“"A saúde é o resultado não só de nossos atos
mas também de nossos pensamentos”.
Mahatma Gandhi (político indiano - 1869-1...
Os objetivos dessa aula são:
Apresentar os diversos tipos de
drogas, seu uso indiscriminado,
causas e consequencias do uso
abusivo!
Evitar o estabelecimento de uma
relação destrutiva do individuo com as
drogas.
Apresentar em que
circunstâncias e ambiente isso
ocorre.
Com que finalidade e qual o
tipo de relação que o sujeito
mantém com a substância,
seja ela lícita ou ilícita.
Categorias de Drogas –
Depressoras (Sedativas)
B-25: Droga inalada, mesmo efeito do lança
perfume, vendida livremente.(cola)
GHB: (Solvente) Ecstasy líquido, usado via
o...
Merla: Querosene, ácido sulfúrico, cimento,
soda caustica, amônia, cal virgem, solução
de bateria de carro, borra da cocaí...
Ayahuasca (Chá do Santo Daime):
Efeitos semelhantes ao LSD (psicose).
Cogumelo (chá): Cogumelo que
cresce no esterco da va...
Dependência Química
Dependência química é o termo
genérico para o uso patológico de
álcool e outras drogas, constitui hoje...
Dependência Física
Estado no qual o organismo se ajusta à
presença de uma droga. A retirada da
droga gera Síndrome de abst...
Dependência Psicológica
A dependência psicológica se relaciona
com a necessidade de usar
determinado comportamento,
“frequ...
Aspectos Profissionais
Devido ao uso se alimenta mal, dorme
mal e fica indisposto ao trabalho;
Perde a qualidade de trabal...
Aspectos Sociais
É discriminado socialmente;
Só é aceito por pessoas na mesma
condição;
Não se preocupa mais com o que
os ...
Por que as drogas viciam?
As drogas basicamente por três motivos:
Provocam sensações diferentes (prazer);
Apresentam toler...
Muitas pessoas fazem uso de
álcool e drogas devido aos
problemas e dificuldade da vida
Mas esquecem-se que drogas não
reso...
Bebida Alcoólica
Droga Psicotrópica – depressora do S.N.C.
Causa: Dependência química, síndrome de abstinência e
tolerânci...
Alcoolismo
Razões:
- Curiosidade, pressão social,
relaxamento, etc.
Problemas:
- Saúde pública, sociais,
psicológicos, fam...
Doenças Relacionadas ao Alcoolismo
O abuso do álcool causa 350 doenças físicas e
psíquicas.
-Alcoolismo é a 3ª doença que ...
Doenças Relacionadas ao
Alcoolismo
-Esteatose Hepática: (acúmulo de
gordura no fígado); pode acontecer um
pessoas que faze...
Cirrose Hepática: este é o estágio final da
doença pelo álcool ao fígado. Esta fibrose
leva a uma destruição da passagem d...
Tratamento das doenças
hepáticas
De todos os tratamentos para a
doença hepática, o mais importante
é parar de beber.
Algum...
Falando de Tabagismo
Doenças relacionadas ao tabagismo
-200 mil mortes por ano no Brasil
-25% das mortes causadas por doenças
coronarianas;
-45...
O tabagismo ainda pode causar:
-Impotência Sexual no homem;
-Complicações na gravidez;
-Aneurismas arteriais;
-Úlceras do ...
NARGUILE: VERDADES E MENTIRAS
Cachimbo de origem Asiática de uso grupal ou
individual. Sua utilização grupal pode ser cons...
A água colocada no seu interior tem
como finalidade esfriar e umidificar a
fumaça, diminuindo sua temperatura e
evitando a...
NARGUILE: Verdades e Mentiras
O que muitos pensam erroneamente é que
esse tipo de fumo não é tão prejudicial a
saúde. Long...
Solventes e ou Inalantes
Substâncias químicas, com cheiro forte,
que podem ser consumidas através da
inalação pelas vias r...
Manifestações Clinicas:
1ª Fase: Excitação – Euforia, tonturas,
perturbações auditivas e visuais, espirros,
tosse, salivaç...
