SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 65
GRUPO ESPÍRITA CHICO XAVIER
ROTEIRO 5
MOISÉS,
O MENSAGEIRO DA
1ª. REVELAÇÃO
EXPOSITOR: JBMAIDA MAR/2013
 OBJETIVOS
 1 - ESCLARECER EM
LINHAS GERAIS, A
MISSÃO DESEMPENHADA
POR MOISÉS
 2 - JUSTIFICAR A
IMPORTÂNCIA DO
DECÁLOGO PARA A
HUMANIDADE
 IDÉIAS PRINCIPAIS PARA
O DESENVOLVIMENTO DO
NOSSO ROTEIRO
 A) MOISÉS – JUDEU CRIADO
NA CASA REAL DO FARAÓ,
QUE AOS 40 ANOS
AGREDIU UM EGÍPCIO QUE
MALTRATOU UM JUDEU,
FUGINDO PARA O
DESERTO.
 B) HÁ DUAS PARTES NA LEI
MOISAICA: - LEI DE DEUS -
INVARIÁVEL, PROMULGADA NO
MONTE SINAI E - LEI CIVIL OU
DISCIPLINAR - VARIÁVEL,
DECRETADA POR MOISÉS, QUE
SE MODIFICA COM O TEMPO
 C) MOISÉS FOI INSPIRADO A
REUNIR TODOS OS ELEMENTOS
PARA DIVULGAR O MONOTEÍSMO
E ESTABELECER O DECÁLOGO
SOB INSPIRAÇÃO DIVINA
 1 - INFORMAÇÕES HISTÓRICAS
 A BÍBLIA DIZ QUE ABRAÃO
TEVE 2 FILHOS ISAAC (ESPOSA
SARAH) E ISMAEL (ESCRAVA
HAGAR)
 ISAAC LEGÍTIMO HERDEIRO
CASOU-SE COM REBECA E TEVE
DOIS FILHOS ESAÚ E JACÓ
 JACÓ GANHOU A PROGENITURA
DE ESAÚ EM TROCA DE UM
PRATO DE LENTILHAS
 JACÓ CASOU-SE COM
RAQUEL E TEVE DOIS
FILHOS: JOSÉ E BENJAMIM.
 JACÓ TEVE MAIS 5 FILHOS
COM LIA IRMÃ DE RAQUEL,
COM QUEM HAVIA SE
CASADO ANTERIORMENTE.
 TEVE AINDA MAIS 5
FILHOS COM ESCRAVAS
(GÊNESIS, 35: 23-26)
 OS HEBREUS DESCENDENTES
DE JACÓ, CHAMAVAM-SE DE
FILHOS DE ISRAEL OU
ISRAELITAS E FORMARAM AS
DOZE TRIBOS DE ISRAEL.
 OS IRMÃOS DE JOSÉ,
VENDERAM-NO COMO ESCRAVO
AO FARÃO EGÍPCIO.
 SUA RAZÃO, SABEDORIA E
INFLUÊNCIA, LEVARAM-NO A
SER VICE-REI DO EGITO
 A FOME ABATEU-SE ENTRE OS
JUDEUS
 FORAM VIVER NO EGITO -
INCLUSIVE OS IRMÃOS DE
JOSÉ.
 A INFLUÊNCIA DE JOSÉ, FEZ
COM QUE OS HEBREUS SE
TORNASSEM NUMEROSOS NO
EGITO
 HOUVE ENTÃO UMA TROCA
DE FARAÕS NO EGITO ...
 O NOVO FARAÓ TEMENDO QUE
OS HEBREUS SE TORNASSEM
DEMASIADAMENTE PODEROSOS,
COMO ESTAVA ACONTECENDO ...
 TORNOU TODOS OS HEBREUS,
ESCRAVOS DO EGITO (ATOS DOS
APÓSTOLOS, 7: 11 – 18)
 O POVO HEBREU ESTEVE
CATIVO POR 400 ANOS,
OPRIMIDO POR PENOSOS
TRABALHOS DE CONSTRUÇÃO E
CULTIVO DE CEREAIS
 MAIS TARDE, O FARAÓ
DETERMINOU QUE SE
LANÇASSEM AO NILO, TODOS ...
 OS MENINOS HEBREUS RECÉM-
NASCIDOS PARA QUE NÃO SE
MANTIVESSE A PROGENITURA
RACIAL JUDAICA (ÊXODO, 1: 15-22 E
ATOS DOS APÓSTOLOS, 7)
 UMA DAS MÃES ISRAELITAS, DA
CASA DE LEVI (UM DOS FILHOS
DE JACÓ), TEVE UM FILHO, E O
ESCONDEU POR 3 MESES
 NÃO CONSEGUINDO MANTÊ-LO
OCULTO, TOMOU UM CESTO
DE JUNCO BETUMADO, COM
RESINA E PEZ
 COLOCOU O MENINO DENTRO
E DEIXOU O CESTO BOIAR
ENTRE OS CANAVIAIS À
MARGEM DO RIO NILO
 A IRMÃ DO MENINO
CONSERVOU-SE ESCONDIDA À
DISTÂNCIA PARA VER O QUE
OCORRERIA ...
 A FILHA DO FARAÓ VENDO O
CESTO BOIANDO ENTRE O
CANAVIAL NA MARGEM DO RIO,
 MANDOU UMA CRIADA PEGÁ-LO
 VIU O MENINO CHORANDO,
FICOU COM PENA, MAS
PERCEBEU QUE ERA UM
MENINO HEBREU ...
 A IRMÃ DO MENINO SEM
IDENTIFICAR-SE APROXIMOU E
PERGUNTOU?
 QUEREIS QUE EU VÁ CHAMAR
UMA MULHER ISRAELITA PARA
AMAMENTAR O MENINO?
 COM A CONCORDÂNCIA DA
FILHA DO FARAÓ, A IRMÃ DO
MENINO, FOI CHAMAR A
PRÓPRIA MÃE
 A MÃE ACOMPANHOU DE
PERTO A EDUCAÇÃO DE
MOISÉS, SEM REVELAR O
PARENTESCO.
 O NOME DE MOISÉS FOI DADO
PELA MÃE ADOTIVA, PORQUE
DAS ÁGUAS O TINHA TIRADO
(ÊXODO, 2:1-10)
 MOISÉS JUDEU DE NASCIMENTO
FOI EDUCAÇÃO POR UMA
EGÍPCIA DA CASA REAL
 MOISÉS COM 40 ANOS DE
IDADE, NÃO SUPORTAVA MAIS
VER A AFLIÇÃO DOS
ISRAELITAS, ESCRAVOS DO REI
EGÍPCIO.
 CERTA VEZ MOISÉS VENDO UM
JUDEU SENDO MALTRATADO,
FERIU PROFUNDAMENTE O
EGÍPCIO.
 FOI ENTÃO SENTENCIADO À
MORTE PELO FARAÓ.
 MOISÉS FUGIU PARA MIDIAN OU
MADIAN, PASSANDO A VIVER
COM A FAMÍLIA DO SACERDOTE
JETRO
 MOISÉS CASA-SE COM ZÍPORA,
UMA DAS 6 FILHAS DO
SACERDOTE
 MOISÉS TEVE COM ZÍPORA
OS FILHOS GERSON E
ELIESER
 NA SOLIDÃO DO DESERTO,
CUIDANDO DE OVELHAS,
MOISÉS MEDITAVA EM TUDO
QUE LHE TINHA OCORRIDO
 ELABOROU UM PLANO, QUE
NO FUTURO SERVIRIA DE
BASE PARA A CONSTITUIÇÃO
DA FÉ JUDAICA.
 NA SUA MEDITAÇÃO MOISÉS
PERCEBEU QUE OS DEUSES
EGÍPCIOS NÃO AJUDARIAM OS
HEBREUS
 PERCEBEU TAMBÉN, QUE OS
DESCENDENTES DE JACÓ OU
JACOB, ADORAVAM ÍDOLOS
CASEIROS, DEUSES DA
NATUREZA, TOTENS, ETC.
 POR INSPIRAÇÃO MOISÉS
CONCLUIU QUE SÓ EXISTE UM
ÚNICO DEUS!
 MOISÉS CHEGOU
ENTÃO À MESMA
CONCLUSÃO QUE O
FARAÓ AMENOTEP IV
CHEGÁRA E PREGOU
UM SÉCULO ANTES
 O DEUS ÚNICO DE
AMENOTEP ERA O SOL
(ATHEN OU ATHON)
 2 - MOISÉS: O
MENSAGEIRO DA PRIMEIRA
REVELAÇÃO DIVINA
 MOISÉS PELO DESERTO COM
SUAS OVELHAS, JUNTO A
CADEIA DE MONTANHAS
HOREB, PERTO DO MONTE
SINAI, VIU UM ANJO QUE
SURGIU NUMA CHAMA DE FOGO
DENTRO DE UMA SARÇA. O
FOGO QUEIMAVA MAS A
PLANTA NÃO SE CONSUMIA
 O ANJO LHE DISSE:
 “ MOISÉS, MOISÉS, EU SOU O
DEUS DE TEU PAI, O DEUS DE
ABRAÃO, O DEUS DE ISAAC E
O DEUS DE JACOB.
 VI AFLIÇÃO DO MEU POVO
QUE ESTÁ NO EGITO, E OUVI
O SEU CLAMOR.
 VOCÊ TIRARÁ O MEU POVO,
OS FILHOS DE ISRAEL DO
EGITO. ... (ÊXODO, 3: 1-22)
 ENTÃO DISSE MOISÉS A DEUS:
 QUEM SOU EU PARA IR AO
FARAÓ E TIRAR DO EGITO OS
FILHOS DE ISRAEL?
 “DEUS” LHE RESPONDEU:
 EU SERE CONTIGO; E ESTE
SERÁ O SINAL DE QUE EU TE
ENVIEI.
 DEPOIS DE HAVER TIRADO O
POVO O EGITO, SERVIREIS A
