para tornar a Revolução irreversível.- Luis XVI foi guilhotinado em janeiro de 1793 sob a acusaçãode conspirar contra a liberdade da nação e a segurança geraldo Estado.
  7. 7. - Diretório (1795-1799): fim da república jacobina.Elaboração de nova Constituição. Controle do Diretório(cinco membros eleitos pelo legislativo). Objetivo: afirmaro controle político da alta burguesia sobre o país.- Surgimento de Napoleão Bonaparte, que, após o Golpede 18 de Brumário (10/11/1799), inicia o Consulado e,posteriormente o Império.
  8. 8. • Não deve ser visto como parte da Revolução Francesa, massim conseqüência direta dela.• Momento de triunfo e consolidação da burguesia no poder.• Napoleão sepultou as duas ameaças que ainda pairavamsobre a burguesia: a reação absolutista e o radicalismojacobino.• O período Napoleônico (1799-1815) é dividido em três fases:Consulado, Império e Governo dos Cem Ddias.• Áustria, Rússia e Prússia, foram sucessivamente derrotadaspor Napoleão.
  9. 9. • O Consulado inicia com o Golpe de 18 de Brumário.• Durante o Império, Napoleão tenta conquistar a Inglaterra,militarmente. Não conseguiu.• Decretação do Bloqueio Continental.• A corte portuguesa, protegida pela marinha inglesa, foge parao Brasil.• A Rússia, que resolveu romper o bloqueio, foi invadida porNapoleão. Puro desastre. O inverno russo praticamentederrotou Napoleão.• Derrotado, Napoleão foi exilado na Ilha de Elba.• Fugiu de Elba e voltou à França, iniciando o Governo dos CemDias.• Derrotado em Waterloo, na Bélgica, foi exilado na Ilha deSanta Helena, onde morreu, em 1821.
  10. 10. • O CONGRESSO DE VIENA- O objetivo era restabelecer o equilíbrio político do continenteeuropeu.- Ideologicamente, o Congresso de Viena estabeleceu oPrincípio da Legitimidade, que definia que as antigas casasmonárquicas deveriam ser restauradas, começando pelaprópria França, e as antigas fronteiras deveriam serrespeitadas, uma vez que Napoleão tinha mexido em todas.
  11. 11. • Expansão da Revolução Industrial, consolidando ocapitalismo.• Inovações tecnológicas: petróleo, eletricidade e o açoaposentaram o carvão, o vapor e o ferro.• O avanço passou a exigir maiores quantidades de matérias-primas e uma quantidade cada vez maior de mercadosconsumidores.• Também chamada de neocolonialismo, o imperialismoeuropeu do século XIX foi uma espécie de corrida daspotências industrializadas da Europa, em direção à África eÁsia, buscando:
  12. 12. - novos mercados consumidores para manter o crescimento daprodução.- novas áreas fornecedoras de matéria-prima, já escassa naEuropa.- novas áreas de investimento para capitais excedentes e parafixação de excedentes populacionais.
  13. 13. • Não foi respeitado o modelo político, econômico, social ecultural dos povos das áreas atingidas.• Ainda hoje, em algumas áreas, principalmente da África,ainda ocorrem conflitos militares, como resultado da práticadessa política.
  14. 14. • Foi uma das conseqüências do neocolonialismo.• Rivalidades econômicas: Alemanha x Inglaterra• Disputas coloniais: Inglaterra x Alemanha• Disputas pelo controle dos Bálcãs: Áustria x Rússia• Revanchismo francês: França x Alemanha• ALIANÇAS MILITARES:- Tríplice Aliança: Alemanha, Áustria, Itália.- Tríplice Entente: Inglaterra, França, Rússia.
  15. 15. • RESULTADOS- Assinatura do Tratado de Versalhes.- Criação da Liga das Nações.- Crescimento Econômico dos EUA e Japão.
  16. 16. • Crise de superprodução, iniciando pelos EUA.REPERCUSSÕES:- Nos EUA, desemprego, fome, inflação, queda da bolsa devalores de Nova York.- Na América Latina, interrupção das exportações.- No Brasil, grave crise no setor cafeeiro.- Na Europa, comprometimento da política e economia.- Abriu espaço para o crescimento dos Regimes Nazi-Fascistas.
  17. 17. • Ditaduras violentas, que encontraram forças na CriseCapitalista de 1929 para crescer.• Suas principais características são:- anti-comunista- antiliberal- totalitário (Estado Total)- militarista- conservador- nacionalista- racista
  18. 18. • PRINCIPAIS REGIMES- Fascismo: criado por Benito Mussolini, na Itália.- Nazismo : criado por Adolf Hitler, na Alemanha.- Franquismo: criado pelo General Franco, na Espanha.- Salazarismo: criado por Oliveira Salazar, em Portugal.
  19. 19. • Reação ao Tratado de Versalhes.• Ascensão dos regimes fascistas.• Formação dos Países do Eixo: Alemanha, Itália, Japão.• Situações remanescentes da 1ª Guerra.• Estopim: Alemanha invade a Polônia (01/09/1939)• 1941: Japão ataca Pearl Harbor: EUA na guerra.• Maio de 1945: rendição alemã: fim da guerra na Europa.• Setembro de 1945: rendição japonesa: fim efetivo.
  20. 20. • RESULTADOS- Divisão da Alemanha- Criação da ONU- Guerra Fria
  21. 21. • Plano Marshal• Otan• Pacto de Varsóvia• Corrida armamentista e espacial• Mundo bi-polar

×