SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
Seção Sindical do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino
Superior – ANDES-SN
InformANDES na UFRGS, nº 65, 13/09/2018
Acesse também o blog e o Facebook
Pauta:
1 – Privatização é objetivo dos ataques à UFRJ
2 – Marcha dos servidores em Brasília
3 – Encontro da Regional do ANDES-SN
4 – Voz Docente
...........................................................................................
1 - Privatização é objetivo dos ataques à UFRJ e ao Museu Nacional
Um triste cenário tem tomado conta de canais de comunicação após a tragédia que
destruiu o Museu Nacional, no Rio de Janeiro. Representantes do governo constroem
um discurso para macular a imagem da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
e do reitor, Roberto Leher, valendo-se de argumentos falaciosos e de dados
manipulados. Tentam, assim, blindar o governo Michel Temer e a Emenda
Constitucional 95, que oficializa a precarização das instituições de ensino superior no
Brasil.
Paralelamente, o anúncio da criação da Agência Brasileira de Museus (Abram), através
de Medida Provisória no início desta semana, retira da UFRJ a responsabilidade pelas
reformas do museu e configura o passo inicial da desvinculação total da entidade com a
área de ensino.
Para a direção nacional do ANDES-SN, tais medidas visam a acelerar o processo de
privatização da educação e dos serviços públicos. “Sabemos que esses ataques têm por
objetivo desmoralizar a Universidade Pública brasileira, a exemplo dos ataques à UFSC,
à UFMG e a um conjunto de docentes em todos os cantos do Brasil”, afirma nota
pública divulgada pelo Sindicato Nacional, que se une à comunidade acadêmica e à
sociedade em apoio à UFRJ.
Entre as ações, ocorreu um abraço simbólico ao Museu Nacional, convocado pelo
ANDES-SN junto com outras entidades, e um ato na Cinelândia, que reuniu milhares de
pessoas, demonstrando verdadeira indignação ao contexto de descaso contra diversos
setores. Na última terça-feira (11/09), ex-reitores da universidade carioca
se reuniramcom a atual gestão para também manifestar solidariedade. “A UFRJ está
quase completando um século de existência e tem contribuído sempre, com suas
atividades de ensino, pesquisa e extensão, para a formação de profissionais altamente
qualificados, o avanço do conhecimento e a difusão e promoção da cultura. A garantia
do êxito nessas atividades, para tanto, se fundamenta na preservação da sua autonomia.
A atual crise impõe a união da comunidade acadêmica em torno da Reitoria e de
medidas que possibilitem a solução urgente dos muitos problemas que nos afligem. É
preciso continuar a cumprir nossa missão como instituição de ensino, pesquisa, difusão
e promoção cultural”, diz nota divulgada logo após o encontro.
Mentiras manipuladoras
Logo após as manifestações de apoio ao Museu Nacional, à UFRJ e à comunidade
acadêmica, começou a campanha caluniosa, dizendo que os sucessivos cortes
orçamentários não seriam significativos para os problemas do museu, e que os mesmos
seriam consequência de má administração. Se não bastasse, ainda se afirma que essa
suposta má administração decorreria de orientação e filiação política do reitor e de seus
pró-reitores.
O que acontece, na realidade, é que o orçamento da UFRJ (que contempla as despesas
com manutenção geral, obras de infraestrutura, compra de equipamentos e construção
de novos prédios) está passando há anos por cortes e contingenciamentos: foi de R$ 434
milhões em 2014 para R$ 421 milhões em 2017. A instituição prevê que encerrará este
ano com déficit de R$ 160 milhões. A ADUFRJ-SeçSind lançou, inclusive, um boletim
especial com os motivos que levaram ao incêndio.
A Emenda Constitucional (EC) 95, do Teto de Gastos, é parte importante desse cenário,
visto que, em 2018, passou a valer também para o Ministério da Educação (MEC) e
para as universidades federais. “Conhecemos, há muito tempo, a ‘receita podre’ do
neoliberalismo para as instituições públicas: transformar tudo em mercadoria para ser
rentável ao capital. Cortar recursos e forçar a privatização por dentro, através da venda
de serviços, das parcerias público-privadas, da terceirização e da inserção de
organizações sociais para gerir o bem público”, afirma a nota do Sindicato Nacional.
Lutar pela UFRJ e pelo Museu Nacional