DEUS NESTE MONTE (ÊXODO, 3: 1-22)
 A TRADIÇÃO JUDAICA DIZ QUE
MOISÉS “RECEBEU PODERES”
PARA QUE JUNTO COM SEU
IRMÃO AARÃO PUDESSE
RESGATAR OS JUDEUS DO EGITO.
 APÓS ÁRDUAS LUTAS
ENTREMEADAS COM A
INTRANSIGÊNCIA DO FARAÓ E
COM AS MANIFESTAÇÕES DA
PRODIGIOSA MEDIUNIDADE DE
MOISÉS QUE CULMINARAM COM
ÀS 10 PRAGAS:
 - TRANSFORMAÇÃO DA ÁGUA DOS
RESERVATÓRIOS NATURAIS EM
SANGUE
 - INVASÃO DAS RÃS
 - DISSEMINAÇÃO DE PIOLHOS
 - INVASÃO DE ENXAMES DE
MOSCA
 - PESTES NOS ANIMAIS
 - ÚLCERAS E TUMORES NOS
HOMENS E ANIMAIS
 - CHUVA DE PEDRAS
 (ÊXODO, 4: 14)
 - INVASÃO DE
GAFANHOTOS
 - SURGIMENTO DAS
TREVAS, TRANSFORMANDO
O DIA EM NOITE
 - CONDENAÇÃO À MORTE
DE TODOS OS FILHOS
PRIMOGÊNITOS
EGIPCIOS, INCLUSIVE O
FILHO DO FARAÓ (ÊXODO, 4: 14)
 OS EXÉRCITOS DO FARAÓ
NUMA ÚLTIMA TENTATIVA
PROCURA MANTER OS
JUDEUS PRISIONEIROS,
 PORÉM, MOISÉS CONSEGUE
COM SUA MEDIUNIDADE
PRODIGIOSA, ABRIR
CAMINHO NAS ÁGUAS DO
MAR VERMELHO, SALVANDO-
OS EM DEFINITIVO DO
CATIVEIRO
 SEGUNDO AS TRADIÇÕES
DO JUDAISMO, MOÍSÉS
CONDUZIU SEU POVO
PELO DESERTO,
 DURANTE 40 ANOS
ANTES DE LOCALIZAREM
CANAÃ, A TERRA
PROMETIDA POR DEUS A
ABRAÃO.
 A VIDA DOS JUDEUS FOI
DURA, REPLETA DE PEQUENOS
E GRANDES OBSTÁCULOS,
ANTES QUE
 SE ORGANIZASSEM COMO
NAÇÃO E DE SE UNIREM EM
TORNO DE UMA ÚNICA
RELIGIÃO, QUE
 FOI FUNDADA APÓS O
RECEBIMENTO DO DECÁLOGO
OU DEZ MANDAMENTOS (ÊXODO, 16: 4-5)
 COMO É QUE MOISÉS
CONSEGUIU ALIMENTOS PARA
ESTES 600.000 JUDEUS?
 ATRAVÉS DO MANÁ “ QUE
CAIA DOS CÉUS”.
 AS ÁRVORES DE TAMARISCO,
QUE É ENCONTRADO NO
DESERTO DO SINAI, PRODUZEM
PEQUENAS GOTAS BRANCAS DE
SEIVA, QUE CRESCE NOS RAMOS
DESTAS ARVORES, DURANTE A
ESTAÇÃO DAS CHUVAS.
 DESPRENDEM-SE DURANTE A
NOITE FRIA DO DESERTO
FORRANDO O CHÃO COM
GRÃOS SEMELHANTES À
PÉROLAS.
 APÓS SER COZIDO SE
TRANSFORMA NUM LÍQUIDO
ADOCICADO SEMELHANTE AO
MEL MUITO APRECIADO PELOS
BEDUÍNOS, QUE O
DENOMINAM MANÁ.
 NESTE LUGAR SEM ÁGUA COMO
SACIAR A SEDE DESTE POVO?
 MOISÉS ROGA A DEUS AJUDA
PARA ACHAR ÁGUA.
 MEDIUNICAMENTE É
ORIENTADO A “FERIR” A PEDRA
NO MONTE HOREB COM O
MESMO CAJADO QUE HAVIA
TOCADO NO RIO NILO E ASSIM
FEZ,
 A ÁGUA JORROU JORRANDO
IMEDIATAMENTE,
 EM CERTA OCASIÃO NO PASSADO,
SEGUINDO AS INSTRUÇÕES DO
SENHOR, MOISÉS BATEU NA
ROCHA E ELA VERTEU ÁGUA (ÊX 17:5, 6).
 AQUELE ATO SIMBOLIZAVA
CRISTO, A “ROCHA ESPIRITUAL
QUE OS ACOMPANHAVA” (1CO 10:4).
 ESSA ROCHA FOI FERIDA APENAS
UMA ÚNICA VEZ. ELE NUNCA MAIS
SOFRERÁ NOVAMENTE PARA NOS
DAR A ÁGUA VIVA DA SUA
SALVAÇÃO
 SEGUNDO A TRADIÇÃO, NO
TERCEIRO MÊS APÓS A SAIDA DO
EGITO, OS ISRAELITAS ARMARAM
SUAS TENDAS AO PÉ DO MONTE
SINAI E MOISÉS SUBIU AO CUME,
ONDE O SENHOR LHE DISSE:
 “MANDA QUE LAVEM AS VESTES
E ESTEJAM PRONTOS PARA O
TERCEIRO DIA.
 NESSE DIA, QUANDO SOAR A
TROMBETA, QUE TODOS SE
APROXIMEM DO MONTE”.
 NA MADRUGADA DO 3º.
DIA, HOUVE TROVÕES E
RELÂMPAGOS E UMA ESPESSA
NUVEM ENVOLVEU O MONTE
SINAI.
 OUVIU-SE O SOM ESTRIDENTE DE
TROMBETAS
 TODOS SE ATEMORIZARAM E
DEUS ATRAVÉS DE MOISÉS
PROMULGOU O DECÁLOGO
ESCRITO EM DUAS PRANCHAS DE
PEDRA. (ÊXODO, 19: 20: 1-21 E
DEUTERONÔMIO, 5: 6-21)
TELA DE
REMBRANDT
 ALLAN KARDEC - ESSE - CAP
1º. DIZ:
 A LEI DE MOISÉS OU LEI
MOISAICA FOI CONSTITUÍDA DE
DUAS PARTES DISTINTAS:
 1 - LEI DE DEUS -
DECÁLOGO - INVARIÁVEL
 2 - LEI CIVIL OU DISCIPLINAR
- APROPRIADA AOS COSTUMES E
AO CARÁTER DO POVO, E SE
MODIFICA COM O TEMPO
 OS DEZ MANDAMENTOS
 1º. - EU SOU O SENHOR VOSSO
DEUS, QUE VOS TIREI DO
EGITO, DA CASA DA SERVIDÃO.
 NÃO TEREIS, DIANTE DE
MIM, OUTROS DEUSES
ESTRANGEIROS.
 NÃO FAREIS IMAGEM
ESCULPIDA, NEM FIGURA ALGUMA
DO QUE ESTÁ EM CIMA DO
CÉU, NEM EMBAIXO NA TERRA, NEM
DO QUE ESTEJA NAS ÁGUAS SOB A
TERRA.
2º. - NÃO PRONUNCIAREIS EM
VÃO O NOME DO SENHOR
VOSSO DEUS
 3º. - LEMBRAI-VOS DE
SANTIFICAR O DIA DO
SÁBADO
 4º. - HONRAI A VOSSO PAI E A
VOSSA MÃE, A FIM DE
VIVERDES LONGO TEMPO NA
TERRA QUE O SENHOR VOSSO
DEUS VOS DARÁ.
 5º. - NÃO MATEIS
 6º. - NÃO COMETAIS ADULTÉRIO
 7º. - NÃO ROUBEIS
 8º. - NÃO PRESTEIS FALSO
TESTEMUNHO CONTRA O VOSSO
PRÓXIMO
 9º. NÃO DESEJEIS A MULHER DO
VOSSO PRÓXIMO
 10º. - NÃO COBICEIS A CASA DO
VOSSO PRÓXIMO, NEM O SEU
SERVO, NEM A SUA SERVA, NEM O
SEU BOI, NEM O SEU ASNO, NEM
QUALQUER DAS COISAS QUE LHE
PERTENÇAM. E.S.E. CAP. I – ITEM 2
 OS ESPÍRITOS DA CODIFICAÇÃO
ESCLARECEM:
 PELO CARÁTER DIVINO, O
DECÁLOGO É PARA TODOS OS
POVOS E PAÍSES E EM TODOS OS
TEMPOS.
 AS LEIS MOISAICAS FÔRA
ELABORADA PARA UM POVO
TURBULENTO E
INDISCIPLINADO, QUE TINHA QUE
COMBATER ABUSOS E
PRECONCEITOS ARRAIGADOS
ADQUIRIDOS DURANTE A
ESCRAVIDÃO DO EGITO.
 PARA QUE AS LEIS MOISAICAS
TIVESSEM AUTORIDADE E
FOSSEM ACEITAS,
OBRIGATORIAMENTE ELE TEVE
QUE IMPRIMIR NELAS UM
CARÁTER DIVINO.
 SURGE NESTE MOMENTO, A
IDÉIA DE UM DEUS TERRÍVEL
PARA IMPRESSIONAR CRIATURAS
IGNORANTES ONDE O SENSO
MORAL E O SENTIMENTO DE UMA
JUSTIÇA PLENA, ESTAVA AINDA
POUCO DESENVOLVIDOS.
 COM O DECÁLOGO OU
DEZ MANDAMENTOS,
INICIA-SE
VERDADEIRAMENTE A
RELIGIÃO JUDAICA,
ORGANIZADA POR
MOISÉS, FICANDO ENTÃO
ESTABELECIDAS AS
BASES DA TEOCRACIA
DO JUDAISMO.
 O NÍVEL EVOLUTIVO DE
MOISÉS E DE TODOS OS
HABITANTES DA TERRA, NÃO
