SlideShare uma empresa Scribd logo
E.E Professor Luiz Gonzaga Righini
Evolução Humana
2015
Objetivo:
• Entender e compreender o
processo evolutivo do homem.
Introdução
• Em oposição ao criacionismo, a teoria
evolucionista parte do princípio de que o homem
é o resultado de um lento processo de alterações
(mudanças). Esta é a ideia central da evolução: os
seres vivos (vegetais e animais, incluindo os seres
humanos) se originaram de seres mais simples,
que foram se modificando ao longo do tempo.
• Essa teoria, formulada na segunda metade do
século XIX pelo cientista inglês Charles Darwin,
tem sido aperfeiçoada pelos pesquisadores e
hoje é aceita pela maioria dos cientistas.
• De acordo com diversas pesquisas cientificas,
o aparecimento dos primeiros ancestrais do
homem surgiu a cerca de 3,5 – 4 milhões de
anos atrás. Os primeiros hominídeos
pertenciam ao gênero Australopithecus e se
diferenciavam dos demais primatas por conta
de sua postura ereta, locomoção bípede e
uma arcada mais próxima da atual espécie
humana. Apesar de ser considerado o
primeiro ancestral humano, não existe um
estudo conclusivo sobre a escala evolutiva.
• Segundo alguns estudos, os sucessores do Australopithecus
foram os Homo habilis (2,4 milhões de anos) e o Homo
erectus, o qual haveria surgido há aproximadamente 1,8
milhões de anos atrás. O seu maxilar apresentaria uma
consistência maior e seus dentes seriam mais largos. Além
disso, tinha uma caixa craniana de maior porte e uma postura
mais ereta. Segundo consta, este teria habitado regiões
diversas da África e da Ásia como o Java, China, Etiópia e
Tanzânia.
A partir do processo evolutivo sofrido por esse último
espécime, haveria surgido o chamado Homo sapiens, uma
espécie da qual descenderia o Homo neanderthalensis. Este
integrante do processo evolutivo humano teria vivido entre
230 e 30 mil anos atrás. De acordo com os estudos a seu
respeito, o neanderthalensis produzia armas e utensílios com
maior sofisticação e realizavam rituais funerários simples.
Durante algum tempo, teria vivido juntamente como o Homo
• Este último corresponde a nossa espécie e teria surgido no
planeta há cerca de 150 mil anos atrás. De acordo com os
estudos sobre esse último estágio da escala evolutiva, o Homo
sapiens moderno teve a incrível capacidade de se espalhar em
outras regiões do mundo em um relativo curto espaço de
tempo. Aproveitando das conquistas consolidadas por seus
ancestrais, teve a capacidade de desenvolver a linguagem,
dominar o fogo e construir instrumentos diversos.
Com a interrupção desse processo, dava-se início a outros
processos que empreenderiam a formação de manifestações
e organizações sociais mais completas. Depois disso,
ocorreriam as transformações que encerrariam o extenso
Período Paleolítico, que termina em 8000 a.C.. Logo em
seguida, ocorreria o desenvolvimento do Período Neolítico
(8000 a.C. – 5000 a.C.) e a Idade dos Metais, que vai de 5000
a.C. até o surgimento da escrita, que encerra a Pré-história.
• Após abandonar seus estudos em medicina, Charles
Darwin (1809 – 1882) decidiu dedicar-se às pesquisas
sobre a natureza. Em 1831 foi convidado a participar,
como naturalista, de uma expedição de cinco anos ao
redor do mundo organizada pela Marinha britânica.
• Em 1836, de volta à Inglaterra, trazia na bagagem
milhares de espécimes animais e vegetais coletados em
todos os continentes, além de uma enorme quantidade
de anotações. Após vinte anos de pesquisas baseadas
nesse material, saiu sua obra prima: A Origem das
Espécies através da seleção natural, livro publicado em
1859.
• A grande contribuição de Darwin para a teoria da