3ª Fase: Depressão Acentuada – Redução
do alerta, falta de coordenação ocular e
motora, marcha vacilante, fala dificultada...
Maconha – Cannabis Sativa
Nome: Canabis Sativa Liné
Princípio Ativo: ∆ - 9 =
Tetrahidrocanabinol
Categoria: perturbadora d...
Efeitos Físicos:
-Aumento dos batimentos cardíacos (120/ 140
p/min.);
- sudorese, tremores hipertensão arterial, bronquite...
Manifestações Psicológicas:
-Sensação de bem estar e relaxamento;
-Vontade de rir, tagarelice ou angústia, pânico
e depres...
Cocaína
(ERYTHROXLYLON COCA)
-Categoria : Estimulante do S.N.C
-Origem:
Cordilheiras dos Andes ( Peru,
Bolívia, Colômbia)....
Manifestações psicológicas:
-Euforia, excitação, desinibição,
-agressividade, paranóia, insônia,
Sensação de poder e ansie...
CRACK
To Crack= estourar, estalar. SEG > S.N.C.
Ao usuário: Primeiro confiança poder e excitação. Depois
depressão, extrem...
Esctasy- “Droga do Amor”
MDMA – 1914 moderador do apetite.
Estimularia relações interpessoais,
facilitaria comunicação e a...
ECSTASY
Psicoativos: Atenção dispersa,
trisma, dificuldade de julgamento e
cálculos, marcha instável, ataque de
pânico, br...
ANFETAMINAS
Psicoestimulante sintético
Categoria: estimulante do S.N.C.
Nomes: Hipersinesia infantil, narcolepsia,
Anoréxi...
Efeitos físicos:
-Insônia, midríase, hiperglicemia, anorexia,
taquicardia convulsões derrames cerebrais
e ataques cardíaco...
PREVENIR... O QUE????
O USO NOCIVO e, não as drogas.
Prevenção ao uso perigoso das drogas é
uma intervenção cujo objetivo ...
PREVENIR ... COMO????
Para uma proposta de prevenção ser bem
sucedida é fundamental que as ações sejam
orientadas por
IDÉI...
INFORMAR É SUFICIENTE
PARA PREVENIR????
Segundo o Organização Mundial de Saúde
uma pessoa BEM INFORMADA tem menor
possibil...
Silvia Cássia Siqueira
RASC – Rede de Assistência
Socioeducacional
Cristã
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Prevenção ao uso de drogas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Prevenção ao uso de drogas

743 visualizações

Publicada em

rasc

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
743
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • http://www.aaafaap.org.br/netmail/sabe_se_promov.htm
  • http://www.youtube.com/watch?v=yLmyCFnhJEs
  • http://www.youtube.com/watch?v=vOieMKUh6Zg&playnext=1&list=PL19B0CA6D6761D77A&feature=results_video
  • Prevenção ao uso de drogas

    1. 1. “"A saúde é o resultado não só de nossos atos mas também de nossos pensamentos”. Mahatma Gandhi (político indiano - 1869-1948
    2. 2. Os objetivos dessa aula são:
    3. 3. Apresentar os diversos tipos de drogas, seu uso indiscriminado, causas e consequencias do uso abusivo!
    4. 4. Evitar o estabelecimento de uma relação destrutiva do individuo com as drogas.
    5. 5. Apresentar em que circunstâncias e ambiente isso ocorre.
    6. 6. Com que finalidade e qual o tipo de relação que o sujeito mantém com a substância, seja ela lícita ou ilícita.
    7. 7. Categorias de Drogas – Depressoras (Sedativas)
    8. 8. B-25: Droga inalada, mesmo efeito do lança perfume, vendida livremente.(cola) GHB: (Solvente) Ecstasy líquido, usado via oral ou injetado, líquido incolor. PCP: Fenciclidina (Sintética) pode ser cheirada, fumada, inalada, ingerida. Ketamina (Special K): Anestésico de Cavalo, inalada, injetada, ingerida (pó, líquido, tablete). Mefedrona (miau-miau): Defensivos Agrícolas ou Repelente de insetos.