PERMITE UMA “CONVERSA
DIRETA” COM DEUS.
 EMMANUEL EM O CONSOLADOR,
QUESTÃO 269 DIZ:
 A LEI OU A BASE DA LEI,
NOS DEZ MANDAMENTOS,
 FOI DITADA A MOISÉS PELOS
EMISSÁRIOS DE JESUS,
 TODOS OS MOVIMENTOS DE
EVOLUÇÃO MATERIAL E
ESPIRITUAL NA TERRA, SE
PROCESSARAM , PROCESSAM
E SE PROCESSARÃO SOB O
AUGUSTO E
MISERICORDIOSO
PATROCÍNIO DE JESUS
 É IMPORTANTE DESTACAR
TAMBÉM A QUESTÃO 268
(EMMANUEL - O CONSOLADOR)
 AS SEITAS RELIGIOSAS DE TODOS
OS TEMPOS, PELA INFLUENCIAÇÃO
DOS SEUS SACERDOTES,
 PROCURAM MODIFICAR OS TEXTOS
SAGRADOS
 TODAVIA APESAR DAS
ALTERAÇÕES TRANSITÓRIAS,
 OS 10 MANDAMENTOS VOLTAM
SEMPRE A RESSURGIR NA SUA
PUREZA PRIMITIVA, COMO
 BASE DO DIREITO E
SUSTENTÁCULO DOS CÓDIGOS DA
JUSTIÇA TERRESTRE
 MOISÉS, POSSUIA UMA
MEDIUNIDADE PRODIGIOSA,
DESENVOLVIDA NA INTIMIDADE DO
TEMPLO EGÍPCIO.
 ERA MÉDIUM, LEGISLADOR E
HOMEM.
 SEU ESPÍRITO TINHA MUITO A
EVOLUIR,
 POR ESTE MOTIVO HÁ
DISCREPÂNCIAS ENTRE O QUE
ENSINAVA COM BASE NO
DECÁLOGO E O QUE
EXEMPLIFICAVA.
 EMMANUEL NO LIVRO EMMANUEL –
CAP 2, DIZ:
 A LEGISLAÇÃO DE MOISÉS
ESTÁ CHEIA DE LENDAS E DE
CRUELDADES COMPATÍVEIS
COM A ÉPOCA, MAS
 RETIRADO OS COMENTÁRIOS
FABULOSOS,
 MOISÉS, ERA UM HOMEM
EXTRAORDINÁRIO, REVESTIDOS
DOS MAIS ELEVADOS DOTES
ESPIRITUAIS.
 A SAÍDA DO EGITO É
COMEMORADA COMO SENDO A
PÁSCOA JUDAICA.
 É UMA DAS TRADIÇÕES
PRIMITIVAS MAIS FESTEJADAS,
MAS, SEM
 O CERIMONIAL E A CONCEPÇÃO
EXTREMISTA DO PASSADO.
 ATÉ A MORTE DE MOISÉS, ESTA
FESTA FOI COMANDADA POR
MIRIAM, SUA IRMÃ QUE O TINHA
COLOCADO NO RIO NILO
 COM RELAÇÃO A MOISÉS, DIZ
CHARLES POTTER, NO CAP. 1 DO
LIVRO HISTÓRIA DAS RELIGIÕES:
 MOISÉS POSSUIA UMA
PERSONALIDADE MAGNÉTICA,
DOMINADORA, HÁBIL
MANIPULADOR DAS MASSAS E
GRANDE LÍDER.
 SABIA INCUTIR NAS ALMAS
SUPERSTICIOSAS E IGNORANTES
OS TEMORES ANIMISTAS DE UM
DEUS VINGADOR E ZELOSO.
 ATRAVÉS DA MEDIUNIDADE
ASSOCIADA COM OUTROS
AUXILIARES, ESPECIALMENTE
SEU IRMÃO AARÃO, TINHA
O DOM DA FALA E DO
CONVENCIMENTO.
 FORAM, ENTÃO, FATORES
QUE CONTRIBUIRAM PARA
ORGANIZAR A NAÇÃO E A
RELIGIÃO JUDAICAS.
(NÚMEROS, 12: 1-16 E JUÍZES, 4:11)
 CONTUDO, MOISÉS ERA UM
PRODUTO DO MEIO ONDE FORA
CRIADO EM QUE O
CONHECIMENTO ESPIRITUAL
ERA UTILIZADO PARA OBTER
DOMÍNIO SOBRE AS MENTES
VACILANTES.
 OUTRO COSTUME EGÍPCIO: SUA
INFIDELIDADE CONJUGAL.
INCOMUM ENTRE OS HEBREUS,
MAS DIFUNDIDA ENTRE OS
NÃO HEBREUS. (NÚMEROS, 12: 1-16 E
JUÍZES, 4:11)
 DESENTENDEU-SE INÚMERAS
VEZES COM SUA IRMÃ MIRIAM
A ESTE RESPEITO, POIS É
SABIDO QUE O MISSIONÁRIO
TEVE OUTRAS ESPOSAS ALÉM
DE ZÍPPORAH (ZÍPORA) (NÚMEROS,
12: 1-16 E JUÍZES, 4:11)
 ACREDITA-SE QUE
MOISÉS NO EGITO
TERIA SIDO UM
SACERDOTE DE OSÍRIS
 JULGAVA O RITUAL DA
RELIGIÃO FARAÔNICA MUITO
COMPLICADO
 PARA ELE OS RITUAIS MAIS
SIGNIFICATIVOS ESTAVAM
LIGADOS AOS
NÚMEROS, FAZENDO ENTÃO
SURGIR A CABALA JUDAICA
 ESTE FOI O PONTO INICIAL
DA CISÃO ENTRE MOISÉS E
OS EGÍPCIOS
 MOISÉS ENSINOU A TODOS OS
MISTÉRIOS DA CABALA, MAS
SOB O VÉU DO SIMBOLISMO.
 SOMENTE OS ESPÍRITOS MAIS
ADIANTADOS OU ARGUTOS
CONSEGUIRAM ENTENDÊ-LA.
 ESTA É A RAZÃO POR QUE
MUITOS LIVROS DE MOISÉS,
PODEM PARECER INFANTIS AOS
 QUE DESCONHECEM O LADO
OCULTO DOS ENSINAMENTOS,
TRANSMITIDOS DE FORMA ORAL
 A TRADIÇÃO ORAL DA
CABALA, NÃO É
REPASSADA A QUALQUER
ADEPTO DO JUDAÍSMO.
 É ANTES CONFIADA A 70
DISCÍPULOS ESCOLHIDOS
SEGUNDO AS IDÉIAS
EXISTENTES NO LIVRO
DOS NÚMEROS, 11:16-17 E
25.
 A ESOTÉRICA INICIAÇÃO
JUDAÍCA ACONTECE COM A
COMPREENSÃO DO LIVRO DA
CRIAÇÃO E DO LIVRO DOS
PRINCÍPIOS.
 AMBOS DE LEITURA E
ENTENDIMENTO DIFÍCEIS POIS
A LINGUAGEM ABSTRATA E
INCOMPREENSÍVEL EXIGE A
CHAVE DE INICIAÇÃO QUE É
TRANSMITIDA ORALMENTE.
 MOISÉS TERIA ESCRITO
O LIVRO GÊNESIS EM
HIERÓGLIFOS, EM 3
SENTIDOS DIFERENTES,
CONFIANDO A CHAVE DA
INTERPRETAÇÃO E A
EXPLICAÇÃO DOS
MESMOS, ORALMENTE
AOS SEUS SUCESSORES.
 A CHAVE E AS EXPLICAÇÕES DO
GÊNESIS, ESTARIAM
RELACIONADOS NÃO APENAS AOS
NÚMEROS, MAS
 TAMBÉM À SONORIDADE DA
PRONÚNCIA DAS PALAVRAS, PARA
INDUZIR AO ESTADO DE TRANSE E
LIGAÇÃO COM OS ESPÍRITOS.
 GÊNESIS, NA ÉPOCA DE SALOMÃO
TERIA SIDO TRADUZIDO EM
CARACTERES FENÍCIOS E DEPOIS
ESDRAS O REDIGIU EM
CARACTERES ARIANOS CALDAICOS
 OS TRADUTORES GREGOS
DA BÍBLIA TINHAM
INFORMAÇÃO SUPERFICIAL
DA CHAVE E DAS
EXPLICAÇÕES DE MOISÉS.
 ASSIM ENTÃO, SE PERDEU
PARA OS RELIGIOSOS NÃO-
JUDEUS, O ENTENDIMENTO
ESOTÉRICO DOS
ENSINAMENTOS DE MOISÉS
 EMMANUEL NO LIVRO O CONSOLADOR,
NA QUESTÃO 271, ESCLARECE:
 ATÉ AGORA A HUMANIDADE DA
ERA CRISTÃ, RECEBEU A
GRANDE REVELAÇÃO EM 3
ASPECTOS ESSENCIAIS:
 A MISSÃO DE JUSTIÇA;
 O EVANGELHO - REVELAÇÃO DE
INSUPERÁVEL AMOR; E
 O ESPIRITISMO - CRISTIANISMO
REDIVIVO, TRAZENDO A
SUBLIME TAREFA DA VERDADE
 NO CENTRO DAS TRÊS
REVELAÇÕES ENCONTRA-SE
JESUS-CRISTO COMO
FUNDAMENTO DE TODA LUZ E
SABEDORIA
 COM AMOR A LEI MANIFESTOU-
SE NA TERRA EM SEU
ESPLENDOR MÁXIMO
 A JUSTIÇA E A VERDADE NADA
MAIS SÃO QUE OS
INSTRUMENTOS DIVINOS DE SUA
EXTERIORIZAÇÃO.- O CORDEIRO
DE DEUS
 A JUSTIÇA
APLAINOU OS
CAMINHOS
 E A VERDADE
CONSEGUINTEMENTE
 ESCLARECE OS SEUS
DIVINOS
ENSINAMENTOS
F
I
M
GRUPO ESPÍRITO CHICO XAVIER
EXPOSITOR: JBMAIDA MARÇO-2013

