Violência

3.323 visualizações

Publicada em

Trabalho realizado por:
Micael Monteiro nº14
Mikael Alvarenga nº15

8ºD
2009/10

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.323
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Violência

  1. 1. Violência<br />(no meio escolar, no namoro, família e desporto)<br />
  2. 2. Introdução<br />Neste trabalho vamos falar sobre a violência. A violência é um instinto que acompanha o Homem desde os tempos primitivos. Neste trabalho estará em os vários tópicos, a violência.<br />
  3. 3. Índice<br />Violência no desporto <br />Fair-play.<br />Bulyng,Violência no meio escolar<br />Violência na família e no namoro<br />Instituições de apoio á vitíma<br />(UAVIDRE)<br />Grandes Revolucionários da História<br />Mohandas karamchand Gandhi<br />Martin Luther King<br />
  4. 4. Violência no Desporto<br />Este é um problema que, infelizmente, se tem vindo a agravar muito progressivamente em Portugal e no mundo, um pouco por todos os desportos.<br /> O Desporto, deve ser acto amigável de competição, não devemos perder o seu estatuto e a sua credibilidade.<br />Estas situações assemelham-se a uma epidemia, porque espalhou-se pelo mundo a uma velocidade muito rápida.<br />Aque se deve isto? À falta de Desportivismo dos jogadores? <br />Odesporto está cada vez mais violento – e esta tendência só poderá ser travada se for combatida por todos. Talvez devamos afirmar será que existe o “fair-play”.<br />
  5. 5. Bulyng e violencia nas escolas<br />O termo “Bullying” vêm do termo intimidar, e compreende todas as formas de atitudes agressivas, intencionais e repetidas, que ocorrem sem motivação evidente, adoptadas por um ou mais indivíduos contra outro(s), causando dor e angústia, e executadas dentro de uma relação desigual de poder. Portanto, os actos repetidos entre elementos da mesma comunidade(colegas) e o desequilibro de poder são as características essenciais. Os agresores na maioria das vezes criam “grupos” dos quais tencionam ser como os seus ídolos mais propriamente “Ganges juvenis” conhecidos nas suas zonas ou ao pé das suas moradias. A violência nas escola é um caso importante a tratar porque normalmente os oprimidos desta espécie de violência começam a integrar -se nesses “grupos”.<br />
  6. 6. Violência em casa <br />A violência no namoro toma diferentes formas: tanto pode ser física, psicológica, emocional, verbal O objectivo da pessoa que agride é sempre o de controlar a mulher, isolá-la, torná-la frágil e insegura como:<br /> -Ameaçar bater.- Ameaçar fazer mal às crianças, animais, etc.- Ameaçar usar uma arma.<br />- Ameaçar matar-se.<br />
  7. 7. Instituições de apoio á vitima(UAVIDRE)<br />É a unidade de apoio á vitíma imigrante e de discriminação racial ou étnica criada pela Associação de apoio á vitíma juntamente com o alto comissariado para a Imigração, porque como todos sabemos alguns imigrantes são vitimas de racismo por serem de religiões ou de países diferentes.<br />Esta unidade surgiu para combater algumas situações como: situações de exploração sexual,ameaças,burla relativa ao emprego….<br />
  8. 8. Mahatma gandhi(मोहनदास करमचन्‍द गान्‍धी)<br />Mohandas Karamchand Gandhi ,mais conhecido como gandhi nascido a 2 de Outubro de 1869 — Nova Déli, 30 de Janeiro de 1948 foi um idealizador e fundador do estado indiano e apoiante do príncipio Satyagraha(um príncipio de não violência e uma forma de protesto satayagraha=a caminho da verdade) este princípios inspirou vários activistas e anti-racistas, como Martin Luther king e Nelson Mandela, Gandhi disse uma vez:”não há caminho para a paz! A Paz é o caminho”. Gandhi já liderou 250 milhões de hindus. Mahatma significa grande alma em hindu.<br />
  9. 9. “A marcha do Sal”Mahatma gandhi <br />.Em 11 de março de 1930 Gandhi fez uma marcha contra violência e os direitos dos oprimidos nessa marcha ele disse: “ a minha ambição é nada menos que converter as pessoas britânicas e as de toda a índia e não só à não violência, e assim lhes faz ver o mal que fizeram para a Índia. Eu não busco danificar as pessoas.”Este movimento começou com setenta e oito participantes mas foram-se juntado milhares de pessoas, Gandhi iniciou uma marcha de 124 milhas para o mar que duraria mais de vinte e quatro dias.<br />
  10. 10. Martin Luther King<br />Martin luther Kingorganizou e liderou marchas a fim de conseguir o direito ao voto, o fim da segregação, o fim das discriminações no trabalho e outros direitos civis básicos. A maior parte destes direitos foi, mais tarde, agregada à lei estado com a aprovação da Lei de Direitos Civis (1964), e da Lei de Direitos Eleitorais (1965).<br />King sempre apoiou os princípios do protesto á não-violência, ainda que com o objectivo de provocar e irritar as autoridades racistas locais onde se davam os protestos invariavelmente estes últimos retaliavam de forma violenta. <br />Em 14 de Outubro recebeu o prémio nobel da Paz.<br />
  11. 11. Conclusão<br /> Esperamos que através do nosso trabalho se consiga ver que a violência nos dias que correm é cada vez mais praticada e já não se esconde. Numa sociedade em que muitas liberalidades não são permitidas a violência contida é vendida publicamente sem que se tomem medidas. Nunca devemos ficar calados perante uma situação destas. E nada é impossível tal como o Obama diz “yes,we can”.<br />

×