SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
Copyright © 1999,
ABNT–Associação Brasileira de
Normas Técnicas
Printed in Brazil/
Impresso no Brasil
Todos os direitos reservados
Sede:
Rio de Janeiro
Av. Treze de Maio, 13 - 28º andar
CEP 20003-900 - Caixa Postal 1680
Rio de Janeiro - RJ
Tel.: PABX (021) 210-3122
Fax: (021) 220-1762/220-6436
Endereço Telegráfico:
NORMATÉCNICA
ABNT-Associação
Brasileira de
NormasTécnicas
NBR 14277JAN 1999
Campo para treinamento de combate a
incêndio
Palavras-chave: Brigada de incêndio. Incêndio 3 páginas
Origem: Projeto 24:203.02-002:1998
CB-24 - Comitê Brasileiro de Segurança contra Incêndio
CE-24:203.02 - Comissão de Estudo de Programa de Brigada de Incêndio
NBR 14277 - Training field for fight fire
Descriptors: Fire brigade. FireVálida a partir de 01.03.1999
Prefácio
A ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas - é
o Fórum Nacional de Normalização. As Normas Brasi-
leiras, cujo conteúdo é de responsabilidade dos Comitês
Brasileiros (CB) e dos Organismos de Normalização
Setorial (ONS), são elaboradas por Comissões de Estudo
(CE), formadas por representantes dos setores envol-vidos, delas fazendo parte: produtores, consumidores e
neutros (universidades, laboratórios e outros).
Os Projetos de Norma Brasileira, elaborados no âmbito
dos CB e ONS, circulam para Votação Nacional entre os
associados da ABNT e demais interessados.
1 Objetivo
1.1 Esta Norma estabelece as condições mínimas para a
padronização dos campos para treinamentos de combate
a incêndio.
1.2 Esta Norma é aplicável no treinamento de brigadas
de incêndio, de bombeiros e outros profissionais inerentes
à área de incêndio.
2 Definições e abreviaturas
Para os efeitos desta Norma, aplicam-se as seguintes
definições e abreviaturas:
2.1 área total de fogo; ATF:Soma de todas as superfícies
de líquidos em combustão no momento da execução de
um exercício.
2.2 campo para treinamento: Local onde são realizados
os treinamentos práticos de combate a incêndios, com-
posto por obstáculos e proteções ao usuário e ao meio
ambiente.
2.3 casa da fumaça: Obstáculo constituído por uma edifi-
cação destinada a simular um ambiente sinistrado. Deve
ser dotada de no mínimo: porta de entrada, porta de saída,dispositivo ou saída de emergência e instalação elétrica
à prova de explosão.
2.4 distância de segurança: Distância mínima julgada
necessária para garantir a segurança das pessoas e das
instalações, normalmente contada a partir do limite da
área da instalação ou equipamento.
2.5 ECI: Equipamento de combate a incêndios.
2.6 EPI: Equipamento de proteção individual.
2.7 EPR: Equipamento de proteção respiratória.
2.8 GLP: Gás liquefeito de petróleo.
2.9obstáculo: Recipiente, superfície, dispositivo ou edifi-cação incombustíveis, destinados à queima de combus-
tíveis de forma controlada ou simulação de ambiente si-
nistrado. Os obstáculos tipo recipientes de líquidos in-
flamáveis devem ser dotados de dispositivos de controle
de derramamentos ou transbordamentos com capacida-
de superior ao próprio recipiente.
2.10 PMA: Proteção ao meio ambiente.
2.11 PU: Proteção ao usuário.
Cópia não autorizada
2 NBR 14277:1999
3 Condições gerais
Os campos de treinamento são classificados de acordo
com o rigor pretendido e devem atender aos requisitos
mínimos prescritos em 3.1 a 3.3.
3.1 Nível 01 - Básico
Ver tabela 1.
3.2 Nível 02 - Avançado
Ver tabela 2.
3.3 Nível 03 - Superior
Ver tabela 3.
Tabela 1 - Nível 01 - Básico
ECI: Extintoresportáteisouextintoressobre-rodas
Obstáculos: Máximode2m 2 de ATF ou dispositivo para queima de GLP com utilização de no máximo um
botijão com capacidade de 13 kg
Combustível: Óleo diesel, gasolina, querosene ou álcool etílico, na forma pura, tolerando-se até 10% de
mistura entre estes produtos para favorecer a ignição; ou GLP
NOTA - Estes ou outros produtos somente podem ser utilizados com autorização do órgão governamental
responsável pela proteção ambiental da região onde estiver localizado o campo.
Distância de Mínimode3mparacada1m 2 de ATF
segurança:
PMA: Deacordocomalegislaçãovigente
PU: -Umaunidadeextintora
- Uma caixa de primeiros socorros
- Um auxiliar do instrutor (acima de 20 pessoas)
Tabela 2 - Nível 02 - Avançado
ECI: Extintoresportáteis,extintoressobre-rodasousistemadehidrantes
Obstáculos: Mínimode2m 2 e máximo de 7 m2 de ATF ou dispositivo para queima de GLP e casa da fumaça
Combustível: Idema3.1
Distância de Mínimode2m paracada1m 2 de ATF, respeitando-se a distância mínima de 6 m
segurança:
PMA: Idema3.1
PU: - Proteção contra incêndio em conformidade com a legislação vigente, independente dos ECI e
agentes extintores usados no treinamento
- Local para atendimento médico
- Profissional habilitado pata atendimento de emergências médicas
- EPI para cabeça, olhos, membros superiores e pés
- EPR para o instrutor e um carona, com autonomia mínima de 20 min
- Veículo para transporte de acidentados
- Um auxiliar do instrutor
Cópia não autorizada
NBR 14277:1999 3
Tabela 3 - Nível 03 - Superior
ECI: Extintoresportáteis,extintoressobre-rodasesistemadehidrantes
Obstáculos: Mínimode7m 2 de ATF ou dispositivo para queima de GLP e casa da fumaça
Combustível: Idema3.1
Distânciade Idema3.2
segurança:
PMA: Idema3.1
PU: - Proteção contra incêndio em conformidade com a legislação vigente, independente dos ECI e
agentes extintores usados no treinamento
- Local para atendimento médico
- Profissional habilitado para atendimento de emergências médicas
- Ambulância para transporte de acidentados
- Uma equipe auxiliar do instrutor
- EPI para cabeça, olhos, tronco, membros superiores e pés
- EPR
Cópia não autorizada