evolução foi a ideia da seleção natural. Ele observou
que os seres vivos sofrem modificações que podem ser
passadas para as gerações seguintes.
• No caso das girafas, ele imaginou que, antigamente,
haveria animais de pescoço curto e pescoço longo. Com a
oferta mais abundante de alimentos no alto das árvores, as
girafas de pescoço longo tinham mais chance de sobreviver,
de se reproduzir e assim transmitir essa característica
favorável aos descendentes. A seleção natural nada mais é,
portanto, do que o resultado da transmissão hereditária
dos caracteres que melhor adaptam uma espécie ao meio
ambiente. [...]
• A ideia seleção natural não encontrou muita resistência,
pois explicava a extinção de animais como os dinossauros,
dos quais já haviam sido encontrados muitos vestígios. O
que causou grande indignação, tanto nos meios religiosos
quanto nos científicos, foi a afirmação de que o ser humano
e o macaco teriam um parente em comum, que vivera há
milhões de anos. Logo, porém surgiria a comprovação
dessa teoria, à medida que os pesquisadores descobriam
esqueletos com características intermediárias entre os
humanos e os símios.
• Primatas: Os mais antigos viveram há
cerca de 70 milhões de anos. Esses
mamíferos de pequeno porte habitavam
as árvores das florestas e alimentavam-se
de olhas e insetos.
• Hominoides: São primatas que viveram entre
aproximadamente 22 e 14 milhões de anos
atrás. O procônsul, que tinha o tamanho de
um pequeno gorila, habitava em árvores, mas
também descia ao solo; era quadrúpede, isto
é, locomovia-se sobre as quatro patas.
Descendente do procônsul, o kenyapiteco às
vezes endireitava o corpo e se locomovia
sobre as patas traseiras.
• Hominídeos:
• Família que inclui o gênero australopiteco e também
o gênero humano. O Australopiteco afarense, que
viveu há cerca de 3 milhões de anos, era um pouco
mais alto que o chimpanzé. Já caminhava sobre os
dois pés e usava longos braços se pendurar
nas árvores. Mais alto e pesado, o Australopiteco
africano viveu entre 3 milhões e 1 milhão de anos.
Andava ereto e usava as mãos para coletar frutos e
atirar pedras para abater animais.
• Homo habilis:
• Primeiro hominídeo do gênero Homo. Viveu
por volta de 2 milhões de anos a 1,4 milhões
de anos atrás. Fabricava instrumentos simples
de pedra, construía cabanas e, provávelmente,
desenvolveu, uma linguagem rudimentar. Seus
vestígios só foram encontrados na África.
• Homo erectus:
• Descente do Homo habilis, viveu entre 6 milhões de
anos e 150 mil anos atrás. Saiu da África, alcançando
a Europa, a Ásia e a Oceania. Fabricava instrumentos
de pedra mais complexos e cobria o corpo com peles
de animais. Vivia em grupos de vinte a trinta
membros e utilizava uma linguagem mais sofisticada.
Foi o descobridor do fogo.
• Homem de Neandertal:
• Provável descendente do Homo erectus, viveu há
cerca de 200 mil a 30 mil anos. Habilidoso, criou
muitas ferramentas e fabricava armas e abrigos com
ossos de animais. Enterrava os mortos nas cavernas,
com flores e objetos. Conviveu com os primeiros
homens modernos e desapareceu por motivos até
hoje desconhecidos.
• Homo sapiens:
• Descendente do Homo erectus, surgiu entre
100 mil e 50 mil anos atrás. Trata-se do
homem moderno. Espalhou-se por toda a
Terra, deixando variados instrumentos de
pedra, osso e marfim. Desenvolveu a pintura e
a escultura.
Bibliografia
• http://www.mundoeducacao.com/historiager
al/a-evolucao-homem.htm
• http://www.sohistoria.com.br/ef2/evolucao/p
2.php
• https://pt.wikipedia.org/wiki/Evolu%C3%A7%
C3%A3o_humana
• Nome: Vinicius Passos de Oliveira
• Numero: 34
• Série: 3º Ano A
• Professora: Maria Teresa

