O SOLA ENERGIA DO FUTUROCENTRAL FOTOVOLTAICA DA AMARELEJA    “Você deve ser a mudança que gostaria de ver no mundo.”      ...
ENERGIAS RENOVÁVEIS O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS
O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS         A população cresceu 26%     Desde1992 somos mais 1 450 000 000 no planeta
O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADASO consumo de energia aumentou 66%          (entre 1992 e 2008)                      O...
O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS  36% de aumento das emissões de C02  80% dessas emissões vêm de 19 países
O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADASOs dez anos mais quentes registrados ocorreram a partir de 1998
O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS300 milhões de hectares de florestas foram cortadas
O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS  A temperatura global aumentou 0,4º C
O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS  O número de desastres naturais dobrou    Cheias provocadas pelo furacão Katrina em ...
O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS    A biodiversidade diminuiu com 12%
O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADASDesde 1992 o consumo de recursos naturais aumentou com 40%      A maior mina de cobre...
O DESENVOLVIMENTO POSITIVO DAS ÚLTIMAS DÉCADASHouve um aumento de 13% do uso de energias renováveis
O DESENVOLVIMENTO POSITIVO DAS ÚLTIMAS DÉCADASEm 2007 Portugal tinha 40% da sua energia vinda de fontes alternativas
O DESENVOLVIMENTO POSITIVO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS                    Exemplos de energia renovávelEnergia solar, energia eóli...
O DESENVOLVIMENTO POSITIVO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS                                      Tipos de energia solar•   Energia Sola...
O DESENVOLVIMENTO POSITIVO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS                                      Energia Fotovoltaica•   Tecnologia:   ...
METODOLOGIA & OBJETIVO             VISITA À CENTRAL FOTOVOLTAICA DE AMARELEJA-   Foi realizada uma saída em Setembro & pro...
AMARELEJAA MAIOR CENTRAL FOTOVOLTAICA DO MUNDOCom 2.520 seguidores solares azimutais, equipados com 104 painéis solares ca...
SISTEMA MODELO            INTEGRADOA empresa proprietária da central teve varias iniciativas ligadas a estainstalação:• Pr...
RESPONSABILIDADE         SOCIOAMBIENTALA Central é um projeto pioneiro por integrar várias frentes juntando a produção dee...
O RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL                     CENTRAL FOTOVOLTAICA DA AMARELEJA•   A Central reflorestou 22 hectar...
CONCLUSÕESa energia Solar é um recurso         Evita a emissão de 89.373ilimitado que depende               toneladas de C...
CONCLUSÕESA desvantagem mais                                         Outra desvantagem é o custoimportante das Centrais   ...
FUTUROCasa sustentada por energia solar                                    Alojamento para alpinistas                     ...
FUTUROEstádio em Taiwan                                         Cadeira Fotovoltaica                Planet Solar – Maior b...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação da amareleja

1.066 visualizações

Publicada em

This is an presentation of Amareleja, one of the (capacity wise) biggest solar panels center in the world, built in the south of Portugal. It is created with the Brazilian journalist Fernanda Caetano.

The slideshow is in Portuguese.