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Incendio seminario
Incendio seminarioIncendio seminario
Incendio seminario
Telma Moura
 
Dimensionamento de sistema de proteçã ocontra incendio
Dimensionamento de sistema de proteçã ocontra incendioDimensionamento de sistema de proteçã ocontra incendio
Dimensionamento de sistema de proteçã ocontra incendio
ROBINSON CARLOS CRISTOVAM SILVA
 
Trab. brigada 1
Trab. brigada 1Trab. brigada 1
Trab. brigada 1
bia139
 

Mais procurados (15)

Combate incendios
Combate incendiosCombate incendios
Combate incendios
 
Incendio seminario
Incendio seminarioIncendio seminario
Incendio seminario
 
Nbr13434 1
Nbr13434 1Nbr13434 1
Nbr13434 1
 
Protecao passiva contra incendio
Protecao passiva contra incendioProtecao passiva contra incendio
Protecao passiva contra incendio
 
Nbr 10898 sistema de iluminacao de emergencia
Nbr 10898   sistema de iluminacao de emergenciaNbr 10898   sistema de iluminacao de emergencia
Nbr 10898 sistema de iluminacao de emergencia
 
Sinaliza godoy
Sinaliza godoySinaliza godoy
Sinaliza godoy
 
Dimensionamento de sistema de proteçã ocontra incendio
Dimensionamento de sistema de proteçã ocontra incendioDimensionamento de sistema de proteçã ocontra incendio
Dimensionamento de sistema de proteçã ocontra incendio
 
Nbr 13434-2004-simbolos-de-sinalizacao-de-seguranca-contra-incendio-e-panico
Nbr 13434-2004-simbolos-de-sinalizacao-de-seguranca-contra-incendio-e-panicoNbr 13434-2004-simbolos-de-sinalizacao-de-seguranca-contra-incendio-e-panico
Nbr 13434-2004-simbolos-de-sinalizacao-de-seguranca-contra-incendio-e-panico
 