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Evolução humana e pré história
Evolução humana e pré  históriaEvolução humana e pré  história
Evolução humana e pré história
Debora Barros
 
Pré História
Pré   História Pré   História
Pré História
Fatima Freitas
 
Aula 02 criacionismo e evolucionismo
Aula 02  criacionismo e evolucionismoAula 02  criacionismo e evolucionismo
Aula 02 criacionismo e evolucionismo
Fabiana Tonsis
 
A evolução do ser humano - História 6º ano
A evolução do ser humano - História 6º anoA evolução do ser humano - História 6º ano
A evolução do ser humano - História 6º ano
Fábio Paiva
 
A EvoluçãO Humana
A EvoluçãO HumanaA EvoluçãO Humana
A EvoluçãO Humana
JDL
 
As origens do ser humano - 6º Ano (2017)
As origens do ser humano - 6º Ano (2017)As origens do ser humano - 6º Ano (2017)
As origens do ser humano - 6º Ano (2017)
Nefer19
 
Evolução humana 3 C
Evolução humana 3 CEvolução humana 3 C
Evolução humana 3 C
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Evolução humana
Evolução humanaEvolução humana
Evolução humana
Eduardo Sousa
 
Pré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino MédioPré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino Médio
Diego Bian Filo Moreira
 
Pré História - 6º Ano
Pré História - 6º AnoPré História - 6º Ano
Pré História - 6º Ano
Patrícia Costa Grigório
 
Evolução humana
Evolução humanaEvolução humana
Evolução humana
Filho João Evangelista
 
A evolucao do ser humano 6-ano
A evolucao do ser humano 6-anoA evolucao do ser humano 6-ano
A evolucao do ser humano 6-ano
Lucas Degiovani
 
A origem dos seres humanos
A origem dos seres humanosA origem dos seres humanos
A origem dos seres humanos
Marcela Marangon Ribeiro
 
A evolução dos hominídeos
A evolução dos hominídeosA evolução dos hominídeos
A evolução dos hominídeos
Carlos Pinheiro
 
Evolução humana final
Evolução humana finalEvolução humana final
Evolução humana final
Prana Dharma
 
7 ano classificação dos seres vivos
7 ano classificação dos seres vivos7 ano classificação dos seres vivos
7 ano classificação dos seres vivos
crisbassanimedeiros
 
Pré história e história
Pré história e históriaPré história e história
Pré história e história
Acessa Esterina
 
Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)
Karol Maia
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
emanuel
 
Fatores evolutivos
Fatores evolutivosFatores evolutivos
Fatores evolutivos
URCA
 

Mais procurados (20)

Evolução humana e pré história
Evolução humana e pré  históriaEvolução humana e pré  história
Evolução humana e pré história
 
Pré História
Pré   História Pré   História
Pré História
 
Aula 02 criacionismo e evolucionismo
Aula 02  criacionismo e evolucionismoAula 02  criacionismo e evolucionismo
Aula 02 criacionismo e evolucionismo
 
A evolução do ser humano - História 6º ano
A evolução do ser humano - História 6º anoA evolução do ser humano - História 6º ano
A evolução do ser humano - História 6º ano
 
A EvoluçãO Humana
A EvoluçãO HumanaA EvoluçãO Humana
A EvoluçãO Humana
 
As origens do ser humano - 6º Ano (2017)
As origens do ser humano - 6º Ano (2017)As origens do ser humano - 6º Ano (2017)
As origens do ser humano - 6º Ano (2017)
 
Evolução humana 3 C
Evolução humana 3 CEvolução humana 3 C
Evolução humana 3 C
 
Evolução humana
Evolução humanaEvolução humana
Evolução humana
 
Pré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino MédioPré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino Médio
 
Pré História - 6º Ano
Pré História - 6º AnoPré História - 6º Ano
Pré História - 6º Ano
 
Evolução humana
Evolução humanaEvolução humana
Evolução humana
 
A evolucao do ser humano 6-ano
A evolucao do ser humano 6-anoA evolucao do ser humano 6-ano
A evolucao do ser humano 6-ano
 
A origem dos seres humanos
A origem dos seres humanosA origem dos seres humanos
A origem dos seres humanos
 
A evolução dos hominídeos
A evolução dos hominídeosA evolução dos hominídeos
A evolução dos hominídeos
 
Evolução humana final
Evolução humana finalEvolução humana final
Evolução humana final
 
7 ano classificação dos seres vivos
7 ano classificação dos seres vivos7 ano classificação dos seres vivos
7 ano classificação dos seres vivos
 
Pré história e história
Pré história e históriaPré história e história
Pré história e história
 
Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)Modelos atômicos ( 9 ano)
Modelos atômicos ( 9 ano)
 
Origem da vida
Origem da vidaOrigem da vida
Origem da vida
 
Fatores evolutivos
Fatores evolutivosFatores evolutivos
Fatores evolutivos
 

Destaque

Formação matemática junho
Formação matemática junhoFormação matemática junho
Formação matemática junho
Dyone Andrade
 
Teoria da Evolução de Charles Darwin
Teoria da Evolução de Charles DarwinTeoria da Evolução de Charles Darwin
Teoria da Evolução de Charles Darwin
hewencho
 
Charles Darwin
Charles DarwinCharles Darwin
Charles Darwin
Carlos Pinheiro
 
Origem e evolução do ser humano
Origem e evolução do ser humanoOrigem e evolução do ser humano
Origem e evolução do ser humano
Rodolfo Ferreira de Oliveira
 
