Pré história e história

18.178 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Pré história e história

  1. 1. Pré-história e História - Evolução Humana: dos primeiros hominídeos ao homo sapiens sapiens. - Paleolítico: a idade da pedra lascada. - Mesolítico: transição - Neolítico : a idade da pedra polida. - Idade dos Metais - Arte na Pré-história: produção de cerâmicas e arte rupestreAula 1 EM.
  2. 2. Evolução Humana• A evolução humana, ou antropogênese, é a tese que trata da origem e da evolução do Homo sapiens como espécie distinta de outros hominídeos, dos grandes macacos e mamíferos placentários.
  3. 3. Por meio da teoria da seleçãonatural e de outros estudos, sabemos queos animais evoluíram, partindo sempre deum ancestral comum, como foi dito porCharles Darwin. O homem está constituídosob o mesmo plano ou modelo geral dequalquer outro mamífero. Seus ossos,músculos, nervos e demais estruturas sãohomólogos às estruturas correspondentesde um macaco, de um morcego ou de umafoca. A similaridade compartilhada entreestruturas derivadas é evidência forte, nãoapenas da evolução, como também é dadosignificativo para a reconstrução dafilogenia, isto é, da história evolutiva dosorganismos.
  4. 4. Filogeniaé o estudo da relação evolutiva entre grupos deorganismos a partir da comparação de característicasmorfológicas.
  5. 5. Nas três últimas décadas, ocorreu umextraordinário florescimento dedescobertas fósseis. Particularmenteimportante, foram os achados de umesqueleto de Ardipithecus ramidus,permitindo-nos compreender a transiçãode símio para homem com um ancestralprovável da Lucy (Australopithecusafarensis), lançando luz sobre o momentoem que os hominídeos começam a andarbípedes.
  6. 6. • O termo "humano" no contexto da evolução humana, refere-se ao gênero Homo, mas os estudos da evolução humana usualmente incluem outros hominídeos, como os australopitecos. O gênero Homo se afastou dos Australopitecos entre 2,3 e 2,4 milhões de anos na África.• Os cientistas estimam que os seres humanos ramificaram-se de seu ancestral comum com os chimpanzés - o único outro hominins vivo - entre 5 e 7 milhões anos atrás. Diversas espécies de Homo evoluíram e agora estão extintas. Estas incluem o Homo erectus, que habitou a Ásia, e o Homo neanderthalensis, que habitou a Europa. O Homo sapiens arcaico evoluiu entre 400.000 e 250.000 anos atrás.
  7. 7. Do primata ao hominídeo • Estima-se que aproximadamente 7 milhões de anos atrás, nas florestas africanas, tenha surgido o primeiro PRIMATA com características bípedes.A ordem dos PRIMATAS é um grupode mamíferos que compreende os popularmentechamados de macacos, símios, lêmures e osseres humanos.BÍPEDE é o animal que anda sobre duas patas.QUADRÚPEDES caminham sobre quatro patas.
  8. 8. • O andar ereto foi uma dasprimeiras características surgidas nosprimatas, mas ele ainda será praticadopor mais 1 milhão de anos sem seconsolidar. Porém, pouco a pouco essapostura foi liberando as mãos para quese desenvolvessem habilidadesmanuais. • Outra característica importante é a alimentação. Analisando os dentes podemos saber o tipo de alimentação e a partir daí deduzir o tipo de estilo de vida desses ancestrais. No caso dos primatas houve uma redução constante no tamanho dos caninos, o que indica uma menor agressividade e maior facilidade para o convívio social.
  9. 9. • Há 4,5 milhões de anos atrás mudanças na morfologia dos pés ajudaram na tarefa de caminha ereto. A estrutura corporal também se tornou mais ereta facilitando o equilíbrio do corpo no caminhar.• Mudanças faciais tornaram o rosto mais plano, dando características mais humanoides a esses primatas.
