Alcool e outras drogas

34.932 visualizações

Publicada em

2 comentários
29 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
34.932
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3.416
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.626
Comentários
2
Gostaram
29
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Alcool e outras drogas

  1. 1. ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS Emília Lopes - Psicóloga
  2. 2. O QUE SÃO AS DROGA ? Droga é toda a substância que, introduzida no organismo, pode modificar uma ou mais funções deste, provocado dependência originada pela necessidade de consumo compulsivo de um modo continuado, a fim de obterem o mesmo efeito e, muitas vezes, para evitar o mal-estar que a sua falta provoca. A droga é tudo aquilo que pode ser fumado, inalado, engolido e injetado e que provoca alterações psíquicas, sentidas como agradáveis, mas que cria na pessoa uma relação em que essa se sente cada vez mais ligado a droga (dependência).
  3. 3. O QUE SÃO AS DROGA ? Drogas lícitasDrogas lícitas são aquelas permitidas por lei,as quais são compradas praticamente demaneira livre e o seu comércio é legal.Exemplo: cigarro e o álcoolApesar de serem drogas permitidas, contêmpropriedades aditivas. São estas drogas quegeram problemas com maior freqüência,nomeadamente entre os adolescentes ejovens.
  4. 4. O QUE SÃO AS DROGA ? Drogas ilícitasDrogas ilícitas são as cujacomercialização é proibida pela justiça.São conhecidas como “drogaspesadas” e causam forte dependência.Exemplo: cocaína, maconha, Crack,êxtase, LSD e outros.
  5. 5. Drogas mais conhecidas Álcool Cigarro Crack Maconha Cocaína LSD Êxtase Boa noitecinderela Entre outros
  6. 6. Tipos de drogas e conseqüências DEPRESSORAS Depressoras da atividade do Sistema Nervoso Central: diminuem a atividade de nosso cérebro, ou seja, deprimem seu funcionamento, o que significa dizer que a pessoa que faz uso desse tipo de substância fica “desligada”, “devagar”, “desinteressada” pelas coisas. Fazem parte desse grupo o álcool, tranqüilizantes, ópio, etc...
  7. 7. Tipos de drogas e conseqüências ESTIMULANTESEstimulantes da atividade doSistema Nervoso Central:aumentam a atividade de nossocérebro, ou seja, estimulam o seufuncionamento fazendo com queo(a) usuário(a) fique “ligado(a)”,“elétrico(a)”, sem sono.Fazem parte desse grupo o cigarro,cafeína, anfetaminas, cocaína eseus derivados como o CRACK
  8. 8. Tipos de drogas e conseqüências PERTUBADORASPerturbadoras da atividade do SistemaNervoso Central:modificam qualitativamente a atividadedo nosso cérebro, ou seja, o cérebro forade seu normal a pessoa fica com amente perturbada.Fazem parte desse grupo a maconha, ossorvetes orgânicos (cola de sapateiro) eo LSD (acido lisérgico).
  9. 9. ÁlcoolO alcoolismo é umadoença crônica eprogressiva caracterizadapela perda do controlesobre o uso de álcool, comconseqüências sociais,legais, psicológicas efísicas.
  10. 10. CIGARRO• Cansaço por falta de oxigênio nas células• Dor e peso na cabeça• Rouquidão e irritação na garganta• Tosse do fumante• Agulhadas no peito• Diminui a capacidade pulmonar, diminuindo os mecanismos de defesado sistema respiratório, o que deixa o fumante mais propenso ainfecções, gripes, etc.• O cigarro nos jovens retarda o nível de crescimento• Na mulher, se além do mais ela faz uso de anticoncepcionais,aumentam os riscos de trombose, os tecidos se envelhecem e formam-se rugas por causa da pela ressecada•A Nicotina causa câncer da garganta, uma úlcera viva que praticamentenão permite ao fumante, nem comer, nem beber, nem dormir.