Linha Do Tempo
Linha Do TempoLinha Do Tempo
Linha Do Tempo
silsame
 
Evolução humana 3B
Evolução humana 3BEvolução humana 3B
Evolução humana 3B
Maria Teresa Iannaco Grego
 
02 evolução do homem
02   evolução do homem02   evolução do homem
02 evolução do homem
Carla Freitas
 
A Evolução do Homem
A Evolução do HomemA Evolução do Homem
A Evolução do Homem
MARLENE82
 
Darwinismo
DarwinismoDarwinismo
Darwinismo
Catir
 
Apostilade metodologiadamatematicanaisis pdf
Apostilade metodologiadamatematicanaisis pdfApostilade metodologiadamatematicanaisis pdf
Apostilade metodologiadamatematicanaisis pdf
ΙZΑВЄℓ Ƒєяяєιяα
 
01 pré-história
01   pré-história01   pré-história
Evolução humana
Evolução humanaEvolução humana
Evolução humana
' Paan
 
EvoluçãO Humana
EvoluçãO HumanaEvoluçãO Humana
EvoluçãO Humana
guest5484d9
 
A vida do homem no paleolítico
A vida do homem no paleolíticoA vida do homem no paleolítico
A vida do homem no paleolítico
amgmrodrigues
 
Slides EvoluçãO Humana
Slides   EvoluçãO HumanaSlides   EvoluçãO Humana
Slides EvoluçãO Humana
Moranguinho
 
EvoluçAo
EvoluçAoEvoluçAo
EvoluçAo
juniormaximo
 
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOSPRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
carlosbidu
 
Evolução das espécies.
Evolução das espécies.Evolução das espécies.
Evolução das espécies.
Brenno Miranda
 
Lista exercícios evolução e origem da vida
Lista exercícios evolução e origem da vidaLista exercícios evolução e origem da vida
Lista exercícios evolução e origem da vida
César Milani
 
Teorias da Evolução - Prof. Arlei
Teorias da Evolução - Prof. ArleiTeorias da Evolução - Prof. Arlei
Teorias da Evolução - Prof. Arlei
Carmina Monteiro
 

Destaque (20)

Formação matemática junho
Formação matemática junhoFormação matemática junho
Formação matemática junho
 
Teoria da Evolução de Charles Darwin
Teoria da Evolução de Charles DarwinTeoria da Evolução de Charles Darwin
Teoria da Evolução de Charles Darwin
 
Charles Darwin
Charles DarwinCharles Darwin
Charles Darwin
 
Origem e evolução do ser humano
Origem e evolução do ser humanoOrigem e evolução do ser humano
Origem e evolução do ser humano
 
Linha Do Tempo
Linha Do TempoLinha Do Tempo
Linha Do Tempo
 
Evolução humana 3B
Evolução humana 3BEvolução humana 3B
Evolução humana 3B
 
02 evolução do homem
02   evolução do homem02   evolução do homem
02 evolução do homem
 
A Evolução do Homem
A Evolução do HomemA Evolução do Homem
A Evolução do Homem
 
Darwinismo
DarwinismoDarwinismo
Darwinismo
 
Apostilade metodologiadamatematicanaisis pdf
Apostilade metodologiadamatematicanaisis pdfApostilade metodologiadamatematicanaisis pdf
Apostilade metodologiadamatematicanaisis pdf
 
01 pré-história
01   pré-história01   pré-história
01 pré-história
 
Evolução humana
Evolução humanaEvolução humana
Evolução humana
 
EvoluçãO Humana
EvoluçãO HumanaEvoluçãO Humana
EvoluçãO Humana
 
A vida do homem no paleolítico
A vida do homem no paleolíticoA vida do homem no paleolítico
A vida do homem no paleolítico
 
Slides EvoluçãO Humana
Slides   EvoluçãO HumanaSlides   EvoluçãO Humana
Slides EvoluçãO Humana
 
EvoluçAo
EvoluçAoEvoluçAo
EvoluçAo
 
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOSPRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
 
Evolução das espécies.
Evolução das espécies.Evolução das espécies.
Evolução das espécies.
 
