Energia conservacao

3.414 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Energia conservacao

  1. 1. Diante dos novos desafios da humanidade, qual será o melhor caminho para lidarmos com a questão energética? http://www.janeladosaber.com/dia_energia/index.htm CNEC 2010 – Charlles - Geografia - Energia & conservação – 3º ANO
  2. 2. PRINCIPAIS QUESTÕES ENERGÉTICAS ATUAIS Com base em estimativas razoáveis, a população mundial atingirá 10 bilhões de pessoas em meados do século XXI. Em 1990, o consumo de energia primária por habitante e por ano era de 2.2x1011 joule ou 5.1 tep (toneladas de equivalente em petróleo: 4.4x1010 J = 12000 KWh) nos países industrializados, e dez vezes menos nos países em vias de desenvolvimento. De acordo com os cenários escolhidos para a procura energética, o consumo de energia primária mundial poderá atingir duas a três vezes o consumo atual. <ul><li>As fontes de energia capazes de corresponder de forma substancial a esta procura são: </li></ul><ul><li>os combustíveis fósseis, principalmente o carvão, pois as reservas de petróleo e de gás serão fortemente reduzidas, </li></ul><ul><li>a energia nuclear: fissão e fusão, </li></ul><ul><li>as energias renováveis: hidráulica, solar, eólica, das ondas, das marés, geotérmica, biomassa, etc. </li></ul>
  3. 3. PRINCIPAIS FONTES ENERGÉTICAS MUNDIAIS http://pretocienciasbranco.blogspot.com/2008/05/o-que-so-os-recursos-no-renovveis.html CONVENCIONAIS ALTERNATIVAS
  4. 4. FONTES DE ENERGIA CONVENCIONAIS <ul><li>PRINCIPAIS FONTES CONVENCIONAIS DE ENERGIA: </li></ul><ul><li>Hidroelétrica ou Hidrelétrica </li></ul><ul><li>Petróleo </li></ul><ul><li>Carvão </li></ul><ul><li>Fissão </li></ul>As Energias Convencionais são aquelas mais conhecidas e utilizadas atualmente, que surgiram quando não havia a preocupação com o meio ambiente, e nem tecnologia para coletar energia de fontes alternativas. Elas são caracterizadas pelo baixo custo, grande impacto ambiental e tecnologia difundida.
  5. 5. FONTES DE ENERGIA ALTERNATIVAS PRINCIPAIS FONTES ALTERNATIVAS DE ENERGIA: As Energias Alternativas são aquelas surgidas como soluções para diminuir o impacto ambiental, e para contornar o uso de matéria prima que normalmente é não renovável no caso da energia convencional, como o carvão e petróleo por exemplo. A Energia Solar e a Energia Eólica vem tomando lugar antes ocupado pela energia elétrica convencional com custo menor, e como a vantagem de ser grátis, precisando apenas de um investimento   inicial. Ondas, Marés Óleos Vegetais Gás Natural Solar Eólica Biomassa Geotérmica Fusão
  6. 6. ENERGIA HIDRELÉTRICA <ul><li>Pontos positivos : </li></ul><ul><li>renovável; </li></ul><ul><li>reservatório hídrico; </li></ul><ul><li>controle do fluxo dos rios. </li></ul><ul><li>Pontos negativos : </li></ul><ul><li>limitada pela morfologia do terreno, regime de chuvas e temperatura; </li></ul><ul><li>alteração do microclima; </li></ul><ul><li>destruição da biodiversidade; </li></ul><ul><li>alto custo de implantação; </li></ul><ul><li>deslocamento de populações ribeirinhas. </li></ul>http://professoravero.zip.net/arch2007-10-28_2007-11-03.html
  7. 7. PETRÓLEO <ul><li>Pontos positivos : </li></ul><ul><li>Conveniente, multiplicidade derivados. </li></ul><ul><li>Alta densidade energética. </li></ul><ul><li>Fácil de transportar e de armazenar. </li></ul><ul><li>Co-evolução da fonte energética com os equipamentos para seu uso. </li></ul><ul><li>Pontos negativos : </li></ul><ul><li>Fortemente poluidor da atmosfera. </li></ul><ul><li>Preços voláteis. </li></ul><ul><li>Concentração geográfica das jazidas. </li></ul><ul><li>Produto cartelizado e mercado manipulável. </li></ul><ul><li>Vulnerabilidade de interrupção de oferta e instabilidade geopolítica. </li></ul><ul><li>Riscos de transporte e armazenamento. </li></ul><ul><li>Reservas em esgotamento. </li></ul>http://blogdofavre.ig.com.br/tag/bacia-de-santos/
  8. 8. CARVÃO MINERAL <ul><li>Pontos positivos : </li></ul><ul><li>Economicamente acessível, uso seguro. </li></ul><ul><li>Fácil de transportar e de armazenar. </li></ul><ul><li>Grande teor energético. </li></ul><ul><li>Pontos negativos : </li></ul><ul><li>Alta emissão de gases de efeito estufa. </li></ul><ul><li>Necessita portentosos investimentos para desenvolvimento de tecnologias que reduzam as emissões de gases de efeito estufa (GEE) a níveis aceitáveis. </li></ul><ul><li>Extração perigosa. </li></ul><ul><li>Energia não renovável. </li></ul>http://web.educom.pt/dgpedronunes/oceanos/Ocetra.html
