Portinari

5.855 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.855
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
318
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Portinari

  1. 2. CÂNDIDO PORTINARI <ul><li>Cândido Torquato Portinari, foi o pintor brasileiro a ter maior projeção internacional com seus murais gigantescos a pequenas obras. </li></ul>(Brodosqui, SP, 1903 - Rio de Janeiro, RJ, 1962)
  2. 3. Criou cerca de 5000 obras. <ul><li>Candido Portinari nasceu no dia 29 de dezembro de 1903, </li></ul><ul><li>numa fazenda de café em Brodoswki, no Estado de São Paulo. </li></ul><ul><li>Mestiço - 1934 - óleo sobre tela - 81x61 cm </li></ul>
  3. 4. Filho de imigrantes italianos, de origem humilde, recebeu apenas a instrução primária e desde criança manifestou sua vocação artística. <ul><li>Retirantes, 1944, Série Retirantes </li></ul>
  4. 5. <ul><li>Aos quinze anos de idade vai para o Rio de Janeiro, em busca de um aprendizado mais sistemático em pintura, matriculando-se na Escola Nacional de Belas-Artes. Em 1928 conquista o Prêmio de Viagem ao Estrangeiro, da Exposição Geral de Belas-Artes, de tradição acadêmica. </li></ul>Menino com pássaro, 1957
  5. 6. <ul><li>Parte em 1929 para Paris, onde permanece até 1930. </li></ul>Futebol, 1935.
  6. 7. <ul><li>Longe de sua pátria, saudoso de sua gente, decide ao voltar ao Brasil, no início de 1931, retratar em suas telas o povo brasileiro, superando aos poucos sua formação acadêmica e fundindo à ciência antiga da pintura, uma personalidade moderna e experimentalista. </li></ul>1941
  7. 8. <ul><li>Em 1935 obtém a segunda Menção Honrosa na exposição internacional do Instituto Carnegie de Pittsburgh, Estados Unidos, com a tela Café, que retrata uma cena de colheita típica de sua região de origem. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>Retrato de Carlos Gomes - primeiro desenho de Portinari, datado de 1914 </li></ul>
  9. 10. <ul><li>Companheiro de poetas, escritores, jornalistas, diplomatas, Portinari participa de uma notável mudança na atitude estética e na cultura do país. No final da década de trinta consolida-se a projeção de Portinari nos Estados Unidos. </li></ul>Adalgisa Nery, 1934 Marias, 1936.
  10. 11. <ul><li>A obra de portinari atinge a beleza de um cântico auroral sobre as misérias do mundo e particularmente de seu país: é testemunho e resgate. </li></ul><ul><li>Carlos Drumond de Andrade </li></ul>
  11. 12. <ul><li>“ Vim da terra vermelha e do cafezal. As almas penadas, os brejos e as matas virgens Acompanham-me como o espantalho, Que é o meu auto-retrato. Todas as coisas frágeis e pobres Se parecem comigo.” - Candido Portinari </li></ul>Cafezal, 1942.
  12. 13. <ul><li>Na fotografia, Portinari com a esposa, Maria, no seu atelier no Rio de Janeiro, 1931 </li></ul>
  13. 14. <ul><li>GALERIA </li></ul>
  14. 15. Criança morta, 1944 O lavrador de café, 1934. A infância no cé da boca
  15. 16. <ul><li>Mulher e criança, 1934, óleo sobre tela. </li></ul>Chorinho
  16. 17. <ul><li>Menino com pião, 1947, óleo sobre tela. </li></ul>
  17. 19. Meninos brincando
  18. 20. Pipas, 1941.
  19. 21. Casamento na roça, óleo sobre tela.
  20. 22. Cangaceiro, 1955.
  21. 23. <ul><li>Jangadas do nordeste, 1939, óleo sobre tela </li></ul>Cabeça de velho, óleo sobre cartão,1923.
  22. 25. Ferro
  23. 26. Natureza morta
  24. 27. <ul><li>Em 1961 o pintor tem diversas recaídas da doença que o atacara em 1954 - a intoxicação pelas tintas -, entretanto, lança-se ao trabalho para preparar uma grande exposição, com cerca de 200 obras, a convite da Prefeitura de Milão. </li></ul>
  25. 28. Portinari expôs suas obras por todo o mundo e foi o único artista brasileiro a participar da exposição 50 Anos de Arte Moderna em Bruxelas, em 1958.
  26. 30. <ul><li>Candido Portinari falece no dia 6 de fevereiro de 1962, vítima de intoxicação pelas tintas que utilizava. </li></ul>Fonte: www.portinari.org.br
  27. 31. <ul><li>E.E.B. SIMÃO JOSÉ HESS </li></ul><ul><li>CRÉDITO: </li></ul><ul><li>PROFESSORA SALETE K. MACHADO </li></ul><ul><li>ARTES </li></ul>

×