TCC sobre Biodiesel

6.988 visualizações

Publicada em

TCC sobre Biodiesel

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.988
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
149
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

TCC sobre Biodiesel

  1. 1. Trabalho de Conclusão de Curso “Biodiesel - O combustível que se planta” Márcio Roberto de Mattos 3º Ciclo - Técnico em Segurança do Trabalho - 2011
  2. 2. Previsão para o futuro Dr. Rudolph Christian Carl Diesel -1911. Inventor do primeiro motor a diesel.“O motor diesel pode ser alimentado com óleos vegetais e poderá ajudar consideravelmente o desenvolvimento da agricultura nos países onde ele funcionar. Isto parece um sonho do futuro,mas eu posso predizer com inteira convicção que esse modo de emprego do motor diesel pode, num tempo dado, adquirir uma grande importância.”
  3. 3. (Lei nº. 11.097, de 13 de janeiro de 2005) É um combustível renovável, biodegradável, que pode substituir, parcial ou totalmente, combustíveis derivados de petróleo em motores a combustão.
  4. 4. Os benefícios da sua utilização• Emite até 48% menos gases poluentes na atmosfera (Dióxido e Monóxido de Carbono);• Emite 47% menos material particulado (que penetra nos pulmões);• não polui o meio ambiente, pois não é tóxico;• funciona em motores convencionais e aumenta a sua vida útil;• não requer armazenamento especial (ponto de fulgor 175ºC) . Fonte: National Biodiesel Board (E.U.A)
  5. 5. A evolução da mistura ao diesel• B100 (100%) ou qualquer teor da sua mistura em caráter opcional e experimental – Janeiro de 2005;• B2 (2% de biodiesel) – Janeiro de 2008;• B3 (3% de biodiesel) – Julho de 2008;• B4 (4% de biodiesel) – Julho de 2009;• B5 (5% de biodiesel, prevista para 2013) – Janeiro de 2010;• B20 (20% de biodiesel) – O chamado Biodiesel Metropolitano, para utilizar principalmente em grandes metrópoles; (PL 5587/2009);• B100 – Uso de biodiesel puro nos veículos de passeio e carga de pequeno porte. (PL 6942/2010).
  6. 6. Demanda de matérias-primasÓleo de algodão0,79%Gordura de porco0,39%Óleo de fritura usado0,37%Outros materiais graxos0,95% fonte: Referência – abril/2011
  7. 7. METANOL METILATO DE Filtração Lavagem SÓDIO(Reagente) (Catalisador) argila água sílica Pré- Pré- mistura Gorduras e Óleos BIODIESEL BRUTO BIODIESEL DESTILADO Análises REATOR MATTOS GLICERINA
  8. 8. Os números da produção no Brasil• Atualmente existem 69 unidades produtoras autorizadas pela ANP;• só 61 possuem autorização para comércio do produto;• capacidade total autorizada de 17.415,95 m3/dia.• há 18 solicitações para construção de novas plantas e 10 para ampliações.
  9. 9. Os números da produção no Brasil• O valor médio do produto acabado gira em torno de R$2,05 a R$2,32/lt, dependendo do estado;• vendido em forma de leilões (2005) e transportados em tanques de 15, 30, 35, 45 e 60m³• 80% dos custos são relativos às gorduras e óleos.
  10. 10. Armazenamento dos produtos
  11. 11. Cuidados com o meio ambiente• (ETE) - Tratamento dos resíduos líquidos da fábrica;• Descarte correto dos resíduos sólidos da filtração;• Incineração dos EPI’s contaminados por empresa especializada;• Reaproveitamento de água para sistema de combate a incêndio;• Dicks para contenção de águas pluviais, residuais e transbordamentos.
  12. 12. Segurança e saúde do trabalhador• Adicional de periculosidade a todos colaboradores da área operacional (30% sobre salário na CTPS – NR16);• conscientização dos colaboradores (EPI’s, DDS, cursos profissionalizantes, CIPA/Sipat, treinamentos);• recomendação de óculos tipo ampla visão proteção devido à grande variedade de líquidos.
  13. 13. Segurança e saúde do trabalhadorMotivos da incidência de acidentes nas plantas produtoras• Terceirização;• trabalho em turnos;• reparos e manutenção;• negligência com EPI’s.
  14. 14. Fiscalização• ANP - Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis;• Petrobrás - Petróleo Brasileiro;• Cetesb - Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental;• Sindicato;• MTb.
  15. 15. Vídeo
  16. 16. Fonteshttp://www.ubrabio.com.brhttp://crispassinato.wordpress.com/2008/07/17/metodo-cientifico/http://brasilbio.blogspot.com/2007/02/o-biodiesel-e-o-meio-ambiente.htmlhttp://brasilecodiesel.com.brhttp://www.anp.gov.br/www.biodieselbr.coM Obrigado! Márcio Roberto de Mattos Contatos: E.mail: mr_mattos@hotmail.com Skype: mr_mattos Celular: (19) 9237- 4057

×