  9. 9. FISSÃO NUCLEAR <ul><li>Pontos positivos : </li></ul><ul><li>Não há emissões de gases de efeito estufa. </li></ul><ul><li>Poucas limitações de recursos. </li></ul><ul><li>Alta densidade energética. </li></ul><ul><li>Pontos negativos : </li></ul><ul><li>Baixa aceitação da sociedade. </li></ul><ul><li>Sem solução para eliminação dos resíduos. </li></ul><ul><li>Operação arriscada e perigosa. </li></ul><ul><li>Muito intensivo em capital. </li></ul>http://www1.curso-objetivo.br/vestibular/roteiro_estudos/combustivel_usinas_termicas.aspx
  10. 10. ENERGIA SOLAR <ul><li>PONTOS POSITIVOS: </li></ul><ul><li>Os usuários dos sistemas de Energia Solar Térmica se beneficiam economizando com gastos de aquecimento de água. </li></ul><ul><li>Os usuários têm um retorno econômico certo (a economia instantânea chega a 80% em alguns casos). </li></ul><ul><li>Na Energia Solar Fotovoltaica, uma vantagem evidente é a quase total ausência de poluição desse tipo de sistemas. </li></ul><ul><li>Outra vantagem é que, por se tratar de sistemas imóveis, não produzem ruídos nem cheiro, e tem uma longa vida útil. </li></ul><ul><li>PONTOS NEGATIVOS: </li></ul><ul><li>Os gastos iniciais de implementação do sistema são relativamente elevados. </li></ul><ul><li>É necessário um certo tempo para que se tenha uma compensação econômica. </li></ul><ul><li>Um inconveniente desse tipo de sistema é o baixo rendimento do mesmo. Nos casos mais bem sucedidos o rendimento chega a 20 %. </li></ul><ul><li>Outra desvantagem é o alto custo de produção dos Módulos Fotovoltaicos, que faz com que essa tecnologia seja pouco usada ainda hoje. </li></ul>http://www.strallos.com.br/eco/index.php?act=show_noticia&id=165
  11. 11. ENERGIA EÓLICA <ul><li>PONTOS POSITIVOS: </li></ul><ul><li>Transformação limpa do recurso energético natural, o vento, não produz resíduos poluentes. </li></ul><ul><li>O sistema é bastante durável e precisa de pouca manutenção. </li></ul><ul><li>Apresenta maior potencial de crescimento no Brasil. </li></ul><ul><li>Sistemas eólicos de grande porte interligados a rede pública de distribuição são bastante viáveis, pois dispensam armazenamento. </li></ul><ul><li>Trazem a oportunidade de eletrificação de regiões remotas. </li></ul><ul><li>PONTOS NEGATIVOS: </li></ul><ul><li>Poluição visual e a poluição sonora. </li></ul><ul><li>As pás das turbinas produzem sombras e reflexos móveis que também são indesejáveis nas áreas residenciais. </li></ul><ul><li>Em fazendas eólicas pode ocorrer mortalidade de aves por impacto com as pás das turbinas. </li></ul><ul><li>Verifica-se que o recurso eólico apresenta variações, os ventos não são constantes. </li></ul><ul><li>As baterias são consideradas o ponto crítico do sistema, pela pouca durabilidade. </li></ul>www.dee.feis.unesp.br/usinaecoeletrica/eolica/aspectos.htm - 7k -
  12. 12. BIOMASSA <ul><li>PONTOS POSITIVOS: </li></ul><ul><li>Baixo custo de aquisição; </li></ul><ul><li>Não emite dióxido de enxofre; </li></ul><ul><li>As cinzas são menos agressivas ao meio ambiente que as provenientes de combustíveis fósseis; </li></ul><ul><li>Menor corrosão dos equipamentos (caldeiras, fornos); </li></ul><ul><li>Menor risco ambiental; </li></ul><ul><li>Recurso renovável; </li></ul><ul><li>Emissões não contribuem para o efeito estufa; </li></ul><ul><li>Menor poder calorífico; </li></ul><ul><li>Poderia criar empregos pois plantas menores poderiam ser usadas. </li></ul><ul><li>PONTOS NEGATIVOS: </li></ul><ul><li>Menor poder calorífico; </li></ul><ul><li>Maior possibilidade de geração de material particulado para a atmosfera. Isto significa maior custo de investimento para a caldeira e os equipamentos para remoção de material particulado; </li></ul><ul><li>Dificuldades no estoque e armazenamento; </li></ul><ul><li>Ineficiente se forem usadas plantas pequenas; </li></ul><ul><li>Poderia ser um contribuinte significativo para o aquecimento global pois o combustível tem baixo índice de contenção de calor. </li></ul>http://www.sathel.com.br/energia.html