Lista exercícios evolução e origem da vida
Lista exercícios evolução e origem da vidaLista exercícios evolução e origem da vida
Lista exercícios evolução e origem da vida
 
Teorias da Evolução - Prof. Arlei
Teorias da Evolução - Prof. ArleiTeorias da Evolução - Prof. Arlei
Teorias da Evolução - Prof. Arlei
 

Semelhante a Evolução humana 3A

Evolução humana 3 B
Evolução humana 3 B Evolução humana 3 B
Evolução humana 3 B
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Evolução humana 3 B
Evolução humana 3 BEvolução humana 3 B
Evolução humana 3 B
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Origem do homem
Origem do homemOrigem do homem
Origem do homem
Maksud Rangel
 
Evolução humana 3 B
Evolução  humana 3 BEvolução  humana 3 B
Evolução humana 3 B
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Primeiros humanos
Primeiros humanosPrimeiros humanos
Primeiros humanos
Loredana Ruffo
 
Evolução do homem 3 C
Evolução do homem 3 CEvolução do homem 3 C
Evolução do homem 3 C
Maria Teresa Iannaco Grego
 
A origem do ser Humano
A origem do ser HumanoA origem do ser Humano
A origem do ser Humano
Maria Aparecida Ledesma
 
Evolução do homem-3C
Evolução  do homem-3CEvolução  do homem-3C
Evolução do homem-3C
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Evolução do homem 3 C
Evolução do homem 3 CEvolução do homem 3 C
Evolução do homem 3 C
Maria Teresa Iannaco Grego
 
A evolução das espécies (1).pdf
A evolução das espécies  (1).pdfA evolução das espécies  (1).pdf
A evolução das espécies (1).pdf
EsthalinGame
 
O surgimento do homem
O surgimento do homemO surgimento do homem
O surgimento do homem
direitounimonte
 
Explicação científica para origem dos seres humanos
Explicação científica para origem dos seres humanosExplicação científica para origem dos seres humanos
Explicação científica para origem dos seres humanos
Renata Telha
 
Pré-História
Pré-HistóriaPré-História
Pré-História
Paulo Alexandre
 
1.a longa marcha do Homem
1.a longa marcha do Homem1.a longa marcha do Homem
1.a longa marcha do Homem
Ana Gonçalves
 
Origem criacionista, e Evolucionistas que são defendidas
Origem criacionista, e Evolucionistas  que são defendidasOrigem criacionista, e Evolucionistas  que são defendidas
Origem criacionista, e Evolucionistas que são defendidas
Ricardo Diniz campos
 
Evolução do ser humano
Evolução do ser humanoEvolução do ser humano
Evolução do ser humano
Claudia Rossi
 
O começo de tudo
O começo de tudoO começo de tudo
O começo de tudo
Janayna Lira
 
Daniel surgimentos dos seres humanos professora rosimeire
Daniel  surgimentos  dos    seres    humanos     professora   rosimeireDaniel  surgimentos  dos    seres    humanos     professora   rosimeire
Daniel surgimentos dos seres humanos professora rosimeire
NeticiaMatos
 
Pré-História
Pré-HistóriaPré-História
Pré-História
Paulo Alexandre
 
Exercícios evolução 2014
Exercícios evolução 2014Exercícios evolução 2014
Exercícios evolução 2014
Claudia Rossi
 

Semelhante a Evolução humana 3A (20)

Evolução humana 3 B
Evolução humana 3 B Evolução humana 3 B
Evolução humana 3 B
 
Evolução humana 3 B
Evolução humana 3 BEvolução humana 3 B
Evolução humana 3 B
 
Origem do homem
Origem do homemOrigem do homem
Origem do homem
 
Evolução humana 3 B
Evolução  humana 3 BEvolução  humana 3 B
Evolução humana 3 B
 
Primeiros humanos
Primeiros humanosPrimeiros humanos
Primeiros humanos
 
Evolução do homem 3 C
Evolução do homem 3 CEvolução do homem 3 C
Evolução do homem 3 C
 
A origem do ser Humano
A origem do ser HumanoA origem do ser Humano
A origem do ser Humano
 
Evolução do homem-3C
Evolução  do homem-3CEvolução  do homem-3C
Evolução do homem-3C
 
Evolução do homem 3 C
Evolução do homem 3 CEvolução do homem 3 C
Evolução do homem 3 C
 
A evolução das espécies (1).pdf
A evolução das espécies  (1).pdfA evolução das espécies  (1).pdf
A evolução das espécies (1).pdf
 
O surgimento do homem
O surgimento do homemO surgimento do homem
O surgimento do homem
 
Explicação científica para origem dos seres humanos
Explicação científica para origem dos seres humanosExplicação científica para origem dos seres humanos
Explicação científica para origem dos seres humanos
 