  10. 10. • Após 500 mil anos, há 4 milhões de anos atrás, o andar ereto se torna uma característica predominante nesse ramo da família dos primatas e com isso as mão finalmente ficam livres para desenvolver diversas tarefas.• O cérebro começa a se desenvolver como o elemento mais importante entre esses animais, potencializando ainda mais as habilidades manuais.
  11. 11. • Os primatas de 3 milhões de anos atrás foram sujeitos aambientes diferentes e, conforme a região onde estavam, seadaptaram muito bem a esses ambientes. Assim, eles passaram aevoluir de maneiras diferentes proporcionando ao planeta pelaprimeira vez a existência de diferentes espécies de hominídeos.
  12. 12. • Durante o processo de adaptação ao meio ambiente,as espécies acabaram trilhando caminhos específicos. Há2,5 milhões de anos atrás a África possuía diversoshominídeos enfrentando esse processo adaptativo.
  13. 13. • Passados 5 milhões de anos de evolução, depois do surgimentos e desaparecimento de várias espécies, surgiram entre os primatas as primeiras espécies do gênero Homo, a qual pertencemos. Nesse período existiam ainda diversas espécies de hominídeos competindo por espaço e por alimento, gerando conflitos e impulsionando o processo de seleção natural, através do qual as espécies melhores adaptadas seriam as mais bem sucedidas.• Porem, desta vez a seleção atuou de forma diferente: ela será, a partir daqui, determinada para o gênero Homo pela capacidade intelectual que permitirá que esses seres criem ferramentas que os ajudarão a se adaptar ao meio.• Diversas ferramentas foram confeccionadas por diversas espécies, mas as pertencentes ao gênero Homo foram as mais bem sucedidas.
  14. 14. • Pela primeira vez a espécie do gênero Homo deixa aÁfrica, demonstrando uma habilidade nata para esse gênero:migrar e adaptar-se a novos ambientes.• As espécies do gênero Homo que se mantiveram naÁfrica continuaram seu percurso de adaptação e sucessos, seimpondo sobre as demais espécies praticamente levando-as aextinção.
  15. 15. • Após restarem apenas as espécies do gênero Homo, a disputa e aseleção continuaram atuando entre essas espécies, até que surge então umadas maiores conquistas da humanidade: o controle do fogo.• Controlar o fogo permitiu: cozinhar os alimentos, iluminação nosperiodos noturnos, aquecimento nos dias mais frios, entre outras facilidades.Isso ocorreu a 1 milhão de anos atrás, quando a migração em grande escalacomeçou, chegando primeiramente ao Oriente Médio, em seguida ao SulAsiático e o Sudeste europeu.• Chegando a esses novos ambientes nos quais forçosamente teriam quese adaptar, sugiram outras novas espécies.
  16. 16. • As diversas espécies de hominídeos continuaram seguindo seucaminho evolutivo, desenvolvendo ferramentas, vestimentas, utensíliose armas cada vez melhores, pois já possuíam cérebros com tamanhosconsideráveis.• A partir daí, surge na África uma espécie nova com característicasfísicas frágeis e que se destacou por uma qualidade fantástica: acriatividade. Sua evolução foi esplêndida e aos poucos conquistaram omundo, eliminando gradativamente todas as dificuldades queencontravam, entre elas outras espécies de animais e hominídeos.
  17. 17. Filogenia Humana
  18. 18. ORIGEM E EVOLUÇÃO DOS PRIMATAS PRIMATAS Prossímios (lemur, tarso) Antropóides Platirrínios Catarríneos(macacos do novo mundo, (macacos do velho mundo Hominoides macaco vermelho) macaco leão da Índia) Pongídeos Hominídeos Chimpanzés, orangotangos Humano atual e gorilas
  19. 19. HOMOLOGIA ENTRE OS MEMBROS DOS MAMÍFEROS• Órgãos homólogos são órgãos de seres vivos que se diferem, mas sedesenvolvem de modo semelhante, como os membros anteriores de grande partedos animais vertebrados. Têm origem embrionária semelhante e podem desempenharfunções distintas, como a asa de morcego, adaptadas para o voo; e aas nadadeiras do golfinho, adaptadas para a natação. Ambas têm a mesma estruturaóssea. Desempenham funções distintas por causa do habitat de cada ser, eda adaptação. Isso é denominado divergência evolutiva.