  11. 11. CRACKCrack é uma droga feita a partir da mistura decocaína com bicarbonato de sódio geralmentefumada. É uma forma impura de cocaína e não umsub-produto.A fumaça produzida pela queima da pedra deCrack, chega ao sistema nervoso central em dezsegundos, devido ao fato de a área de absorçãopulmonar ser grande e seu efeito dura de 3 a 10minutos, com efeito de euforia mais forte do que oda cocaína, após o efeito, produz muita depressão,o que leva o usuário a usar novamente paracompensar o mal-estar, provocando intensadependência.Provoca no usuário alucinações, paranóia (ilusõesde perseguição).
  12. 12. MACONHAAtinge o feto, pois atravessa a barreira placentária. Atinge o bebê pelo leite materno. Dobra a pulsação cardíaca. Atinge os linfócitos, diminuindo a resistência ainfecções.Provoca alterações eletroencefalográficas.Diminui o tamanho e o peso da próstata e dostestículos.Diminui o nível de hormônios sexuais.Diminui o mecanismo do rastreamento visualAumenta o tempo de resposta a um estímulo recebido.
  13. 13. MACONHAPrejudica a noção de velocidade.Pode produzir ilusões e alucinações.Pode produzir delírios.Diminui a capacidade de concentração, atenção ememória.Diminui o ânimo.Produz forte dependência psicológica, principalmenteno caso de adolescentes.Pode provocar ginecomastia (desenvolvimento depeito) no rapaz.É dez vezes mais cancerígeno que o cigarro.Etc.
  14. 14. COCAÍNAA cocaína é uma drogapsicoativa que estimula evicia, promovendoalterações cerebraisbastante significativas.A mesma é extraída dafolha da coca, e seconsumida por muitotempo, ocasiona danoscerebrais ediversos outros problemasde saúde.
  15. 15. COCAÍNAEfeitos biológicos da cocaína:Aceleração ou diminuição do ritmo cardíaco,dilatação da pupila, elevação ou diminuição dapressão sanguínea, calafrios, náuseas,vômitos, perda de peso e apetite.Efeitos psicológicos:Depressão intensa com risco de suicídio,desmotivação, sonolência, irritabilidadecrônica, episódios paroxísticos de ansiedade(ataques de pânico) e finalmente psicoseparanóide (O indivíduo tem certeza que estásendo perseguido, mesmo confrontado com ainexistência de indícios reais).
  16. 16. LSDPrincípio ativo - O nome LSD, ou LSD-25, éuma abreviatura de dietilamina do ácido lisérgico.Apenas algumas frações de grama sãonecessárias para acarretar efeitos no serhumano; 0.05mg podem causar até 12 horas dealucinações.O LSD é consumido normalmente por via oral. Odroga se apresenta em cartelas subdivididas em"pontos", que é, efetivamente, onde está oprincípio ativo. Para se obter os efeitos da droga,esse "ponto" é ingerido pelo consumidor, ousimplesmente deixado embaixo da língua. Alémde poder ser ingerido, o LSD pode ser tambémfumado, apesar dessa forma de consumo serpouco comum.
  17. 17. LSD Principais efeitosO LSD é um alucinógeno e, portanto, produz distorções nofuncionamento do cérebro. Os efeitos variam de acordo com oorganismo que está ingerindo a droga e de acordo com a ambienteem que ela está sendo consumida.O usuário pode sentir euforia e excitação ou pânico e ilusõesassustadoras. A droga dá uma sensação de que tudo ao redor dousuário está sendo distorcido.As formas, cheiros, cores e situações, para a pessoa que está sobo efeito da droga, se alteram, criando ilusões e delírios, comoparedes que escorrem, cores que podem ser ouvidas e mania degrandeza ou perseguição.A pessoa sob o efeito do LSD perde o juízo da realidade e comisso a capacidade de avaliar corretamente um situação qualquer,por mais simples que possa ser. Por perder a noção da realidade,pode se julgar capaz de fazer coisas impossíveis como andarsobre as águas, produzir fogo ou mesmo voar.