A diretoria do ANDES-SN ressalta a importância de manter a mobilização em defesa da
UFRJ e do Museu Nacional. Também reafirma sua posição contra a criminalização e a
privatização da universidade. “O Museu Nacional, assim como todos os equipamentos
das instituições públicas de ensino, precisa de recursos, e um dos principais
investimentos deve ser feito em pessoal e infraestrutura, por isso repudiamos também o
ataque da grande mídia e de parcela do empresariado à(o)s funcionário(a)s público(a)s,
nos rotulando como ‘gasto’. Sem funcionário(a) público(a) não existe serviço público
de qualidade”, completa a nota.
Uma Greve Geral em defesa dos serviços públicos de qualidade está em pauta, e pode
ser definida após a marcha a Brasília nesta quinta-feira (13/09).
Saiba mais
2 - Servidores públicos farão marcha ao STF nesta quinta
Esta quinta-feira (13/09) será de grande mobilização em Brasília. Servidores públicos
federais, municipais e estaduais estarão reunidos em frente ao Supremo Tribunal
Federal (STF) para pressionar os ministros a votarem pela revogação da Emenda
Constitucional (EC) 95/16, que limita os gastos sociais, incluindo os investimentos em
educação, até 2036.
O ato, que acontece no dia da posse do ministro Dias Toffoli como presidente do
Tribunal e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), também exigirá que os ministros
votem a favor da revisão anual dos salários do funcionalismo, dentro da data-base. “A
luta é em defesa dos nossos direitos, pela revogação da EC 95, e por um STF que
respeite os direitos dos cidadãos, assegurados na Constituição Federal”, afirmou
Jacqueline Lima, 2ª secretária do ANDES-SN.
Os servidores públicos ainda exigirão a revogação das contrarreformas Trabalhista e da
Terceirização, que precarizam as condições de trabalho e sucateiam os serviços
públicos, o direito à greve e à negociação coletiva.
Saiba mais
3 – Encontro da Regional do ANDES-SN começa nesta sexta-feira (14)
A XIX edição do encontro da Regional RS do ANDES-SN começa nesta sexta-feira, dia
14 de setembro, no Campus Porto Alegre do IFRS (Cel Vicente, 281). O tema do evento
é “Em defesa dos IFs e das universidades públicas”, e estarão presentes a
Direção Regional do ANDES-SN no RS e as seis seções sindicais do Sindicato
Nacional no Estado: ANDES/UFRGS, Adufpel, Aprofurg, Sedufsm, Sesunipampa e
Sindoif. A programação inclui mesas sobre os ataques financeiros e ideológicos que as
instituições de ensino vêm sofrendo e sobre paridade de gênero no ANDES-SN (debate
que está sendo feito em todas as Seções Sindicais e deve culminar com alterações no
Estatuto do ANDES-SN no próximo Congresso), além da plenária das seções sindicais.
O encontro é aberto à participação de docentes e de toda a comunidade acadêmica, para
debater a organização sindical e os caminhos da luta em defesa da educação pública.
Veja detalhes da programação
4 - Ouça o Voz Docente pela Internet
Ouça AQUI o programa nº 37/2018, do dia 12 de setembro de 2018
No Roteiro
- Lembramos o triste 11 de setembro do golpe militar contra o presidente do
Chile, Salvador Allende;
- Nosso comentarista Conde Pie apresenta um poema do professor da UFRJ Mauro Iasi
que resume bem o nosso momento;
Notícias Expressas
1 - IFRS recebe encontro do ANDES no RS nos dias 14 e 15 de setembro
2 - Marcha de Servidores protesta em frente ao STF nesta quinta, dia 13
3 - A promessa da terceirização: atrasos, assédio moral, salários defasados e empresas
que somem
4 - Em meio a incêndio do Museu Nacional, servidores e voluntários conseguem salvar
peças
Voz Docente é um programa semanal, produzido pela Seção ANDES/UFRGS ,
em parceria com as Seções Sindicais da UFPEL, da FURG e a Regional/RS do ANDES-SN, e
radiodifundido às quartas-feiras, às 13h, na Rádio da Universidade, 1080 AM ou on-
line: http://www.ufrgs.br/radio/
O programa é também veiculado três vezes por semana em Pelotas:
pela Rádio Federal FM 107,9, emissora da UFPel, e pela RádioCom 104.5 FM.
...................................................................
Seção Sindical do ANDES-SN: sindicato de verdade!
Ensino Público e Gratuito: direito de todos, dever do Estado!
10% do PIB para Educação Pública, já!
Caso deseje ser removido(a) desta lista, clique em "Responder" informando "Remover"
ou "Cancelar" no "Assunto" e/ou no início da própria mensagem.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Inform andes na ufrgs 65