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Consolador prometido
Consolador prometidoConsolador prometido
Consolador prometidoGraça Maciel
 
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espíritaMaria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espíritaFábio Paiva
 
Os trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o Espiritismo
Os trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o EspiritismoOs trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o Espiritismo
Os trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o Espiritismocarlos freire
 
Evangeliza - A Vida Futura
Evangeliza - A Vida FuturaEvangeliza - A Vida Futura
Evangeliza - A Vida FuturaAntonino Silva
 
Meu reino nao e desse mundoi
Meu reino nao e desse mundoiMeu reino nao e desse mundoi
Meu reino nao e desse mundoiVanda Machado
 
Estranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIIIEstranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIIIgrupodepaisceb
 
Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...
Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...
Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...Denise Tofoli
 
As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho Fatima Carvalho
 

Mais procurados (20)

Fé humana e fé divina!
Fé humana e fé divina!Fé humana e fé divina!
Fé humana e fé divina!
 
Evangeliza - O dever
Evangeliza - O deverEvangeliza - O dever
Evangeliza - O dever
 
A dor na nossa evolução
A dor na nossa evoluçãoA dor na nossa evolução
A dor na nossa evolução
 
Meu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundoMeu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundo
 
Allan Kardec
Allan KardecAllan Kardec
Allan Kardec
 
Consolador prometido
Consolador prometidoConsolador prometido
Consolador prometido
 
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espíritaMaria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
Maria, Mãe de Jesus - um olhar espírita
 
Os trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o Espiritismo
Os trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o EspiritismoOs trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o Espiritismo
Os trabalhadores da ultima hora - Evangelho Segundo o Espiritismo
 
Fé pela ótica espírita
Fé pela ótica espíritaFé pela ótica espírita
Fé pela ótica espírita
 
Evangeliza - A Vida Futura
Evangeliza - A Vida FuturaEvangeliza - A Vida Futura
Evangeliza - A Vida Futura
 
Mundos de Regeneração
Mundos de RegeneraçãoMundos de Regeneração
Mundos de Regeneração
 
Meu reino nao e desse mundoi
Meu reino nao e desse mundoiMeu reino nao e desse mundoi
Meu reino nao e desse mundoi
 
Estranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIIIEstranha moral ESE Cap XXIII
Estranha moral ESE Cap XXIII
 
Ser espírita
Ser espíritaSer espírita
Ser espírita
 
Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...
Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...
Esboço do livro A Gênese - curso básico espiritismo - Escola Aprendizes do Ev...
 
FéFé
 
As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho As mulheres no evangelho
As mulheres no evangelho
 
Eae aula 1 - inaugural - eae
Eae   aula 1 - inaugural - eaeEae   aula 1 - inaugural - eae
Eae aula 1 - inaugural - eae
 
Vida no plano espíritual
Vida no plano espíritualVida no plano espíritual
Vida no plano espíritual
 
O CONSOLADOR PROMETIDO
O CONSOLADOR PROMETIDOO CONSOLADOR PROMETIDO
O CONSOLADOR PROMETIDO
 

Destaque

Aula Moises os 10 mandamentos
Aula Moises os 10 mandamentosAula Moises os 10 mandamentos
Aula Moises os 10 mandamentossolya
 
Estudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e Espiritismo
Estudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e EspiritismoEstudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e Espiritismo
Estudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e Espiritismo. Sobrenome
 
4. El Curso de Moisés Parte I - El Éxodo
4. El Curso de Moisés Parte I - El Éxodo4. El Curso de Moisés Parte I - El Éxodo
4. El Curso de Moisés Parte I - El ÉxodoMercedes González
 
Aula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmo
Aula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmoAula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmo
Aula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmoJoyAlbanez
 
5. Curso de Moisés - Parte II - Vida en el desierto y significado
5. Curso de Moisés - Parte II - Vida en el desierto y significado5. Curso de Moisés - Parte II - Vida en el desierto y significado
5. Curso de Moisés - Parte II - Vida en el desierto y significadoMercedes González
 
Moisesesuamissaooshebreusnaterraprometida
MoisesesuamissaooshebreusnaterraprometidaMoisesesuamissaooshebreusnaterraprometida
MoisesesuamissaooshebreusnaterraprometidaNewton Cheberle
 
CONF. EXODO 13:1-22. (EX. No. 13). LA CONSAGRACION DE LOS PRIMOGENITOS Y EL V...
CONF. EXODO 13:1-22. (EX. No. 13). LA CONSAGRACION DE LOS PRIMOGENITOS Y EL V...CONF. EXODO 13:1-22. (EX. No. 13). LA CONSAGRACION DE LOS PRIMOGENITOS Y EL V...
CONF. EXODO 13:1-22. (EX. No. 13). LA CONSAGRACION DE LOS PRIMOGENITOS Y EL V...CPV
 
Não vim destruir a lei
Não vim destruir a leiNão vim destruir a lei
Não vim destruir a leiGraça Maciel
 
Moisés e sua missão - os hebreus na terra prometida n.7
Moisés e sua missão - os hebreus na terra prometida n.7Moisés e sua missão - os hebreus na terra prometida n.7
Moisés e sua missão - os hebreus na terra prometida n.7Graça Maciel
 
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e leiCapítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e leiEduardo Ottonelli Pithan
 

Destaque (15)

ALLAN KARDEC, JESUS E OS EVANGELHOS
ALLAN KARDEC, JESUS E OS EVANGELHOSALLAN KARDEC, JESUS E OS EVANGELHOS
ALLAN KARDEC, JESUS E OS EVANGELHOS
 
Os 10 mandamentos
Os 10 mandamentosOs 10 mandamentos
Os 10 mandamentos
 
Aula Moises os 10 mandamentos
Aula Moises os 10 mandamentosAula Moises os 10 mandamentos
Aula Moises os 10 mandamentos
 
Estudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e Espiritismo
Estudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e EspiritismoEstudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e Espiritismo
Estudo Aprofundado Da Doutrina Espírita - Livro I - Cristianismo e Espiritismo
 
4. El Curso de Moisés Parte I - El Éxodo
4. El Curso de Moisés Parte I - El Éxodo4. El Curso de Moisés Parte I - El Éxodo
4. El Curso de Moisés Parte I - El Éxodo
 
Aula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmo
Aula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmoAula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmo
Aula 5-eade-tomo-i-roteiro-4-judaísmo
 
Aula Moisés (1ª Revelação)
Aula Moisés (1ª Revelação)Aula Moisés (1ª Revelação)
Aula Moisés (1ª Revelação)
 
Exodo detalhado
Exodo detalhadoExodo detalhado
Exodo detalhado
 
5. Curso de Moisés - Parte II - Vida en el desierto y significado
5. Curso de Moisés - Parte II - Vida en el desierto y significado5. Curso de Moisés - Parte II - Vida en el desierto y significado
5. Curso de Moisés - Parte II - Vida en el desierto y significado
 
Moisesesuamissaooshebreusnaterraprometida
MoisesesuamissaooshebreusnaterraprometidaMoisesesuamissaooshebreusnaterraprometida
Moisesesuamissaooshebreusnaterraprometida
 
CONF. EXODO 13:1-22. (EX. No. 13). LA CONSAGRACION DE LOS PRIMOGENITOS Y EL V...
CONF. EXODO 13:1-22. (EX. No. 13). LA CONSAGRACION DE LOS PRIMOGENITOS Y EL V...CONF. EXODO 13:1-22. (EX. No. 13). LA CONSAGRACION DE LOS PRIMOGENITOS Y EL V...
CONF. EXODO 13:1-22. (EX. No. 13). LA CONSAGRACION DE LOS PRIMOGENITOS Y EL V...
 
O legado de Moisés
O legado de MoisésO legado de Moisés
O legado de Moisés
 
Não vim destruir a lei
Não vim destruir a leiNão vim destruir a lei
Não vim destruir a lei
 
Moisés e sua missão - os hebreus na terra prometida n.7
Moisés e sua missão - os hebreus na terra prometida n.7Moisés e sua missão - os hebreus na terra prometida n.7
Moisés e sua missão - os hebreus na terra prometida n.7
 
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e leiCapítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
Capítulo 1 do Evangelho Segundo o Espiritsmo - Não vim destruir e lei
 

Semelhante a Aula 6-eade-tomo-i-roteiro-5-moisés-mensageiro-da-1ª-revelação

O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.comO Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.comleitemel
 
Estudos para sua edificação
Estudos para sua edificaçãoEstudos para sua edificação
Estudos para sua edificaçãorobert_matias
 
Estudo sobre cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreiro
Estudo sobre  cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreiroEstudo sobre  cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreiro
Estudo sobre cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreirorobert_matias
 
Seminario Sagrada Escritura.pptx
Seminario Sagrada Escritura.pptxSeminario Sagrada Escritura.pptx
Seminario Sagrada Escritura.pptxEuripedesNeto3
 
Cronologia biblica-genesis-e-exodo-2
Cronologia biblica-genesis-e-exodo-2Cronologia biblica-genesis-e-exodo-2
Cronologia biblica-genesis-e-exodo-2JeffersonTEspritoSan
 
5 panorama do at - exodo e numeros-francisco-ebd
5   panorama do at - exodo e numeros-francisco-ebd5   panorama do at - exodo e numeros-francisco-ebd
5 panorama do at - exodo e numeros-francisco-ebdPIB Penha
 
21 oséias, joel e amós
21 oséias, joel e amós21 oséias, joel e amós
21 oséias, joel e amósPIB Penha
 
6 exodo 1 12
6 exodo 1 126 exodo 1 12
6 exodo 1 12PIB Penha
 
7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx
7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx
7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptxPIB Penha - SP
 
A parábola da rede
A parábola da rede A parábola da rede
A parábola da rede dyhorrano
 
Aliança de deus com o homem
Aliança de deus com o homemAliança de deus com o homem
Aliança de deus com o homemSANTOS SANTOS
 
Israel: Do cativeiro ao êxodo
Israel: Do cativeiro ao êxodoIsrael: Do cativeiro ao êxodo
Israel: Do cativeiro ao êxodoDaladier Lima
 
Aula 9-eade-i-ii-roteiro-3-joao-batista-o-precursor
Aula 9-eade-i-ii-roteiro-3-joao-batista-o-precursorAula 9-eade-i-ii-roteiro-3-joao-batista-o-precursor
Aula 9-eade-i-ii-roteiro-3-joao-batista-o-precursorJoyAlbanez
 
