SURGIMENTO DA CENTRAL DE
MATERIAL DE ESTERILIZAÇÃO
• Por volta do século XX houve avanço das técnicas
cirúrgicas;
• Criaçã...
SURGIMENTO DA CENTRAL DE
MATERIAL DE ESTERILIZAÇÃO
• Aumento considerável em quantidade e
diversidade de artigos utilizado...
IMPLANTAÇÃO DAS CMEs
• Descentralizadas;
• Localizadas dentro do hospital;
• Integradas ao Centro Cirúrgico;
• Colaborador...
IMPLANTAÇÃO DAS CMEs
INDEPENDENTES NO MUNDO
• 1970 inicia a implantação de CMEs
independentes dos Centros Cirúrgicos;
• Re...
IMPORTÂNCIA DA INDEPENDENCIA
DAS CMEs NO BRASIL
• Viabilização de custos.
– Maior custo são profissionais.
– Demais custos...
SANTA CASA
1999
• Funcionários diretos: 160
• Funcionários indiretos: 60
• Produtividade: 280.000 peças
SANTA CASA
2004
• Funcionários diretos: 79
• Funcionários indiretos: 0
• Produtividade: 530.000 peças
SANTA CASA
2014
• Funcionários diretos: 132
• Funcionários indiretos: 0
• Produtividade: 780.00 peças
INOVAÇÃO E PRODUTIVIDADE
1999 - 2003 2004 - 2012 2013 - 2014
Mudança Visão Investimento e Pesquisa Investimento e Pesquisa...
OBRIGADO !!!!
UMA ÓTIMA TARDE.
1º Seminário CME - Santa Casa  de São Paulo, um case de sucesso!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

1º Seminário CME - Santa Casa de São Paulo, um case de sucesso!

569 visualizações

Publicada em

Palestra ministrada pelos senhores VALDINEI BISPO DOS SANTOS - Administrador, consultor hospitalar e coordenador de CME na Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e SIDNEY MUNIZ LUNGOV - Mestre em Ciências Farmacológicas, Responsável Técnico de CME na Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. no 1ºSeminário CME e Centro Cirúrgico so

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
569
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1º Seminário CME - Santa Casa de São Paulo, um case de sucesso!

  1. 1. SURGIMENTO DA CENTRAL DE MATERIAL DE ESTERILIZAÇÃO • Por volta do século XX houve avanço das técnicas cirúrgicas; • Criação de instrumentos e equipamentos mais complexos e sofisticados, que permitiam maior refinamento das manobras cirúrgicas;
  2. 2. SURGIMENTO DA CENTRAL DE MATERIAL DE ESTERILIZAÇÃO • Aumento considerável em quantidade e diversidade de artigos utilizados em procedimentos cirúrgicos; • Necessidade de contar com uma pessoa que se responsabilize pelo cuidado do material; • Em 1950 implantação das primeiras CMEs.
  3. 3. IMPLANTAÇÃO DAS CMEs • Descentralizadas; • Localizadas dentro do hospital; • Integradas ao Centro Cirúrgico; • Colaboradores da enfermagem atuando em duas áreas; • Dificuldade de padronização de processo;
  4. 4. IMPLANTAÇÃO DAS CMEs INDEPENDENTES NO MUNDO • 1970 inicia a implantação de CMEs independentes dos Centros Cirúrgicos; • Reorganização estrutural; • Estabelecimento de novos fluxos; • Independência econômica;
  5. 5. IMPORTÂNCIA DA INDEPENDENCIA DAS CMEs NO BRASIL • Viabilização de custos. – Maior custo são profissionais. – Demais custos são decorrentes consumo das unidades. • Centralização dos processos. • Otimização dos profissionais. • Área exclusivamente produtiva. • Diminuição de contaminação cruzada.
  6. 6. SANTA CASA 1999 • Funcionários diretos: 160 • Funcionários indiretos: 60 • Produtividade: 280.000 peças
  7. 7. SANTA CASA 2004 • Funcionários diretos: 79 • Funcionários indiretos: 0 • Produtividade: 530.000 peças
  8. 8. SANTA CASA 2014 • Funcionários diretos: 132 • Funcionários indiretos: 0 • Produtividade: 780.00 peças
  9. 9. INOVAÇÃO E PRODUTIVIDADE 1999 - 2003 2004 - 2012 2013 - 2014 Mudança Visão Investimento e Pesquisa Investimento e Pesquisa < Funcionários > Funcionários > funcionários Equipe multifunção Treinamento equipe Padronização Treinamento Logística distribuição Reformulação logística Aprimoramento logístico Início da centralização Informatização Expansão informatização Projeto de ampliação Impl rastreab. informatizada Expansão rastreabilidade Início da padronização de processos Processamento / unidades externas Reestruturação da planta Readequação na quantidade de materiais Readequação na quantidade de materiais Readequação na quantidade de materiais Readequação de custos Centralização Total Avanços tecológicos Rastreabilidade Manual Aumento segurança do processo Avanços Tecnológicos Avanços tecnológicos
  10. 10. OBRIGADO !!!! UMA ÓTIMA TARDE.

×