    9. 9. Merla: Querosene, ácido sulfúrico, cimento, soda caustica, amônia, cal virgem, solução de bateria de carro, borra da cocaína e gasolina. Açúcar: Aumenta os níveis de dopamina e a serotonina, (bem estar). Cafeína: Café, coca-cola, mate, chocolate, guaraná, energéticos. Tabaco/Nicotina: Elevação leve no humor e diminuição do apetite. Capsula do Medo: Fabricada com anfetaminas e LSD (veneno rato) 80 horas de duração, seus efeitos podem aparecer após um ano do uso.
    10. 10. Ayahuasca (Chá do Santo Daime): Efeitos semelhantes ao LSD (psicose). Cogumelo (chá): Cogumelo que cresce no esterco da vaca. Lírio (chá): Feito com as folhas do Lírio, alucinação nos sonhos e com olhos fechados. Trombeteiras (chá): Cactos Peyote (mexicano). Obs.: O poliuso ou uso cruzado hoje é o grande perigo. Dependência Química
    11. 11. Dependência Química Dependência química é o termo genérico para o uso patológico de álcool e outras drogas, constitui hoje, um dos mais sérios problemas de ordem BIOPSICOSSOCIAL da humanidade
    12. 12. Dependência Física Estado no qual o organismo se ajusta à presença de uma droga. A retirada da droga gera Síndrome de abstinência.
    13. 13. Dependência Psicológica A dependência psicológica se relaciona com a necessidade de usar determinado comportamento, “frequentemente uma droga”, para superar uma sensação de mal estar e diminuir a ansiedade.
    14. 14. Aspectos Profissionais Devido ao uso se alimenta mal, dorme mal e fica indisposto ao trabalho; Perde a qualidade de trabalho e passa a ter queda de produtividade; Começa a ter problemas de relacionamento com colegas, chefias, fornecedores e clientes; Sente falta de motivação; Cria riscos de provocar acidentes no trabalho; Passa a ter insatisfação pessoal e profissional; Com a abstinência da droga prova atrasos, faltas e saídas durante o expediente; Se não cuidar da dependência – PERDE O EMPREGO.
    15. 15. Aspectos Sociais É discriminado socialmente; Só é aceito por pessoas na mesma condição; Não se preocupa mais com o que os outros pensam e falam de si; Passa a se envolver com pessoas erradas; Para arrumar dinheiro para sustentar o vício faz qualquer coisa; Comete delitos sociais – principalmente roubo e furtos; Pode ser preso e até morrer.
    16. 16. Por que as drogas viciam? As drogas basicamente por três motivos: Provocam sensações diferentes (prazer); Apresentam tolerância; Existem no mercado. Cada droga apresenta um índice conhecido como: Poder viciante: poder que a droga tem de tornar uma pessoa viciada. Álcool – 10 a 15%, Maconha – 30%, Tabaco – 40%; Cocaína, Anfetaminas – 80%; Crack, Heroína + de 90%. Fator viciável: a pessoa é suscetível ao vício. As drogas que apresentam tolerância são viciantes, ex.: Crack, Cocaína, Maconha, Anfetaminas, Heroína, Tabaco, Álcool, etc... PODER VICIANTE + FATOR VICIÁVEL = DEPENDÊNCIA QUÍMICA
    17. 17. Muitas pessoas fazem uso de álcool e drogas devido aos problemas e dificuldade da vida Mas esquecem-se que drogas não resolve os problemas de ninguém...Pelo contrário, só pioram!
    18. 18. Bebida Alcoólica Droga Psicotrópica – depressora do S.N.C. Causa: Dependência química, síndrome de abstinência e tolerância. Atua em todos os sistemas corporais; É um veneno protoplasmático; -Tipo: Fermentadas – Cerveja, Vinho, Coolers; Destiladas – Pinga, Whisky, Vodka, Rum; Padrão de Uso na população; - De 10 a 15% são abstêmios; - 60% bebem socialmente; - De 10 a 15% são dependentes químicos. “Bebo com meu dinheiro, paro quando quiser.”