Cidade constitucional IX augusto amaddo
Cidade constitucional IX augusto amaddoCidade constitucional IX augusto amaddo
Cidade constitucional IX augusto amaddoAugusto Amado
 
Boletim maio 2014
Boletim maio 2014Boletim maio 2014
Boletim maio 2014Vicente
 
Inform andes na ufrgs 74
Inform andes na ufrgs 74  Inform andes na ufrgs 74
Inform andes na ufrgs 74 AndesUFRGS
 
Caderno de resolu€ ¦ções2
Caderno de resolu€ ¦ções2Caderno de resolu€ ¦ções2
Caderno de resolu€ ¦ções2Vicente
 
Educação ambiental e a polissemia em tempos de globalização
Educação ambiental e a polissemia em tempos de globalizaçãoEducação ambiental e a polissemia em tempos de globalização
Educação ambiental e a polissemia em tempos de globalizaçãoUFPB
 
Inform andes na ufrgs 86
Inform andes na ufrgs 86  Inform andes na ufrgs 86
Inform andes na ufrgs 86 AndesUFRGS
 
Inform andes na ufrgs 80
Inform andes na ufrgs 80  Inform andes na ufrgs 80
Inform andes na ufrgs 80 AndesUFRGS
 
UMA REFLEXÃO COLETIVA SOBRE A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO SUL DO BRASIL
UMA REFLEXÃO COLETIVA SOBRE A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO SUL DO BRASILUMA REFLEXÃO COLETIVA SOBRE A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO SUL DO BRASIL
UMA REFLEXÃO COLETIVA SOBRE A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO SUL DO BRASILProfessorPrincipiante
 
Inform'ativo ADUFC Out/19
Inform'ativo ADUFC Out/19Inform'ativo ADUFC Out/19
Inform'ativo ADUFC Out/19ADUFC S.Sind
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Ago./2014
Jornal do Sindsprev/RJ - Ago./2014Jornal do Sindsprev/RJ - Ago./2014
Jornal do Sindsprev/RJ - Ago./2014sindsprevrj
 
Clipping Sectes 21.03.11
Clipping Sectes 21.03.11Clipping Sectes 21.03.11
Clipping Sectes 21.03.11Sectesclip
 
Patricia da silva rosa
Patricia da silva rosaPatricia da silva rosa
Patricia da silva rosapatriciaarosa
 

Semelhante a Inform andes na ufrgs 65 (20)

Jornal do Sintuperj nº 56
Jornal do Sintuperj nº 56Jornal do Sintuperj nº 56
Jornal do Sintuperj nº 56
 
Jornal do sintuperj nº 56
Jornal do sintuperj nº 56Jornal do sintuperj nº 56
Jornal do sintuperj nº 56
 