IBADEP MÉDIO - HIESTÓRIA DE ISRAEL AULA 2
IBADEP MÉDIO - HIESTÓRIA DE ISRAEL  AULA 2IBADEP MÉDIO - HIESTÓRIA DE ISRAEL  AULA 2
IBADEP MÉDIO - HIESTÓRIA DE ISRAEL AULA 2Rubens Sohn
 
As profecias de daniel
As profecias de danielAs profecias de daniel
As profecias de danielrogeriodjeid
 
As profecias de daniel
As profecias de danielAs profecias de daniel
As profecias de danieldjeid
 

Semelhante a Aula 6-eade-tomo-i-roteiro-5-moisés-mensageiro-da-1ª-revelação (20)

O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.comO Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
 
Estudos para sua edificação
Estudos para sua edificaçãoEstudos para sua edificação
Estudos para sua edificação
 
Estudo sobre cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreiro
Estudo sobre  cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreiroEstudo sobre  cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreiro
Estudo sobre cinco grande perigos na vida de um verdadeiro obreiro
 
Seminario Sagrada Escritura.pptx
Seminario Sagrada Escritura.pptxSeminario Sagrada Escritura.pptx
Seminario Sagrada Escritura.pptx
 
Cronologia biblica-genesis-e-exodo-2
Cronologia biblica-genesis-e-exodo-2Cronologia biblica-genesis-e-exodo-2
Cronologia biblica-genesis-e-exodo-2
 
5 panorama do at - exodo e numeros-francisco-ebd
5   panorama do at - exodo e numeros-francisco-ebd5   panorama do at - exodo e numeros-francisco-ebd
5 panorama do at - exodo e numeros-francisco-ebd
 
21 oséias, joel e amós
21 oséias, joel e amós21 oséias, joel e amós
21 oséias, joel e amós
 
2 isaias
2    isaias2    isaias
2 isaias
 
6 exodo 1 12
6 exodo 1 126 exodo 1 12
6 exodo 1 12
 
7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx
7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx
7 Exodo 1-12 PUBLICAR.pptx
 
A Bíblia
A BíbliaA Bíblia
A Bíblia
 
Lição 10
Lição 10Lição 10
Lição 10
 
A parábola da rede
A parábola da rede A parábola da rede
A parábola da rede
 
2 exodo
2 exodo2 exodo
2 exodo
 
Aliança de deus com o homem
Aliança de deus com o homemAliança de deus com o homem
Aliança de deus com o homem
 
Israel: Do cativeiro ao êxodo
Israel: Do cativeiro ao êxodoIsrael: Do cativeiro ao êxodo
Israel: Do cativeiro ao êxodo
 
Aula 9-eade-i-ii-roteiro-3-joao-batista-o-precursor
Aula 9-eade-i-ii-roteiro-3-joao-batista-o-precursorAula 9-eade-i-ii-roteiro-3-joao-batista-o-precursor
Aula 9-eade-i-ii-roteiro-3-joao-batista-o-precursor
 
IBADEP MÉDIO - HIESTÓRIA DE ISRAEL AULA 2
IBADEP MÉDIO - HIESTÓRIA DE ISRAEL  AULA 2IBADEP MÉDIO - HIESTÓRIA DE ISRAEL  AULA 2
IBADEP MÉDIO - HIESTÓRIA DE ISRAEL AULA 2
 
As profecias de daniel
As profecias de danielAs profecias de daniel
As profecias de daniel
 
As profecias de daniel
As profecias de danielAs profecias de daniel
As profecias de daniel
 

Mais de JoyAlbanez

As moleculas-da-agua
As moleculas-da-aguaAs moleculas-da-agua
As moleculas-da-aguaJoyAlbanez
 
Eade i-ii-16-estêvão-o-primeiro-mártir-do-cristianismo
Eade i-ii-16-estêvão-o-primeiro-mártir-do-cristianismoEade i-ii-16-estêvão-o-primeiro-mártir-do-cristianismo
Eade i-ii-16-estêvão-o-primeiro-mártir-do-cristianismoJoyAlbanez
 
Lembretes num-centro-espirita
Lembretes num-centro-espiritaLembretes num-centro-espirita
Lembretes num-centro-espiritaJoyAlbanez
 
Eade i-ii-10-calvário-crucificação-ressurreição
Eade i-ii-10-calvário-crucificação-ressurreiçãoEade i-ii-10-calvário-crucificação-ressurreição
Eade i-ii-10-calvário-crucificação-ressurreiçãoJoyAlbanez
 
Eade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceia-aula-2
Eade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceia-aula-2Eade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceia-aula-2
Eade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceia-aula-2JoyAlbanez
 
Chico xavier-retorna-mundo-espiritual
Chico xavier-retorna-mundo-espiritualChico xavier-retorna-mundo-espiritual
Chico xavier-retorna-mundo-espiritualJoyAlbanez
 
Eade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceia
Eade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceiaEade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceia
Eade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceiaJoyAlbanez
 
Velocidade da-terra
Velocidade da-terraVelocidade da-terra
Velocidade da-terraJoyAlbanez
 
Eade i-ii-8-o-cristianismo-os-discípulos-de-jesus
Eade i-ii-8-o-cristianismo-os-discípulos-de-jesusEade i-ii-8-o-cristianismo-os-discípulos-de-jesus
Eade i-ii-8-o-cristianismo-os-discípulos-de-jesusJoyAlbanez
 
Eade i-ii-7-o-cristianismo-fenômenos-psíquicos-no-evangelho (1)
Eade i-ii-7-o-cristianismo-fenômenos-psíquicos-no-evangelho (1)Eade i-ii-7-o-cristianismo-fenômenos-psíquicos-no-evangelho (1)
Eade i-ii-7-o-cristianismo-fenômenos-psíquicos-no-evangelho (1)JoyAlbanez
 
As moleculas-da-agua
As moleculas-da-aguaAs moleculas-da-agua
As moleculas-da-aguaJoyAlbanez
 
Cremação+oração chico
Cremação+oração chicoCremação+oração chico
Cremação+oração chicoJoyAlbanez
 
Eade i-ii-6-a-escritura-dos-evangelhos-os-evangelistas
Eade i-ii-6-a-escritura-dos-evangelhos-os-evangelistasEade i-ii-6-a-escritura-dos-evangelhos-os-evangelistas
Eade i-ii-6-a-escritura-dos-evangelhos-os-evangelistasJoyAlbanez
 
Roteiro 5-exercício-em-grupo
Roteiro 5-exercício-em-grupoRoteiro 5-exercício-em-grupo
Roteiro 5-exercício-em-grupoJoyAlbanez
 
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesus
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesusEade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesus
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesusJoyAlbanez
 
Aula 11-eade-i-ii-roteiro-4-missao-jesus
Aula 11-eade-i-ii-roteiro-4-missao-jesusAula 11-eade-i-ii-roteiro-4-missao-jesus
Aula 11-eade-i-ii-roteiro-4-missao-jesusJoyAlbanez
 
Advento do-espirito-de-verdade-cap-vi (1)
Advento do-espirito-de-verdade-cap-vi (1)Advento do-espirito-de-verdade-cap-vi (1)
Advento do-espirito-de-verdade-cap-vi (1)JoyAlbanez
 
Aula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesus
Aula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesusAula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesus
Aula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesusJoyAlbanez
 

Mais de JoyAlbanez (20)

As moleculas-da-agua
As moleculas-da-aguaAs moleculas-da-agua
As moleculas-da-agua
 
Eade i-ii-16-estêvão-o-primeiro-mártir-do-cristianismo
Eade i-ii-16-estêvão-o-primeiro-mártir-do-cristianismoEade i-ii-16-estêvão-o-primeiro-mártir-do-cristianismo
Eade i-ii-16-estêvão-o-primeiro-mártir-do-cristianismo
 
Lembretes num-centro-espirita
Lembretes num-centro-espiritaLembretes num-centro-espirita
Lembretes num-centro-espirita
 
Eade i-ii-10-calvário-crucificação-ressurreição
Eade i-ii-10-calvário-crucificação-ressurreiçãoEade i-ii-10-calvário-crucificação-ressurreição
Eade i-ii-10-calvário-crucificação-ressurreição
 
Eade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceia-aula-2
Eade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceia-aula-2Eade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceia-aula-2
Eade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceia-aula-2
 
Chico xavier-retorna-mundo-espiritual
Chico xavier-retorna-mundo-espiritualChico xavier-retorna-mundo-espiritual
Chico xavier-retorna-mundo-espiritual
 
Eade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceia
Eade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceiaEade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceia
Eade i-ii-9-o-cristianismo-a-última-ceia
 
Velocidade da-terra
Velocidade da-terraVelocidade da-terra
Velocidade da-terra
 
Eade i-ii-8-o-cristianismo-os-discípulos-de-jesus
Eade i-ii-8-o-cristianismo-os-discípulos-de-jesusEade i-ii-8-o-cristianismo-os-discípulos-de-jesus
Eade i-ii-8-o-cristianismo-os-discípulos-de-jesus
 
Triplo filtro
Triplo filtroTriplo filtro
Triplo filtro
 
Eade i-ii-7-o-cristianismo-fenômenos-psíquicos-no-evangelho (1)
Eade i-ii-7-o-cristianismo-fenômenos-psíquicos-no-evangelho (1)Eade i-ii-7-o-cristianismo-fenômenos-psíquicos-no-evangelho (1)
Eade i-ii-7-o-cristianismo-fenômenos-psíquicos-no-evangelho (1)
 
As moleculas-da-agua
As moleculas-da-aguaAs moleculas-da-agua
As moleculas-da-agua
 
Cremação+oração chico
Cremação+oração chicoCremação+oração chico
Cremação+oração chico
 
Eade i-ii-6-a-escritura-dos-evangelhos-os-evangelistas
Eade i-ii-6-a-escritura-dos-evangelhos-os-evangelistasEade i-ii-6-a-escritura-dos-evangelhos-os-evangelistas
Eade i-ii-6-a-escritura-dos-evangelhos-os-evangelistas
 
