Flor josé jeremias amoroso

290 visualizações

Publicada em

josé jeremias amoroso

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
290
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Flor josé jeremias amoroso

  1. 1. Flor Flor ( flos ) é a parte das plantas fanerogâmicas ( Phanerogamae ) que contém ou só os estames ou só os carpelos ou mais frequentemente ambos, quer acompanhados por perianto ( simples ou diferenciado ) quer desprovidos deste. Constituição da flor Uma flor completa é constituída por órgãos de suporte, de protecção e de reprodução. Órgãos de suporte: peças que sustentam a flor. Órgãos de protecção ( periantro ): protegem as peças de reprodução. Cálice: conjunto de folhas florais externas ( sépalas ), mais ou menos ligadas, geralmente de cor verde. Pedúnculo ( ou pé da flor ): parte mais ou menos alongada, por onde a flor se prende ao caule. Receptáculo: é a parte terminal, alargada, do eixo da flor, onde se prendem as peças florais
  2. 2. Órgãos de reprodução: dão origem ao fruto com as sementes, permitindo assim a continuação da espécie. Androceu: conjunto dos órgãos masculinos da planta ( estames ). Estame é o órgão da flor onde se produz o pólen. Um estame é constituido por filete e por antera. Pólen é o conjunto de grânulos microscópicos, geralmente de cor amarela, formados nas anteras e que contém o inicio da célula reprodutora masculina. Filete: parte do estame, geralmente delgada, que sustenta a antera. Antera: parte do estame onde se forma o pólen e o contém. Gineceu ( ou pistilo ): conjunto dos órgãos femininos da planta ( carpelos ), os quais podem ser livres ou aderentes entre si. Carpelo: folha carpelar que produz óvulos. Um carpelo é constituido pelas seguintes partes: ovário ( com óvulos ), estilete e estigma. Óvulo: pequeno corpo, geralmente ovóide, onde está contida a célula reprodutora feminina, e que, após a fecundação origina a semente. Ovário: parte inferior do pistilo, onde se formam os óvulos. Estigma: parte terminal e glandular do pistilo sobre a qual se fixa e germina o pólen. Estilete: parte estreita e delgada do pistilo, compreendida entre o ovário e o estigma. Corola: conjunto das pétalas, livres ou unidas. Tem cores variadas. Limbo - parte superior, alargada, laminar e corada das pétalas. Unha - parte inferior mais estreita das pétalas, que se insere no receptáculo.
  3. 3. Em resumo: Função A função da flor é assegurar a reprodução. Flores incompletas Uma flor diz-se incompleta sempre que lhe falta, pelo menos, um órgão
  4. 4. Realização da Fotossíntese As plantas retiram a água (H2O) do solo através de suas raízes e o gás carbônico (CO2) do ar atmosférico. A luz solar é absorvida pelas folhas das plantas por meio dos cloroplastos.A clorofila, que está armazenada no cloroplasto, e a energia solar, através de reações químicas, transformam a água e o gás carbônico em glicose e outros carboidratos. Os açucares, além dos sais minerais, são conduzidos por meio de canais existentes, para todas as partes da planta. Utiliza-se parte desse alimento para viver e crescer, e a outra parte permanece armazenada nas raízes, caule e sementes.

×