Memórias póstumas de brás cubas

210 visualizações

Publicada em

Marcelo Andrade n°18

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
210
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Memórias póstumas de brás cubas

  1. 1. Memórias Póstumas de Brás Cubas Marcelo Andrade n°18 2°D
  2. 2.  “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis é um livro contado pelo narrador e protagonista Brás Cubas, que depois de ter morrido conta a história de sua existência;
  3. 3.  O livro e personagens são manipulados por Brás Cubas, os personagens são mostrados do jeito que ele via eles e achava que eles eram;  Mimado, pertencente à elite brasileira, Brás Cubas sempre teve muitos privilégios, Após a morte consegue refletir o quanto sua existência foi fútil e miserável;
  4. 4.  O livro não contém linearidade, existem dois tempos:  Pós a morte: quando Brás Cubas já está morto, e reflete sobre sua vida, e nos conta a história manipulando os fatos;  Cronológico: quando os fatos seguem uma linha de tempo: infância, adolescência ida para Coimbra, volta ao Brasil e morte;
  5. 5.  Brás Cubas quando criança tinha um “brinquedo”, que era uma criança escrava, Prudêncio, o qual maltratava e servia de montaria;  Na juventude, Cubas se apaixona por Marcela, que, apesar de Machado de Assis nunca ter usado essa expressão para caracterizá-la, era uma prostituta de luxo, a qual Brás Cubas acreditava que o amava, mas ela amou apenas seus agrados e seu dinheiro;
  6. 6.  Depois de gastar muito dinheiro com Marcela, Brás Cubas é mandado para a Europa por seu pai para estudar leis e dar um basta nesses gastos;  Na volta para o Brasil com o diploma, mas sem conodições e vontade de exercer seu trabalho corretamente, aproveita de seus benefícios de membro da elite do país;  Ao voltar Brás Cubas tem seu outro grande amor, Virgília, dessa vez mais duradouro, mas acaba com Virgília se casando com Lobo Neves;
  7. 7. Conclusão  O livro apresenta o pessimismo, característica machadiana, para explorar o psicólogico do protagonista Brás Cubas, fazendo assim uma crítica à sociedade burguesa e sua vida fútil e miserável

×