Eternidade
EternidadeEternidade
Eternidade
 
Roteiro 5-exercício-em-grupo
Roteiro 5-exercício-em-grupoRoteiro 5-exercício-em-grupo
Roteiro 5-exercício-em-grupo
 
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesus
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesusEade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesus
Eade i-ii-10-o-cristianismo-a-missão-dos-apóstolos-jesus
 
Aula 11-eade-i-ii-roteiro-4-missao-jesus
Aula 11-eade-i-ii-roteiro-4-missao-jesusAula 11-eade-i-ii-roteiro-4-missao-jesus
Aula 11-eade-i-ii-roteiro-4-missao-jesus
 
Advento do-espirito-de-verdade-cap-vi (1)
Advento do-espirito-de-verdade-cap-vi (1)Advento do-espirito-de-verdade-cap-vi (1)
Advento do-espirito-de-verdade-cap-vi (1)
 
Aula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesus
Aula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesusAula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesus
Aula 7-eade-1-ii-roteiro-1-nascimento-e-infância-de-jesus
 

Aula 6-eade-tomo-i-roteiro-5-moisés-mensageiro-da-1ª-revelação

  • 1. GRUPO ESPÍRITA CHICO XAVIER ROTEIRO 5 MOISÉS, O MENSAGEIRO DA 1ª. REVELAÇÃO EXPOSITOR: JBMAIDA MAR/2013
  • 2.  OBJETIVOS  1 - ESCLARECER EM LINHAS GERAIS, A MISSÃO DESEMPENHADA POR MOISÉS  2 - JUSTIFICAR A IMPORTÂNCIA DO DECÁLOGO PARA A HUMANIDADE
  • 3.  IDÉIAS PRINCIPAIS PARA O DESENVOLVIMENTO DO NOSSO ROTEIRO  A) MOISÉS – JUDEU CRIADO NA CASA REAL DO FARAÓ, QUE AOS 40 ANOS AGREDIU UM EGÍPCIO QUE MALTRATOU UM JUDEU, FUGINDO PARA O DESERTO.
  • 4.  B) HÁ DUAS PARTES NA LEI MOISAICA: - LEI DE DEUS - INVARIÁVEL, PROMULGADA NO MONTE SINAI E - LEI CIVIL OU DISCIPLINAR - VARIÁVEL, DECRETADA POR MOISÉS, QUE SE MODIFICA COM O TEMPO  C) MOISÉS FOI INSPIRADO A REUNIR TODOS OS ELEMENTOS PARA DIVULGAR O MONOTEÍSMO E ESTABELECER O DECÁLOGO SOB INSPIRAÇÃO DIVINA
  • 5.  1 - INFORMAÇÕES HISTÓRICAS  A BÍBLIA DIZ QUE ABRAÃO TEVE 2 FILHOS ISAAC (ESPOSA SARAH) E ISMAEL (ESCRAVA HAGAR)  ISAAC LEGÍTIMO HERDEIRO CASOU-SE COM REBECA E TEVE DOIS FILHOS ESAÚ E JACÓ  JACÓ GANHOU A PROGENITURA DE ESAÚ EM TROCA DE UM PRATO DE LENTILHAS
  • 6.  JACÓ CASOU-SE COM RAQUEL E TEVE DOIS FILHOS: JOSÉ E BENJAMIM.  JACÓ TEVE MAIS 5 FILHOS COM LIA IRMÃ DE RAQUEL, COM QUEM HAVIA SE CASADO ANTERIORMENTE.  TEVE AINDA MAIS 5 FILHOS COM ESCRAVAS (GÊNESIS, 35: 23-26)
  • 7.  OS HEBREUS DESCENDENTES DE JACÓ, CHAMAVAM-SE DE FILHOS DE ISRAEL OU ISRAELITAS E FORMARAM AS DOZE TRIBOS DE ISRAEL.  OS IRMÃOS DE JOSÉ, VENDERAM-NO COMO ESCRAVO AO FARÃO EGÍPCIO.  SUA RAZÃO, SABEDORIA E INFLUÊNCIA, LEVARAM-NO A SER VICE-REI DO EGITO
  • 8.  A FOME ABATEU-SE ENTRE OS JUDEUS  FORAM VIVER NO EGITO - INCLUSIVE OS IRMÃOS DE JOSÉ.  A INFLUÊNCIA DE JOSÉ, FEZ COM QUE OS HEBREUS SE TORNASSEM NUMEROSOS NO EGITO  HOUVE ENTÃO UMA TROCA DE FARAÕS NO EGITO ...
  • 9.  O NOVO FARAÓ TEMENDO QUE OS HEBREUS SE TORNASSEM DEMASIADAMENTE PODEROSOS, COMO ESTAVA ACONTECENDO ...  TORNOU TODOS OS HEBREUS, ESCRAVOS DO EGITO (ATOS DOS APÓSTOLOS, 7: 11 – 18)  O POVO HEBREU ESTEVE CATIVO POR 400 ANOS, OPRIMIDO POR PENOSOS TRABALHOS DE CONSTRUÇÃO E CULTIVO DE CEREAIS
  • 10.  MAIS TARDE, O FARAÓ DETERMINOU QUE SE LANÇASSEM AO NILO, TODOS ...  OS MENINOS HEBREUS RECÉM- NASCIDOS PARA QUE NÃO SE MANTIVESSE A PROGENITURA RACIAL JUDAICA (ÊXODO, 1: 15-22 E ATOS DOS APÓSTOLOS, 7)  UMA DAS MÃES ISRAELITAS, DA CASA DE LEVI (UM DOS FILHOS DE JACÓ), TEVE UM FILHO, E O ESCONDEU POR 3 MESES
  • 11.  NÃO CONSEGUINDO MANTÊ-LO OCULTO, TOMOU UM CESTO DE JUNCO BETUMADO, COM RESINA E PEZ  COLOCOU O MENINO DENTRO E DEIXOU O CESTO BOIAR ENTRE OS CANAVIAIS À MARGEM DO RIO NILO  A IRMÃ DO MENINO CONSERVOU-SE ESCONDIDA À DISTÂNCIA PARA VER O QUE OCORRERIA ...
  • 12.  A FILHA DO FARAÓ VENDO O CESTO BOIANDO ENTRE O CANAVIAL NA MARGEM DO RIO,  MANDOU UMA CRIADA PEGÁ-LO  VIU O MENINO CHORANDO, FICOU COM PENA, MAS PERCEBEU QUE ERA UM MENINO HEBREU ...  A IRMÃ DO MENINO SEM IDENTIFICAR-SE APROXIMOU E PERGUNTOU?
  • 13.  QUEREIS QUE EU VÁ CHAMAR UMA MULHER ISRAELITA PARA AMAMENTAR O MENINO?  COM A CONCORDÂNCIA DA FILHA DO FARAÓ, A IRMÃ DO MENINO, FOI CHAMAR A PRÓPRIA MÃE  A MÃE ACOMPANHOU DE PERTO A EDUCAÇÃO DE MOISÉS, SEM REVELAR O PARENTESCO.
  • 14.  O NOME DE MOISÉS FOI DADO PELA MÃE ADOTIVA, PORQUE DAS ÁGUAS O TINHA TIRADO (ÊXODO, 2:1-10)  MOISÉS JUDEU DE NASCIMENTO FOI EDUCAÇÃO POR UMA EGÍPCIA DA CASA REAL  MOISÉS COM 40 ANOS DE IDADE, NÃO SUPORTAVA MAIS VER A AFLIÇÃO DOS ISRAELITAS, ESCRAVOS DO REI EGÍPCIO.
  • 15.  CERTA VEZ MOISÉS VENDO UM JUDEU SENDO MALTRATADO, FERIU PROFUNDAMENTE O EGÍPCIO.  FOI ENTÃO SENTENCIADO À MORTE PELO FARAÓ.  MOISÉS FUGIU PARA MIDIAN OU MADIAN, PASSANDO A VIVER COM A FAMÍLIA DO SACERDOTE JETRO  MOISÉS CASA-SE COM ZÍPORA, UMA DAS 6 FILHAS DO SACERDOTE
  • 16.  MOISÉS TEVE COM ZÍPORA OS FILHOS GERSON E ELIESER  NA SOLIDÃO DO DESERTO, CUIDANDO DE OVELHAS, MOISÉS MEDITAVA EM TUDO QUE LHE TINHA OCORRIDO  ELABOROU UM PLANO, QUE NO FUTURO SERVIRIA DE BASE PARA A CONSTITUIÇÃO DA FÉ JUDAICA.
  • 17.  NA SUA MEDITAÇÃO MOISÉS PERCEBEU QUE OS DEUSES EGÍPCIOS NÃO AJUDARIAM OS HEBREUS  PERCEBEU TAMBÉN, QUE OS DESCENDENTES DE JACÓ OU JACOB, ADORAVAM ÍDOLOS CASEIROS, DEUSES DA NATUREZA, TOTENS, ETC.  POR INSPIRAÇÃO MOISÉS CONCLUIU QUE SÓ EXISTE UM ÚNICO DEUS!
  • 18.  MOISÉS CHEGOU ENTÃO À MESMA CONCLUSÃO QUE O FARAÓ AMENOTEP IV CHEGÁRA E PREGOU UM SÉCULO ANTES  O DEUS ÚNICO DE AMENOTEP ERA O SOL (ATHEN OU ATHON)
