A luta contra a exclusão social

2.020 visualizações

Publicada em

serám o mundo tão rico como pensamos? Vê este trabalho e comprova o quão enganados estamos!

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.020
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A luta contra a exclusão social

  1. 1. 1.Direitos humanos1.1 A luta contra aexclusão socialEscola E.B. 2, 3 Egas Moniz Trabalho feito por: -Ana Rita Silva, nº1 -Ana Sofia Gonçalves, nº2 Turma: 8ºB Guimarães, 17 de Novembro de 2010
  2. 2. A luta contra a exclusão social 2010 Índice1.Direitos humanos .............................................................................................................11. Introdução ................................................................................................................... 32. Direitos humanos ....................................................................................................... 42.1-Luta contra a exclusão social ................................................................................. 43. Conclusão ...................................................................................................................... 94. Bibliografia ................................................................................................................ 10 2
  3. 3. A luta contra a exclusão social 20101. Introdução Pensamos que com trabalho iremos ver as diferenças entre os maisnecessitados e os mais favorecidos. Iremos também aprofundar os nossos conhecimentos acerca das pessoasmais pobres que nós. 3
  4. 4. A luta contra a exclusão social 20102. Direitos humanos1.1-Luta contra a exclusão socialNo continente europeu cerca de 17% da população encontra-se no estado depobreza. População europeia População pobre População média/rica A pobreza extrema afecta alguns países do continente africano. Éuma pobreza que é dirigida à nossa sociedade e é necessário procurarestratégias com o intuito do próprio desenvolvimento humano. No entanto, 4
  5. 5. A luta contra a exclusão social 2010encontramos, também, casos em que a pobreza significa não possuirrecursos económicos mínimos para satisfazer as necessidades mais básicas:trata-se de um problema social da actualidade que a Europa também éafectada e que se relaciona inteiramente com a exclusão social. Desta forma, ao transcrever este problema para o seu quotidiano, verificamos que a pobreza está presente: -Em pessoas que não têm dinheiro suficiente para a alimentação evestuário; -Em pessoas que vivem em habitações sem as mínimas condições devida ou até mesmo em pessoas que não têm direito a uma casa (um direito àhabitação, um direito fundamental). As razões da pobreza na Europapodem ter génese em múltiplas causascomo: - Factores naturais (desastresnaturais e mudanças climáticas), -Factores bélicos, -Factores económicos, -Problemas de saúde como a SIDA, o cancro e outros. 5
  6. 6. A luta contra a exclusão social 2010 Por consequência, a população que se encontra em pobreza vê-se obrigada em aceitar todo o tipo de ajuda que recebe. Este facto constitui limitações na vida de um pobre,pois este não possui nem liberdade nem autonomia para ter uma vidaprópria, privando-se de determinadas actividades que influenciam o seumodo de vida, originando a sua exclusão social. A definição mais geral da exclusão social revela um fenómenocomplexo, que não se limita apenas a um problema de rendimento económico:encontra-se interligado ao desemprego de longa duração, à baixaqualificação académica, à instabilidade das estruturas familiares, àsreformas baixas, à doença, à dificuldade de integração por etnias e raça etambém à precariedade. O combate à pobreza e exclusão social é um tema que retrata umobjectivo social ao longo das gerações e que origina grandes discussões anível mundial. No entanto, é necessário salientar que não existe nenhumasolução objectiva e concisa que termina com o problema em questão.Porém, existem estratégias para melhorar o ambiente social e situação dospobres: em primeiro lugar deve-se privilegiar um sistema de educaçãoacessível a toda a população, para existirem direitos iguais para todos os 6
  7. 7. A luta contra a exclusão social 2010indivíduos. Além disso, é necessário criar empregos e ajudar as pessoas aencontrá-los; existir um sistema de saúde viável; oferecer subsídios a quemtem incapacidade de arranjar trabalho numa determinada fase da vida;encorajar e motivar a participação política e, acima de tudo, união entretodos nós. Poucas são as famílias que não sabem o que são momentos de maiorpressão financeira: essas dificuldades obrigam um esforço conjunto detodos os membros a lutar para ultrapassar essa fase. Encontramos estaestratégia no nosso núcleo familiar e sabemos que é necessário trabalhararduamente para atingirmos o objectivo. Mas será que essa estratégia é amelhor aplicação a um nível internacional? Sabemos que sim. Apenas com otrabalho em conjunto de cada pessoa podemos criar sucesso a nívelinternacional e ultrapassar a crise que povoa a Europa e o mundo. 7
  8. 8. A luta contra a exclusão social 2010 Para isso, não podemos simplesmente ignorar os que se sentemexcluídos socialmente, essas pessoas têm de dar o seu contributo e estoucerto de que têm capacidades que não são aproveitadas, apenas nunca foramencorajados pela sociedade a trabalhar e escolheram o caminho errado. A Europa precisa que todos desenvolvam os seus talentos ecompetências para ajudar a resolver os problemas mais difíceis queocorrem. É esse o contributo que cada um deve dar para a sociedade: não selimitar muitasvezes ao comodismo e aos receios da rejeição pois é necessário o esforçoconjunto de todos aqueles que estão aptos para tal. Na nossa Europa em mudança, é tempo de dar a segunda oportunidadeàqueles que muitas vezes não tiveram sequer a primeira e ajudar os pobres acriar autonomia financeira e proporcionar uma vida diferente. 8
  9. 9. A luta contra a exclusão social 20103. Conclusão Com este trabalho concluímos que devemos ajudar os maisnecessitados e que as pessoas julgam os mais pobres, pois não são da mesmaclasse financeira que eles. Também aprofundamos que todos nós somos iguaisindependentemente da classe financeira em que estamos, pois todos somosseres humanos e fomos criados por Deus para sermos respeitados aos olhosdo Mundo. 9
  10. 10. A luta contra a exclusão social 20104. Bibliografia http://www.atribunamt.com.br/wp-content/images/imagens_do_dia ( 27de Outubro) http://sorrisosoltos.blogspot.com/2010/02/luta-contra-pobreza-e-exclusao-social.html ( 27 de Outubro) 10

×