  20. 20. ZOOLOGIA DOS VERTEBRADOS
  21. 21. Charles Darwin 1809 - 1882 Aos 7 anos Estátua – Museu de História Natural - Londres Ao ingressar na SociedadeUm dos últimos retratos Científica
  22. 22. Harriet, uma tartaruga gigante de Galápagos, da época do naturalista britânico Charles Darwin, morreu de parada cardíaca nesta sexta-feira (23) aos 175 anos de idade.HMS Beagle na Austrália (centro), aquarela (2006/Noticia) pintada por Owen Stanley em 1841. Percurso da viagem do HMS Beagle
  23. 23. Tentilhão comum - casal
  24. 24. As hipóteses e deduções de Darwin com os tentilhões O postulado: todas as espécies de tentilhões no arquipélago sederivam da mesma espécie original. A observação: apesar de sua semelhança forte, cada espécie detentilhão tem uma forma altamente característica do bico. Os fatores evolutivos: isolamento geográfico, ambienteecológico, competição. O isolamento geográfico impede a migração e fluxo de genescom a espécie original e com aquelas de outras ilhas, favorecendo aestabilização de características genéticas peculiares em cada ilha.
  25. 25. Os ambientes ecológicos diferentes, dentro da mesma ilha, conduzem aespecializações nutricionais caracterizadas pelas diferenças no bico entre asdiferentes espécies de tentilhões. Além disso, mostrou-se que para melhorar oalcance dos cantos de acasalamento, aqueles tentilhões que vivem nas zonas devegetação densa tem canto diferente daqueles que vivem nas áreas de vegetaçãoesparsa. Este fenômeno aumenta a probabilidade de encontrar um par o qual sejaparte do mesmo milieu (ambiente): daí se dá a estabilização das característicasgenéticas específicas ao ambiente ecológico. A competição, que é particularmente severa durante períodos secos por causada escassez do alimento, favorece aqueles indivíduos mais bem adaptados ao seuambiente. Porque estes têm uma possibilidade maior de sobrevivência e portantode se reproduzir, suas características genéticas particulares tendem a ser passadaspara as gerações seguintes.
  26. 26. ETAPAS EVOLUTIVAS Primatas: Viveram ha cerca de 70 milhões de anos atrás. Habitavamárvores e se alimentavam de folhas e insetos. Homonóides: Eram primatas que viveram aproximadamente entre 22 a24 milhões de anos atrás. Eles tinham tamanho de um pequeno gorila, eleshabitavam árvores e desciam ao solo. Eles eram quadrúpedes, ou seja,caminhavam sobre as quatro patas, e de vez em quando caminhavam sobre duaspatas. Hominídeos: Eles viveram há cerca de 3 a 1 milhão de anos atrás. Ele jáandava ereto (postura ereta) , e usava os longos braços para se pendurar emárvores, coletar frutos e para tocar pedras em animais. Homo Habilis: Ele foi o primeiro hominídeo do gênero homo. Viveu porvolta de 2 milhões a 1,4 milhão de anos. Ele fabricava ferramentas simples, eusava uma linguagem rudimentar. Homo Erectus: Viveu entre 1,6 milhão a 150 mil anos atrás. Fabricavainstrumentos de pedra mais complexos e cobria o corpo com peles de animais.Eles viviam em grupos que tinha mais ou menos 30 membros, usava umalinguagem mais sofisticada e foi ele quem descobriu o fogo. Homem de Neandertal: Viveu há cerca de 20 mil há 30 mil anos atrás,era habilidoso. Enterrava os mortos em cavernas e deixavam comidas e objetoscomo oferendas. Conviveu com o Homo Sapiens Sapiens e desapareceu pormotivos até hoje desconhecidos. Homo Sapiens Sapiens: Surgiu entre 100 e 50 mil anos. Espalho-se portoda terra. Desenvolveu a pintura e a agricultura.