  • 19.  2 - MOISÉS: O MENSAGEIRO DA PRIMEIRA REVELAÇÃO DIVINA  MOISÉS PELO DESERTO COM SUAS OVELHAS, JUNTO A CADEIA DE MONTANHAS HOREB, PERTO DO MONTE SINAI, VIU UM ANJO QUE SURGIU NUMA CHAMA DE FOGO DENTRO DE UMA SARÇA. O FOGO QUEIMAVA MAS A PLANTA NÃO SE CONSUMIA
  • 20.
  • 21.  O ANJO LHE DISSE:  “ MOISÉS, MOISÉS, EU SOU O DEUS DE TEU PAI, O DEUS DE ABRAÃO, O DEUS DE ISAAC E O DEUS DE JACOB.  VI AFLIÇÃO DO MEU POVO QUE ESTÁ NO EGITO, E OUVI O SEU CLAMOR.  VOCÊ TIRARÁ O MEU POVO, OS FILHOS DE ISRAEL DO EGITO. ... (ÊXODO, 3: 1-22)
  • 22.  ENTÃO DISSE MOISÉS A DEUS:  QUEM SOU EU PARA IR AO FARAÓ E TIRAR DO EGITO OS FILHOS DE ISRAEL?  “DEUS” LHE RESPONDEU:  EU SERE CONTIGO; E ESTE SERÁ O SINAL DE QUE EU TE ENVIEI.  DEPOIS DE HAVER TIRADO O POVO O EGITO, SERVIREIS A DEUS NESTE MONTE (ÊXODO, 3: 1-22)
  • 23.  A TRADIÇÃO JUDAICA DIZ QUE MOISÉS “RECEBEU PODERES” PARA QUE JUNTO COM SEU IRMÃO AARÃO PUDESSE RESGATAR OS JUDEUS DO EGITO.  APÓS ÁRDUAS LUTAS ENTREMEADAS COM A INTRANSIGÊNCIA DO FARAÓ E COM AS MANIFESTAÇÕES DA PRODIGIOSA MEDIUNIDADE DE MOISÉS QUE CULMINARAM COM ÀS 10 PRAGAS:
  • 24.  - TRANSFORMAÇÃO DA ÁGUA DOS RESERVATÓRIOS NATURAIS EM SANGUE  - INVASÃO DAS RÃS  - DISSEMINAÇÃO DE PIOLHOS  - INVASÃO DE ENXAMES DE MOSCA  - PESTES NOS ANIMAIS  - ÚLCERAS E TUMORES NOS HOMENS E ANIMAIS  - CHUVA DE PEDRAS  (ÊXODO, 4: 14)
  • 25.  - INVASÃO DE GAFANHOTOS  - SURGIMENTO DAS TREVAS, TRANSFORMANDO O DIA EM NOITE  - CONDENAÇÃO À MORTE DE TODOS OS FILHOS PRIMOGÊNITOS EGIPCIOS, INCLUSIVE O FILHO DO FARAÓ (ÊXODO, 4: 14)
  • 26.  OS EXÉRCITOS DO FARAÓ NUMA ÚLTIMA TENTATIVA PROCURA MANTER OS JUDEUS PRISIONEIROS,  PORÉM, MOISÉS CONSEGUE COM SUA MEDIUNIDADE PRODIGIOSA, ABRIR CAMINHO NAS ÁGUAS DO MAR VERMELHO, SALVANDO- OS EM DEFINITIVO DO CATIVEIRO
  • 27.  SEGUNDO AS TRADIÇÕES DO JUDAISMO, MOÍSÉS CONDUZIU SEU POVO PELO DESERTO,  DURANTE 40 ANOS ANTES DE LOCALIZAREM CANAÃ, A TERRA PROMETIDA POR DEUS A ABRAÃO.
  • 28.  A VIDA DOS JUDEUS FOI DURA, REPLETA DE PEQUENOS E GRANDES OBSTÁCULOS, ANTES QUE  SE ORGANIZASSEM COMO NAÇÃO E DE SE UNIREM EM TORNO DE UMA ÚNICA RELIGIÃO, QUE  FOI FUNDADA APÓS O RECEBIMENTO DO DECÁLOGO OU DEZ MANDAMENTOS (ÊXODO, 16: 4-5)
  • 29.  COMO É QUE MOISÉS CONSEGUIU ALIMENTOS PARA ESTES 600.000 JUDEUS?  ATRAVÉS DO MANÁ “ QUE CAIA DOS CÉUS”.  AS ÁRVORES DE TAMARISCO, QUE É ENCONTRADO NO DESERTO DO SINAI, PRODUZEM PEQUENAS GOTAS BRANCAS DE SEIVA, QUE CRESCE NOS RAMOS DESTAS ARVORES, DURANTE A ESTAÇÃO DAS CHUVAS.
  • 30.  DESPRENDEM-SE DURANTE A NOITE FRIA DO DESERTO FORRANDO O CHÃO COM GRÃOS SEMELHANTES À PÉROLAS.  APÓS SER COZIDO SE TRANSFORMA NUM LÍQUIDO ADOCICADO SEMELHANTE AO MEL MUITO APRECIADO PELOS BEDUÍNOS, QUE O DENOMINAM MANÁ.
  • 31.
  • 32.  NESTE LUGAR SEM ÁGUA COMO SACIAR A SEDE DESTE POVO?  MOISÉS ROGA A DEUS AJUDA PARA ACHAR ÁGUA.  MEDIUNICAMENTE É ORIENTADO A “FERIR” A PEDRA NO MONTE HOREB COM O MESMO CAJADO QUE HAVIA TOCADO NO RIO NILO E ASSIM FEZ,  A ÁGUA JORROU JORRANDO IMEDIATAMENTE,
  • 33.
  • 34.  EM CERTA OCASIÃO NO PASSADO, SEGUINDO AS INSTRUÇÕES DO SENHOR, MOISÉS BATEU NA ROCHA E ELA VERTEU ÁGUA (ÊX 17:5, 6).  AQUELE ATO SIMBOLIZAVA CRISTO, A “ROCHA ESPIRITUAL QUE OS ACOMPANHAVA” (1CO 10:4).  ESSA ROCHA FOI FERIDA APENAS UMA ÚNICA VEZ. ELE NUNCA MAIS SOFRERÁ NOVAMENTE PARA NOS DAR A ÁGUA VIVA DA SUA SALVAÇÃO
  • 35.  SEGUNDO A TRADIÇÃO, NO TERCEIRO MÊS APÓS A SAIDA DO EGITO, OS ISRAELITAS ARMARAM SUAS TENDAS AO PÉ DO MONTE SINAI E MOISÉS SUBIU AO CUME, ONDE O SENHOR LHE DISSE:  “MANDA QUE LAVEM AS VESTES E ESTEJAM PRONTOS PARA O TERCEIRO DIA.  NESSE DIA, QUANDO SOAR A TROMBETA, QUE TODOS SE APROXIMEM DO MONTE”.
  • 36.  NA MADRUGADA DO 3º. DIA, HOUVE TROVÕES E RELÂMPAGOS E UMA ESPESSA NUVEM ENVOLVEU O MONTE SINAI.  OUVIU-SE O SOM ESTRIDENTE DE TROMBETAS  TODOS SE ATEMORIZARAM E DEUS ATRAVÉS DE MOISÉS PROMULGOU O DECÁLOGO ESCRITO EM DUAS PRANCHAS DE PEDRA. (ÊXODO, 19: 20: 1-21 E DEUTERONÔMIO, 5: 6-21)
  • 38.  ALLAN KARDEC - ESSE - CAP 1º. DIZ:  A LEI DE MOISÉS OU LEI MOISAICA FOI CONSTITUÍDA DE DUAS PARTES DISTINTAS:  1 - LEI DE DEUS - DECÁLOGO - INVARIÁVEL  2 - LEI CIVIL OU DISCIPLINAR - APROPRIADA AOS COSTUMES E AO CARÁTER DO POVO, E SE MODIFICA COM O TEMPO
  • 39.  OS DEZ MANDAMENTOS  1º. - EU SOU O SENHOR VOSSO DEUS, QUE VOS TIREI DO EGITO, DA CASA DA SERVIDÃO.  NÃO TEREIS, DIANTE DE MIM, OUTROS DEUSES ESTRANGEIROS.  NÃO FAREIS IMAGEM ESCULPIDA, NEM FIGURA ALGUMA DO QUE ESTÁ EM CIMA DO CÉU, NEM EMBAIXO NA TERRA, NEM DO QUE ESTEJA NAS ÁGUAS SOB A TERRA.
  • 40. 2º. - NÃO PRONUNCIAREIS EM VÃO O NOME DO SENHOR VOSSO DEUS  3º. - LEMBRAI-VOS DE SANTIFICAR O DIA DO SÁBADO  4º. - HONRAI A VOSSO PAI E A VOSSA MÃE, A FIM DE VIVERDES LONGO TEMPO NA TERRA QUE O SENHOR VOSSO DEUS VOS DARÁ.  5º. - NÃO MATEIS
  • 41.  6º. - NÃO COMETAIS ADULTÉRIO  7º. - NÃO ROUBEIS  8º. - NÃO PRESTEIS FALSO TESTEMUNHO CONTRA O VOSSO PRÓXIMO  9º. NÃO DESEJEIS A MULHER DO VOSSO PRÓXIMO  10º. - NÃO COBICEIS A CASA DO VOSSO PRÓXIMO, NEM O SEU SERVO, NEM A SUA SERVA, NEM O SEU BOI, NEM O SEU ASNO, NEM QUALQUER DAS COISAS QUE LHE PERTENÇAM. E.S.E. CAP. I – ITEM 2
  • 42.  OS ESPÍRITOS DA CODIFICAÇÃO ESCLARECEM:  PELO CARÁTER DIVINO, O DECÁLOGO É PARA TODOS OS POVOS E PAÍSES E EM TODOS OS TEMPOS.  AS LEIS MOISAICAS FÔRA ELABORADA PARA UM POVO TURBULENTO E INDISCIPLINADO, QUE TINHA QUE COMBATER ABUSOS E PRECONCEITOS ARRAIGADOS ADQUIRIDOS DURANTE A ESCRAVIDÃO DO EGITO.
  • 43.  PARA QUE AS LEIS MOISAICAS TIVESSEM AUTORIDADE E FOSSEM ACEITAS, OBRIGATORIAMENTE ELE TEVE QUE IMPRIMIR NELAS UM CARÁTER DIVINO.  SURGE NESTE MOMENTO, A IDÉIA DE UM DEUS TERRÍVEL PARA IMPRESSIONAR CRIATURAS IGNORANTES ONDE O SENSO MORAL E O SENTIMENTO DE UMA JUSTIÇA PLENA, ESTAVA AINDA POUCO DESENVOLVIDOS.