A simplicidade da agua na segurança
A simplicidade da agua na segurançaA simplicidade da agua na segurança
A simplicidade da agua na segurança
 
Nbr 13434 sinalização de segurança contra incêndio e pânico
Nbr 13434 sinalização de segurança contra incêndio e pânicoNbr 13434 sinalização de segurança contra incêndio e pânico
Nbr 13434 sinalização de segurança contra incêndio e pânico
 
NBR 14277:2005 - Instalação e Equipamentos para Treinamento de Combate a Incê...
NBR 14277:2005 - Instalação e Equipamentos para Treinamento de Combate a Incê...NBR 14277:2005 - Instalação e Equipamentos para Treinamento de Combate a Incê...
NBR 14277:2005 - Instalação e Equipamentos para Treinamento de Combate a Incê...
 
Trab. brigada 1
Trab. brigada 1Trab. brigada 1
Trab. brigada 1
 
Treinamento brigada de incêndio
Treinamento brigada de incêndioTreinamento brigada de incêndio
Treinamento brigada de incêndio
 
Apostila dimensionamento de extintores de incêndio rs v1.0
Apostila dimensionamento de  extintores de incêndio  rs v1.0Apostila dimensionamento de  extintores de incêndio  rs v1.0
Apostila dimensionamento de extintores de incêndio rs v1.0
 
Palestra oficial combate incêndio
Palestra oficial   combate incêndioPalestra oficial   combate incêndio
Palestra oficial combate incêndio
 

Semelhante a Doc go.net nbr-14277 campo treinamento

Nbr 15219 2005 plano de emergência contra incêndio-requisitos (1)
Nbr 15219 2005   plano de emergência contra incêndio-requisitos (1)Nbr 15219 2005   plano de emergência contra incêndio-requisitos (1)
Nbr 15219 2005 plano de emergência contra incêndio-requisitos (1)
Maryluce Coelho
 
Nbr 14276 (2006)--_programa_de_brigada_de_incêndio
Nbr 14276 (2006)--_programa_de_brigada_de_incêndioNbr 14276 (2006)--_programa_de_brigada_de_incêndio
Nbr 14276 (2006)--_programa_de_brigada_de_incêndio
Paula Santana
 
Instrucao tecnica 32
Instrucao tecnica    32Instrucao tecnica    32
Instrucao tecnica 32
cipasap
 
Weg cartilha-de-atmosferas-explosivas-50039055-catalogo-portugues-br
Weg cartilha-de-atmosferas-explosivas-50039055-catalogo-portugues-brWeg cartilha-de-atmosferas-explosivas-50039055-catalogo-portugues-br
Weg cartilha-de-atmosferas-explosivas-50039055-catalogo-portugues-br
Jose Fernandes
 
Evacuacaodeemergencia
EvacuacaodeemergenciaEvacuacaodeemergencia
Evacuacaodeemergencia
José Gomes
 
Sistemas de combate a incêndio introduçao a engenharia
Sistemas de combate a incêndio  introduçao a engenhariaSistemas de combate a incêndio  introduçao a engenharia
Sistemas de combate a incêndio introduçao a engenharia
Júnior Pereira
 

Semelhante a Doc go.net nbr-14277 campo treinamento (20)

Nbr 14276.brigada de incendio
Nbr 14276.brigada de incendioNbr 14276.brigada de incendio
Nbr 14276.brigada de incendio
 
NBR-14276-Brigada-de-Incêndio.pdf
NBR-14276-Brigada-de-Incêndio.pdfNBR-14276-Brigada-de-Incêndio.pdf
NBR-14276-Brigada-de-Incêndio.pdf
 
NBR 14276 - Brigada de Incêndio - Requisitos
NBR 14276 - Brigada de Incêndio - RequisitosNBR 14276 - Brigada de Incêndio - Requisitos
NBR 14276 - Brigada de Incêndio - Requisitos
 
NBR 14276 BRIGADA DE INCÊNDIO.........pdf
NBR 14276 BRIGADA DE INCÊNDIO.........pdfNBR 14276 BRIGADA DE INCÊNDIO.........pdf
NBR 14276 BRIGADA DE INCÊNDIO.........pdf
 