  27. 27. PALEOLÍTICO• O Paleolítico, também conhecido como Idade da Pedra Lascada, é a primeira fase da Idade da Pedra. Vai de 2 milhões A.C. (época aproximada em que o homem fabricou o primeiro utensílio) até 10.000 A.C. (início do Período Neolítico).
  28. 28. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DO PERÍODO PALEOLÍTICO:• Fabricação de ferramentas e caça: Este período da Pré-História se caracteriza pela fabricação de ferramentas (machados, lanças, cajados, facas, etc) e outros objetos de pedra, ossos e madeira. A vida neste período baseava-se na caça de animais, pesca e coleta de alimentos (frutos, folhas e raízes).• Nomadismo: Os homens deste período eram nômades, ou seja, se deslocavam constantemente de um local para outro em busca de água e alimentos. Como precisavam deixar o local constantemente, buscavam moradias provisórias como, por exemplo, cavernas e vãos entre rochas.• Economia: A economia na fase do Paleolítico era de subsistência, ou seja, não acumulavam nem produziam para o comércio, mas apenas para a sobrevivência do grupo. Os bens de produção do grupo (ferramentas, utensílios e outros objetos) eram de propriedade coletiva.• Organização social: Os homens se organizavam em pequenos grupos, cuja liderança era do mais forte e experiente. Aos homens cabia a tarefa de caçar, pescar e proteger o grupo. As mulheres ficavam com a função de preparar o alimento e cuidar dos filhos.
  29. 29. • Comunicação: A comunicação neste período era baseada na emissão depouca quantidade de sons (ruídos). Outra forma muita usada de comunicaçãoforam as pinturas rupestres (desenhos feitos em paredes de cavernas). Atravésdestes desenhos (arte rupestre) eles marcavam o tempo, trocavam experiências etransmitiam mensagens e sentimentos.• O fogo: Uma das grandes descobertas do período foi a produção do fogo. Esteera produzido através de dois processos. O mais rudimentar era a fricção de duaspedras sob um maço de palha seca. A faísca obtida incendiava a palha. Numsegundo procedimento, mais elaborado, um graveto era girado sob o furo de umamadeira seca. Este procedimento, através do aquecimento, gerava calor quepassava para a palha, provocando o fogo.• Rituais: No Paleolítico, os homens já realizavam rituais funerários.Arqueólogos encontraram, em várias regiões, potes de cerâmica com restosmortais e objetos pessoais dentro de cavernas. Eram também realizados rituaisreligiosos com a utilização do fogo.• Hominídeos que viveram no Paleolítico: Australopitecos , Homo Habilis,Homo Erectus, Homo Sapiens, Homem de Neanderthal e Homem de Cro-Magnon.
  30. 30. MESOLÍTICO• É uma fase intermediária da Pré-história entre os períodos Paleolítico e Neolítico. Estafase não ocorreu em todas as regiões do mundo, mas apenas naquelas onde a glaciação teveefeitos mais consideráveis. O Mesolítico teve início há, aproximadamente, 10 mil anos atrás eterminou com o desenvolvimento da agricultura.• O Mesolítico foi um período de transição, porém representou grandes avanços nosentido de garantir melhores condições de sobrevivência para o homem pré-histórico.
  31. 31. PRINCIPAIS AVANÇOS DO PERÍODO MESOLÍTICO• Domínio do fogo: com esta conquista o homem da Pré-história conseguiu espantar os animais selvagens que lhe representavam perigo. Foi possível também esquentar e iluminar a moradia, além de possibilitar o consumo de alimentos e carne cozida ou assada.• Domesticação dos animais: possibilitou garantir uma reserva de alimento para o momento que houvesse necessidade, eliminando a dependência da caça.• Desenvolvimento da agricultura: com este avanço, o homem da Pré-história deixou de ser nômade para ser sedentário. Diminuindo a dependência da natureza, a agricultura garantiu maior quantidade de alimentos.• Divisão de trabalho por sexo: os homens ficaram responsáveis pelo sustento da família e segurança do local, enquanto às mulheres cabiam as funções de cuidar dos filhos e da organização da habitação. Esta divisão de trabalho melhorou a organização social na Pré- história, favorecendo o desenvolvimento das famílias.• Início das sociedades: Muitos historiadores e antropólogos defendem a ideia de que as raízes da primeiras sociedades camponesas estavam presentes nas comunidades de coletores e caçadores complexos do período mesolítico.
