O CRISTÃO E AS NOVAS
FORMA DE TRABALHO NO
SÉCULO XXI
Renato Carmona & Pedro Siena
Encontro 6 de 8
Compreensão do Trabalho ...
Índice
i. Compreensão do trabalho
ii. A Rotina Harmônica do Trabalho
1 "Pois o Reino dos céus é como um proprietário que saiu de manhã cedo
para contratar trabalhadores para a sua vinha.
2 El...
9 "Vieram os trabalhadores contratados por volta das cinco horas da tarde, e
cada um recebeu um denário.
10 Quando vieram ...
9 "Vieram os trabalhadores contratados por volta das cinco horas da tarde, e
cada um recebeu um denário.
10 Quando vieram ...
9 "Vieram os trabalhadores contratados por volta das cinco horas da tarde, e
cada um recebeu um denário.
10 Quando vieram ...
19 Ele fez a lua para marcar estações; o sol sabe quando
deve se pôr.
20 Trazes trevas, e cai a noite, quando os animais d...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O cristao e as novas formas de trabalho (6 de 8)

168 visualizações

Publicada em

O século XXI apresenta novas relações de trabalho no mercado. A forma de emprego tradicional tem sido substituída por modelos mais fluídos e temporários. Incerteza e mudança são cada vez mais constantes. O que o cristianismo tem a dizer sobre este novo momento? É possível estar satisfeito com este novo modelo de trabalho, ou ele apenas é um peso definido por Deus na queda?

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
168
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O cristao e as novas formas de trabalho (6 de 8)

  1. 1. O CRISTÃO E AS NOVAS FORMA DE TRABALHO NO SÉCULO XXI Renato Carmona & Pedro Siena Encontro 6 de 8 Compreensão do Trabalho | A Rotina do Trabalho
  2. 2. Índice i. Compreensão do trabalho ii. A Rotina Harmônica do Trabalho
  3. 3. 1 "Pois o Reino dos céus é como um proprietário que saiu de manhã cedo para contratar trabalhadores para a sua vinha. 2 Ele combinou pagar-lhes um denário pelo dia e mandou-os para a sua vinha. 3 "Por volta das noves hora da manhã, ele saiu e viu outros que estavam desocupados na praça, 4 e lhes disse: ‘Vão também trabalhar na vinha, e eu lhes pagarei o que for justo’. 5 E eles foram. "Saindo outra vez, por volta do meio dia e das três horas da tarde e nona, fez a mesma coisa. 6 Saindo por volta da cinco horas da tarde, encontrou ainda outros que estavam desocupados e lhes perguntou: ‘Por que vocês estiveram aqui desocupados o dia todo? ’ 7 ‘Porque ninguém nos contratou’, responderam eles. "Ele lhes disse: ‘Vão vocês também trabalhar na vinha’. 8 "Ao cair da tarde, o dono da vinha disse a seu administrador: ‘Chame os trabalhadores e pague-lhes o salário, começando com os últimos contratados e terminando nos primeiros’. Mateus 20 Compreensão do trabalho
  4. 4. 9 "Vieram os trabalhadores contratados por volta das cinco horas da tarde, e cada um recebeu um denário. 10 Quando vieram os que tinham sido contratados primeiro, esperavam receber mais. Mas cada um deles também recebeu um denário. 11 Quando o receberam, começaram a se queixar do proprietário da vinha, 12 dizendo-lhe: ‘Estes homens contratados por último trabalharam apenas uma hora, e o senhor os igualou a nós, que suportamos o peso do trabalho e o calor do dia’. 13 "Mas ele respondeu a um deles: ‘Amigo, não estou sendo injusto com você. Você não concordou em trabalhar por um denário? 14 Receba o que é seu e vá. Eu quero dar ao que foi contratado por último o mesmo que lhe dei. 15 Não tenho o direito de fazer o que quero com o meu dinheiro? Ou você está com inveja porque sou generoso? ’ 16 "Assim, os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos". Mateus 20 Compreensão do trabalho
  5. 5. 9 "Vieram os trabalhadores contratados por volta das cinco horas da tarde, e cada um recebeu um denário. 10 Quando vieram os que tinham sido contratados primeiro, esperavam receber mais. Mas cada um deles também recebeu um denário. 11 Quando o receberam, começaram a se queixar do proprietário da vinha, 12 dizendo-lhe: ‘Estes homens contratados por último trabalharam apenas uma hora, e o senhor os igualou a nós, que suportamos o peso do trabalho e o calor do dia’. 13 "Mas ele respondeu a um deles: ‘Amigo, não estou sendo injusto com você. Você não concordou em trabalhar por um denário? 14 Receba o que é seu e vá. Eu quero dar ao que foi contratado por último o mesmo que lhe dei. 15 Não tenho o direito de fazer o que quero com o meu dinheiro? Ou você está com inveja porque sou generoso? ’ 16 "Assim, os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos". Mateus 20 Compreensão do trabalho
  6. 6. 9 "Vieram os trabalhadores contratados por volta das cinco horas da tarde, e cada um recebeu um denário. 10 Quando vieram os que tinham sido contratados primeiro, esperavam receber mais. Mas cada um deles também recebeu um denário. 11 Quando o receberam, começaram a se queixar do proprietário da vinha, 12 dizendo-lhe: ‘Estes homens contratados por último trabalharam apenas uma hora, e o senhor os igualou a nós, que suportamos o peso do trabalho e o calor do dia’. 13 "Mas ele respondeu a um deles: ‘Amigo, não estou sendo injusto com você. Você não concordou em trabalhar por um denário? 14 Receba o que é seu e vá. Eu quero dar ao que foi contratado por último o mesmo que lhe dei. 15 Não tenho o direito de fazer o que quero com o meu dinheiro? Ou você está com inveja porque sou generoso? ’ 16 "Assim, os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos". Mateus 20 Compreensão do trabalho
  7. 7. 19 Ele fez a lua para marcar estações; o sol sabe quando deve se pôr. 20 Trazes trevas, e cai a noite, quando os animais da floresta vagueiam. 21 Os leões rugem à procura da presa, buscando de Deus o alimento, 22 mas ao nascer do sol eles se vão e voltam a deitar-se em suas tocas. 23 Então o homem sai para o seu trabalho, para o seu labor até o entardecer. 24 Quantas são as tuas obras, Senhor! Fizeste todas elas com sabedoria! A terra está cheia de seres que criaste. Salmos 104 A Rotina Harmônica do Trabalho

×