    19. 19. Alcoolismo Razões: - Curiosidade, pressão social, relaxamento, etc. Problemas: - Saúde pública, sociais, psicológicos, familiares, profissionais, criminais. Efeitos 1ª Fase – Estimulação, desinibição, euforia e loquacidade; 2ª Fase – Falta de coordenação motora e reflexos diminuídos; 3ª Fase – Depressão, problemas digestivos, vômitos, diarreias, dor de cabeça, mal estar geral, coma alcoólico.
    20. 20. Doenças Relacionadas ao Alcoolismo O abuso do álcool causa 350 doenças físicas e psíquicas. -Alcoolismo é a 3ª doença que mais mata no mundo. -No Brasil, 90% das internações em hospitais psiquiátricos por dependência de drogas acontecem devido ao álcool. -O álcool é a droga que mais detona o corpo (tanto como cocaína e crak), é a que mais faz vítimas e é a mais consumida entre os jovens no Brasil. -O álcool pode afetar o desejo sexual e levar a impotência por danos causados nos nervos ligados a ereção.
    21. 21. Doenças Relacionadas ao Alcoolismo -Esteatose Hepática: (acúmulo de gordura no fígado); pode acontecer um pessoas que fazem uso constante de bebidas alcoólicas; -- Hepatite Alcoólica: esta é uma doença grave, que se caracteriza por fraqueza, febre, perda de peso, náusea, vômitos e dor sobre a área do fígado. A doença pode oferecer risco de vida e requer hospitalização. Com tratamento adequado a doença melhora, porém as cicatrizes permanecem para sempre no fígado.
    22. 22. Cirrose Hepática: este é o estágio final da doença pelo álcool ao fígado. Esta fibrose leva a uma destruição da passagem do sangue pelo- fígado, impedindo-o de realizar funções vitais como purificação do sangue e depuração dos nutrientes absorvidos pelo intestino. O resultado final é uma falência hepática. Aproximadamente um terço dos pacientes com cirrose hepática tem historia de infecção pelo vírus da hepatite C, e cerca de 50% terão pedras na vesícula. Pacientes com cirrose tem maior chance de desenvolver diabetes, problemas nos rins, úlceras no estômago e duodeno e infecções bacterianas severas.
    23. 23. Tratamento das doenças hepáticas De todos os tratamentos para a doença hepática, o mais importante é parar de beber. Algumas vezes o fígado apresenta uma pequena recuperação, suficiente para manter as funções vitais permitindo ter uma vida normal. Quando a cirrose evolui para seu estágio final, a única solução é o transplante hepático.
    24. 24. Falando de Tabagismo
    25. 25. Doenças relacionadas ao tabagismo -200 mil mortes por ano no Brasil -25% das mortes causadas por doenças coronarianas; -45% das mortes por infarto agudo do miocárdio na faixa de 65 anos; -85% das mortes caudas por bronquite e enfisema; -95% dos casos de câncer no pulmão (entre os 10% restantes, 1/3 é de fumantes passivos); -30% das mortes decorrentes de outros tipos de cânceres tabaco-relacionado (boca, laringe, faringe, esôfago, pâncreas, rins, bexiga e colo de útero); -25% das doenças vasculares (derrame cerebral, trombose).
    26. 26. O tabagismo ainda pode causar: -Impotência Sexual no homem; -Complicações na gravidez; -Aneurismas arteriais; -Úlceras do aparelho digestivo; -Infecções respiratórias. Porém, ao parar de fumar o risco de ter doenças vai diminuindo gradativamente e o organismo do ex- fumante vai se restabelecendo.
    27. 27. NARGUILE: VERDADES E MENTIRAS Cachimbo de origem Asiática de uso grupal ou individual. Sua utilização grupal pode ser considerada perigosa, pois inúmeras Doenças são transmitidas pela saliva; (herpes, hepatite, etc.) No Brasil utilizado para consumir tabaco aromatizado; (4700 substancias químicas: NICOTINA, ALCATRÃO, ARSÊNICO, CO2...) (Tabaco que ao ser queimado exala “cheiro” de essências diversas, contendo todas as substâncias nocivas a saúde e mais alguns produtos químicos nele colocados.