Pré-História
Pré-HistóriaPré-História
Pré-História
 
1.a longa marcha do Homem
1.a longa marcha do Homem1.a longa marcha do Homem
1.a longa marcha do Homem
 
Origem criacionista, e Evolucionistas que são defendidas
Origem criacionista, e Evolucionistas  que são defendidasOrigem criacionista, e Evolucionistas  que são defendidas
Origem criacionista, e Evolucionistas que são defendidas
 
Evolução do ser humano
Evolução do ser humanoEvolução do ser humano
Evolução do ser humano
 
O começo de tudo
O começo de tudoO começo de tudo
O começo de tudo
 
Daniel surgimentos dos seres humanos professora rosimeire
Daniel  surgimentos  dos    seres    humanos     professora   rosimeireDaniel  surgimentos  dos    seres    humanos     professora   rosimeire
Daniel surgimentos dos seres humanos professora rosimeire
 
Pré-História
Pré-HistóriaPré-História
Pré-História
 
Exercícios evolução 2014
Exercícios evolução 2014Exercícios evolução 2014
Exercícios evolução 2014
 

Mais de Maria Teresa Iannaco Grego

Abelha azul 2º A
Abelha azul 2º AAbelha azul 2º A
Abelha azul 2º A
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Morsa 3ºB
Morsa 3ºBMorsa 3ºB
Desastres naturais II 2º A
Desastres naturais II 2º ADesastres naturais II 2º A
Desastres naturais II 2º A
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Tubarão 2º c II
Tubarão 2º c IITubarão 2º c II
Tubarão 2º c II
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Foca 1º C
Foca  1º CFoca  1º C
Aquecimento global 2º A
Aquecimento global 2º AAquecimento global 2º A
Aquecimento global 2º A
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Baleias 3º A
Baleias 3º ABaleias 3º A
Efeito da-poluição-nos-corais-1°B
Efeito da-poluição-nos-corais-1°BEfeito da-poluição-nos-corais-1°B
Efeito da-poluição-nos-corais-1°B
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Pinguins-2º C
Pinguins-2º CPinguins-2º C
A vila socó 2º c
A vila socó 2º cA vila socó 2º c
A vila socó 2º c
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Lixo nas grandes cidades 1º D
Lixo nas grandes cidades  1º DLixo nas grandes cidades  1º D
Lixo nas grandes cidades 1º D
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Plantas carnívoras 3 C
Plantas carnívoras 3 CPlantas carnívoras 3 C
Plantas carnívoras 3 C
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Desastres naturais 2º A
Desastres naturais 2º ADesastres naturais 2º A
Desastres naturais 2º A
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Desastres naturais 2 A
Desastres naturais 2 ADesastres naturais 2 A
Desastres naturais 2 A
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Pinguins2ºC
Pinguins2ºCPinguins2ºC
Leão 1 B
Leão 1 BLeão 1 B
Panda 1 C
Panda 1 CPanda 1 C
Girafas 1 C
Girafas  1 CGirafas  1 C
ÁGuia 1 A
ÁGuia 1 AÁGuia 1 A
Agrotoxico e meio ambiente -3ºA
Agrotoxico  e meio ambiente -3ºAAgrotoxico  e meio ambiente -3ºA
Agrotoxico e meio ambiente -3ºA
Maria Teresa Iannaco Grego
 

Mais de Maria Teresa Iannaco Grego (20)

Abelha azul 2º A
Abelha azul 2º AAbelha azul 2º A
Abelha azul 2º A
 
Morsa 3ºB
Morsa 3ºBMorsa 3ºB
Morsa 3ºB
 
Desastres naturais II 2º A
Desastres naturais II 2º ADesastres naturais II 2º A
Desastres naturais II 2º A
 
Tubarão 2º c II
Tubarão 2º c IITubarão 2º c II
Tubarão 2º c II
 
Foca 1º C
Foca  1º CFoca  1º C
Foca 1º C
 
Aquecimento global 2º A
Aquecimento global 2º AAquecimento global 2º A
Aquecimento global 2º A
 
Baleias 3º A
Baleias 3º ABaleias 3º A
Baleias 3º A
 
Efeito da-poluição-nos-corais-1°B
Efeito da-poluição-nos-corais-1°BEfeito da-poluição-nos-corais-1°B
Efeito da-poluição-nos-corais-1°B
 
Pinguins-2º C
Pinguins-2º CPinguins-2º C
Pinguins-2º C
 
A vila socó 2º c
A vila socó 2º cA vila socó 2º c
A vila socó 2º c
 
Lixo nas grandes cidades 1º D
Lixo nas grandes cidades  1º DLixo nas grandes cidades  1º D
Lixo nas grandes cidades 1º D
 