  32. 32. NEOLÍTICO• Também conhecido como Idade da Pedra Polida foi a fase da pré-história que ocorreu entre 12 mil e 4 mil A.C. O início deste período é marcado com o fim das glaciações (época em que quase todo planeta ficou coberto de gelo) e termina com o desenvolvimento da escrita na Suméria (região da Mesopotâmia).
  33. 33. Principais características do período Neolítico • Desenvolvimento da agricultura. Este avanço permitiu ao ser humano ter uma vida menos dependente da natureza. Não necessitava mais coletar frutos, vegetais e raízes. • A domesticação dos animais (cabras, bois, porcos, cavalos e aves) também colaborou com a melhoria na qualidade de vida. Aliada a agricultura, a domesticação dos animais permitiu ao homem um aumento significativo na quantidade de produção de alimentos. • Em decorrência do desenvolvimento da agricultura e domesticação dos animais, o ser humano deixou de ser nômade (sem moradia fixa) para tornar-se sedentário (com moradia fixa). Este fato permitiu o desenvolvimento das primeiras comunidades (tribos, aldeias, vilas e cidades). Estas primeiras comunidades desenvolviam-se às margens de rios e lagos. Além de suprir as necessidades básicas, a água assumia uma nova função na vida dos homens: irrigar o solo para o plantio. • Com o aumento na produção de alimentos, criou-se a necessidade de armazenamento. No Neolítico ocorreu um grande desenvolvimento da arte cerâmica.
  34. 34. • Nas primeiras comunidades que se formavam, a organização do trabalho tornou- se necessária. Os homens ficaram encarregados da caça, pesca e segurança (função militar de proteção). As mulheres ficaram com as tarefas de cuidar dos filhos, da agricultura e do preparo dos alimentos.• Com o aumento da produção ocorreu a geração de excedentes. Além de armazenarem para os períodos de maior necessidade, os homens começaram a trocar estes produtos com outras comunidades. Foi o início da economia de trocas.• Com mais alimentos, ocorreu um significativo aumento populacional. Este fato passou a gerar a necessidade de formas de administração mais desenvolvidas, inclusive com estabelecimento de lideranças e funções mais específicas dentro da comunidade.• Ocorreu também, no Neolítico, um significativo desenvolvimento das práticas religiosas (rituais), culturais e artesanais.
  35. 35. IDADE DOS METAIS• O período da Idade dos Metais é a última fase da Pré-história. De curta duração, este período vai de 6, 5 mil anos atrás até o surgimento da escrita (por volta de 5,5 mil anos atrás).• Foi um período muito importante, pois o homem pré-histórico fez vários avanços nas técnicas de produção de artefatos. Estes avanços, lhes permitiram melhores condições de vida. O conhecimento de técnicas de fundir e moldar os metais trouxe muitos avanços na vida cotidiana do homem pré-histórico.