Nbr 15219 2005 plano de emergência contra incêndio-requisitos
Nbr 15219 2005   plano de emergência contra incêndio-requisitosNbr 15219 2005   plano de emergência contra incêndio-requisitos
Nbr 15219 2005 plano de emergência contra incêndio-requisitos
 
Abnt nbr 15219-2005-plano-de-emergencia-contra-incendios
Abnt nbr 15219-2005-plano-de-emergencia-contra-incendiosAbnt nbr 15219-2005-plano-de-emergencia-contra-incendios
Abnt nbr 15219-2005-plano-de-emergencia-contra-incendios
 
Nbr 15219 2005 plano de emergência contra incêndio-requisitos (1)
Nbr 15219 2005   plano de emergência contra incêndio-requisitos (1)Nbr 15219 2005   plano de emergência contra incêndio-requisitos (1)
Nbr 15219 2005 plano de emergência contra incêndio-requisitos (1)
 
Nbr 14276++++++
Nbr 14276++++++Nbr 14276++++++
Nbr 14276++++++
 
Nbr 14276 (2006)--_programa_de_brigada_de_incêndio
Nbr 14276 (2006)--_programa_de_brigada_de_incêndioNbr 14276 (2006)--_programa_de_brigada_de_incêndio
Nbr 14276 (2006)--_programa_de_brigada_de_incêndio
 
Nbr 94432 2002_extintor_de_incêndio_classe_a_ensaio_de_fogo_em_engradado_de_m...
Nbr 94432 2002_extintor_de_incêndio_classe_a_ensaio_de_fogo_em_engradado_de_m...Nbr 94432 2002_extintor_de_incêndio_classe_a_ensaio_de_fogo_em_engradado_de_m...
Nbr 94432 2002_extintor_de_incêndio_classe_a_ensaio_de_fogo_em_engradado_de_m...
 
Insp. Em Sistemas e Equipamentos de Det. e Ext. de Incêndio
Insp. Em Sistemas e Equipamentos de Det. e Ext. de IncêndioInsp. Em Sistemas e Equipamentos de Det. e Ext. de Incêndio
Insp. Em Sistemas e Equipamentos de Det. e Ext. de Incêndio
 
Slide fox caci 3º
Slide fox  caci 3ºSlide fox  caci 3º
Slide fox caci 3º
 
Instrucao tecnica 32
Instrucao tecnica    32Instrucao tecnica    32
Instrucao tecnica 32
 
322f86c70d4f nbr 9735_equip_emerg_transp_perigosos
322f86c70d4f nbr 9735_equip_emerg_transp_perigosos322f86c70d4f nbr 9735_equip_emerg_transp_perigosos
322f86c70d4f nbr 9735_equip_emerg_transp_perigosos
 
Adesivo pvc tigre
Adesivo pvc tigreAdesivo pvc tigre
Adesivo pvc tigre
 
Weg cartilha atmosfera explosiva
Weg cartilha atmosfera explosivaWeg cartilha atmosfera explosiva
Weg cartilha atmosfera explosiva
 
Weg cartilha-de-atmosferas-explosivas-50039055-catalogo-portugues-br
Weg cartilha-de-atmosferas-explosivas-50039055-catalogo-portugues-brWeg cartilha-de-atmosferas-explosivas-50039055-catalogo-portugues-br
Weg cartilha-de-atmosferas-explosivas-50039055-catalogo-portugues-br
 
Evacuacaodeemergencia
EvacuacaodeemergenciaEvacuacaodeemergencia
Evacuacaodeemergencia
 
Sistemas de combate a incêndio introduçao a engenharia
Sistemas de combate a incêndio  introduçao a engenhariaSistemas de combate a incêndio  introduçao a engenharia
Sistemas de combate a incêndio introduçao a engenharia
 
Como elaborar o AVCB.pptx
Como elaborar o AVCB.pptxComo elaborar o AVCB.pptx
Como elaborar o AVCB.pptx
 