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.066
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • A fotomostra a diferença entre o sul e o norteemtermos de uso / consumo de energiaelectrica.
  • A fotomostra a diferença entre o sul e o norteemtermos de uso / consumo de energiaelectrica.
  • 2. Esta energia está pronta para ser utilizada por qualquer equipamento eletroeletrônico. A capacidade de geração depende da incidência de luz na região, e não do calor.
  • 3. Esta energia está pronta para ser utilizada por qualquer equipamento eletroeletrônico. A capacidade de geração depende da incidência de luz na região, e não do calor.
  • Uma parceria com um fazendeiro local
  • Com apenas 25 anos de vida e sem saber se depois existirão meios para continuar o projeto é o que o torna arriscado. Nos foi dito que eles não acreditam que o empreendimento que custou tanto acabe assim, que serão feitas reformas e a Central continuará a funcionar. Também o material usado nos painéis são recicláveis e nisso consiste outra preocupação quanto a reciclagem dos outros componentes como: computadores e baterias. Outra desvantagem é o custo de uma implementação de uma Central, os preços dos painéis e material utilizado ainda são caríssimos. O silício, principal recurso, também é um fator determinante para os elevados preços dos painéis solares, porque muitas vezes são difíceis de encontrar e também não se sabe muito o impacto de sua produção para o ambiente. Pode parecer um ciclo bastante limpo, mas a produção desses componentes utiliza inúmeras substancias químicas tóxicas em cada ciclo, o que torna as indústrias de semiconditores grandes poluidoras. Gases tóxicos, inflamáveis e ácidos concentrados.
  • Com apenas 25 anos de vida e sem saber se depois existirão meios para continuar o projeto é o que o torna arriscado. Nos foi dito que eles não acreditam que o empreendimento que custou tanto acabe assim, que serão feitas reformas e a Central continuará a funcionar. Também o material usado nos painéis são recicláveis e nisso consiste outra preocupação quanto a reciclagem dos outros componentes como: computadores e baterias. Outra desvantagem é o custo de uma implementação de uma Central, os preços dos painéis e material utilizado ainda são caríssimos. O silício, principal recurso, também é um fator determinante para os elevados preços dos painéis solares, porque muitas vezes são difíceis de encontrar e também não se sabe muito o impacto de sua produção para o ambiente. Pode parecer um ciclo bastante limpo, mas a produção desses componentes utiliza inúmeras substancias químicas tóxicas em cada ciclo, o que torna as indústrias de semiconditores grandes poluidoras. Gases tóxicos, inflamáveis e ácidos concentrados.
  • Com apenas 25 anos de vida e sem saber se depois existirão meios para continuar o projeto é o que o torna arriscado. Nos foi dito que eles não acreditam que o empreendimento que custou tanto acabe assim, que serão feitas reformas e a Central continuará a funcionar. Também o material usado nos painéis são recicláveis e nisso consiste outra preocupação quanto a reciclagem dos outros componentes como: computadores e baterias. Outra desvantagem é o custo de uma implementação de uma Central, os preços dos painéis e material utilizado ainda são caríssimos. O silício, principal recurso, também é um fator determinante para os elevados preços dos painéis solares, porque muitas vezes são difíceis de encontrar e também não se sabe muito o impacto de sua produção para o ambiente. Pode parecer um ciclo bastante limpo, mas a produção desses componentes utiliza inúmeras substancias químicas tóxicas em cada ciclo, o que torna as indústrias de semiconditores grandes poluidoras. Gases tóxicos, inflamáveis e ácidos concentrados.
  • Com apenas 25 anos de vida e sem saber se depois existirão meios para continuar o projeto é o que o torna arriscado. Nos foi dito que eles não acreditam que o empreendimento que custou tanto acabe assim, que serão feitas reformas e a Central continuará a funcionar. Também o material usado nos painéis são recicláveis e nisso consiste outra preocupação quanto a reciclagem dos outros componentes como: computadores e baterias. Outra desvantagem é o custo de uma implementação de uma Central, os preços dos painéis e material utilizado ainda são caríssimos. O silício, principal recurso, também é um fator determinante para os elevados preços dos painéis solares, porque muitas vezes são difíceis de encontrar e também não se sabe muito o impacto de sua produção para o ambiente. Pode parecer um ciclo bastante limpo, mas a produção desses componentes utiliza inúmeras substancias químicas tóxicas em cada ciclo, o que torna as indústrias de semiconditores grandes poluidoras. Gases tóxicos, inflamáveis e ácidos concentrados.
  • Apresentação da amareleja