  18. 18. ÊxtaseOs principais efeitos do êxtase são uma euforia e um bem-estar intensos, que chegam a durar 10 horas.A droga age no cérebro aumentando a concentração de duassubstâncias: a dopamina, que alivia as dores, e a serotonina,que está ligada a sensações amorosas.Por isso, a pessoa sob efeito de êxtase fica muito sociável,com uma vontade incontrolável de conversar e até de tercontato físico com as pessoas. Provoca também alucinações.Os males causados pela droga ao corpo do usuário são:ressecamento da boca, perda de apetite, náuseas, coceiras,reações musculares como câimbras, contrações oculares,espasmo do maxilar, fadiga, depressão, dor de cabeça, visãoturva, manchas roxas na pele, movimentos descontrolados devários membros do corpo como os braços e as pernas, crisesbulímicas e insônia.
  19. 19. BOA NOITE CINDERELATambém conhecido por “rape drugs” (drogas de estupro), é o nome dado aum golpe no qual um sujeito – geralmente simpático e de boa aparência -coloca, juntamente à bebida de outro, um coquetel de drogas capaz dedeixar este vulnerável o suficiente para ser roubado e/ou violentadosexualmente.Algumas destas drogas são o Lorax, Lexotan, GHB (ácido gama-hidroxibutírico), Ketamina (Special K) e Rohypnol (Flunitrazepam):depressoras do sistema nervoso central.Encontradas, geralmente, na forma de comprimidos ou gotas, ao seremministradas juntamente com bebidas alcoólicas alteram o nível deconsciência, por até três dias, e podem causar intoxicação ou morte pordesidratação.Por se dissolverem facilmente; e serem incolores e inodoras, identificar umcopo que recebeu tais doses é tarefa quase impossível.Em um segundo momento, o indivíduo sente-se sonolento e comdificuldades de reagir a ameaças físicas e/ou psicológicas, obedecendobasicamente a todos os comandos ditados pelo golpista.
  20. 20. OUTRAS GROGAS Cola de sapateiroAnfetaminas Cafeínas Haxixe Cogumelo Heroína
  21. 21. Por que as pessoas utilizam drogas?Os motivos que normalmente levam alguém a provarou a usar ocasionalmente drogas incluem:o recreação;o problemas pessoais e sociais;o Influência de amigos,o traficantes,o publicidade de fabricantes de drogas lícitas;o sensação imediata de prazer que produzem;o facilidade de acesso e obtenção;o desejo ou impressão de que elas podem resolvertodos os problemas;o ficar acordado ou dormir profundamente;o emagrecer ou engordar;o fugir ou enfrentar;o depressões;o agüentar situações difíceis
  22. 22. PREVENÇÃOOs especialistas afirmam que o melhor modo decombater as drogas é a prevenção.Informação, educação e diálogo são apontadoscomo o melhor caminho para impedir queadolescentes se viciem.Para usuários que ainda não estão viciados, otratamento recomendado são a psicoterapia e aparticipação em grupos de apoio.Para combater o vício, além das terapias sãousados medicamentos que reduzem os sintomasda abstinência ou que bloqueiam os efeitos dasdrogas.
  23. 23. PREVENÇÃOIncentivar os jovens a terem uma vida saudável eprodutiva, portanto, é a melhor forma de mantê-los longe das drogas e de outros tipos dedependência, como a do consumo, do jogo etantas outras.Dar-lhes suporte afetivo e cuidar de sua auto-estima são tarefas muito mais complexas, mastambém mais eficazes tanto para evitar oproblema das drogas, quanto para formar adultosmais corajosos e conscientes de si mesmos.
  24. 24. MUITO OBRIGADA Emília Lopes – Psicóloga formarconsultoria@gmail.comEmail: emiliapajeu@hotmail.com

×