    28. 28. A água colocada no seu interior tem como finalidade esfriar e umidificar a fumaça, diminuindo sua temperatura e evitando a queima dos pulmões. ( Não é Filtro); Obs: Ao trocar – se a água por álcool destilado a substância inalada, além de nociva pode deixar sequelas irreversíveis. ESTATÍSTICA: Cada meia hora fumando narguile, corresponde a inalação ou consumo de 100 cigarros de tabaco. Causa dependência Física e Psicológica rapidamente.
    29. 29. NARGUILE: Verdades e Mentiras O que muitos pensam erroneamente é que esse tipo de fumo não é tão prejudicial a saúde. Longe disso: por conter diversas toxinas, pode causar Câncer de pulmão, além de doenças cardíacas, tuberculose, herpes, hepatite e outras. “A única forma de minimizar os males causados pelo narguile É evitar o uso e não aspirar a fumaça”
    30. 30. Solventes e ou Inalantes Substâncias químicas, com cheiro forte, que podem ser consumidas através da inalação pelas vias respiratórias.(nariz e boca) Tipo: Colas, tintas, benzina, esmaltes, gasolina, removedores, amoníaco, éter, acetona, cloreto de etila (Lança Perfume), cloreto de metileno (B 25) Gás propanobutano (buzinas ou isqueiro), loló (mistura caseira de vários produtos químicos), etc.
    31. 31. Manifestações Clinicas: 1ª Fase: Excitação – Euforia, tonturas, perturbações auditivas e visuais, espirros, tosse, salivação e faces avermelhadas; 2ª Fase: Depressão – Confusão, desorientação, voz pastosa, visão embaçada, perda do autocontrole, dor de cabeça, palidez e alucinações;
    32. 32. 3ª Fase: Depressão Acentuada – Redução do alerta, falta de coordenação ocular e motora, marcha vacilante, fala dificultada e reflexos deprimidos. 4ª Fase: Depressão Tardia – Inconsciência, convulsões, parada respiratória e cardíaca, coma e morte. Pode ainda causar – Lesões irreversíveis no cérebro, na medula óssea, nos rins, no fígado, problemas grastrointestinais e lesão nos pulmões.
    33. 33. Maconha – Cannabis Sativa Nome: Canabis Sativa Liné Princípio Ativo: ∆ - 9 = Tetrahidrocanabinol Categoria: perturbadora do S.N.C COMUM: = 3% T.H.C, SINSEMILA = 7,5% HAXIXE = de 3,6 -28%, SKANK = até 35%. Fumada na forma de Cigarro Artesanais. Efeitos Clínicos: iniciam em 5 minutos e podem chegar a 2 horas. (Dependem do tipo, quantidade, qualidade da droga e da sensibilidade do usuário). Causa dependência Física e Psicológica.
    34. 34. Efeitos Físicos: -Aumento dos batimentos cardíacos (120/ 140 p/min.); - sudorese, tremores hipertensão arterial, bronquites; -Olhos avermelhados, boca e gargantas secas, sede; -Náuseas, aumento do apetite, principalmente doces; -Distúrbios hormonal ( diminuição da testosterona em até 60%). Diminui a produção de espermatozóides; -Altera o ciclo menstrual e ovulação na mulher; -Causa Vários tipos de câncer e enfisema pulmonar; -Diminui a capacidade do sistema imunológico, favorecendo o aparecimento de inúmeras doenças. -Sonolência e falta de coordernação motora.
    35. 35. Manifestações Psicológicas: -Sensação de bem estar e relaxamento; -Vontade de rir, tagarelice ou angústia, pânico e depressão; -Perda da noção de tempo e espaço; -Redução da atenção, memória recente e da concentração, coordenação de idéias e aprendizado; -Alteração de humor, alucinações e delírios; -Dificuldades afetivas e ansiedade; Síndrome amotivacional- perda do interesse por atividades sociais e recreativas, indolência total; -Despersonalização de psicoses. Obs.: E dizem que é uma droga leve e inofensiva
    36. 36. Cocaína (ERYTHROXLYLON COCA) -Categoria : Estimulante do S.N.C -Origem: Cordilheiras dos Andes ( Peru, Bolívia, Colômbia). -Cloridato de Cocaína: Pó Branco, Cristalino, Precipitado da Pasta. -Base: Solução de Éter + Acetona + Ácido Clorídico.