Cidade constitucional IX augusto amaddo
Cidade constitucional IX augusto amaddoCidade constitucional IX augusto amaddo
Cidade constitucional IX augusto amaddo
 
Boletim maio 2014
Boletim maio 2014Boletim maio 2014
Boletim maio 2014
 
Jornal A Vanguarda Classista
Jornal A Vanguarda ClassistaJornal A Vanguarda Classista
Jornal A Vanguarda Classista
 
Inform andes na ufrgs 74
Inform andes na ufrgs 74  Inform andes na ufrgs 74
Inform andes na ufrgs 74
 
Jornal
JornalJornal
Jornal
 
Caderno de resolu€ ¦ções2
Caderno de resolu€ ¦ções2Caderno de resolu€ ¦ções2
Caderno de resolu€ ¦ções2
 
Educação ambiental e a polissemia em tempos de globalização
Educação ambiental e a polissemia em tempos de globalizaçãoEducação ambiental e a polissemia em tempos de globalização
Educação ambiental e a polissemia em tempos de globalização
 
Inform andes na ufrgs 86
Inform andes na ufrgs 86  Inform andes na ufrgs 86
Inform andes na ufrgs 86
 
Projeto integrador
Projeto integradorProjeto integrador
Projeto integrador
 
Inform andes na ufrgs 80
Inform andes na ufrgs 80  Inform andes na ufrgs 80
Inform andes na ufrgs 80
 
Jornal do sintuperj nº 25
Jornal do sintuperj nº 25Jornal do sintuperj nº 25
Jornal do sintuperj nº 25
 
UMA REFLEXÃO COLETIVA SOBRE A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO SUL DO BRASIL
UMA REFLEXÃO COLETIVA SOBRE A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO SUL DO BRASILUMA REFLEXÃO COLETIVA SOBRE A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO SUL DO BRASIL
UMA REFLEXÃO COLETIVA SOBRE A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO SUL DO BRASIL
 
Inform'ativo ADUFC Out/19
Inform'ativo ADUFC Out/19Inform'ativo ADUFC Out/19
Inform'ativo ADUFC Out/19
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Ago./2014
Jornal do Sindsprev/RJ - Ago./2014Jornal do Sindsprev/RJ - Ago./2014
Jornal do Sindsprev/RJ - Ago./2014
 
Clipping Sectes 21.03.11
Clipping Sectes 21.03.11Clipping Sectes 21.03.11
Clipping Sectes 21.03.11
 
Jornal do sintuperj nº 22
Jornal do sintuperj nº 22Jornal do sintuperj nº 22
Jornal do sintuperj nº 22
 
Jornal digital 19 11-2018
Jornal digital 19 11-2018Jornal digital 19 11-2018
Jornal digital 19 11-2018
 
Patricia da silva rosa
Patricia da silva rosaPatricia da silva rosa
Patricia da silva rosa
 

Último

As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsxGilbraz Aragão
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil  2023.ppsxA área de ciências da religião no brasil  2023.ppsx
A área de ciências da religião no brasil 2023.ppsx
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 