Mais de Aloisio Amaral

trivelato-2020-webinar-4-como-construir-um-inventario-de-riscos-ocupacionais.pdf
trivelato-2020-webinar-4-como-construir-um-inventario-de-riscos-ocupacionais.pdftrivelato-2020-webinar-4-como-construir-um-inventario-de-riscos-ocupacionais.pdf
trivelato-2020-webinar-4-como-construir-um-inventario-de-riscos-ocupacionais.pdf
Aloisio Amaral
 
ergonomia-aula-130408212502-phpapp02.pdf
ergonomia-aula-130408212502-phpapp02.pdfergonomia-aula-130408212502-phpapp02.pdf
ergonomia-aula-130408212502-phpapp02.pdf
Aloisio Amaral
 
aula2-normasregulamentadoras-141101085857-conversion-gate01.pptx
aula2-normasregulamentadoras-141101085857-conversion-gate01.pptxaula2-normasregulamentadoras-141101085857-conversion-gate01.pptx
aula2-normasregulamentadoras-141101085857-conversion-gate01.pptx
Aloisio Amaral
 
Promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno (1).pptx
Promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno (1).pptxPromoção, proteção e apoio ao aleitamento materno (1).pptx
Promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno (1).pptx
Aloisio Amaral
 
monkeypox-variola-dos-macacos-anvisa.pdf
monkeypox-variola-dos-macacos-anvisa.pdfmonkeypox-variola-dos-macacos-anvisa.pdf
monkeypox-variola-dos-macacos-anvisa.pdf
Aloisio Amaral
 

Mais de Aloisio Amaral (18)

trivelato-2020-webinar-4-como-construir-um-inventario-de-riscos-ocupacionais.pdf
trivelato-2020-webinar-4-como-construir-um-inventario-de-riscos-ocupacionais.pdftrivelato-2020-webinar-4-como-construir-um-inventario-de-riscos-ocupacionais.pdf
trivelato-2020-webinar-4-como-construir-um-inventario-de-riscos-ocupacionais.pdf
 
ergonomia-aula-130408212502-phpapp02.pdf
ergonomia-aula-130408212502-phpapp02.pdfergonomia-aula-130408212502-phpapp02.pdf
ergonomia-aula-130408212502-phpapp02.pdf
 
aula2-normasregulamentadoras-141101085857-conversion-gate01.pptx
aula2-normasregulamentadoras-141101085857-conversion-gate01.pptxaula2-normasregulamentadoras-141101085857-conversion-gate01.pptx
aula2-normasregulamentadoras-141101085857-conversion-gate01.pptx
 
insalubridadepericulosidade-160619220607.pptx
insalubridadepericulosidade-160619220607.pptxinsalubridadepericulosidade-160619220607.pptx
insalubridadepericulosidade-160619220607.pptx
 
AET Salão de Beleza SEMINÁRIO.ppt
AET Salão de Beleza SEMINÁRIO.pptAET Salão de Beleza SEMINÁRIO.ppt
AET Salão de Beleza SEMINÁRIO.ppt
 
Carcinogênicos (1).pdf
Carcinogênicos (1).pdfCarcinogênicos (1).pdf
Carcinogênicos (1).pdf
 
Promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno (1).pptx
Promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno (1).pptxPromoção, proteção e apoio ao aleitamento materno (1).pptx
Promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno (1).pptx
 
Cuidados ao RN no AC.pptx
Cuidados ao RN no AC.pptxCuidados ao RN no AC.pptx
Cuidados ao RN no AC.pptx
 
3-Higiene-do-Trabalho.pptx
3-Higiene-do-Trabalho.pptx3-Higiene-do-Trabalho.pptx
3-Higiene-do-Trabalho.pptx
 
monkeypox-variola-dos-macacos-anvisa.pptx
monkeypox-variola-dos-macacos-anvisa.pptxmonkeypox-variola-dos-macacos-anvisa.pptx
monkeypox-variola-dos-macacos-anvisa.pptx
 
Grupos farmacológicos.pptx
Grupos farmacológicos.pptxGrupos farmacológicos.pptx
Grupos farmacológicos.pptx
 
monkeypox-variola-dos-macacos-anvisa.pdf
monkeypox-variola-dos-macacos-anvisa.pdfmonkeypox-variola-dos-macacos-anvisa.pdf
monkeypox-variola-dos-macacos-anvisa.pdf
 