    37. 37. Manifestações psicológicas: -Euforia, excitação, desinibição, -agressividade, paranóia, insônia, Sensação de poder e ansiedade. Efeitos físicos: Perda do apetite e peso, dilatação da Pupila, tremores,taquicardia, dores de Cabeça, náuseas, corrimento nasal.
    38. 38. CRACK To Crack= estourar, estalar. SEG > S.N.C. Ao usuário: Primeiro confiança poder e excitação. Depois depressão, extrema irritabilidade. Físicos:Taquicardia, náuseas, ataques cardíacos, derrame cerebral, problemas respiratórios, convulsões, morte. Psicológicos: Comportamento paranóico, irritabilidade, surtos de violência, ansiedade, agressividade, suicida potencial. Quadro: Dep. Psic. Compulsiva (fissura) caquexia e forte tolerância, lesões cerebrais irreversíveis.
    39. 39. Esctasy- “Droga do Amor” MDMA – 1914 moderador do apetite. Estimularia relações interpessoais, facilitaria comunicação e a intimidade, melhoraria o humor, auto estima e euforia. SINTOMAS: Físico: Taquicardia, hipertensão, boca-seca, náuseas, diminuição do apetite, hipertermia, hepatotoxidade, insuficiência renal, hemorragia cerebral, trombose e morte.
    40. 40. ECSTASY Psicoativos: Atenção dispersa, trisma, dificuldade de julgamento e cálculos, marcha instável, ataque de pânico, bruxismo, depressão delírios, alucinações visuais e irritabilidade. Quadro: Baixa síndrome de abstinência; paranóia aguda, mudança de personalidade e psicoses.
    41. 41. ANFETAMINAS Psicoestimulante sintético Categoria: estimulante do S.N.C. Nomes: Hipersinesia infantil, narcolepsia, Anoréxico. Usuários: obesos, estudantes, atletas e Motoristas. Motivos:Emagrecimento, espantar o sono e a fadiga, melhorar o desempenho físico e a disposição.
    42. 42. Efeitos físicos: -Insônia, midríase, hiperglicemia, anorexia, taquicardia convulsões derrames cerebrais e ataques cardíacos. Manifestações Psicológicas: - Inquietação, agressividade , delírios persecutórios, ansiedade loquacidade, alucinações auditivas e visuais. -Causa dependência física e psicológica forte.
    43. 43. PREVENIR... O QUE???? O USO NOCIVO e, não as drogas. Prevenção ao uso perigoso das drogas é uma intervenção cujo objetivo é evitar o estabelecimento de uma relação destrutiva de um indivíduo com a droga, levando-se em consideração as circunstancias em que ocorre o uso, com que finalidade q qual tipo de relação que o sujeito mantém com a substância, seja ela lícita ou ilícita.
    44. 44. PREVENIR ... COMO???? Para uma proposta de prevenção ser bem sucedida é fundamental que as ações sejam orientadas por IDÉIAS CONSTRUTIVAS. DEVEMOS FOCAR: - A EDUCAÇÃO; A QUALIDADE DE VIDA E A VALORIZAÇÃO DA VIDA.
    45. 45. INFORMAR É SUFICIENTE PARA PREVENIR???? Segundo o Organização Mundial de Saúde uma pessoa BEM INFORMADA tem menor possibilidade de usar drogas. A INFORMAÇÃO SEGURA desde que não seja baseada no medo e nem seja repassada de forma alarmista é um dos melhores instrumentos que contribui para a formação de uma mentalidade preventiva contra o uso nocivo de drogas.
    46. 46. Silvia Cássia Siqueira RASC – Rede de Assistência Socioeducacional Cristã

    ×