    1. 1. O SOLA ENERGIA DO FUTUROCENTRAL FOTOVOLTAICA DA AMARELEJA “Você deve ser a mudança que gostaria de ver no mundo.” Mahatma Gandhi
    2. 2. ENERGIAS RENOVÁVEIS O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS
    3. 3. O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS A população cresceu 26% Desde1992 somos mais 1 450 000 000 no planeta
    4. 4. O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADASO consumo de energia aumentou 66% (entre 1992 e 2008) Os três maiores sectores de consumo de energia são: * Industria: 33% * Habitações: 29% * Transportes: 26%
    5. 5. O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS 36% de aumento das emissões de C02 80% dessas emissões vêm de 19 países
    6. 6. O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADASOs dez anos mais quentes registrados ocorreram a partir de 1998
    7. 7. O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS300 milhões de hectares de florestas foram cortadas
    8. 8. O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS A temperatura global aumentou 0,4º C
    9. 9. O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS O número de desastres naturais dobrou Cheias provocadas pelo furacão Katrina em New Orleans
    10. 10. O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS A biodiversidade diminuiu com 12%
    11. 11. O DESENVOLVIMENTO DAS ÚLTIMAS DÉCADASDesde 1992 o consumo de recursos naturais aumentou com 40% A maior mina de cobre do mundo a céu aberto no deserto de Atacamo
    12. 12. O DESENVOLVIMENTO POSITIVO DAS ÚLTIMAS DÉCADASHouve um aumento de 13% do uso de energias renováveis
    13. 13. O DESENVOLVIMENTO POSITIVO DAS ÚLTIMAS DÉCADASEm 2007 Portugal tinha 40% da sua energia vinda de fontes alternativas
    14. 14. O DESENVOLVIMENTO POSITIVO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS Exemplos de energia renovávelEnergia solar, energia eólica (dos ventos), hidrogênio, energia hidráulica(dos rios), biomassa (matéria orgânica), geotérmica (calor interno da Terra)e mareomotriz (das ondas de mares e oceanos).
    15. 15. O DESENVOLVIMENTO POSITIVO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS Tipos de energia solar• Energia Solar Térmica: A energia fotovoltaica se baseia no princípio do efeito fotoelétrico, que consiste na utilização dos fótons, partícula contida na luz, para gerar energia elétrica.• Usinas termo-solares: As usinas termo-solares utilizam o calor do Sol para gerar eletricidade convencional. Consiste em um grande arranjo de refletores direcionados para o aquecimento da água e geração de vapor, que por fim movimenta turbinas capazes de gerar eletricidade, em um processo de conversão de energia mecânica para energia elétrica (semelhante as hidrelétricas).• Energia Solar Fotovoltaica A energia fotovoltaica se baseia no princípio do efeito fotoelétrico, que consiste na utilização dos fótons, partícula contida na luz, para gerar energia elétrica.
    16. 16. O DESENVOLVIMENTO POSITIVO DAS ÚLTIMAS DÉCADAS Energia Fotovoltaica• Tecnologia: As tecnologias fotovoltaicas baseiam-se em materiais semi-condutores que permitem a transformação direta da radiação solar em energia eléctrica.• Os painéis solares: As células fotovoltaicas são fabricadas, na sua grande maioria, usando o silício (Si). Seus átomos se caracterizam por possuirem quatro elétrons que se ligam aos vizinhos, formando uma rede cristalina.• Custos: O silício, principal recurso, também é um fator determinante para os elevados preços dos painéis solares, porque muitas vezes são difíceis de encontrar e também não se sabe muito o impacto de sua produção para o ambiente.
    17. 17. METODOLOGIA & OBJETIVO VISITA À CENTRAL FOTOVOLTAICA DE AMARELEJA- Foi realizada uma saída em Setembro & produzido um relatório de campo- O objetivo foi verificar soluções para o problema energético- Conhecer como é que uma Central Fotovoltaica funciona- Descobrir é que a Central afetou a comunidade local- Analisar se é uma solução sustentável- Saber se a produção de energia era eficaz