  36. 36. Principais características da Idade dos Metais• Idade do Cobre - por volta de 6 mil anos atrás, o homem pré-histórico (homo sapiens sapiens) adquiriu conhecimentos para o desenvolvimento de técnicas para derreter e moldar o cobre. Usava moldes de pedra ou barro para colocar o cobre derretido e produzir espadas, lanças e ferramentas. Usava o martelo para moldar estes objetos depois que esfriavam.• Idade do Bronze - por volta de 4 mil anos atrás, o homem começou a produzir o bronze (metal mais resistente que o cobre), a partir da mistura da liga do cobre com o estanho. Espadas, capacetes, martelos, lanças, facas, machados e outros objetos de bronze começaram a ser fabricados neste período. Esta época, de grande avanço tecnológico, passou a ser chamada de Idade do Bronze.• Idade do Ferro - por volta de 3,5 mil anos atrás o homem já dominava muito bem a metalurgia, passando a fabricar o ferro, usando fornos em altas temperaturas. Com o ferro, o homem passou a desenvolver, principalmente, armas mais resistentes.• A fabricação destes objetos de metais teve uma grande influência na agricultura, aumentando a produção. O arado de metal, enxada e outras ferramentas agrícolas rústicas foram criadas, facilitando assim o trabalho no campo.• O domínio dos metais também possibilitou ao homem deste período a fabricação de utensílios domésticos (panelas, potes, facas, etc) e objetos de adorno e de arte. Nesta época, várias esculturas de bronze foram produzidas.
  37. 37. ARTE RUPESTRE• Há milhares de anos os povos antigos já semanifestavam artisticamente. Embora ainda nãoconhecessem a escrita, eles eram capazes de produzirobras de arte. A arte rupestre é composta porrepresentações gráficas (desenhos, símbolos, sinais) feitasem paredes de cavernas pelos homens da Pré-História.
  38. 38. • Características principais da arte rupestre: O homem pré-histórico era capaz de se expressarartisticamente através dos desenhos que fazia nas paredes de suas cavernas. Suas pinturas mostravam osanimais e pessoas do período em que vivia, além de cenas de seu cotidiano (caça, rituais, danças,alimentação, etc.). Expressava-se também através de suas esculturas em madeira, osso e pedra. O estudodesta forma de expressão contribui com os conhecimentos que os cientistas têm a respeito do dia a dia dospovos antigos. Para fazerem as pinturas nas paredes de cavernas, os homens da Pré-História usavam sanguede animais, saliva, fragmentos de rochas, argila, etc.• Arte indígena : Além da arte pré-histórica vista no parágrafo acima, há um outro tipo de arte primitiva:a realizada pelos índios e outros povos que habitavam a América antes da chegada de Cristóvão Colombo. Ospovos: maias, astecas e incas são representantes da arte pré-colombiana. A história destes povos é contadaatravés de sua arte (pinturas, esculturas e templos grandiosos, construídos com pedras ou materiaispreciosos).• Arte Primitiva na atualidade: Nos dias de hoje também é possível encontrar arte primitiva; algunsexemplos são as máscaras para rituais, esculturas e pinturas que são feitas pelos negros africanos. Há aindaa arte primitiva entre os nativos da Oceania e também entre os índios americanos, que fazem objetos de arteprimitiva muito apreciados entre os povos atuais.
  39. 39. LOCAIS COM PINTURA RUPESTRE NO BRASIL: - Parque Nacional da Serra da Capivara em São Raimundo Nonato (Piauí) - Parque Nacional Sete Cidades (Piauí)Pintura rupestre do Parque Nacional da Serra da Capivara (Toca do - Cariris Velhos (Paraíba) Boqueirão da Pedra Furada) - Lagoa Santa (Minas Gerais) - Rondonópolis (Mato Grosso) - Peruaçu (Minas Gerais)
  40. 40. 3 PRINCIPAIS ETAPAS EVOLUTIVAS1 – ADAPTAÇÃO DOS ANTROPÓIDES AO MEIO2 – FABRICAÇÃO DE UTENSÍLIOS E FERRAMENTAS – HOMO ERECTUS3 – SURGIMENTO DO HOMO SAPIENS QUE DOMINOU O AMBIENTE DE MANEIRA CRIATIVA http://www.biomania.com.br/bio/conteudo.asp?cod=3415
  41. 41. PRIMATA ANCESTRAL COMUM PONGÍDEOS HOMINÍDEOSMACACOS ATUAIS HOMO SAPIENSGORILAS, ORANGOTANGO, SAPIENS CHIMPANZÉ HUMANO ATUAL
  42. 42. PROFESSOR FELIPE PADILHA HISTÓRIA - 2013
  43. 43. Hipótese do Estreito de Bering
  44. 44. Pangeia

×