Inform andes na ufrgs 65

  • 1. Seção Sindical do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior – ANDES-SN InformANDES na UFRGS, nº 65, 13/09/2018 Acesse também o blog e o Facebook Pauta: 1 – Privatização é objetivo dos ataques à UFRJ 2 – Marcha dos servidores em Brasília 3 – Encontro da Regional do ANDES-SN 4 – Voz Docente ........................................................................................... 1 - Privatização é objetivo dos ataques à UFRJ e ao Museu Nacional Um triste cenário tem tomado conta de canais de comunicação após a tragédia que destruiu o Museu Nacional, no Rio de Janeiro. Representantes do governo constroem um discurso para macular a imagem da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e do reitor, Roberto Leher, valendo-se de argumentos falaciosos e de dados manipulados. Tentam, assim, blindar o governo Michel Temer e a Emenda Constitucional 95, que oficializa a precarização das instituições de ensino superior no Brasil. Paralelamente, o anúncio da criação da Agência Brasileira de Museus (Abram), através de Medida Provisória no início desta semana, retira da UFRJ a responsabilidade pelas reformas do museu e configura o passo inicial da desvinculação total da entidade com a área de ensino. Para a direção nacional do ANDES-SN, tais medidas visam a acelerar o processo de privatização da educação e dos serviços públicos. “Sabemos que esses ataques têm por objetivo desmoralizar a Universidade Pública brasileira, a exemplo dos ataques à UFSC, à UFMG e a um conjunto de docentes em todos os cantos do Brasil”, afirma nota pública divulgada pelo Sindicato Nacional, que se une à comunidade acadêmica e à sociedade em apoio à UFRJ. Entre as ações, ocorreu um abraço simbólico ao Museu Nacional, convocado pelo ANDES-SN junto com outras entidades, e um ato na Cinelândia, que reuniu milhares de pessoas, demonstrando verdadeira indignação ao contexto de descaso contra diversos setores. Na última terça-feira (11/09), ex-reitores da universidade carioca se reuniramcom a atual gestão para também manifestar solidariedade. “A UFRJ está quase completando um século de existência e tem contribuído sempre, com suas atividades de ensino, pesquisa e extensão, para a formação de profissionais altamente qualificados, o avanço do conhecimento e a difusão e promoção da cultura. A garantia do êxito nessas atividades, para tanto, se fundamenta na preservação da sua autonomia. A atual crise impõe a união da comunidade acadêmica em torno da Reitoria e de medidas que possibilitem a solução urgente dos muitos problemas que nos afligem. É
  • 2. preciso continuar a cumprir nossa missão como instituição de ensino, pesquisa, difusão e promoção cultural”, diz nota divulgada logo após o encontro. Mentiras manipuladoras Logo após as manifestações de apoio ao Museu Nacional, à UFRJ e à comunidade acadêmica, começou a campanha caluniosa, dizendo que os sucessivos cortes orçamentários não seriam significativos para os problemas do museu, e que os mesmos seriam consequência de má administração. Se não bastasse, ainda se afirma que essa suposta má administração decorreria de orientação e filiação política do reitor e de seus pró-reitores. O que acontece, na realidade, é que o orçamento da UFRJ (que contempla as despesas com manutenção geral, obras de infraestrutura, compra de equipamentos e construção de novos prédios) está passando há anos por cortes e contingenciamentos: foi de R$ 434 milhões em 2014 para R$ 421 milhões em 2017. A instituição prevê que encerrará este ano com déficit de R$ 160 milhões. A ADUFRJ-SeçSind lançou, inclusive, um boletim especial com os motivos que levaram ao incêndio. A Emenda Constitucional (EC) 95, do Teto de Gastos, é parte importante desse cenário, visto que, em 2018, passou a valer também para o Ministério da Educação (MEC) e para as universidades federais. “Conhecemos, há muito tempo, a ‘receita podre’ do neoliberalismo para as instituições públicas: transformar tudo em mercadoria para ser rentável ao capital. Cortar recursos e forçar a privatização por dentro, através da venda de serviços, das parcerias público-privadas, da terceirização e da inserção de organizações sociais para gerir o bem público”, afirma a nota do Sindicato Nacional. Lutar pela UFRJ e pelo Museu Nacional A diretoria do ANDES-SN