Plantas carnívoras 3 C
Plantas carnívoras 3 CPlantas carnívoras 3 C
Plantas carnívoras 3 C
 
Desastres naturais 2º A
Desastres naturais 2º ADesastres naturais 2º A
Desastres naturais 2º A
 
Desastres naturais 2 A
Desastres naturais 2 ADesastres naturais 2 A
Desastres naturais 2 A
 
Pinguins2ºC
Pinguins2ºCPinguins2ºC
Pinguins2ºC
 
Leão 1 B
Leão 1 BLeão 1 B
Leão 1 B
 
Panda 1 C
Panda 1 CPanda 1 C
Panda 1 C
 
Girafas 1 C
Girafas  1 CGirafas  1 C
Girafas 1 C
 
ÁGuia 1 A
ÁGuia 1 AÁGuia 1 A
ÁGuia 1 A
 
Agrotoxico e meio ambiente -3ºA
Agrotoxico  e meio ambiente -3ºAAgrotoxico  e meio ambiente -3ºA
Agrotoxico e meio ambiente -3ºA
 

Último

P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
Estuda.com
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Falcão Brasil
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
helenawaya9
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 

Último (20)

P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Festa dos Finalistas .
Festa dos Finalistas                    .Festa dos Finalistas                    .
Festa dos Finalistas .
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 