    18. 18. AMARELEJAA MAIOR CENTRAL FOTOVOLTAICA DO MUNDOCom 2.520 seguidores solares azimutais, equipados com 104 painéis solares cadaum, a central é a maior do mundo, em potência total instalada e capacidade deprodução, mais do que o quádruplo do actual maior complexo do género.
    19. 19. SISTEMA MODELO INTEGRADOA empresa proprietária da central teve varias iniciativas ligadas a estainstalação:• Proporcionou a instalação da fábrica no Município de Moura, com um investimento de 15 milhões de euros, empregando mais de 100 pessoas.• Favoreceu iniciativas de desenvolvimento associadas às energias renováveis em âmbitos como a I+D (Laboratório de investigação); formação profissional; sensibilização à comunidade e apoio a projectos de microgeração.* Cerca de 2500 pessoas de todo o mundo, incluindo representantes go-vernamentais devários países, visitam a Central por ano para estudar o modelo.
    20. 20. RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTALA Central é um projeto pioneiro por integrar várias frentes juntando a produção deenergia, a instalação de uma fábrica para a assemblagem dos painéis solares e umfundo de 3 milhões de euros rotativos para responsabilidade socioambiental.
    21. 21. O RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL CENTRAL FOTOVOLTAICA DA AMARELEJA• A Central reflorestou 22 hectares com azinheiras azinheiras (árvore nativa da região) na freguesia de Póvoa de São Miguel.• Também ajudou no condicionamento do Barranco de Escaravelho e recuperou um antigo lago que atualmente serve de habitat para diversas aves aquáticas além de ajudar a manter a temperatura do Centro de Controle• Todas as cercas em volta da Central são baixas e longe do chão para que os animais, principalmente coelhos, possam passar e conviver dentro do espaço.• Na área dos painéis forma feitos pequenos jardins com arbustos baixos para ajudar aves locais que estavam em vias de extinção a procriarem e sobreviverem.• Uma parceria com um fazendeiro local trouxe vida para a Central, cerca de 400 ovelhas fazem o corte da grama, ajudam a manter o espaço bonito e a semear novas plantas. Elas são mudadas de lugar a cada x tempo e como dentro do espaço não é área de caça, remontam a paisagem típica alentejana.
    22. 22. CONCLUSÕESa energia Solar é um recurso Evita a emissão de 89.373ilimitado que depende toneladas de CO2 para asomente do atmosfera equivalentes aodesenvolvimento e efeito depurativo para aaprimoramento das atmosfera de 4,5 mi-lhões detecnologias para sua árvores ou a retirar decaptação. circulação aproximadamente 40.000 veículos.A visita à Centralmostrou que uma Reduz as importações devisão de grandeza e petróleo emfoco em soluções, pode aproximadamente 55.000vir a cons-truir pontes barris anuais que custam aentre áreas e inte-resses Portugal aproximadamente 4vastos, que em muitos milhões de euros.casos seriam vistos comocontraditórios.
    23. 23. CONCLUSÕESA desvantagem mais Outra desvantagem é o custoimportante das Centrais de uma implementação deSolares é sua durabilidade. uma Central, os preços dosCom apenas 25 anos de painéis e material utilizadovida e sem saber se depois ainda são caríssimos.existirão meios paracontinuar o projeto é o queo torna arriscado. Pode parecer um ciclo bastante limpo, mas a produção desses Também o material usado componentes utiliza inúmerasnos painéis são recicláveis substancias químicas tóxicase nisso consiste outra em cada ciclo, o que torna aspreocupação quanto a indústrias de semiconditoresreciclagem dos outros grandes poluidoras. Gasescomponentes como: tóxicos, inflamáveis e ácidoscomputadores e baterias. concentrados.A energia Fotovoltaica tem se expandido pelo mundo no ordem de 75% de aumentoanual e gerou em 2008: 37,1 mil milhões em receitas globais. O progresso consideráveldesse tipo de energia chama atenção para o fato do uso de uma nova fonte deenergia alternativa regeneradora, pouco poluente e de pequeno impacto ambiental.
    24. 24. FUTUROCasa sustentada por energia solar Alojamento para alpinistas Edificio comercial em Dezhou, China
    25. 25. FUTUROEstádio em Taiwan Cadeira Fotovoltaica Planet Solar – Maior barco de energia solar

    ×