O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Dinâmica da crosta terrestre

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
Dinâmica da crosta terrestre
Dinâmica da crosta terrestre
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 32 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Semelhante a Dinâmica da crosta terrestre (20)

Anúncio

Mais de Portal do Vestibulando (20)

Dinâmica da crosta terrestre

  1. 1. A Dinâmica da Crosta Terrestre
  2. 2. A origem da Terra Planeta Terra idade: 4,6 bilhões de anos • ao longo deste tempo a Terra passou por grandes transformações.
  3. 3. COMPOSIÇÃO INTERNA DO PLANETA • Terra é constituída, basicamente, por três camadas estáticas: - Crosta - Camada superficial sólida que circunda a Terra; - Manto - camada logo abaixo da crosta. É formada por vários tipos de rochas que, devido às altas temperaturas, encontram-se no estado pastoso e recebem o nome de magma; - Núcleo - Compreende a parte central do planeta e acredita-se que seja formado por metais como ferro e níquel em altíssimas temperaturas.
  4. 4. Grandes Teorias A Deriva Continental - Alfred Wegener (1912) propôs a teoria, com base nas formas dos continentes de cada lado do Oceano Atlântico, que pareciam se encaixar.
  5. 5. Grande Teorias • Uma placa tectônica é uma porção da litosfera limitada por zonas de convergência, zonas de subdução e zonas conservativas. • Atualmente, a Terra tem sete placas tectônicas principais e muitas mais sub-placas de menores dimensões.
  6. 6. Limites de Placas Tectônicas • Divergentes (construtivas): - Quando uma nova crosta é gerada e as placas se distanciam - umas das outras
  7. 7. Rift Valley Africano
  8. 8. Limites de Placas Tectônicas • Convergentes (destrutivas): - Quando uma placa mergulha sob a outra, sendo uma delas consumida (subducção); a) oceânica - continental
  9. 9. Limites de Placas Tectônicas • Convergentes (destrutivas): - Quando uma placa mergulha sob a outra, sendo uma delas consumida (subducção); b) continental - continental
  10. 10. Cordilheira do Himalaia
  11. 11. Limites de Placas Tectônicas • Convergentes (destrutivas): - Quando uma placa mergulha sob a outra, sendo uma delas consumida (subducção); c) oceânica - oceânica
  12. 12. Limites de Placas Tectônicas • Conservativas: - Quando não há produção nem destruição de crosta, as placas deslizam lateralmente uma em relação à outra.
  13. 13. Terremotos • Um sismo é um fenômeno de vibração brusca e passageira da superfície da Terra, • Resultante de movimentos subterrâneos de placas rochosas, de atividade vulcânica, ou por deslocamentos (migração) de gases no interior da Terra, principalmente metano. • O movimento é causado pela liberação rápida de grandes quantidades de energia sob a forma de ondas sísmicas.
  14. 14. Tectonismo ou Diastrofismo • Compreende a todos movimentos que deslocam e deformam as rochas que constituem a crosta terrestre.São causados por forças internas. • O diastrofismo se manifesta de duas maneira através da epirogênese e orogênese.
  15. 15. Tectonismo ou Diastrofismo Epirogênise • Epirogênicos - do grego épeiros = continente • São movimentos verticais que provocam abaixamento ou soerguimento da crosta terrestre. Ocorrem em áreas geologicamente mais estáveis. São conseqüências da isostasia. • Pode provocar o rebaixamento de litorais pelas invasões do mar (transgressão marítima)
  16. 16. Tectonismo ou Diastrofismo Orogênise • Orogênicos - do grego ôros = montanha • Resultado de movimentos verticais ou horizontais. São movimentos de pequena duração no tempo geológico, mas muito intenso • Como resultado deste movimento temos: dobras(dobramentos) e as falhas(falhamento) ou fraturas.
  17. 17. Vulcanismo • Vulcão é uma estrutura geológica criada quando o magma, gases e partículas quentes (como cinzas) escapam para a superfície terrestre. • Eles ejetam altas quantidades de poeira, gases e aerossóis na atmosfera, podendo causar resfriamento climático temporário. • São freqüentemente considerados causadores de poluição natural. Tipicamente, os vulcões apresentam formato cônico e montanhoso
  18. 18. Geiseres
  19. 19. Tipos de Rochas ROCHAS : Agregados de minerais  • Magmáticas – formadas a partir de magma . Podem ser: - Intrusivas ou plutônicas – formadas dentro da crosta – Granitos - Extrusivas ou vulcânicas – formadas por magma na superfície do planeta – Basalto   • Metamórficas – formadas pela transformação de rochas pré-existentes por altas temperaturas e pressão – gnaisses • Rochas Sedimentares – formadas a partir do desgaste de uma rocha pré-existente – Arenito, Folhelho  
  20. 20. Relevo • O relevo consiste nas formas da superfície do planeta, podendo ser influenciado por agentes internos (endógenos) e externos (exógeno). • Conjunto das formas da crosta terrestre, manifestando-se desde o fundo dos oceanos até as terras emersas. • Entre as principais formas apresentadas pelo relevo terrestre, os quatro tipos principais são: - Montanhas - Planaltos - Planícies - Depressões
  21. 21. Tipos de relevos • Escudos antigos ou cristalinos: os crátons são as formações mais antigas da Terra (pré-cambrianos) – rocha magmáticas e metamórficas – planaltos e depressões – minerais metálicos (ferro e manganês) • Bacias Sedimentares: relevo de formação (Paleozóica, Mesozóica e Cenozóica) – rochas sedimentares – planícies e planaltos sedimentares – carvão e petróleo • Dobramentos Modernos: relevo jovem (Cenozóica) – cadeias montanhosas – rochas magmáticas – relevo pobre em recursos.
  22. 22. Agentes modeladores • Os agentes, também conhecidos como "escultores" do relevo, são forças que agiram no decorrer de milhões de anos, formando o relevo terrestre   - Tectonismo - Vulcanismo - Abalos sísmicos - Intemperismo - Enxurradas - Geleiras - Abrasão marinha
  23. 23. Intemperismo • O intemperismo, também conhecido como meteorização, é o conjunto de processos mecânicos, químicos e biológicos que ocasionam a desintegração e a decomposição das rochas. • No caso da desintegração mecânica (ou física), as rochas podem partir-se sem que sua composição seja alterada. • Nos desertos, as variações de temperatura acabam partindo as rochas, assim como nas zonas frias, onde a água se infiltra nas rachaduras das rochas.
  24. 24. Agentes externos Enxurrada • Grande quantidade de água que corre com violência, resultante de chuvas abundantes. - Ravinas: sulcos profundos em áreas inclinadas - Voçorocas: enormes buracos que destroem trechos de terra cultiváveis, prejudicando a agricultura Geleiras • Quando uma massa de gelo se desloca, realiza um trabalho de erosão nas rochas que as cercam, formando vales em forma de U. Abrasão marinha • É a erosão provocado pelo mar, devido à ação contínua das ondas que atacam a base e os paredões rochosos do litoral. - Falésias:  escarpas na vertical que terminam ao nível do mar e encontram-se permanentemente sob a ação erosiva do mar

×