<ul><li>eirado  — lugar descoberto e saliente sobre uma casa; terraço </li></ul><ul><li>bergantim  — pequeno barco de dois...
<ul><li>Os dois versos dos  Lusíadas , do episódio de Inês de Castro, servem para marcar como a felicidade é passageira, f...
<ul><li>a fortuna  = o destino </li></ul><ul><li>[naquele engano] que a  </li></ul><ul><li>fortuna  não deixa durar muito ...
 
 
<ul><li>Ir fazendo sempre os  tepecês </li></ul><ul><li>Não esquecer  publifilme  atrasado </li></ul>
<ul><li>TPC </li></ul><ul><li>Prepara leitura da cena I do Acto Segundo ( Antologia , 119-123).  </li></ul>
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação para décimo primeiro ano, aula 32

1.019 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.019
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
553
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação para décimo primeiro ano, aula 32

  1. 6. <ul><li>eirado — lugar descoberto e saliente sobre uma casa; terraço </li></ul><ul><li>bergantim — pequeno barco de dois mastros e uma coberta semblante — cara, rosto, disposição </li></ul><ul><li>folgar — brincar enfadar — aborrecer </li></ul><ul><li>estremecer — amar cabeçal — travesseiro </li></ul><ul><li>terço — tropa </li></ul><ul><li>prelado — bispo, arcebispo ou cardeal </li></ul><ul><li>aposentadoria — hospedagem </li></ul><ul><li>brandão — tocha </li></ul><ul><li>patim — pequeno patamar ou pátio </li></ul><ul><li>o «peccavi» — o «pequei» </li></ul><ul><li>despeitoso — ressentido </li></ul>
  2. 7. <ul><li>Os dois versos dos Lusíadas , do episódio de Inês de Castro, servem para marcar como a felicidade é passageira, fugaz, efémera. </li></ul><ul><li>Ler precisamente esses versos articula-se com o facto de também o amor de Madalena estar prestes a ser impedido pelo destino (e de ela ter essa premonição). </li></ul>
  3. 8. <ul><li>a fortuna = o destino </li></ul><ul><li>[naquele engano] que a </li></ul><ul><li>fortuna não deixa durar muito </li></ul><ul><li>= [naquela ilusão] que o destino não deixa durar muito </li></ul>
  4. 11. <ul><li>Ir fazendo sempre os tepecês </li></ul><ul><li>Não esquecer publifilme atrasado </li></ul>
  5. 12. <ul><li>TPC </li></ul><ul><li>Prepara leitura da cena I do Acto Segundo ( Antologia , 119-123). </li></ul>

×