  • 44.  COM O DECÁLOGO OU DEZ MANDAMENTOS, INICIA-SE VERDADEIRAMENTE A RELIGIÃO JUDAICA, ORGANIZADA POR MOISÉS, FICANDO ENTÃO ESTABELECIDAS AS BASES DA TEOCRACIA DO JUDAISMO.
  • 45.  O NÍVEL EVOLUTIVO DE MOISÉS E DE TODOS OS HABITANTES DA TERRA, NÃO PERMITE UMA “CONVERSA DIRETA” COM DEUS.  EMMANUEL EM O CONSOLADOR, QUESTÃO 269 DIZ:  A LEI OU A BASE DA LEI, NOS DEZ MANDAMENTOS,  FOI DITADA A MOISÉS PELOS EMISSÁRIOS DE JESUS,
  • 46.  TODOS OS MOVIMENTOS DE EVOLUÇÃO MATERIAL E ESPIRITUAL NA TERRA, SE PROCESSARAM , PROCESSAM E SE PROCESSARÃO SOB O AUGUSTO E MISERICORDIOSO PATROCÍNIO DE JESUS  É IMPORTANTE DESTACAR TAMBÉM A QUESTÃO 268 (EMMANUEL - O CONSOLADOR)
  • 47.  AS SEITAS RELIGIOSAS DE TODOS OS TEMPOS, PELA INFLUENCIAÇÃO DOS SEUS SACERDOTES,  PROCURAM MODIFICAR OS TEXTOS SAGRADOS  TODAVIA APESAR DAS ALTERAÇÕES TRANSITÓRIAS,  OS 10 MANDAMENTOS VOLTAM SEMPRE A RESSURGIR NA SUA PUREZA PRIMITIVA, COMO  BASE DO DIREITO E SUSTENTÁCULO DOS CÓDIGOS DA JUSTIÇA TERRESTRE
  • 48.  MOISÉS, POSSUIA UMA MEDIUNIDADE PRODIGIOSA, DESENVOLVIDA NA INTIMIDADE DO TEMPLO EGÍPCIO.  ERA MÉDIUM, LEGISLADOR E HOMEM.  SEU ESPÍRITO TINHA MUITO A EVOLUIR,  POR ESTE MOTIVO HÁ DISCREPÂNCIAS ENTRE O QUE ENSINAVA COM BASE NO DECÁLOGO E O QUE EXEMPLIFICAVA.
  • 49.  EMMANUEL NO LIVRO EMMANUEL – CAP 2, DIZ:  A LEGISLAÇÃO DE MOISÉS ESTÁ CHEIA DE LENDAS E DE CRUELDADES COMPATÍVEIS COM A ÉPOCA, MAS  RETIRADO OS COMENTÁRIOS FABULOSOS,  MOISÉS, ERA UM HOMEM EXTRAORDINÁRIO, REVESTIDOS DOS MAIS ELEVADOS DOTES ESPIRITUAIS.
  • 50.  A SAÍDA DO EGITO É COMEMORADA COMO SENDO A PÁSCOA JUDAICA.  É UMA DAS TRADIÇÕES PRIMITIVAS MAIS FESTEJADAS, MAS, SEM  O CERIMONIAL E A CONCEPÇÃO EXTREMISTA DO PASSADO.  ATÉ A MORTE DE MOISÉS, ESTA FESTA FOI COMANDADA POR MIRIAM, SUA IRMÃ QUE O TINHA COLOCADO NO RIO NILO
  • 51.  COM RELAÇÃO A MOISÉS, DIZ CHARLES POTTER, NO CAP. 1 DO LIVRO HISTÓRIA DAS RELIGIÕES:  MOISÉS POSSUIA UMA PERSONALIDADE MAGNÉTICA, DOMINADORA, HÁBIL MANIPULADOR DAS MASSAS E GRANDE LÍDER.  SABIA INCUTIR NAS ALMAS SUPERSTICIOSAS E IGNORANTES OS TEMORES ANIMISTAS DE UM DEUS VINGADOR E ZELOSO.
  • 52.  ATRAVÉS DA MEDIUNIDADE ASSOCIADA COM OUTROS AUXILIARES, ESPECIALMENTE SEU IRMÃO AARÃO, TINHA O DOM DA FALA E DO CONVENCIMENTO.  FORAM, ENTÃO, FATORES QUE CONTRIBUIRAM PARA ORGANIZAR A NAÇÃO E A RELIGIÃO JUDAICAS. (NÚMEROS, 12: 1-16 E JUÍZES, 4:11)
  • 53.  CONTUDO, MOISÉS ERA UM PRODUTO DO MEIO ONDE FORA CRIADO EM QUE O CONHECIMENTO ESPIRITUAL ERA UTILIZADO PARA OBTER DOMÍNIO SOBRE AS MENTES VACILANTES.  OUTRO COSTUME EGÍPCIO: SUA INFIDELIDADE CONJUGAL. INCOMUM ENTRE OS HEBREUS, MAS DIFUNDIDA ENTRE OS NÃO HEBREUS. (NÚMEROS, 12: 1-16 E JUÍZES, 4:11)
  • 54.  DESENTENDEU-SE INÚMERAS VEZES COM SUA IRMÃ MIRIAM A ESTE RESPEITO, POIS É SABIDO QUE O MISSIONÁRIO TEVE OUTRAS ESPOSAS ALÉM DE ZÍPPORAH (ZÍPORA) (NÚMEROS, 12: 1-16 E JUÍZES, 4:11)  ACREDITA-SE QUE MOISÉS NO EGITO TERIA SIDO UM SACERDOTE DE OSÍRIS
  • 55.  JULGAVA O RITUAL DA RELIGIÃO FARAÔNICA MUITO COMPLICADO  PARA ELE OS RITUAIS MAIS SIGNIFICATIVOS ESTAVAM LIGADOS AOS NÚMEROS, FAZENDO ENTÃO SURGIR A CABALA JUDAICA  ESTE FOI O PONTO INICIAL DA CISÃO ENTRE MOISÉS E OS EGÍPCIOS
  • 56.  MOISÉS ENSINOU A TODOS OS MISTÉRIOS DA CABALA, MAS SOB O VÉU DO SIMBOLISMO.  SOMENTE OS ESPÍRITOS MAIS ADIANTADOS OU ARGUTOS CONSEGUIRAM ENTENDÊ-LA.  ESTA É A RAZÃO POR QUE MUITOS LIVROS DE MOISÉS, PODEM PARECER INFANTIS AOS  QUE DESCONHECEM O LADO OCULTO DOS ENSINAMENTOS, TRANSMITIDOS DE FORMA ORAL
  • 57.  A TRADIÇÃO ORAL DA CABALA, NÃO É REPASSADA A QUALQUER ADEPTO DO JUDAÍSMO.  É ANTES CONFIADA A 70 DISCÍPULOS ESCOLHIDOS SEGUNDO AS IDÉIAS EXISTENTES NO LIVRO DOS NÚMEROS, 11:16-17 E 25.
  • 58.  A ESOTÉRICA INICIAÇÃO JUDAÍCA ACONTECE COM A COMPREENSÃO DO LIVRO DA CRIAÇÃO E DO LIVRO DOS PRINCÍPIOS.  AMBOS DE LEITURA E ENTENDIMENTO DIFÍCEIS POIS A LINGUAGEM ABSTRATA E INCOMPREENSÍVEL EXIGE A CHAVE DE INICIAÇÃO QUE É TRANSMITIDA ORALMENTE.
  • 59.  MOISÉS TERIA ESCRITO O LIVRO GÊNESIS EM HIERÓGLIFOS, EM 3 SENTIDOS DIFERENTES, CONFIANDO A CHAVE DA INTERPRETAÇÃO E A EXPLICAÇÃO DOS MESMOS, ORALMENTE AOS SEUS SUCESSORES.
  • 60.  A CHAVE E AS EXPLICAÇÕES DO GÊNESIS, ESTARIAM RELACIONADOS NÃO APENAS AOS NÚMEROS, MAS  TAMBÉM À SONORIDADE DA PRONÚNCIA DAS PALAVRAS, PARA INDUZIR AO ESTADO DE TRANSE E LIGAÇÃO COM OS ESPÍRITOS.  GÊNESIS, NA ÉPOCA DE SALOMÃO TERIA SIDO TRADUZIDO EM CARACTERES FENÍCIOS E DEPOIS ESDRAS O REDIGIU EM CARACTERES ARIANOS CALDAICOS
  • 61.  OS TRADUTORES GREGOS DA BÍBLIA TINHAM INFORMAÇÃO SUPERFICIAL DA CHAVE E DAS EXPLICAÇÕES DE MOISÉS.  ASSIM ENTÃO, SE PERDEU PARA OS RELIGIOSOS NÃO- JUDEUS, O ENTENDIMENTO ESOTÉRICO DOS ENSINAMENTOS DE MOISÉS
  • 62.  EMMANUEL NO LIVRO O CONSOLADOR, NA QUESTÃO 271, ESCLARECE:  ATÉ AGORA A HUMANIDADE DA ERA CRISTÃ, RECEBEU A GRANDE REVELAÇÃO EM 3 ASPECTOS ESSENCIAIS:  A MISSÃO DE JUSTIÇA;  O EVANGELHO - REVELAÇÃO DE INSUPERÁVEL AMOR; E  O ESPIRITISMO - CRISTIANISMO REDIVIVO, TRAZENDO A SUBLIME TAREFA DA VERDADE
  • 63.  NO CENTRO DAS TRÊS REVELAÇÕES ENCONTRA-SE JESUS-CRISTO COMO FUNDAMENTO DE TODA LUZ E SABEDORIA  COM AMOR A LEI MANIFESTOU- SE NA TERRA EM SEU ESPLENDOR MÁXIMO  A JUSTIÇA E A VERDADE NADA MAIS SÃO QUE OS INSTRUMENTOS DIVINOS DE SUA EXTERIORIZAÇÃO.- O CORDEIRO DE DEUS
  • 64.  A JUSTIÇA APLAINOU OS CAMINHOS  E A VERDADE CONSEGUINTEMENTE  ESCLARECE OS SEUS DIVINOS ENSINAMENTOS
  • 65. F I M GRUPO ESPÍRITO CHICO XAVIER EXPOSITOR: JBMAIDA MARÇO-2013