  13. 13. GEOTÉRMICA <ul><li>PONTOS POSITIVOS: </li></ul><ul><li>Umas das mais benignas e baratas fontes de energia. </li></ul><ul><li>A emissão de gases poluentes (CO2 e SO2) é praticamente nula. </li></ul><ul><li>Produz energia independente de variações como chuvas, níveis de rios, etc. </li></ul><ul><li>A área requerida para a instalação da usina é pequena. </li></ul><ul><li>Estimula os negócios regionais. </li></ul><ul><li>Pode abastecer comunidades isoladas. </li></ul><ul><li>Baixo custo de operação, devido ao baixo custo do combustível. </li></ul><ul><li>Geração de empregos (mão-de-obra barata e especializada). </li></ul><ul><li>PONTOS NEGATIVOS: </li></ul><ul><li>É uma energia muito cara e pouco rentável. </li></ul><ul><li>Pode causar deterioração ao ambiente, ainda que a reinjeção de água seja feita. </li></ul><ul><li>Pode levar o campo geotérmica ao esgotamento. </li></ul><ul><li>A energia deve ser posta em uso no campo geotérmico ou próximo dele. </li></ul><ul><li>O calor perdido aumenta a temperatura do ambiente. </li></ul><ul><li>Emissão de H2S (ácido sulfídrico) com odor desagradável, corrosivo e nocivo à saúde. </li></ul><ul><li>Altos custos para reconhecimento e pesquisa do local. </li></ul>http://www.greensolutions.pt/geotermica.html
  14. 14. FUSÃO NUCLEAR <ul><li>PONTOS POSITIVOS: </li></ul><ul><li>os combustíveis de base (D, Li) não são radioativos, são abundantes e distribuídos de uma forma bastante uniforme na crosta terrestre, </li></ul><ul><li>a combustão não se pode prolongar de uma forma descontrolada, pois se parar a injeção de combustível fresco, a quantidade de matéria para a fusão presente no reator só permite o seu funcionamento durante algumas dezenas de segundos, </li></ul><ul><li>os problemas dos resíduos são limitados: não existem cinzas radioativas, e o tratamento dos gases não queimados é feito no local. </li></ul><ul><li>PONTOS NEGATIVOS: </li></ul><ul><li>Os custos de investimento serão certamente mais elevados do que para as centrais de carvão ou de fissão, mas o custo do combustível será muito reduzido. </li></ul><ul><li>Muitas experiências, realizadas para verificar a obtenção de tais resultados eletroquímicos inexplicados, não foram conclusivas em termos de ganho energético e da produção de reações de fusão.  </li></ul>http://www2.uol.com.br/sciam/reportagens/plano_b_para_a_energia_imprimir.html
  15. 15. ONDAS, MARÉS www.abcdaenergia.com/enervivas/cap08.htm Pontos positivos : é uma fonte de energia renovável, que produz eletricidade de forma limpa, não poluente e barata. Pontos negativos : dificuldade em manter um fornecimento regular de energia devido as variações climáticas e o ciclo de marés..   www.cei.santacruz.g12.br/~energia/energiadasmares.htm
  16. 16. ÓLEOS VEGETAIS www.arquivosbrasilbio.blogspot.com/2008/07/leo-vegetal-x-combustvel-de-origem.html <ul><li>PONTOS POSITIVOS: </li></ul><ul><li>Redução de gases poluentes; </li></ul><ul><li>Utilização de gorduras recicladas; </li></ul><ul><li>Redução na importação de petróleo. </li></ul><ul><li>PONTOS NEGATIVOS: </li></ul><ul><li>Maior viscosidade que pode causar problemas na injeção de combustíveis; </li></ul><ul><li>Alteração na potência dos motores; </li></ul><ul><li>Custo maior de produção dependendo do óleo de partida. </li></ul>
  17. 17. GÁS NATURAL www.ctgas.com.br/template.asp?parametro=476 - 55k <ul><li>PONTOS POSITIVOS: </li></ul><ul><li>Segurança de operação; </li></ul><ul><li>Não toxidade; </li></ul><ul><li>Baixa densidade relativa ao ar atmosférico. </li></ul><ul><li>PONTOS NEGATIVOS: </li></ul><ul><li>Dificuldade de transporte; </li></ul><ul><li>Limitação para o abastecimento; </li></ul><ul><li>Alto custo de manutenção; </li></ul><ul><li>Fornecimento pode sofrer crises. </li></ul>
  18. 18. DESAFIO Depois de conhecermos as limitações e as potencialidades das diversas fontes de energia, por quê o Brasil têm ganhado tanto destaque no desenvolvimento do Biodiesel? JUSTIFIQUE. http://2b5-salesiano.blogspot.com/2007/11/charge.html
  19. 19. Conservar ou produzir? http://alea-estp.ine.pt/html/desafios/html/desafio3.html Diante dos novos desafios da humanidade, qual será o melhor caminho para lidarmos com a questão energética, conservar ou produzir?

×