Evolução humana 3A

  • 1. E.E Professor Luiz Gonzaga Righini Evolução Humana 2015
  • 2. Objetivo: • Entender e compreender o processo evolutivo do homem.
  • 3. Introdução • Em oposição ao criacionismo, a teoria evolucionista parte do princípio de que o homem é o resultado de um lento processo de alterações (mudanças). Esta é a ideia central da evolução: os seres vivos (vegetais e animais, incluindo os seres humanos) se originaram de seres mais simples, que foram se modificando ao longo do tempo. • Essa teoria, formulada na segunda metade do século XIX pelo cientista inglês Charles Darwin, tem sido aperfeiçoada pelos pesquisadores e hoje é aceita pela maioria dos cientistas.
  • 4. • De acordo com diversas pesquisas cientificas, o aparecimento dos primeiros ancestrais do homem surgiu a cerca de 3,5 – 4 milhões de anos atrás. Os primeiros hominídeos pertenciam ao gênero Australopithecus e se diferenciavam dos demais primatas por conta de sua postura ereta, locomoção bípede e uma arcada mais próxima da atual espécie humana. Apesar de ser considerado o primeiro ancestral humano, não existe um estudo conclusivo sobre a escala evolutiva.
  • 5. • Segundo alguns estudos, os sucessores do Australopithecus foram os Homo habilis (2,4 milhões de anos) e o Homo erectus, o qual haveria surgido há aproximadamente 1,8 milhões de anos atrás. O seu maxilar apresentaria uma consistência maior e seus dentes seriam mais largos. Além disso, tinha uma caixa craniana de maior porte e uma postura mais ereta. Segundo consta, este teria habitado regiões diversas da África e da Ásia como o Java, China, Etiópia e Tanzânia. A partir do processo evolutivo sofrido por esse último espécime, haveria surgido o chamado Homo sapiens, uma espécie da qual descenderia o Homo neanderthalensis. Este integrante do processo evolutivo humano teria vivido entre 230 e 30 mil anos atrás. De acordo com os estudos a seu respeito, o neanderthalensis produzia armas e utensílios com maior sofisticação e realizavam rituais funerários simples. Durante algum tempo, teria vivido juntamente como o Homo
  • 6. • Este último corresponde a nossa espécie e teria surgido no planeta há cerca de 150 mil anos atrás. De acordo com os estudos sobre esse último estágio da escala evolutiva, o Homo sapiens moderno teve a incrível capacidade de se espalhar em outras regiões do mundo em um relativo curto espaço de tempo. Aproveitando das conquistas consolidadas por seus ancestrais, teve a capacidade de desenvolver a linguagem, dominar o fogo e construir instrumentos diversos. Com a interrupção desse processo, dava-se início a outros processos que empreenderiam a formação de manifestações e organizações sociais mais completas. Depois disso, ocorreriam as transformações que encerrariam o extenso Período Paleolítico, que termina em 8000 a.C.. Logo em seguida, ocorreria o desenvolvimento do Período Neolítico (8000 a.C. – 5000 a.C.) e a Idade dos Metais, que vai de 5000 a.C. até o surgimento da escrita, que encerra a Pré-história.
  • 7. • Após abandonar seus estudos em medicina, Charles Darwin (1809 – 1882) decidiu dedicar-se às pesquisas sobre a natureza. Em 1831 foi convidado a participar, como naturalista, de uma expedição de cinco anos ao redor do mundo organizada pela Marinha britânica. • Em 1836, de volta à Inglaterra, trazia na bagagem milhares de espécimes animais e vegetais coletados em todos os continentes, além de uma enorme quantidade de anotações. Após vinte anos de pesquisas baseadas nesse material, saiu sua obra prima: A Origem das Espécies através da seleção natural, livro publicado em 1859. • A grande contribuição de Darwin para a teoria da evolução foi a ideia da seleção natural. Ele observou que os seres vivos sofrem modificações que podem ser passadas para as gerações seguintes.
  • 8. • No caso das girafas, ele imaginou que, antigamente, haveria animais de pescoço curto e pescoço longo. Com a oferta mais abundante de alimentos no alto das árvores, as girafas de pescoço longo tinham mais chance de sobreviver, de se reproduzir e assim transmitir essa característica favorável aos descendentes. A seleção natural nada mais é, portanto, do que o resultado da transmissão hereditária dos caracteres que melhor adaptam uma espécie ao meio ambiente. [...] • A ideia seleção natural não encontrou muita resistência, pois explicava a extinção de animais como os dinossauros, dos quais já haviam sido encontrados muitos vestígios. O que causou grande indignação, tanto nos meios religiosos quanto nos científicos, foi a afirmação de que o ser humano e o macaco teriam um parente em comum, que vivera há milhões de anos. Logo, porém surgiria a comprovação dessa teoria, à medida que os pesquisadores descobriam esqueletos com características intermediárias entre os humanos e os símios.
  • 9. • Primatas: Os mais antigos viveram há cerca de 70 milhões de anos. Esses mamíferos de pequeno porte habitavam as árvores das florestas e alimentavam-se de olhas e insetos.
  • 10. • Hominoides: São primatas que viveram entre aproximadamente 22 e 14 milhões de anos atrás. O procônsul, que tinha o tamanho de um pequeno gorila, habitava em árvores, mas também descia ao solo; era quadrúpede, isto é, locomovia-se sobre as quatro patas. Descendente do procônsul, o kenyapiteco às vezes endireitava o corpo e se locomovia sobre as patas traseiras.
  • 11. • Hominídeos: • Família que inclui o gênero australopiteco e também o gênero humano. O Australopiteco afarense, que viveu há cerca de 3 milhões de anos, era um pouco mais alto que o chimpanzé. Já caminhava sobre os dois pés e usava longos braços se pendurar nas árvores. Mais alto e pesado, o Australopiteco africano viveu entre 3 milhões e 1 milhão de anos. Andava ereto e usava as mãos para coletar frutos e atirar pedras para abater animais.
  • 12. • Homo habilis: • Primeiro hominídeo do gênero Homo. Viveu por volta de 2 milhões de anos a 1,4 milhões de anos atrás. Fabricava instrumentos simples de pedra, construía cabanas e, provávelmente, desenvolveu, uma linguagem rudimentar. Seus vestígios só foram encontrados na África.
  • 13. • Homo erectus: • Descente do Homo habilis, viveu entre 6 milhões de anos e 150 mil anos atrás. Saiu da África, alcançando a Europa, a Ásia e a Oceania. Fabricava instrumentos de pedra mais complexos e cobria o corpo com peles de animais. Vivia em grupos de vinte a trinta membros e utilizava uma linguagem mais sofisticada. Foi o descobridor do fogo.
  • 14. • Homem de Neandertal: • Provável descendente do Homo erectus, viveu há cerca de 200 mil a 30 mil anos. Habilidoso, criou muitas ferramentas e fabricava armas e abrigos com ossos de animais. Enterrava os mortos nas cavernas, com flores e objetos. Conviveu com os primeiros homens modernos e desapareceu por motivos até hoje desconhecidos.
  • 15. • Homo sapiens: • Descendente do Homo erectus, surgiu entre 100 mil e 50 mil anos atrás. Trata-se do homem moderno. Espalhou-se por toda a Terra, deixando variados instrumentos de pedra, osso e marfim. Desenvolveu a pintura e a escultura.
  • 17. • Nome: Vinicius Passos de Oliveira • Numero: 34 • Série: 3º Ano A • Professora: Maria Teresa