As placas tectónicas

1.003 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.003
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As placas tectónicas

  1. 1. As placas tectónicas<br />
  2. 2. Umaplaca tectónica é uma porção de litosfera limitada por zonas de convergência, zonas de subducção e zonas conservativas. Actualmente, a Terra tem sete placas tectônicas principais e muitas mais sub-placas de menores dimensões. Segundo a teoria da tectônica de placas, as placas tectônicas são criadas nas zonas de divergência, ou "zonas de rifte", e são consumidas em zonas de subducção. É nas zonas de fronteira entre placas que se regista a grande maioria dos terramotos e erupções vulcanicas. São atualmente reconhecidas 52 placas tectônicas, 14 principais e 38 menores. <br />
  3. 3. Limites das placas tectônicas<br />Podemos considerar três tipos principais de limites entre as placas tectónicas: convergentes, divergentes e transformantes.<br />Limites convergentes<br />São, de modo geral, zonas de subducção, onde as placas se encontram e explodem. Uma delas mergulha por debaixo da outra (sempre a mais densa) e regressa à astenosfera. Existem três tipos de convergência:<br /><ul><li>Convergência crosta oceânica-crosta continental</li></ul>Quando isso acontece, normalmente formam-se fossas abissais. A zona de convergência entre uma placa oceânica e uma placa continental é chamada de margem continental ativa.<br /><ul><li>Convergência crosta oceânica-crosta oceânica</li></ul>Nesses casos, formam-se arcos vulcânicos.<br /><ul><li> Convergência crosta continental-crosta continental</li></ul>Nestes casos é muito difícil que uma placa mergulhe sobre a outra por causa da densidade de alguns elementos. Às vezes uma placa sobrepõe-se sobre a outra, num movimento de obducção. Pode ocorrer também a colisão entre as placas e a formação de cadeias de montanhas. <br />
  4. 4. Limites divergentes<br />Também chamados cristas em expansão ou margens construtivas, porque nesses limites está sendo criada nova crosta oceânica a partir de magma vindo do manto, que causa o afastamento das placas tectónicas. São exemplos de formações de limites divergentes as cordilheiras submarinas meso-oceânicas.<br />
  5. 5. Lista de placas tectônicas Placas principaisPlaca Africana Placa da AntártidaPlaca Arábica Placa Australiana Placa das CaraíbasPlaca de Cocos Placa EuroasiáticaPlaca das FilipinasPlaca Indiana Placa Juan de FucaPlaca de NazcaPlaca Norte-americanaPlaca do Pacífico Placa de ScotiaPlaca Sul-americana <br />
  6. 6. Placas menoresPlaca da Anatólia Placa do AltiplanoPlaca de AmurPlaca dos Andes NortePlaca da BirmâniaPlaca de Bismarck NortePlaca de Bismarck Sul Placa da Carolina Placa de DoberaiPlaca FutunaPlaca das GalápagosPlaca de Gorda Placa HelênicaPlaca IranianaPlaca Juan FernandezPlaca de KermadecPlaca ManusPlaca MaokePlaca das MarianasPlaca do Mar de Banda Placa do Mar EgeuPlaca do Mar das Molucas Placa do Mar de Salomão Placa das Novas HébridasPlaca de Niuafo ou Placa de Okhotsk…<br />
  7. 7. Placas no interior de orógenosAlguns modelos identificam mais algumas placas menores no interior de orógenos actuais:Placa Apulianaou Adriática Placa Explorer Placa de Gorda Placas antigasPlaca de AlukPlaca Báltica Placa de BellingshausenPlaca de CharcotPlaca da CimériaPlaca FarallonPlaca Insular Placa IntermontanaPlaca de IzanagiPlaca de KulaPlaca de LhasaPlaca de Moa <br />
  8. 8. Fim<br />
  9. 9. Trabalho realizado por:<br />Rui Wang,<br />Rui Pedro, Miguel Veriato e<br />Gonçalo Valério<br />

×