ressalta a importância de manter a mobilização em defesa da UFRJ e do Museu Nacional. Também reafirma sua posição contra a criminalização e a privatização da universidade. “O Museu Nacional, assim como todos os equipamentos das instituições públicas de ensino, precisa de recursos, e um dos principais investimentos deve ser feito em pessoal e infraestrutura, por isso repudiamos também o ataque da grande mídia e de parcela do empresariado à(o)s funcionário(a)s público(a)s, nos rotulando como ‘gasto’. Sem funcionário(a) público(a) não existe serviço público de qualidade”, completa a nota. Uma Greve Geral em defesa dos serviços públicos de qualidade está em pauta, e pode ser definida após a marcha a Brasília nesta quinta-feira (13/09). Saiba mais 2 - Servidores públicos farão marcha ao STF nesta quinta Esta quinta-feira (13/09) será de grande mobilização em Brasília. Servidores públicos federais, municipais e estaduais estarão reunidos em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF) para pressionar os ministros a votarem pela revogação da Emenda Constitucional (EC) 95/16, que limita os gastos sociais, incluindo os investimentos em educação, até 2036. O ato, que acontece no dia da posse do ministro Dias Toffoli como presidente do Tribunal e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), também exigirá que os ministros votem a favor da revisão anual dos salários do funcionalismo, dentro da data-base. “A luta é em defesa dos nossos direitos, pela revogação da EC 95, e por um STF que respeite os direitos dos cidadãos, assegurados na Constituição Federal”, afirmou Jacqueline Lima, 2ª secretária do ANDES-SN.
  • 3. Os servidores públicos ainda exigirão a revogação das contrarreformas Trabalhista e da Terceirização, que precarizam as condições de trabalho e sucateiam os serviços públicos, o direito à greve e à negociação coletiva. Saiba mais 3 – Encontro da Regional do ANDES-SN começa nesta sexta-feira (14) A XIX edição do encontro da Regional RS do ANDES-SN começa nesta sexta-feira, dia 14 de setembro, no Campus Porto Alegre do IFRS (Cel Vicente, 281). O tema do evento é “Em defesa dos IFs e das universidades públicas”, e estarão presentes a Direção Regional do ANDES-SN no RS e as seis seções sindicais do Sindicato Nacional no Estado: ANDES/UFRGS, Adufpel, Aprofurg, Sedufsm, Sesunipampa e Sindoif. A programação inclui mesas sobre os ataques financeiros e ideológicos que as instituições de ensino vêm sofrendo e sobre paridade de gênero no ANDES-SN (debate que está sendo feito em todas as Seções Sindicais e deve culminar com alterações no Estatuto do ANDES-SN no próximo Congresso), além da plenária das seções sindicais. O encontro é aberto à participação de docentes e de toda a comunidade acadêmica, para debater a organização sindical e os caminhos da luta em defesa da educação pública. Veja detalhes da programação 4 - Ouça o Voz Docente pela Internet Ouça AQUI o programa nº 37/2018, do dia 12 de setembro de 2018 No Roteiro - Lembramos o triste 11 de setembro do golpe militar contra o presidente do Chile, Salvador Allende; - Nosso comentarista Conde Pie apresenta um poema do professor da UFRJ Mauro Iasi que resume bem o nosso momento; Notícias Expressas 1 - IFRS recebe encontro do ANDES no RS nos dias 14 e 15 de setembro 2 - Marcha de Servidores protesta em frente ao STF nesta quinta, dia 13 3 - A promessa da terceirização: atrasos, assédio moral, salários defasados e empresas que somem 4 - Em meio a incêndio do Museu Nacional, servidores e voluntários conseguem salvar peças Voz Docente é um programa semanal, produzido pela Seção ANDES/UFRGS , em parceria com as Seções Sindicais da UFPEL, da FURG e a Regional/RS do ANDES-SN, e radiodifundido às quartas-feiras, às 13h, na Rádio da Universidade, 1080 AM ou on- line: http://www.ufrgs.br/radio/ O programa é também veiculado três vezes por semana em Pelotas: pela Rádio Federal FM 107,9, emissora da UFPel, e pela RádioCom 104.5 FM. ................................................................... Seção Sindical do ANDES-SN: sindicato de verdade!
  • 4. Ensino Público e Gratuito: direito de todos, dever do Estado! 10% do PIB para Educação Pública, já! Caso deseje ser removido(a) desta lista, clique em "Responder" informando "Remover" ou "Cancelar" no "Assunto" e/ou no início da própria mensagem.