1higiene-e-seguranc3a7a-do-trabalho.ppt
1higiene-e-seguranc3a7a-do-trabalho.ppt1higiene-e-seguranc3a7a-do-trabalho.ppt
1higiene-e-seguranc3a7a-do-trabalho.ppt
 
03 raciocinio logico-1
03 raciocinio logico-103 raciocinio logico-1
03 raciocinio logico-1
 
Procedimento operacional padrao_pop
Procedimento operacional padrao_popProcedimento operacional padrao_pop
Procedimento operacional padrao_pop
 
Portaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergencia
Portaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergenciaPortaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergencia
Portaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergencia
 
Portaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergencia
Portaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergenciaPortaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergencia
Portaria 2048 de_2002_urgencia_e_emergencia
 
Doc go.net nbr-14277 campo treinamento
Doc go.net nbr-14277 campo treinamentoDoc go.net nbr-14277 campo treinamento
Doc go.net nbr-14277 campo treinamento
 

Último

SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptxSEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
avaseg
 

Último (8)

treinamento de moldagem por injeção plástica
treinamento de moldagem por injeção plásticatreinamento de moldagem por injeção plástica
treinamento de moldagem por injeção plástica
 
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsxST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
ST 2024 Apresentação Comercial - VF.ppsx
 
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptxSEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
SEG NR 18 - SEGURANÇA E SAÚDE O TRABALHO NA INDUSTRIA DA COSTRUÇÃO CIVIL.pptx
 
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdfNormas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
Normas Técnicas para aparelho de solda oxi-acetileno.pdf
 
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADECONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
CONCEITOS BÁSICOS DE CONFIABILIDADE COM EMBASAMENTO DE QUALIDADE
 
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdfPlanejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
Planejamento e controle da Produção_Lustosa.pdf
 
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdfATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
 
apostila de eletricidade básica Werther serralheiro
apostila de eletricidade básica Werther serralheiroapostila de eletricidade básica Werther serralheiro
apostila de eletricidade básica Werther serralheiro
 

