<ul><li>Trabalho realizado por: </li></ul><ul><li>Bruno Baptista Nº3 </li></ul><ul><li>Diogo Bernardo Nº6 </li></ul><ul><l...
<ul><li>  </li></ul><ul><li>Introdução------------------------------------------------------------------------1 </li></ul>...
<ul><li>Neste trabalho vamos tratar o tema “Consumo de substâncias psicoactivas”. Embora já saibam que não devem consumir,...
<ul><li>São as substâncias capazes de provocar alterações do estado de humor e de gerar dependência. </li></ul><ul><li>Há ...
<ul><li>A  Organização Mundial de Saúde  (OMS) estima que 16% da população portuguesa é fumadora. A OMS também estima que ...
<ul><li>Os principais riscos na saúde relacionados com o tabagismo referem-se às doenças do sistema cardiovascular. Sendo ...
<ul><li>O tabagismo pode atrasar a concepção, e durante a gravidez pode afectar de modo negativo o feto. Os recém-nascidos...
<ul><li>Ainda que nem todos os consumidores venham a sofrer os problemas persistentes e graves relacionados com o álcool, ...
<ul><li>As mulheres grávidas não devem ingerir bebidas alcoólicas porque o álcool será absorvido pelo organismo do bebé at...
<ul><li>Droga, é um termo que abrange uma grande quantidade de substâncias, que pode ir desde o carvão à aspirina. Contudo...
<ul><li>É comum distinguir o abuso do uso de drogas de seu consumo normal.  </li></ul><ul><li>Esta classificação refere-se...
<ul><li>Ao fazermos este trabalho o nosso grupo ficou a conhecer os perigos do consumo das substâncias psicoactivas. </li>...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Consumo De Substâncias Psicoactivas

1.630 visualizações

Publicada em

Trabalho realizado por:
Bruno nº3
Diogo Bernardo nº6
José nº12
Mário nº13
Rúben nº18

8ºD
2009/10

Publicada em: Tecnologia, Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Consumo De Substâncias Psicoactivas

  1. 1. <ul><li>Trabalho realizado por: </li></ul><ul><li>Bruno Baptista Nº3 </li></ul><ul><li>Diogo Bernardo Nº6 </li></ul><ul><li>José Alves Nº12 </li></ul><ul><li>Mário Barão Nº13 </li></ul><ul><li>Rúben Prudêncio Nº18 </li></ul>
  2. 2. <ul><li>  </li></ul><ul><li>Introdução------------------------------------------------------------------------1 </li></ul><ul><li>O que são substâncias psicoactivas----------------------------------- 2 </li></ul><ul><li>O Tabaco (Nicotina)-----------------------------------------------------------3 </li></ul><ul><li>Riscos de Fumar-------------------------------------------------------------- 4 </li></ul><ul><li>Durante a Gravidez (tabaco)-----------------------------------------------5 </li></ul><ul><li>O Álcool---------------------------------------------------------------------------6 </li></ul><ul><li>O Álcool na gravidez----------------------------------------------------------7 </li></ul><ul><li>As Drogas-------------------------------------------------------------------------8 </li></ul><ul><li>Uso de Drogas-------------------------------------------------------------------9 </li></ul><ul><li>Conclusão---------------------------------------------------------------------10 </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Neste trabalho vamos tratar o tema “Consumo de substâncias psicoactivas”. Embora já saibam que não devem consumir, a maior parte das pessoas são influenciadas. Com este trabalho pretendemos alertar-vos para o perigo que é consumir. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>São as substâncias capazes de provocar alterações do estado de humor e de gerar dependência. </li></ul><ul><li>Há várias substâncias psicoactivas, sendo as mais comuns as seguintes: </li></ul><ul><ul><ul><li>Álcool </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Fármacos </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Alucino génios </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Cafeína </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Heroína </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Crack </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Solventes (Colas) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Nicotina (tabaco) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Cocaína </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Cannabis (Haxixe) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ecstasy </li></ul></ul></ul>
  5. 5. <ul><li>A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que 16% da população portuguesa é fumadora. A OMS também estima que em países desenvolvidos, 26% das mortes masculinas e 9% das mortes femininas podem ser atribuídas ao tabagismo. Desta forma, o tabagismo é uma importante causa de morte prematura em todo o mundo. Existem ainda os fumadores passivos que inalam o fumo ambiente de fumadores, que sofrem danos na sua saúde. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Os principais riscos na saúde relacionados com o tabagismo referem-se às doenças do sistema cardiovascular. Sendo o tabagismo um factor de risco importante para o enfarte do miocárdio (ataque cardíaco), doenças do trato respiratório como a Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) e enfisema , e cancro , particularmente o cancro do pulmão e cancro de laringe e da boca . </li></ul>
  7. 7. <ul><li>O tabagismo pode atrasar a concepção, e durante a gravidez pode afectar de modo negativo o feto. Os recém-nascidos das mães fumadoras pesam menos que os das não fumadoras. O tabagismo materno durante a gravidez pode afectar a médio prazo o desenvolvimento físico e intelectual da criança. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Ainda que nem todos os consumidores venham a sofrer os problemas persistentes e graves relacionados com o álcool, ou seja alcoolismo, não nos podemos esquecer que o álcool é a substância psicoactiva mais consumida em Portugal: aproximadamente 1,8 milhões de portugueses são bebedores excessivos e doentes alcoólicos crónicos. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>As mulheres grávidas não devem ingerir bebidas alcoólicas porque o álcool será absorvido pelo organismo do bebé através do sistema circulatório, o que, na prática, significa que o bebé absorve o que a mãe bebe. Se a mulher grávida beber muito ou beber frequentemente, o bebé em gestação está permanentemente sob a influência do álcool. O mesmo acontece com as mulheres que amamentam. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Droga, é um termo que abrange uma grande quantidade de substâncias, que pode ir desde o carvão à aspirina. Contudo usa-se este termo para as substâncias que levam à dependência química. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>É comum distinguir o abuso do uso de drogas de seu consumo normal. </li></ul><ul><li>Esta classificação refere-se à quantidade e periodicidade em que ela é usada. </li></ul><ul><li>Os usuários podem ser classificados em: </li></ul><ul><li>Experimentador </li></ul><ul><li>Usuário ocasional </li></ul><ul><li>Habitual </li></ul><ul><li>Dependente </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Ao fazermos este trabalho o nosso grupo ficou a conhecer os perigos do consumo das substâncias psicoactivas. </li></ul><ul><li>Esperemos que o nosso trabalho os tenha alertado também para esses perigos e que vos faça pensar bem antes de agir, se alguma vez tiverem curiosidade em experimentar. </li></ul>

×