Doc go.net nbr-14277 campo treinamento

  • 1. Copyright © 1999, ABNT–Associação Brasileira de Normas Técnicas Printed in Brazil/ Impresso no Brasil Todos os direitos reservados Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 - 28º andar CEP 20003-900 - Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro - RJ Tel.: PABX (021) 210-3122 Fax: (021) 220-1762/220-6436 Endereço Telegráfico: NORMATÉCNICA ABNT-Associação Brasileira de NormasTécnicas NBR 14277JAN 1999 Campo para treinamento de combate a incêndio Palavras-chave: Brigada de incêndio. Incêndio 3 páginas Origem: Projeto 24:203.02-002:1998 CB-24 - Comitê Brasileiro de Segurança contra Incêndio CE-24:203.02 - Comissão de Estudo de Programa de Brigada de Incêndio NBR 14277 - Training field for fight fire Descriptors: Fire brigade. FireVálida a partir de 01.03.1999 Prefácio A ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas - é o Fórum Nacional de Normalização. As Normas Brasi- leiras, cujo conteúdo é de responsabilidade dos Comitês Brasileiros (CB) e dos Organismos de Normalização Setorial (ONS), são elaboradas por Comissões de Estudo (CE), formadas por representantes dos setores envol-vidos, delas fazendo parte: produtores, consumidores e neutros (universidades, laboratórios e outros). Os Projetos de Norma Brasileira, elaborados no âmbito dos CB e ONS, circulam para Votação Nacional entre os associados da ABNT e demais interessados. 1 Objetivo 1.1 Esta Norma estabelece as condições mínimas para a padronização dos campos para treinamentos de combate a incêndio. 1.2 Esta Norma é aplicável no treinamento de brigadas de incêndio, de bombeiros e outros profissionais inerentes à área de incêndio. 2 Definições e abreviaturas Para os efeitos desta Norma, aplicam-se as seguintes definições e abreviaturas: 2.1 área total de fogo; ATF:Soma de todas as superfícies de líquidos em combustão no momento da execução de um exercício. 2.2 campo para treinamento: Local onde são realizados os treinamentos práticos de combate a incêndios, com- posto por obstáculos e proteções ao usuário e ao meio ambiente. 2.3 casa da fumaça: Obstáculo constituído por uma edifi- cação destinada a simular um ambiente sinistrado. Deve ser dotada de no mínimo: porta de entrada, porta de saída,dispositivo ou saída de emergência e instalação elétrica à prova de explosão. 2.4 distância de segurança: Distância mínima julgada necessária para garantir a segurança das pessoas e das instalações, normalmente contada a partir do limite da área da instalação ou equipamento. 2.5 ECI: Equipamento de combate a incêndios. 2.6 EPI: Equipamento de proteção individual. 2.7 EPR: Equipamento de proteção respiratória. 2.8 GLP: Gás liquefeito de petróleo. 2.9obstáculo: Recipiente, superfície, dispositivo ou edifi-cação incombustíveis, destinados à queima de combus- tíveis de forma controlada ou simulação de ambiente si- nistrado. Os obstáculos tipo recipientes de líquidos in- flamáveis devem ser dotados de dispositivos de controle de derramamentos ou transbordamentos com capacida- de superior ao próprio recipiente. 2.10 PMA: Proteção ao meio ambiente. 2.11 PU: Proteção ao usuário. Cópia não autorizada
  • 2. 2 NBR 14277:1999 3 Condições gerais Os campos de treinamento são classificados de acordo com o rigor pretendido e devem atender aos requisitos mínimos prescritos em 3.1 a 3.3. 3.1 Nível 01 - Básico Ver tabela 1. 3.2 Nível 02 - Avançado Ver tabela 2. 3.3 Nível 03 - Superior Ver tabela 3. Tabela 1 - Nível 01 - Básico ECI: Extintoresportáteisouextintoressobre-rodas Obstáculos: Máximode2m 2 de ATF ou dispositivo para queima de GLP com utilização de no máximo um botijão com capacidade de 13 kg Combustível: Óleo diesel, gasolina, querosene ou álcool etílico, na forma pura, tolerando-se até 10% de mistura entre estes produtos para favorecer a ignição; ou GLP NOTA - Estes ou outros produtos somente podem ser utilizados com autorização do órgão governamental responsável pela proteção ambiental da região onde estiver localizado o campo. Distância de Mínimode3mparacada1m 2 de ATF segurança: PMA: Deacordocomalegislaçãovigente PU: -Umaunidadeextintora - Uma caixa de primeiros socorros - Um auxiliar do instrutor (acima de 20 pessoas) Tabela 2 - Nível 02 - Avançado ECI: Extintoresportáteis,extintoressobre-rodasousistemadehidrantes Obstáculos: Mínimode2m 2 e máximo de 7 m2 de ATF ou dispositivo para queima de GLP e casa da fumaça Combustível: Idema3.1 Distância de Mínimode2m paracada1m 2 de ATF, respeitando-se a distância mínima de 6 m segurança: PMA: Idema3.1 PU: - Proteção contra incêndio em conformidade com a legislação vigente, independente dos ECI e agentes extintores usados no treinamento - Local para atendimento médico - Profissional habilitado pata atendimento de emergências médicas - EPI para cabeça, olhos, membros superiores e pés - EPR para o instrutor e um carona, com autonomia mínima de 20 min - Veículo para transporte de acidentados - Um auxiliar do instrutor Cópia não autorizada
  • 3. NBR 14277:1999 3 Tabela 3 - Nível 03 - Superior ECI: Extintoresportáteis,extintoressobre-rodasesistemadehidrantes Obstáculos: Mínimode7m 2 de ATF ou dispositivo para queima de GLP e casa da fumaça Combustível: Idema3.1 Distânciade Idema3.2 segurança: PMA: Idema3.1 PU: - Proteção contra incêndio em conformidade com a legislação vigente, independente dos ECI e agentes extintores usados no treinamento - Local para atendimento médico - Profissional habilitado para atendimento de emergências médicas - Ambulância para transporte de acidentados - Uma equipe auxiliar do instrutor - EPI para cabeça, olhos, tronco, membros superiores e pés - EPR Cópia não autorizada